Tréllez, do São Paulo, faz leilão de camisas e arrecada R$ 53 mil para famílias afetadas por pandemia

Tréllez, do São Paulo, arrecadou R$ 53 mil em um leilão online com 60 camisas de times de futebol para ajudar famílias afetadas pela pandemia do novo coronavírus.

O jogador pretende repassar o dinheiro a instituições da cidade de São Paulo e outras da Colômbia.

Tréllez leiloou camisas de jogadores como Daniel Alves, Pato, Arboleda, Nenê, D´Alessandro, Guerrero, James Rodriguez, Falcão Garcia, Hernanes, Vitor Bueno, Berrío, Rodrigo Caio, Ospina e Juanfer Quintero, entre outras.

Tréllez conversa com Lugano em leilão promovido pelo atacante para ajudar pessoas em meio à pandemia — Foto: ReproduçãoTréllez conversa com Lugano em leilão promovido pelo atacante para ajudar pessoas em meio à pandemia — Foto: Reprodução

Tréllez conversa com Lugano em leilão promovido pelo atacante para ajudar pessoas em meio à pandemia — Foto: Reprodução

 

Lugano, diretor de relações institucionais do Tricolor, Nenê, hoje no Fluminense e ex-companheiro no São Paulo, Berrío (Flamengo), Catalina Peres (goleira da seleção da Colômbia) e Sebastián Pérez (Boca Juniors) participaram da transmissão de dez horas feita por Tréllez em seu instagram.

– Sensação muito linda. Sabia que as pessoas ajudariam no leilão, mas não imaginava que seria tanto e que as camisas seriam vendidas tão caras para ajudar as famílias que precisam nesse momento. E ainda não terminamos. Estou muito contente. Vamos poder ajudar muitas pessoas no Brasil e na Colômbia. Fico feliz. Muito obrigado a todos que me ajudaram nesse leilão, do nosso grupo do trabalho, amigos, companheiros que doaram camisas e aos que entraram na “live” (transmissão ao vivo) para ajudar. Muito obrigado mesmo – disse Tréllez.

O atacante do São Paulo planeja um outro leilão virtual no próximo sábado com camisa de outros jogadores.

O Brasil tem quase 40 mil pessoas infectadas e 2.507 mortes, segundo dados das secretarias estaduais de Saúde. O estado de São Paulo registra cerca de 14 mil casos e ultrapassou mil mortes causadas pela Covid-19. A quarentena no estado foi prorrogada até o dia 10 de maio.

Tréllez exibe camisa de Nenê, do Fluminense, em leilão promovido na internet — Foto: ReproduçãoTréllez exibe camisa de Nenê, do Fluminense, em leilão promovido na internet — Foto: Reprodução

Tréllez exibe camisa de Nenê, do Fluminense, em leilão promovido na internet — Foto: Reprodução

 

Globo Esporte

São Paulo reintegra Tréllez, mas segue aberto a ouvir propostas

Tréllez foi reintegrado ao elenco do São Paulo nessa quarta-feira, mas isso não significa necessariamente que permanecerá no clube nesta temporada. A diretoria segue aberta a ouvir propostas pelo atacante de 31 anos e ainda pode liberá-lo.

O São Paulo não planejava utilizar Tréllez em 2020, tanto que ele vinha treinando em horários alternativos após retornar do Internacional, onde atuou por empréstimo na temporada passada. O jogador, no entanto, recusou todas as ofertas que apareceram e manifestou diversas vezes aos dirigentes que gostaria de permanecer e ter uma oportunidade.

Cruzeiro e Independiente Medellín (COL) foram as equipes que mais se interessaram pelo colombiano nesta janela.

Como tem uma lacuna na posição de centroavante no elenco e considera Tréllez um bom profissional, o São Paulo nunca descartou a chance de reintegrá-lo, ao contrário dos outros atletas que treinam (ou treinaram) longe do grupo principal: Araruna (foi para o Reading FC), Everton Felipe (foi para o Cruzeiro), Paulinho Boia (foi reprovado em exames médicos no Cruz Azul e tem futuro incerto), Jonathan Gómez (segue sem destino) e Léo Natel (irá para o Corinthians quando o contrato terminar, em julho).

Tréllez já participou do treino dessa quarta-feira, mas ainda não está inscrito no Campeonato Paulista – o São Paulo tem até 6 de março para adicionar nomes à lista da primeira fase.

Lance

SPFC decide reintegrar Tréllez ao elenco; veja planos para o atacante

O São Paulo decidiu reintegrar Tréllez ao elenco do técnico Fernando Diniz. A previsão é de que o atacante volte a treinar com o grupo a partir desta quarta-feira, quando o time se reapresentará no CT da Barra Funda após o empate por 1 a 1 com o Novorizontino.

O colombiano iniciou 2020 fora dos planos e não participou da pré-temporada comandada por Fernando Diniz no São Paulo. Diante da falta de propostas convincentes e da vontade do jogador de permanecer, ele retornará ao grupo.

Nesta volta ao São Paulo, Tréllez poderá ser uma opção na reserva do ataque, lugar vago após a saída de Raniel para o Santos na troca por Vitor Bueno. As características do jogador são diferentes das de Pablo, Pato e Brenner.

Depois de voltar de empréstimo do Internacional, Tréllez conversou com Fernando Diniz sobre a vontade de retornar. As sondagens ao atacante não o convenceram a sair.

Uma das propostas feitas ao São Paulo foi do Independiente Medellín, da Colômbia, por empréstimo gratuito com opção de compra. O clube queria pagar 25% dos salários do jogador. O São Paulo sequer considerou a possibilidade de conversar e descartou o negócio.

Em 2019, Tréllez foi emprestado ao Internacional. A ideia do São Paulo era recuperar o futebol do colombiano e dar minutos ao jogador, assim como fez com Reinaldo na Chapecoense.

Mas Tréllez sofreu com uma tendinite no joelho, foi reserva de Guerrero e atuou 13 vezes pelo Colorado na última temporada. Não fez gols. Ele tem contrato com o Tricolor até dezembro de 2021.

Globo Esporte

Clube colombiano faz proposta ao São Paulo pelo empréstimo de Tréllez

O São Paulo recebeu uma proposta de empréstimo por Santiago Tréllez. O clube interessado no centroavante é o Independiente Medellín-COL, por onde ele já passou há alguns anos. No entanto, as condições ofertadas não agradam ao Tricolor e deve haver uma definição nesta segunda-feira. A informação foi divulgada primeiramente pelo GloboEsporte.com e confirmada pelo LANCE!.

A intenção dos colombianos é um empréstimo sem custos, por uma temporada, com o pagamento de 25% dos salários do jogador, além de opção de compra ao final do contrato. Os dirigentes são-paulinos não ficaram atraídos pela oferta apresentada, já que veem pouca vantagem nas condições.

Tréllez, por sua vez, prefere ficar no São Paulo, onde espera ter uma oportunidade para ser reserva de Pablo. Por enquanto o colombiano está treinando em horários alternativos no CT da Barra Funda, ao lado de outros atletas que voltaram de empréstimo e não foram reintegrados ao elenco.

Apesar da proposta do Independiente Medellín-COL ainda estar sendo estudada, quem acompanha a negociação considera que um desfecho positivo é difícil. A resposta definitiva deve ser dada ainda nesta segunda-feira. Tréllez atuou pelo Internacional em 2019 e tem contrato com o Tricolor até dezembro de 2021. Desde o retorno do atacante. sua intenção sempre foi ficar no clube.

Lance

Saiba a situação do sexteto que não está nos planos do São Paulo

Seis jogadores estão fora dos planos do São Paulo para 2020 e não fazem a pré-temporada com o elenco: o volante Araruna, os meias Everton Felipe e Jonathan Gómez e os atacantes Calazans, Tréllez e Léo Natel.

A apresentação desses atletas no CT da Barra Funda está prevista para a semana que vem, mas eles vão trabalhar longe do grupo principal, em horários alternativos.

Veja abaixo como está a situação de cada um:

TRÉLLEZ E EVERTON FELIPE

Havia um acordo com o Cruzeiro para que os dois fossem emprestados até dezembro de 2020, com parte dos salários pagos pelo São Paulo. Tréllez não se animou com a oferta da Raposa e ainda acredita que pode ser utilizado por Fernando Diniz, algo que o Tricolor não descarta, mas considera improvável. Já Everton Felipe quer ir e deve chegar a acordo nos próximos dias.

Se o negócio melar, o São Paulo vai buscar outro destino para o meia de 22 anos, que atuou por empréstimo no Athletico-PR na metade final de 2019. O Sport é um dos interessados, mas neste caso o clube do Morumbi não aceita pagar parte dos salários, já que foi o próprio Sport quem o vendeu por R$ 6 milhões no meio de 2018. O valor foi o mesmo pago por Tréllez, que veio do Vitória, no início daquele ano. O clube já conseguiu recuperar parte do investimento, já que o Inter pagou R$ 1,5 milhão para tê-lo por empréstimo em 2019, além dos salários do colombiano de 29 anos.

LÉO NATEL

O atacante de 22 anos assinou um pré-contrato com o Corinthians, mas não será liberado pelo São Paulo antes de 30 de junho, quando termina seu vínculo com o clube do Morumbi.

Ele já vinha treinando em horários alternativos desde o fim do ano passado, quando voltou do Chipre, país em que jogou por empréstimo no APOEL – antes, já havia sido cedido ao Fortaleza.

O São Paulo pagou R$ 500 mil para comprar Léo Natel em 2017. Ele chegou a Cotia emprestado pelo Benfica, de Portugal, e agradou. No profissional, porém, só jogou uma vez.

JONATHAN GÓMEZ

O meia argentino de 30 anos tem só mais seis meses de contrato com o São Paulo e não vai renovar. Ele foi procurado por LDU (ECU) e Guaraní (PAR) e tinha o desejo de disputar a Libertadores, mas hoje o mais provável é que atue no Nordeste: Sport e Ceará têm interesse nele. Sua passagem pelo CSA em 2019, por empréstimo, chamou a atenção do mercado nordestino. É possível que o Tricolor faça um acordo para liberá-lo imediatamente.

ARARUNA

O volante de 23 anos, que também pode atuar como lateral-direito, tem mais um ano de contrato com o São Paulo e tem recebido sondagens do exterior. O Reading FC, clube da segunda divisão inglesa que acaba de acertar com Alexandre Mattos, foi um dos que procuraram a diretoria para falar sobre ele. Outra opção é o futebol português. O Fortaleza, clube em que o jovem revelado em Cotia atuou por empréstimo em 2019, ainda corre por fora.

CALAZANS

O jovem de 23 anos, que chegou no meio de 2019 com contrato até junho de 2022, decepcionou o São Paulo por seu rendimento e por sua postura no dia a dia. Por isso, o clube considera que foi um erro acertar com ele a pedido do técnico Cuca e vai dispensá-lo. Uma opção discutida é a rescisão amigável, mas o Tricolor também aguarda que apareçam clubes interessados em alguma negociação.

Lance

Cruzeiro segue atrás de Everton Felipe; negócio com Tréllez não evolui

O Cruzeiro segue tentando contratar o meia Everton Felipe, do São Paulo, por empréstimo até dezembro de 2020. A negociação chegou a ser dada como certa no fim da semana passada, mas recuou após o atacante Tréllez, que também iria por empréstimo para a Toca da Raposa, recusar a oferta.

Cruzeiro e São Paulo haviam encaminhado um acordo de divisão de salários para que os dois atletas fossem emprestados. O Cruzeiro pagaria a maior parte dos vencimentos de ambos, mas teria a ajuda do clube paulista. Agora, a negociação diz respeito somente a Everton Felipe.

O meia, que atuou por empréstimo no Athletico-PR em 2019, quer defender o Cruzeiro e espera o sinal verde para se apresentar na Toca da Raposa. Fora dos planos da comissão técnica do São Paulo, ele foi liberado e nem se apresentou para a pré-temporada.

Tréllez, por sua vez, ainda tem esperança de ser aproveitado pelo São Paulo em 2020. Ele está de volta ao clube após ser emprestado ao Internacional em 2019, mas também não foi convocado para integrar os treinos do elenco principal. Sem se animar com as sondagens que apareceram, ele acredita que a carência do Tricolor no setor ofensivo pode render-lhe uma oportunidade. O reserva de Pablo no momento é o jovem Brenner, que está retornando do Fluminense.

Lance

Colombiano não se anima com sondagens e espera ficar no São Paulo

No momento, é improvável a chegada de reforços para o São Paulo. O clube, que passa por um situação financeira delicada, não deve fazer investimentos no mercado e tem como aliado nesse plano o técnico Fernando Diniz, que não pretende trabalhar com um elenco inchado e se diz satisfeito com a manutenção de algumas peças. No entanto, não está descartado um “reforço” interno com a reintegração de Tréllez, que retornou de empréstimo.

O atacante esteve cedido ao Internacional por uma temporada, mas passou o ano sem marcar gols e fez apenas 13 jogos, sendo o último deles em agosto. Por lá ele sofreu com problemas no joelho e com a concorrência de Paolo Guerrero, titular absoluto do Colorado em 2019.

Esses números não ajudam o colombiano em uma possível volta, nem em uma recolocação no mercado, mas a aposta é o histórico em outros momentos e sua avaliação positiva internamente, algo bastante citado nos bastidores. A preferência do centroavante é por permanecer no clube do Morumbi.

A ideia inicial do Tricolor é encontrar um novo destino para o centroavante, mas até o momento os interessados não agradaram ao jogador, além de serem clubes considerados menores e sem condições de arcar com os salários. Sem contar que há uma lacuna no elenco são-paulino para a reserva de Pablo, posição em que Tréllez poderia ser utilizado em 2020.

Clube e o estafe do jogador tratam a situação com cautela, pois ainda há mais dois anos de contrato e não querem desvalorizá-lo. A intenção é ajudá-lo a retomar os melhores momentos de sua carreira e isso não está descartado de acontecer no próprio São Paulo, onde Tréllez é tratado como um profissional exemplar, apesar de não ter correspondido desde que chegou do Vitória.

Apesar de dizer que não quer um elenco mais inchado do que os 29 jogadores que estão concentrados em Cotia, Fernando Diniz deixou aberta a possibilidade de utilização de jogadores que voltaram de empréstimo e não viajaram com o grupo. Sua declaração foi dada na última quinta-feira, no próprio CT.

– Não tem número exato. Não gosto de elenco muito grande. Se a gente tem que acomodar jogadores que são do São Paulo e têm qualidade, vamos acomodando. Prefiro elencos mais enxutos, mas ao mesmo tempo teremos muitos jogos e de repente vamos ter que ter um pouquinho mais – afirmou.

Everton Felipe, Jonatan Gómez, Tréllez, Léo Natel e Araruna são os atletas que retornaram de empréstimo recentemente e o colombiano é o mais cotado a receber uma chance de reintegração ao Tricolor. Já o argentino tem apenas mais seis meses de contrato e muitos interessados em contratá-lo dentro e fora do país. Uma rescisão amigável não está descartada nesse caso.

Esses jogadores têm reapresentação marcada para o dia 18 de janeiro, quando a delegação volta de Cotia para completar a pré-temporada no CT da Barra Funda. Os horários de treinamento serão diferentes, mas novidades não estão descartadas nesse meio tempo. No próximo dia 22, uma quarta-feira, o time estreia no Paulistão, contra o Água Santa, às 21h30, no Morumbi.

Lance

SPFC estuda retorno de Tréllez e Gómez, que têm propostas para deixar clube

O São Paulo dá andamento ao seu planejamento para 2020 no mercado da bola. Em um momento turbulento em suas finanças e com um elenco de qualidade na visão do departamento de futebol, o clube deve reduzir o investimento em reforços. Por isso, uma possibilidade estudada é o retorno de jogadores que estão emprestados para outras equipes. Dois nomes analisados internamente são os do colombiano Santiago Tréllez e do argentino Jonatan Gómez.

O São Paulo dá andamento ao seu planejamento para 2020 no mercado da bola. Em um momento turbulento em suas finanças e com um elenco de qualidade na visão do departamento de futebol, o clube deve reduzir o investimento em reforços. Por isso, uma possibilidade estudada é o retorno de jogadores que estão emprestados para outras equipes. Dois nomes analisados internamente são os do colombiano Santiago Tréllez e do argentino Jonatan Gómez.

A princípio, a dupla se reapresenta junto com o restante do time em janeiro, no CT da Barra Funda. O colombiano estava no Internacional, que não se esforçou para renovar o vínculo —dá para dizer que ele foi um dos jogadores mais criticados pela torcida colorada neste ano. No Morumbi, o atacante é considerado como uma opção para reforçar o sistema ofensivo, que teve performance muito aquém do esperado em 2019. Além disso, com a saída de Raniel para o Santos, o retorno do estrangeiro ganhou força.

O jogador, que tem contrato com o São Paulo até 31 de dezembro de 2021, tem um salário considerado dentro dos padrões do clube (R$ 233 mil na carteira). No Internacional, ele disputou 13 partidas e não chegou a balançar as redes. Durante a temporada, quando Cuca era o treinador, chegou-se até a cogitar o retorno dele ao Morumbi, mas a ideia não andou, e Raniel acabou contratado para o setor.

O colombiano foi contratado pelo São Paulo em 2018, por R$ 6 milhões. Ele defendeu o Tricolor paulista em 39 oportunidades e marcou seis gols. Durante o período de empréstimo, o Internacional ficou responsável por arcar com os vencimentos do atacante. Apesar de não embalar no Colorado, ele recebeu propostas de outros clubes, como de uma equipe do México.

Já Gómez tem acordo com o São Paulo somente até a metade do próximo ano. O argentino foi um dos destaques positivos do CSA nesta temporada, com 26 partidas disputadas e cinco gols anotados. A equipe alagoana demonstrou o desejo de manter o jogador, de 29 anos, no elenco, mas não conseguiu avançar na negociação.

O argentino recebe um salário também dentro da média dos padrões do clube (R$ 150 mil na carteira). Até mesmo pelo bom desempenho em 2019, ele tem ofertas de clubes do México, do Brasil e do Guaraní (do Paraguai e já classificado para a Libertadores). O jogador, então no Santa Fé, da Colômbia, chegou com a indicação de Rogério Ceni em 2017, por 800 mil dólares. Antes de defender o CSA, ele foi emprestado para o Al-Fayha, da Arábia Saudita.

UOL

R$ 200 MIL: Multa deve impedir Tréllez de defender o Inter contra o SPFC

O técnico Odair Hellmann não deverá poder escalar Santiago Tréllez para enfrentar o São Paulo neste sábado (7), no Beira-Rio, em Porto Alegre. Segundo apurou o UOL Esporte, o contrato de empréstimo do atacante para o Internacional tem uma cláusula que prevê o pagamento de multa de R$ 200 mil caso o colombiano atue em partidas contra o Tricolor Paulista.

Ainda de acordo a apuração da reportagem, a tendência é de o Colorado não desembolsar tal valor. Recentemente, o centroavante até ganhou mais moral com a comissão técnica pela dedicação nos treinamentos – chegou até a balançar as redes em jogo-treino. Mas depois de receber algumas chances após a parada para Copa América, novamente não rendeu o esperado e atualmente sequer tem atuado entre os reservas. Por isso, a diretoria não deve fazer tal esforço para liberá-lo neste duelo do Campeonato Brasileiro.

Para o setor, Odair conta também com Paolo Guerrero e Rafael Sobis. E se optar por suplentes, Guilherme Parede e Pedro Lucas. Além disso, o limite é de cinco jogadores estrangeiros por confronto nas competições nacionais – sendo que o clube tem seis atletas não nascidos no Brasil em seu elenco. Desta maneira, o colombiano tem dificuldade até mesmo para ficar no banco de reservas.

No total, ele disputou 13 partidas pelo Internacional nesta temporada – a última foi na vitória por 1 a 0 sobre o Fortaleza, no dia 17 de agosto. Com tal situação, chegou-se até a cogitar o retorno de Tréllez para o São Paulo antes do previsto. O departamento de futebol do Tricolor paulista, porém, não achou que o colombiano tivesse o perfil que se encaixasse com o estilo de jogo implantado por Cuca.

Tréllez está emprestado ao Internacional até o fim deste ano. O São Paulo desembolsou R$ 6 milhões por 70% dos seus direitos econômicos e tem vínculo com o atacante até dezembro de 2021.

UOL

Arboleda, Gómez e Tréllez apareceram no BID com novos contratos, confira

Tréllez, Jonatan Gómez e Arboleda tiveram nos últimos dias seus nomes publicados no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF vinculados ao São Paulo. Nos três casos a informação no registro foi de “prorrogação e alteração salarial”, o que gerou dúvidas sobre se eles teriam renovado contrato com o Tricolor. Mas não é o caso.

O trio de estrangeiros tinha um visto de trabalho (Registro Nacional de Estrangeiros, o RNE) temporário por dois anos, mas com contratos no São Paulo válidos por um período de tempo maior.

Após o vencimento do visto temporário, os estrangeiros fazem uma renovação e adquirem o documento permanente. Por isso, há um novo registro de contrato no BID da CBF.

Veja a situação do trio do São Paulo:

Jonatan Gómez: está emprestado ao CSA até o fim do ano. Ele teve o nome publicado no BID na última sexta-feira, por conta do procedimento descrito acima. O argentino foi anunciado pelo São Paulo em junho de 2017 e tem contrato até junho de 2020.

Arboleda: pertence ao São Paulo e foi convocado pelo Equador para a Copa América. Ele é alvo de clubes europeus e poderá ser negociado durante a janela de transferências internacional. Nos bastidores a informação é de que dificilmente Arboleda retornará ao clube depois do torneio de seleções. Ele foi anunciado pelo Tricolor em junho de 2017 e tem contrato até junho de 2022.

Tréllez: o atacante está emprestado ao Internacional até o fim do ano. Ele fechou com o São Paulo em janeiro de 2018 e tem vínculo com o Tricolor até dezembro de 2021.

 

Fonte: Globo Esporte

São Paulo descarta volta de Tréllez e segue sina da era Leco para achar “9”

O São Paulo quer atender o pedido do técnico Cuca e contratar um centroavante. O treinador indicou o argentino Juan Dinenno, mas a negociação segue em aberto. Paralelamente, o clube poderia ter o retorno de um jogador da posição, porém tal ideia foi descartada neste momento. Sem espaço no Internacional, Tréllez está livre para voltar de empréstimo ao Morumbi, mas essa hipótese não será concretizada agora segundo apurou o UOL Esporte.

O departamento de futebol do Tricolor paulista não acha que o colombiano tem perfil que se encaixa com o estilo de jogo que Cuca pretende implantar. Por outro lado, no Internacional, o jogador já foi liberado para procurar um outro clube – ele está emprestado ao time de Porto Alegre até o fim deste ano. O São Paulo desembolsou R$ 6 milhões por 70% dos seus direitos econômicos e tem vínculo com o atacante até dezembro de 2021.

A principal dificuldade para Tréllez no Colorado é a disputa com os outros jogadores estrangeiros. De acordo com o regulamento do Campeonato Brasileiro, são permitidos cinco jogadores gringos por time em cada partida. O Inter tem sete jogadores estrangeiros em seu elenco. Por isso, Tréllez treina em horários diferentes dos demais companheiros em Porto Alegre e já procura uma outra equipe.

O São Paulo, por sua vez, vive a sua sina recente de buscar um centroavante no mercado da bola. Apenas nos últimos anos, com o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, que está no cargo desde outubro de 2015, o clube viu passar Calleri, Kieza, Ytalo, Chávez, Gilberto, Lucas Pratto, Diego Souza, Tréllez e Gonzalo Carneiro, que está com o seu contrato preventivamente suspenso por causa de doping.

Com moral após o título da Copa Sul-Americana pelo Athletico-PR, Pablo chegou para assumir a camisa 9 apesar de não ser um centroavante clássico. O jogador, porém, precisou passar por um processo cirúrgico para na região lombar da coluna e só volta a atuar após a Copa América.

 

Fonte: UOL

Tréllez deseja sucesso ao São Paulo e ressalta desafio no Internacional

O atacante Tréllez emitiu um texto de despedida ao São Paulo na noite desta quinta-feira. Sem conseguir a afirmação na equipe do Morumbi na temporada passada, o jogador foi negociado por empréstimo para o Internacional. O colombiano – destaque do Vitória em 2017 – destacou a passagem pelo Morumbi.

“Faz um ano que cheguei a este clube maravilhoso, com o desejo de vencer e conseguir muitas coisas importantes para o clube e minha carreira. Foi um ano significativo e ficará marcado em mim. Fui muito feliz no São Paulo Futebol Clube e a minha maior recompensa foram os amigos que hoje fazem parte de mim, e mesmo que estejamos a quilômetros de distância o carinho irá continuar”, escreveu o atacante em suas redes sociais.

No Internacional, Tréllez espera reeditar os bons momentos da época do futebol baiano. “Quero dizer até logo, pois vou seguir um novo caminho, com novos desejos e objetivos. Agradeço a toda torcida que me apoiou, suas palavras me motivaram a dar o meu melhor por esta camisa, e também aos que não apoiaram, a opinião de vocês também me fortaleceu, continuem apoiando essa grande instituição e que Deus os abençoe sempre”, emendou.

Tréllez definiu contrato de empréstimo de uma temporada com o Internacional. O colombiano chegou a Porto Alegre nesta quarta-feira e já realizou exames médicos. Ele só esperava a definição dos últimos detalhes para oficializar o acerto com o clube gaúcho.

Visualizar esta foto no Instagram.

Hace un año llegue a este hermoso club con el deseo de vencer y conseguir muchas cosas importantes para el club y mi carrera. Ha sido un año significativo, el cual quedará marcado en mi. He sido demasiado feliz este tiempo que he pasado en el São Paulo Futebol Clube y la mejor recompensa son los amigos que hoy hacen parte de mi y aunque tengamos más kilómetros de distancia el afecto se mantendrá. Agradezco a todos mis compañeros, directivos, cuerpos técnicos y funcionarios del club por todo lo vivido. Hoy debo decirles hasta pronto, emprendo un nuevo camino, con ilusiones y objetivos. Gracias a todos los hinchas que me apoyaron, su aliento motiva a progresar y a entregar lo mejor por esta camiseta, y a los que no también, sus opiniones contrarias fortalecen; los invito a continuar apoyando esta gran institución. Dios los bendiga.// Faz um ano que cheguei a este clube maravilhoso, com o desejo de vencer e conseguir muitas coisas importantes para o clube e minha carreira. Foi um ano significativo e ficará marcado em mim. Fui muito feliz no São Paulo Futebol Clube e a minha maior recompensa foram os amigos que hoje fazem parte de mim, e mesmo que estejamos a quilômetros de distância o carinho irá continuar. Agradeço a todos os meus companheiros, diretoria, Staff e funcionários do clube por tudo que vivi. Hoje, quero dizer até logo, pois vou seguir um novo caminho, com novos desejos e objetivos. Agradeço a toda torcida que me apoiou, suas palavras me motivaram a dar o meu melhor por esta camisa, e também aos que não apoiaram, a opinião de vocês também me fortaleceu, continuem apoiando essa grande instituição e que Deus os abençoe sempre!! ??????

Uma publicação compartilhada por Santiago Trellez Vivero (@santitrellez7) em 

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Tréllez chega a Porto Alegre e conclui acordo de empréstimo

Na manhã desta quarta-feira (16), Santiago Tréllez chegou a Porto Alegre para concluir acordo com o Internacional. O jogador de 28 anos chega emprestado pelo São Paulo por um ano com cláusula de compra ao fim do período.

Segundo apurou o UOL Esporte, o Colorado irá pagar valor próximo a R$ 1 milhão de forma parcelada para ter o atleta cedido no período.

O Internacional cumpre, agora, protocolo de realização de exames e assinatura de contrato para o anúncio, que irá ocorrer até o fim da tarde desta quarta.

Tréllez concorre por vaga com Jonatan Alvez e William Pottker, que nos primeiros treinos do ano foi titular no comando de ataque.

Ainda sem confirmar a contratação, algo que ocorreu apenas nesta quarta, o técnico Odair Hellmann elogiou as características dele.

“Tréllez tem uma característica que se encaixa muito aqui, é competitivo em relação à participação. Ele tem uma característica bem específica. E ainda temos outras características para esta função”, disse.

No grupo, o colombiano ocupará a vaga deixada por Leandro Damião, que se transferiu para o Frontale Kawasaki, do Japão. Na temporada passada ele disputou 38 jogos e marcou seis gols.

 

Fonte: UOL

Tréllez acerta contrato de empréstimo com o Inter

Tréllez se despediu do elenco do São Paulo na manhã deste domingo, em Orlando, nos Estados Unidos, onde a equipe faz sua pré-temporada. O atacante acertou um contrato de empréstimo até o fim desta temporada com o Inter, onde vai se apresentar esta semana.

O Inter vai pagar R$ 1,5 milhão pelo empréstimo de Tréllez. O São Paulo avalia a negociação como positiva. Reserva no Tricolor, Tréllez chegou a entrar nos minutos finais do duelo com o Ajax. Foi a despedida dos jogos com a camisa do São Paulo, com a qual fez 39 jogos e seis gols.

Na negociação entre São Paulo e Inter ficou fixado um valor de compra, caso o Colorado tenha o interesse, de 3 milhões de euros por 70% do jogador, que é o que o Tricolor tem por contrato.

Tréllez, aliás, não poderá enfrentar o São Paulo. Só se o Inter pagar uma multa prevista em contrato. Os dois times podem se encontrar na Libertadores, caso o Tricolor avance à fase de grupos.

O contrato de Tréllez com o São Paulo tem validade até dezembro de 2021. A diretoria aceitou liberá-lo para o Inter porque muito provavelmente o colombiano seria reserva em 2019.

Além de Diego Souza e o recém-contratado Pablo, o técnico André Jardine tem Brenner e Gonzalo Carneiro como opções para a posição.

 

Fonte: Globo Esporte