São Paulo encaminha empréstimo de zagueiro Rodrigo para time de Portugal

O São Paulo tem encaminhado o empréstimo do zagueiro Rodrigo, revelado na base do clube, para o Portimonense, de Portugal. Segundo apurou o UOL Esporte, o negócio ainda não está fechado, mas perto de um desfecho positivo. O acordo seria de um ano, válido até a metade de 2020.

Rodrigo tem 21 anos e foi promovido aos profissionais em 2018, mas praticamente não teve chances na equipe principal. Ele jogou apenas uma partida, em 3 de fevereiro deste ano, contra o São Bento, pelo Campeonato Paulista, quando o São Paulo escalou um time reserva.

Se confirmada a saída de Rodrigo, o técnico Cuca fica, por enquanto, com seis opções para a zaga: Arboleda, Bruno Alves, Anderson Martins, Walce, Morato e Lucas Kal.
C
O São Paulo tem reformulado seu elenco neste meio de temporada. O lateral Bruno Peres, o volante Jucilei e o meia Nenê foram liberados dos treinos para procurarem outros clubes, enquanto o atacante Biro Biro teve o contrato rescindido.

Fonte: UOL

Anúncios

De contrato novo, zagueiro Rodrigo aguarda promoção no São Paulo

Capitão do time sub-20 do São Paulo, o zagueiro Rodrigo renovou recentemente seu contrato com o Tricolor até o fim de dezembro de 2021. Bastante elogiado nas categorias de base por conta de suas seguidas boas atuações, o defensor agora vive a expectativa de ser oficialmente promovido ao elenco profissional, comandado pelo técnico Diego Aguirre.

– A diretoria mostrou que confia no meu trabalho e que a qualquer momento iria precisar de mim, me falaram para estar preparado que já na pré temporada eu poderei ser utilizado. Então vou seguir trabalhando para conquistar cada vez mais meu espaço – explicou o jogador em entrevista ao LANCE!

Natural de Salvador, na Bahia, Rodrigo chegou ainda muito novo ao Tricolor, com apenas 14 anos e fez toda a sua formação na base do São Paulo, em Cotia. Com 1,89m de altura e boa impulsão, o zagueiro foi convocado por Diego Aguirre para fazer alguns treinos no CT da Barra Funda e, inclusive, já ficou no banco de reservas neste Brasileirão.

Ciente de que terá uma concorrência grande em seu setor caso seja promovido ao time de cima, o zagueiro se prepara nesses últimos meses do ano para demonstrar trabalho na próxima pré-temporada. Afinal, se a oportunidade aparecer, ele terá que disputar vaga com Anderson Martins, Arboleda, Bruno Alves e Rodrigo Caio.

– Hoje, o São Paulo está muito bem servido de zagueiro, eu estou correndo atrás deles. Me preocupo sempre em estar preparado pra quando a oportunidade chegar, se eles renovaram o meu contrato é porque tem planos pra minha carreira e porque confiam em mim, então estou tranquilo, de cabeça boa, quando minha hora chegar, vou aproveitar o máximo possível – afirmou.

Rodrigo, você chegou muito novo ao São Paulo. O que significa para você essa renovação contratual? Passa um filme na cabeça?
Sim, cheguei com apenas 14 anos no São Paulo, desde quando cheguei fui muito bem tratado por todos em Cotia. Essa renovação significa pra muito pra mim, desde quando começou o período de negociação já deixei claro a minha vontade de renovar com o clube. Isso mostra que fiz uma boa passagem na base, ganhei títulos importantes pelo clube, e agora eu recebi mais uma oportunidade de mostrar que tenho potencial pra jogar na equipe principal.

Há algumas semanas você teve um período maior de treinos no CT da Barra Funda e, inclusive, sofreu o trote. Como foi essa experiência para você?
Foram duas semanas muito produtivas, pude adquirir muitas coisas boas não só dentro de campo, como fora também. Em relação ao trote, foi uma brincadeira que desde quando fiquei ciente que estava convocado pro jogo contra o Atlético Mineiro, já sabia que eles iriam raspar meu cabelo. Levei na esportiva (risos) e entrei na onda.

 

Fonte: Lance

Zagueiro deve renovar seu contrato com o São Paulo por mais três anos

Capitão do São Paulo na campanha do vice-campeonato da Copa São Paulo de Futebol Júnior desta temporada, o zagueiro Rodrigo, de apenas 20 anos, deve renovar seu contrato com o Tricolor nos próximos dias. O defensor tem vínculo com o clube do Morumbi até o dia 31 de dezembro deste ano, e deve estender seu contrato por mais três temporadas.

– Está tudo muito bem encaminhado entre nós e o clube. O Rodrigo teve sondagens de algumas equipes, mas tem um carinho especial pelo São Paulo e pediu para continuar no clube. Acredito que ainda nesta semana aconteça a assinatura do contrato – explicou o empresário Otacílio de Freitas ao LANCE!

Nascido em Salvador, na Bahia, o jogador chegou ao clube do Morumbi com 14 anos de idade. Alojado em Cotia desde então, se destacou em todas as divisões de base do São Paulo e colecionou passagens pelas divisões inferiores da Seleção Brasileira. Neste ano, ganhou projeção ao ser um dos líderes da equipe na campanha que levou o clube à decisão da Copinha, perdida para o Flamengo.

Por conta de suas boas atuações, Rodrigo foi convocado pelo técnico Diego Aguirre para participar dos treinamentos no CT da Barra Funda, ao lado do time de cima. Com o elenco principal foi muito elogiado por Ricardo Rocha e, embora ainda não haja uma oficialização de seu futuro deve ser promovido como profissional do São Paulo.

Diante deste cenário, o empresário do atleta e a diretoria de futebol do Tricolor devem oficializar um novo contrato nos próximos dias. Além de ganhar um aumento salarial, Rodrigo deve se mudar para o centro de treinamento da capital paulista, onde moram a maioria dos jogadores promovidos de Cotia, como Brenner, Lucas Perri e Shaylon.

 

Lance

Fim da linha? São Paulo trabalha para vender jogador

O São Paulo pode injetar mais uma excelente quantia pela negociação de um jogador. ​Segundo o site ​UOL Esporte, Raí, diretor executivo de futebol, vem mantendo contatos para tentar negociar um de seus atletas.

Trata-se do zagueiro Rodrigo Caio, que há tempos tem o seu nome especulado na Europa, mas ainda não chegou a um acordo com nenhuma equipe. O dirigente estaria mantendo contato com Leonardo, diretor do Milan, para saber do interesse em contratar o campeão olímpico. A resposta, porém, pareceu um pouco reticente e não muito animadora.

​Tricolor Paulista ainda não recebeu nenhuma proposta oficial, mas houve sondagens. Esperava-se que ele poderia ser vendido nesta janela de transferências, mas por conta de uma séria lesão, a “vitrine” diminuiu.

Recentemente, em entrevista à ESPN Brasil, Rodrigo Caio deixou claro que o adeus está próximo:

“Pode ser nessa janela, sim, mas não tem como a gente ter certeza, porque nem abriu a janela. Não tenho nada concreto, mas cada vez mais está chegando a hora de sair”, destacou.

 

Caio

Finalista da Copa do Brasil, capitão tricolor pode pintar no profissional

Fonte: Gazeta Esportiva

Cobrador de pênaltis da equipe, o capitão Rodrigo quer seguir com sua ascensão no São Paulo. Neste sábado, o zagueiro de 1,89m terá a oportunidade de dar mais um importante passo em seu início de carreira, já que terá pela frente o Corinthians, às 10h45 (de Brasília), em Itaquera, no clássico válido pelo primeiro jogo da final da Copa do Brasil sub-20. O prestígio do garoto baiano é tamanho que recentemente houve conversas para que ele fosse alçado ao time profissional do clube do Morumbi.


“Já houve, sim, uma conversa sobre minha possível subida ao time profissional, mas procuro pensar primeiro aqui, porque eu indo bem aqui, vai ficar cada vez mais fácil para eu ser promovido”, garantiu o zagueiro à Gazeta Esportiva.

Desde os 14 anos em Cotia, Rodrigo já se projeta erguendo mais um troféu com a camisa tricolor, agora cinco anos mais velho. Campeão da Copa RS de 2017 já como capitão, o zagueiro viu a chance de o clube do Morumbi voltar a conquistar a Copa São Paulo de Futebol Júnior escorrer pelos dedos após a vitória do Flamengo na grande decisão, no Pacaembu. Contudo, agora sob novo comando e de energia renovada, o jogador adota um discurso que mostra a sua distância de qualquer deslumbramento.

“Eu acho que tenho que me preparar cada vez mais e continuar indo bem em todos os campeonatos, liderando a equipe e fazendo meu trabalho”, disse Rodrigo, comentando sobre suas possíveis futuras chances no time comandado pelo técnico Diego Aguirre. “Acho que [a promoção ao profissional] vai acontecer naturalmente. Tenho que estar com a cabeça boa e me preparar bem psicologicamente para poder aproveitar ao máximo possível a oportunidade que vier”.

Essa será a segunda final da carreira de Rodrigo contra um arquirrival. Durante a preparação para a Copinha deste ano, o São Paulo fez valer seu favoritismo contra o Palmeiras, vencendo o Verdão de virada por 4 a 3 na grande final da Copa RS. Agora, a bola da vez é o Corinthians, contra quem o Tricolor já jogou em 2018, já que o Timão caiu justamente no mesmo grupo que o clube do Morumbi no Campeonato Paulista sub-20.

“A equipe do Corinthians é uma equipe muito coesa, bem qualificada, mas nunca entrei em campo contra eles. Teve até um jogo no Paulista contra eles, só que a gente estava na Copa do Brasil, não pude jogar”, explicou Rodrigo, lembrando que na ocasião foi uma equipe alternativa que enfrentou o Timão. “Agora vou ter a oportunidade de enfrenta-los em uma final de uma competição muito importante. Vou dar o máximo para, se Deus quiser, a gente sair com a vitória no primeiro jogo e levar uma boa vantagem para o Morumbi”.

Tendo Sergio Ramos, do Real Madrid, como espelho, Rodrigo é um dos “veteranos” do grupo comandado por Orlando Ribeiro. Em Cotia desde 2014, o zagueiro vindo do Bahia não escondeu o espanto ao adentrar no CFA Laudo Natel pela primeira vez. A estrutura não só impressiona, mas também pressiona os meninos, que precisam corresponder com resultados à altura do grande investimento feito pelo clube, algo tratado com bastante naturalidade pelo defensor.

“Eu não levo como peso, acredito que é mais uma cobrança por proporcionar tudo do bom e do melhor para nós. Os caras têm todo o direito de cobrar que a gente chegue em todos os campeonatos, nem que seja entre os três melhores”, concluiu o jogador que já soma oito títulos desde que desembarcou em Cotia.

Rodrigo comemora gol da vitória sobre o Palmeiras, no jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil sub-20 (Foto: Afonso Pastore/saopaulofc.net)