Tricolor inicia o Paulistão com melhora nos números de finalização

Foram apenas três partidas oficiais do São Paulo em 2020, duas vitórias, um empate, quatro gols marcados e apenas um sofrido, tudo pelo Paulistão. Se essas marcas ainda não servem para empolgar, pelo menos dão uma luz de que a sequência do ano tende a ser melhor do que 2019. Um dos motivos para isso é a melhora nas estatísticas de finalização, segundo o Footstats.

Sob o comando de Fernando Diniz, o Tricolor disputou 17 partidas no Brasileirão e acertou 81 finalizações no alvo, dessas apenas 16 balançaram a rede. Média de 4,8 conclusões certas, mas índice de menos de um gol por jogo. Números muito baixos para um time que, diante do pensamento do treinador, se propõe a explorar um estilo de futebol mais ofensivo.

No início deste ano, porém, mesmo levando em consideração o nível técnico de um estadual nessa comparação, o São Paulo tem mostrado que pode estar acontecendo uma mudança nesse perfil ou, pelo menos, uma reação ao que (não) aconteceu no ano passado. Em três rodadas do Paulistão, o time já tem 23 finalizações certas, ou seja, média de 7,7 por duelo, a melhor do torneio.

Além disso, são quatro gols marcados, sendo que o jogo em que não anotou um tento foi o clássico contra o Palmeiras, quando acertou cinco finalizações, número acima do que o índice no Brasileirão-2019, e bastante significativo diante de um rival que tem sido uma pedra no sapato são-paulino. A vitória não veio, mas os sinais de evolução estão sendo importantes no processo.

Pablo, artilheiro do Tricolor na temporada passada com sete gols, foi o autor do primeiro tento do clube neste ano, contra o Água Santa, na primeira rodada do Paulistão. É ele que tem puxado os números de finalização, com cinco certas até o momento, média de 1,7 por jogo, ocupando a quarta posição no ranking geral, à frente de Willian, do Verdão, que já marcou quatro gols nesta edição.

Fernando Diniz não esconde que neste ano a prioridade será a construção de jogadas do meio para frente, já que a parte defensiva da equipe está estabelecida e vem desempenhando muito bem. A partir disso, é preciso haver um crescimento ofensivo, tanto nos números quanto no volume de jogo. Quem viu essas três primeira rodadas, sabe que ainda há muito a fazer, mas com certeza percebe que os passos dados encaminham um progresso.

O próximo teste do São Paulo para saber se essa evolução continua será nesta segunda-feira, às 20h, contra o Novorizontino, no Morumbi, pela quarta rodada do Paulistão-2020. Atualmente, o Tricolor lidera o Grupo C da competição com sete pontos, à frente da Inter de Limeira, do Mirassol e do Ituano.

Confira alguns dos números citados acima:

São Paulo no Brasileirão-2019 com Fernando Diniz:
17 jogos
81 finalizações certas (4,8 por jogo)
16 gols (0,94 por jogo)

São Paulo no Paulistão-2020:
3 jogos
23 finalizações certas (7,7 por jogo)
4 gols (1,33 por jogo)

Lance

Anúncios

Saiba como está a situação de Rojas no São Paulo

Com boas apresentações pelo clube do Morumbi, Rojas caiu na graça da torcida. Porém, em outubro de 2018, no jogo contra o Vitória, o jogador sofreu uma lesão no joelho direito.

Em 2019, Rojas voltou aos treinos no São Paulo, mas em agosto o ponta voltou a ter nova lesão no joelho direito, isso fez com que ele ficasse parado por todo esse tempo na equipe do Morumbi.

Mas, agora em 2020, Rojas tem chances de voltar a atuar pelo São Paulo ainda no primeiro semestre. Depois de nova avaliação, a expectativa é que o jogador retorne em Abril. Ou seja, o jogador estará a disposição para o Campeonato Brasileiro que tem início no dia 3 de maio.

Caso o jogador retorne no prazo previsto, não haveria tempo de inscrevê-lo na primeira fase do Paulistão, já que o prazo acaba no dia 6 de março.

Rojas fez tratamento intensivo em dezembro, e foi submetido a um novo procedimento cirúrgico no Tricolor. O resultado foi considerado positivo para o retorno do jogador aos gramados.

Outro problema que Rojas pode encontrar no São Paulo, é o curto prazo para mostrar novamente seu futebol, já que o contrato dele vai até junho de 2020. Pelo que o jogador apresentou em 2018, há uma grande chance de renovação de contrato, mas, após duas lesões no joelho, é bem provável que o São Paulo avalie a condição do jogador em campo para tal feito.

Torcedores.com

Arboleda se recusa a trocar camisa em clássico São Paulo x Palmeiras

O zagueiro Robert Arboleda se recusou a trocar a camisa do São Paulo com um jogador do Palmeiras no clássico do último domingo, em Araraquara.

Criticado — e até multado — por ter usado um uniforme justamente do rival nas férias, ele decidiu que não faria a troca que é tradicional entre os jogadores após as partidas. Um atleta palmeirense chegou a abordá-lo na saída de campo e teve o pedido negado. (Por Bruno Grossi).

UOL

Clube colombiano faz proposta ao São Paulo pelo empréstimo de Tréllez

O São Paulo recebeu uma proposta de empréstimo por Santiago Tréllez. O clube interessado no centroavante é o Independiente Medellín-COL, por onde ele já passou há alguns anos. No entanto, as condições ofertadas não agradam ao Tricolor e deve haver uma definição nesta segunda-feira. A informação foi divulgada primeiramente pelo GloboEsporte.com e confirmada pelo LANCE!.

A intenção dos colombianos é um empréstimo sem custos, por uma temporada, com o pagamento de 25% dos salários do jogador, além de opção de compra ao final do contrato. Os dirigentes são-paulinos não ficaram atraídos pela oferta apresentada, já que veem pouca vantagem nas condições.

Tréllez, por sua vez, prefere ficar no São Paulo, onde espera ter uma oportunidade para ser reserva de Pablo. Por enquanto o colombiano está treinando em horários alternativos no CT da Barra Funda, ao lado de outros atletas que voltaram de empréstimo e não foram reintegrados ao elenco.

Apesar da proposta do Independiente Medellín-COL ainda estar sendo estudada, quem acompanha a negociação considera que um desfecho positivo é difícil. A resposta definitiva deve ser dada ainda nesta segunda-feira. Tréllez atuou pelo Internacional em 2019 e tem contrato com o Tricolor até dezembro de 2021. Desde o retorno do atacante. sua intenção sempre foi ficar no clube.

Lance

Palmeiras e SP perdem gols e ficam no zero em 1º clássico paulista do ano

No primeiro clássico paulista de 2020, o placar não saiu do zero. Palmeiras e São Paulo empataram sem gols na tarde de hoje, na Arena Fonte Luminosa, em Araraquara, pelo Campeonato Paulista, em partida que foi marcada pelas chances claras de gol perdidas dos dois lados. Os goleiros Weverton e Tiago Volpi, aliás, tiveram atuações destacadas.

Mandante do jogo, o Palmeiras teve as melhores oportunidades: Dudu parou em Volpi, e Ramires e Luiz Adriano acertaram a trave. Do outro lado, o São Paulo criou sua chance mais perigosa com Daniel Alves no começo do segundo tempo, mas Weverton impediu o gol tricolor. Sob um forte calor, o ritmo do clássico não foi tão intenso.

Ambas as equipes, agora, somam quatro pontos e voltam a campo na próxima quarta-feira (29). O Palmeiras, que está no grupo B, enfrenta o Oeste no Pacaembu, às 19h15, enquanto o São Paulo, no grupo C, pega a Ferroviária, novamente na Fonte Luminosa, às 21h30.

Cronologia do jogo

O primeiro tempo começou com o São Paulo dominando a posse de bola, mas a melhor chance foi do Palmeiras: Dudu recebeu de Lucas Lima e ficou na cara do gol aos 17 minutos, mas parou em grande defesa de Volpi. O Verdão ainda botou uma bola na trave com Ramires e foi para o intervalo jogando melhor. A melhor oportunidade do Tricolor foi um chute de longe de Hernanes que passou perto.

A segunda etapa manteve o padrão, com o Palmeiras mais perigoso no ataque. Luiz Adriano teve a chance mais clara, mas cabeceou no travessão. Já o São Paulo teve a oportunidade logo no começo, com Daniel Alves aproveitando uma bola longa de Tiago Volpi, mas Weverton saiu muito bem para abafar a finalização.

UOL

São Paulo tem três desfalques por suspensão na estreia da Libertadores

O São Paulo foi informado pela Conmebol que terá três baixas importantes para a estreia na Copa Libertadores contra o Binacional, do Peru, no dia 5 de março, às 21h (de Brasília).

A entidade máxima do futebol sul-americano anunciou os jogadores e profissionais que ainda têm suspensão a cumprir em suas competições e os nomes de Brenner, Everton e o técnico Fernando Diniz.

O meia-atacante Everton foi expulso no empate sem gols do Tricolor com o Talleres, da Argentina, em jogo da fase de pré-Libertadores no ano passado.

Brenner acabou expulso na vitória do São Paulo por 1 a 0 para o Colón, da Argentina, pela Copa Sul-Americana de 2018, e pegou dois jogos de punição. Ele já cumpriu uma partida no jogo de volta daquele ano e tem um a pagar.

Já Fernando Diniz acabou suspenso pela Conmebol ainda quando era comandante do Fluminense. Na vitória do Tricolor sobre o Peñarol, do Uruguai, no Maracanã, o treinador atrasou em dois minutos o reinínio do jogo e foi punido com um jogo.

O auxiliar Márcio Araújo ficou no banco de reseras no lugar de Diniz em suspensão e deve ficar no lugar. Já Everton e Brenner disputam posição no time e ficarão fora das opções para a partida.

MUDANÇA DE HORÁRIO
Anteriormente, o duelo Binacional x São Paulo estava marcado marcado para às 23h (de Brasília) no dia 05 de março, mas a Conmebol decidiu antecipar o horário do confronto em duas horas.

Torcedores.com

Brenner celebra volta ao São Paulo e espera gols: “Minha casa é aqui”

O São Paulo não fez contratações para esta temporada, porém contará com a volta de um jogador motivado a ajudar o clube em 2020. Trata-se de Brenner, que retornou de empréstimo do Fluminense e fará parte do elenco do técnico Fernando Diniz para esta longa temporada. Em entrevista para a SPFCTV, o atacante se mostrou motivado para o desafio com o Tricolor.

– Desde o dia que eu saí, eu já pensei quando eu iria voltar, aqui é a minha casa, eu sei que eu posso ajudar mais o clube – declarou o jovem.

Quando estava no clube carioca, Brenner foi comandado por Diniz e chegou a ter um bom começo por lá, enquanto o treinador esteve mantido no cargo. Após a demissão do comandante, acabou perdendo espaço. De volta ao São Paulo e com um velho conhecido no banco, ele espera mais oportunidades.

– Foi muito bom o começo quando ele estava, fiz bons jogos, agora aqui com ele eu espero ter uma melhor sequência, voltar a jogar, retomar a confiança e, principalmente, fazer gols – afirmou.

No retorno ao Tricolor, Brenner reencontrou no time principal vários companheiros que traz desde as categorias de base do clube. O entrosamento dentro e fora de campo continua o mesmo e deve ajudar neste ano.

– A convivência sempre é boa, sou um cara bom de grupo, com os moleques é a intimidade de sempre, e com eles vou procurando absorver as melhores coisas possíveis, tanto no dia a dia, quanto fora de campo.

Apesar de mostrar muita vontade de marcar gols, Brenner quer, acima de tudo, ajudar o São Paulo durante a temporada na disputa do Paulistão, da Copa Libertadores, do Brasileirão e da Copa do Brasil. Para isso, ele se diz pronto.

– Quero fazer gols, mas não só, quero também sair vitorioso, que é o principal, ajudar o São Paulo a conquistar os três pontos, e se tiver uma bolinha para fazer o gol, vou procurar estar atento para marcar – concluiu.

Brenner e o São Paulo continuam em pré-temporada no CT da Barra Funda. Neste domingo o grupo tem sua primeira folga desde a reapresentação no dia 8 de janeiro. A preparação tem como objetivo a estreia no Paulistão, na próxima quarta-feira, às 21h30, contra o Água Santa, no Morumbi.

Lance

“Vamos vencer um título e acordar um gigante”, afirma Lugano

O São Paulo não sabe o que é gritar “é campeão!” desde a conquista da Copa Sul-Americana de 2012. De lá para cá, um total de sete anos de jejum de títulos. Em entrevista coletiva concedida ao longo desta semana, Diego Lugano, ídolo e superintendente de relações institucionais do clube, destacou a importância de o Tricolor voltar a ser campeão.

“Um título já nos fará virar a página. Talvez o Paulistão, como foi em 2005, em que também estávamos em um período sem títulos. Aquela conquista mudou a energia para uma sequência vitoriosa [em 2005 e nos anos seguintes]. Estamos desejando esse momento e tudo começa com a coerência no dia a dia, com um trabalho nobre e honesto. Temos muita fé que, neste ano, por nosso elenco e porque merecemos, vamos vencer um título que vai acordar um gigante. Será o primeiro de vários. A história sempre foi assim. O futebol é cíclico e nossa etapa vai mudar. Tem que ser neste ano”, afirmou Lugano.

Há três anos no cargo de superintendente de relações institucionais do São Paulo, Lugano reconhece que o seu atual papel é bastante diferente em relação ao período de jogador. Para o uruguaio, o trabalho fora das quatro linhas necessita ser minucioso e sem erros.

“Tivemos a sorte de ter momentos vitoriosos como jogadores, e esses anos sem títulos nos preocupam, até nos desesperam. Por isso, queremos fazer o possível e o impossível para voltar ao caminho das vitórias. Obviamente dentro de campo era mais fácil, porque tínhamos uma incidência direta sobre as coisas. Agora, precisamos saber ajudar mexendo em mais situações. E acredito que estamos construindo um caminho consciente e estável. A gente tem necessidade de títulos e temos que direcionar nossas energias e conhecimentos para fazer o melhor ano e resgatar nosso laço com a torcida. Sinceramente? Estamos muito próximos disso”, completou o ídolo são-paulino.

Em 2020, o São Paulo tem pela frente quatro torneios: Campeonato Paulista, Copa do Brasil, Copa Libertadores e Campeonato Brasileiro. São 14 anos sem vencer o Paulista e a Libertadores, enquanto o clube não conquista o Brasileirão há 11 temporadas – o Tricolor nunca levantou a taça da Copa do Brasil.

O primeiro passo do São Paulo em busca de um título nesta temporada será dado nesta próxima quarta (22), no Morumbi, diante do Água Santa. A partida será a estreia da equipe no Campeonato Paulista.

Torcedores.com

Lugano sobre Arboleda com a camisa do Palmeiras: “Ingenuidade e burrice”

O São Paulo colocou seus dirigentes ligados ao futebol para uma longe entrevista coletiva no início da tarde de hoje (16) no CT da Barra Funda. E um dos assuntos comentados foi a punição aplicada a Robert Arboleda, que nas férias foi fotografado vestindo uma camisa do rival Palmeiras. Para Diego Lugano, superintendente de relações institucionais, o zagueiro não fez isso por falta de caráter.

 

“Está claro que é inadmissível que um jogador vista a camisa de um rival, seja no lugar que for, seja em São Paulo, de férias, na cidade dele… É inadmissível. Por isso, o clube decidiu multar o Arboleda. Mas cada caso é um caso e ninguém melhor que nós, melhor que eu, que conheço o vestiário e conheço o perfil do cara, para saber quando é ingenuidade e burrice e quando o jogador é mau-caráter, como talvez a torcida tenha pensado. Posso garantir que foi ingenuidade e burrice. Ele não faz a mínima ideia se essa camisa verde é do México, da Bolívia, da Chapecoense, do Guarani, de Camarões ou do Palmeiras. Posso garantir. As redes sociais e um amigo engraçadinho se encarregaram de trazer esse problema para ele”, lamentou o uruguaio.

Jean acerta com Atlético-GO por empréstimo até o fim de 2020

Jean já tem uma nova casa após o São Paulo suspender seu contrato por um ano. Nesta segunda-feira, o goleiro desembarcou em Goiânia e foi direto ao CT do Atlético-GO para realizar exames e assinar contrato. Esse será o terceiro clube da carreira do atleta.

Descartado dos planos do São Paulo depois de ser detido nos EUA por ter agredido sua ex-esposa, Milena Bemfica, enquanto curtiam férias em Orlando, Jean chegou a ser especulado no Ceará, contudo, a torcida do Vozão foi às redes sociais e fez uma campanha contra a contratação do atleta.

“As pessoas têm que aguardar a Justiça. A Justiça tem que fazer o papel dela, e as pessoas precisam parar de julgar. Eu vi um jogador de alto nível, que precisa recuperar a carreira. O Atlético-GO entende que esse atleta vai nos ajudar muito. Se ele cometer um equívoco, não tem condição de ficar no Atlético-GO. É página virada. O Atlético-GO tem o perfil de recuperar atletas, e o ser-humano precisa de oportunidades. Ele cometeu um erro, e nós contratamos um grande profissional e vamos dar respaldo”, afirmou o presidente do Dragão, Adson Batista.

Comprado por cerca de R$ 10 milhões no fim de 2017 depois de ter feito grande campanha com o Bahia, Jean chegou a ser titular do São Paulo em algumas oportunidades ao longo de 2018 por conta da má fase de Sidão, mas não conseguiu se estabelecer como a primeira opção para a meta tricolor.

A tendência é que Jean seja o titular do Atlético-GO em 2020, ano especial para o clube, que volta à Série A depois de terminar a Segunda Divisão na quarta colocação, posto assegurado apenas na última rodada, depois de o América-MG ser derrotado pelo então já rebaixado São Bento em plena Arena Independência.

Em duas temporadas no São Paulo, Jean disputou 19 partidas. No ano passado, com a presença de Tiago Volpi, o goleiro entrou em campo apenas uma vez, na vitória por 1 a 0 sobre o São Bento, pela quinta rodada do Campeonato Paulista.

Gazeta Esportiva

Arboleda terá papo com diretoria; Diniz diz: “Vai corrigir o erro jogando”

A diretoria do São Paulo vai chamar o zagueiro Arboleda para uma conversa durante a pré-temporada, provavelmente durante o período de concentração no CFA de Cotia. Só então será definido se o equatoriano receberá alguma punição por ter posado para uma foto vestindo uma camisa do Palmeiras – ele pode receber uma multa.

Questionado sobre o assunto após o treino da manhã desta quinta-feira, o técnico Fernando Diniz disse que o jogador errou, mas que se apresentou bem após as férias e pode se redimir jogando. São Paulo e Palmeiras se enfrentam logo na segunda rodada do Paulistão, provavelmente no Pacaembu, já que o Allianz Parque está passando por processo de troca de grama natural por grama sintético.

– Acho que o Arboleda errou. Assumiu o erro, pediu desculpas e vai reverter isso com trabalho. Chegou bem, trabalhando, está focado. Bola para a frente. Ele vai saber reverter e se redimir disso dentro de campo, já está fazendo nos treinamentos – declarou Diniz.

O episódio envolvendo Arboleda foi praticamente simultâneo à prisão de Jean, acusado de agredir a esposa nos Estados Unidos. O São Paulo se manifestou sobre os dois assuntos na mesma nota oficial, mas pedindo para que os casos não fossem tratados com pesos iguais. “É um detalhe que aborrece a instituição, mas que será tratado internamente”, dizia o texto, sobre o defensor.

Arboleda se posicionou no Instagram, dizendo que perdeu uma aposta e pedindo desculpas à torcida do São Paulo pela “estupidez” de usar a camisa de um rival.

Lance

Hernanes faz golaços em primeiro treino aberto do São Paulo na temporada

O São Paulo fez seu primeiro aberto da pré-temporada na manhã de hoje (9), em Cotia. E o grande destaque de uma longa e intensa atividade foi Hernanes, que não viveu bons momentos no ano passado. O Profeta marcou três gols, sendo dois golaços. O garoto Brenner, que voltou de empréstimo do Fluminense, também fez bonitos gols.

O elenco havia se apresentado ontem no CT da Barra Funda, viajou para Cotia de tarde e ficará alojado no CFA Laudo Natel pelos próximos dias. O treino de hoje começou por volta das 9h30 e terminou às 11h25. A primeira hora foi reservada a circuitos físicos e técnicos, enquanto a segunda foi um exercício de enfrentamento em meio campo e com três times formados e três gols. Apenas duas equipes ficavam ao mesmo tempo no gramado. Quem tomava gol saía para dar lugar ao grupo que estava fora. Se os gols não saíssem, essa troca era determinada por tempo.

Naturalmente, alguns jogadores sofreram com a falta de ritmo. Isso ficava claro em lances de troca de direção ou domínio de bola. Outros, porém, pareciam mais soltos. Foi o caso de Hernanes, que trabalhou nas férias para retomar o bom futebol, teve boa movimentação e se destacou com bonitos gols. O primeiro foi de esquerda, de fora da área, após driblar um marcador e bater rasteiro no contrapé do goleiro. O segundo veio com passe de letra de Helinho e chute cruzado de direita no ângulo. Já o último também foi de esquerda, enganando Tiago Volpi com mais um chute de esquerda no contrapé.

Brenner foi outro que brilhou com golaços. O garoto foi o artilheiro da atividade e chamou a atenção com uma finalização de primeira sem deixar cair e com outra por cobertura. Alexandre Pato, que esteve discreto na maior parte do tempo, também marcou por cobertura. O ponta Everton foi mais um goleador eficiente da manhã.

São Paulo FC

@SaoPauloFC

Bora para o segundo dia de pré-temporada! 🇾🇪

View image on Twitter
201 people are talking about this

Com os goleiros Tiago Volpi, Lucas Perri, Júnior e Thiago Couto se revezando, além de Fabinho como coringa, os times foram divididos da seguinte maneira:

Vermelho: Igor Vinícius, Arboleda, Jucilei, Juanfran, Everton, Shaylon, Danilo e Pablo

Laranja: Anderson Martins, Leo, Liziero, Hernanes, Helinho, Gabriel Sara, Toró e Vitor Bueno

Cinza: Diego, Bruno Alves, Daniel Alves, Luan, Alexandre Pato, Tchê Tchê, Brenner e Reinaldo

O São Paulo faz mais um treino hoje no período da tarde, provavelmente na academia do CFA.

UOL

São Paulo negocia com Gláucia, melhor atacante do Brasileirão

Com o acesso para a elite do futebol feminino nacional, o São Paulo dá sequência à reformulação de seu elenco. E o foco atual do Tricolor no mercado da bola é a atacante Gláucia. Ela defendeu o Santos na temporada passada e foi eleita a melhor da posição no Campeonato Brasileiro.

Só na Série A1, Gláucia marcou 14 gols e deu 14 assistências em 2019. Antes de jogar pelo Santos, a atacante passou pelos seguintes clubes: Jeonbuk, da Coreia do Sul, Sport, Iranduba, São José, São Caetano, Centro Olímpico, Red Angels, também da Coreia, e São Bernardo. Além disso, passou por seleções de base.

Gláucia tem 26 anos e pode ser uma reposição importante para o ataque são-paulino, que recentemente perdeu Ottilia para o Palmeiras. O setor também perdeu a meia Ary, outra que foi para o rival alviverde, e a atacante Valéria, que acertou com o Madrid CFF. Gláucia funciona como centroavante, mas tem recursos para recuar e ajudar na construção das jogadas — não à toa brilhou da mesma forma com gols e assistências no Brasileirão.

As conversas com Gláucia já começaram e há otimismo por um acerto já no começo da semana. O São Paulo também está perto de anunciar a atacante Duda, que recentemente estreou pela seleção brasileira principal. O clube ainda renovou com as goleiras Carla e Éllen, as laterais Giovana, Natane e Roberta, a zagueira Thaís, a volante Yaya e a atacante Jaqueline.

UOL