Programação do São Paulo prevê 13 dias de folga e treinos em Cotia

De bem com a torcida depois do importante triunfo em cima do Vitória, no Morumbi, o elenco do São Paulo agora entra na intertemporada. Em função da pausa nas competições por causa da disputa da Copa do Mundo, o clube só voltará a entrar em campo dia 18 de julho, no confronto direto com o Flamengo, no Maracanã, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Ao todo, serão 35 dias sem compromissos valendo três pontos. Por isso, o clube preparou uma programação especial para o período atípico em meio a uma temporada no futebol brasileiro.

Os 13 primeiros dias serão de folga. Mesmo assim, jogadores lesionados seguirão com seus tratamentos no Reffis, casos de Rodrigo Caio, que passou por uma cirurgia no pé esquerdo, Edimar, que sofreu um entorse no joelho esquerdo, e Bruno, que trata um trauma na perna esquerda.

Ganzalo Carneiro terá uma agenda diferenciada, porém, ainda não está definido se as atividades específicas serão cumpridas no CT da Barra Funda. Adquirido em 2 de abril, o jovem uruguaio ainda não estreou pelo Tricolor Paulista. Apesar do clube garantir que o jogador está recuperado de um problema no púbis, diagnosticado antes mesmo de sua contratação, o centroavante continua com um trabalho de reforço muscular.

A reapresentação do grupo está marcada para às 14h30 do dia 26 de junho, uma terça-feira, e será fechada à imprensa. Do dia 2 ao dia 7 de julho, Diego Aguirre dará sequência aos treinamentos não mais na Barra Funda, e sim em Cotia, no CT que abriga as categorias de base do São Paulo. A parte final da preparação será novamente feita no CT do grupo profissional.

Pelo menos dois jogos-treinos ou até mesmo amistosos devem ser realizados durante a intertemporada. O departamento de futebol ainda não fechou os compromissos com outros clubes, mas a tendência é que em breve tudo esteja resolvido, conforme o desejo do técnico uruguaio.

Enquanto isso, o São Paulo curte a vice-liderança no Campeonato Brasileiro, posição que ainda depende do resultado de Atlético-MG x Ceará, duelo marcado para essa quarta-feira. O Flamengo, líder com apenas três pontos a mais que o tricolor nesse momento (26 a 23), mas que também joga nessa quarta, contra o Palmeiras, pela 12ª rodada, será o primeiro desafio do São Paulo no retorno pós-Copa do Mundo, dia 18 de julho, no Maracanã.

Fonte: Gazeta Esportiva

Anúncios

Gonzalo Carneiro deve estrear somente após a Copa

O torcedor são-paulino provavelmente terá de aguardar um pouco mais para ver o atacante Gonzalo Carneiro em campo. O Tricolor vê como pouca a possibilidade de estreia do centroavante antes da Copa do Mundo, que será realizada entre os dias 14 de junho e 15 de julho.

No entendimento do departamento médico, o jogador teve uma boa evolução física, porém é aconselhável o clube ter cautela nesse momento de recuperação. Carneiro foi contratado em abril, e não joga uma partida oficial desde novembro em função de uma pubalgia – lesão com caráter crônico e progressivo. A pubalgia é presente no abdome e na virilha, e por esse motivo, as cargas de treinamento do atleta são diferenciadas.

Gonzalo Carneiro atuava pelo Defensor-URU e foi contratado pelo Tricolor por R$ 2,6 milhões. O jovem de 22 anos, é visto como uma das revelações do futebol uruguaio.

Raí defende Ricardo Rocha após polêmica de comentar a Copa na FOX

Ricardo Rocha anunciou, na última terça-feira, que será comentarista dos canais FOX Sports durante a Copa do Mundo. Criticado por aceitar outra função em uma época de janela de transferências, na qual o São Paulo deve se movimentar em busca de reforços, Rocha foi defendido pelo diretor de futebol do Tricolor, Raí.

Segundo o executivo, Ricardo continuará focado em seu trabalho como coordenador técnico. “Ele está à disposição total do São Paulo. Isso será apenas algumas participações pontuais e que ele já havia discutido com a presidência anteriormente. Serão momentos muitos pontuais e ele estará a disposição do São Paulo prioritariamente”, garantiu o ídolo tricolor, autor de dois gols na final do Mundial de 1992, contra o Barcelona.

Ricardo Rocha foi anunciado como integrante da diretoria são-paulina no início do ano. Leco apostou na parceria com Raí, para tentar relembrar a parceria de sucesso do passado. Os dois conquistaram a Copa do Mundo de 1994, o Brasileirão de 1991 e os Paulistas de 1989 e 1991.

Cueva será o representante tricolor na Copa do Mundo

A FIFA divulgou, nesta segunda-feira, a lista final com os 23 jogadores de cada país participante da Copa do Mundo na Rússia. O meia são-paulino, Cueva, foi confirmado na Seleção Peruana e será o único representante do Tricolor na competição.


Christian Cueva será o sétimo jogador estrangeiro a representar o clube do Morumbi em uma Copa. Ele se junta a Pablo Forlán e Pedro Rocha (Uruguai, 1974), Darío Pereyra (Uruguai, 1986), Aristizábal (Colômbia, 1998), Reasco (Equador, 2006) e Alvaro Pereira (Uruguai, 2014).

O Peru está no Grupo B do Mundial, junto com França, Austrália e Dinamarca. A estreia será no dia 16 de junho diante dos dinamarqueses. Cinco dias depois será o grande jogo para os peruanos, contra a França. E o último jogo, contra a Austrália, será no dia 26 do mesmo mês.

Fonte: saopaulofc.net

Tricolor determina meta no Brasileirão até a parada para Copa do Mundo

Fonte: Globo Esporte

O São Paulo estabeleceu internamente uma meta para o Campeonato Brasileiro. Elenco, comissão técnica e diretoria de futebol estão mobilizados para deixar o time entre os quatro primeiros colocados ou a no máximo três pontos do líder até a parada para a Copa do Mundo, disputada de 14 de junho a 15 de julho. Neste momento esta é justamente a distância do São Paulo (dez pontos) para o líder Atlético-MG (13 pontos).

Único invicto do Brasileirão, com quatro empates e duas vitórias, o Tricolor subiu na tabela depois de bater o rival Santos, domingo, no Morumbi. A equipe está na sexta posição, dentro da zona de classificação para a Taça Libertadores.

– É isso. Não só nós, mas todos os times têm esse objetivo (de ficar entre os líderes). Temos de batalhar muito, continuar nessa pegada e melhorar algumas coisas que sabemos que precisamos. Mas estamos no caminho certo e seguimos invictos no Brasileiro – disse Marcos Guilherme.

– Temos de nos preocupar em fazer a nossa parte. Infelizmente alguns empates nos seguraram no meio da tabela. Com essa vitória vamos para a parte de cima, que é onde queremos ficar até a Copa. É continuar pontuando e as coisas vão acontecer naturalmente – disse Sidão.

Até a Copa do Mundo esta será a última semana cheia de treinos para o técnico Diego Aguirre trabalhar no CT da Barra Funda.

Do próximo domingo (dia 27) até o último jogo antes da parada (12 de junho), o São Paulo emenderá seis partidas em 17 dias.

Veja a lista dos próximos seis jogos do Tricolor até a Copa do Mundo:

27/5 – América-MG x São Paulo – Independência
30/5 – São Paulo x Botafogo – Morumbi
2/6 – Palmeiras x São Paulo – Arena Palmeiras
5/6 – São Paulo x Internacional – Morumbi
9/6 – Atlético-PR x São Paulo – Arena da Baixada
12/6 – São Paulo x Vitória – Morumbi
Durante a paralisação para a Copa, o São Paulo poderá perder jogadores. Éder Militão, Marcos Guilherme e Rodrigo Caio (em recuperação de cirurcia no pé esquerdo) têm futuros incertos.

Aguirre, no entanto, disse que o clube tem uma lista de jogadores da base e de nomes do mercado para repor alguma eventual saída. O técnico não espera uma debandada. Ele imagina perder no máximo até três atletas.

Contra o América-MG, domingo, no Independência, o São Paulo não terá Anderson Martins (expulso no clássico) e Rodrigo Caio (cirurgia no pé esquerdo).