Lugano elogia Rodrigo Caio e diz que tentou mudar rumo do zagueiro

Diego Lugano, superintendente de relações institucionais do São Paulo, revelou em entrevista aos jornalistas Arnaldo Ribeiro e Eduardo Tironi que conversou com um clube turco sobre Rodrigo Caio. A ideia é que ele não fosse negociado com o Flamengo no início de 2019, mas saísse do Brasil.

– Ninguém de nós duvidava que ele seria destaque onde fosse, jogador de Seleção. Eu tentei que ele fosse para o exterior e não ficasse no Brasil, até falei com um time lá da Turquia que não queria ele no Brasil. Não queria reforçar um rival com o Rodrigo, porque sabia que ia dar muito certo. Mas pelo carinho que tenho por ele, pelo que vi ele dar para o São Paulo, e nem sempre o contexto São Paulo deu para ele esse reconhecimento, fico muito feliz pelo que ele está vivendo – declarou o uruguaio.

Rodrigo Caio é cria das categorias de base do São Paulo, em Cotia, e atuou na equipe profissional de 2011 a 2018. No período, acumulou 13 gols em 277 e participou da campanha do título da Copa Sul-Americana de 2012. Ficou marcado por algumas negociações frustradas – a última para o Barcelona, em 2018 – e por polêmicas com Rogério Ceni (o episódio do fair play em um jogo contra o Corinthians) e Diego Aguirre (irritou-se por receber poucas chances do uruguaio e por ser improvisado como lateral-direito).

– No futebol, para ser ídolo, você tem que ser vitorioso. São as regras do jogo, não tem mistério. Rodrigo jogou 260 jogos no São Paulo, mais que eu até. Teve continuidade, demonstrou grande nível, foi para a Seleção. Foi muito leal ao São Paulo, muito leal. E o São Paulo foi muito leal a ele, porque o clube também tem que ser muito leal ao jogador para que ele jogue 260 jogos. E ele também é são-paulino, sofria com as derrotas, vibrava com as vitórias. Como todo ciclo na vida, chegou o momento em que o melhor para ele e para o São Paulo era que ele continuasse a carreira em outro lugar, senão seriam prejudicados o Rodrigo e o São Paulo, principalmente porque os grandes resultados não aconteceram. Obviamente que não era culpa do Rodrigo, mas do contexto geral – emendou Lugano.

No Flamengo, Rodrigo é titular absoluto e já faturou os títulos do Carioca, do Brasileirão, da Libertadores, da Recopa Sul-Americana e da Supercopa do Brasil. Aos 26 anos, soma 63 jogos e cinco gols pelo Rubro-Negro.

Lance

Venda de Rodrigo Caio pode reforçar os cofres do Morumbi

O São Paulo não vive um bom momento em termos de finanças. O clube acumulou, até agosto de 2019, um déficit orçamentário de R$ 77 milhões na temporada. Além do mais, até o momento, o Tricolor paulista está muito longe de alcançar sua meta prevista com a transferência de atletas: são esperados R$ 121 milhões até o final do ano, e, até agora, foram atingidos apenas R$ 71 milhões. Por isso, os dirigentes sabem que vão ter de negociar mais jogadores até o fim do ano. É aí que volta à tona o nome de Rodrigo Caio, mesmo no Flamengo. O zagueiro ainda pode reforçar os cofres do Morumbi. E o melhor: sem que o elenco paulista sofra baixas.

Quando assinou com o Rubro-Negro, o zagueiro ficou com 10% dos seus direitos, passou 45% para o time carioca, e 45% continuaram com o São Paulo. Os cariocas desembolsaram na época por 5 milhões de euros (R$ 22,2 milhões então). Vale destacar que a multa rescisória no Tricolor paulista era de 18 milhões de euros, mas o jogador já tinha demonstrado o desejo de deixar o clube que o revelou.

Segundo o contrato firmado entre as partes, o clube carioca teria de pagar mais 1 milhão de euros por mais 15% caso o defensor jogasse mais de 4 mil minutos neste ano. Tal meta já foi atingida. Portanto, é certo que o Tricolor paulista vai embolsar mais R$ 4,4 milhões. Assim, o clube carioca passará a ter 60% dos direitos, enquanto o o São Paulo fica com 30%.

Em 2020 o Flamengo pode adquirir mais 15% caso a meta estipulada em contrato seja novamente atingida. Deste modo, passaria a ter 75% dos direitos sobre o zagueiro – o Tricolor paulista ficaria com 15%.

Diante desses cálculos, a diretoria tricolor espere que o jogador continue a ter um bom desempenho, volte a chamar a atenção do mercado europeu e seja negociado ainda neste ano para o exterior.Afinal , hoje os paulistas teriam ainda direito a receber 30% de uma transferência. Recentemente, o jogador chegou a ter o seu nome especulado no Barcelona, mas nenhuma proposta chegou a ser oficializada.

UOL

São Paulo lucrará mais de R$ 4 milhões com o sucesso de Rodrigo Caio no Flamengo

O São Paulo receberá mais de R$ 4 milhões graças ao sucesso de Rodrigo Caio no Flamengo. Titular absoluto da equipe comandada por Jorge Jesus, finalista da Libertadores e líder do Campeonato Brasileiro, o zagueiro formado nas categorias de base do Tricolor terá mais 15% de seus direitos econômicos adquiridos pelo Rubro-Negro da Gávea. A informação foi publicada pelo Globoesporte.com e confirmada pela Gazeta Esportiva.

Conforme previsto em contrato, o Flamengo terá de desembolsar R$ 4,4 milhões ao São Paulo pelo fato de Rodrigo Caio ter atingido a primeira das três metas estabelecidas no acordo. Caso o zagueiro atuasse por mais de 4 mil minutos neste ano, o equivalente a mais de 44 partidas, o Tricolor automaticamente venderia 15% de seus direitos econômicos em troca de 1 milhão de euros.

Atualmente, os direitos econômicos de Rodrigo Caio são divididos da seguinte forma: o Flamengo possui 45%, o São Paulo 45% e o próprio zagueiro é dono dos 10% restantes.

Em 2019, Rodrigo Caio já vestiu a camisa do Flamengo 47 vezes. O jogador é titular absoluto na zaga ao lado do espanhol Pablo Marí e, inclusive, foi convocado para a Seleção Brasileira na última data Fifa. Bem-sucedido em sua primeira temporada no novo clube, o zagueiro poderá render ainda mais dinheiro ao São Paulo caso siga nessa toada.

Além dessa primeira meta já atingida, o São Paulo ainda tem mais duas cláusulas no gatilho para encher seus cofres. Se Rodrigo Caio novamente atuar por mais de 4 mil minutos com a camisa do Flamengo em 2020, o clube carioca terá de comprar mais 15% dos direitos econômicos do jogador por 1 milhão de euros (R$ 4,4 milhões).

Como se não bastasse, se a partir de janeiro de 2021 o Flamengo receber uma proposta superior a 12 milhões de euros por Rodrigo Caio e optar por não vendê-lo, terá de adquirir mais 15% dos direitos econômicos do atleta proporcionais ao valor da oferta em questão. Se o Rubro-Negro escolher comercializá-lo, o clube do Morumbi recebe 15% do valor total.

Gazeta Esportiva

Rodrigo Caio mantém carinho por São Paulo, mas não poderá enfrentar ex-time

Abel Braga não vai contar com Rodrigo Caio na partida deste domingo, no Morumbi, contra o São Paulo. Segundo apurou o UOL Esporte, o zagueiro, que se recupera de choque de cabeça com Dedé, do Cruzeiro na abertura do Campeonato Brasileiro, ainda não tem condições para defender o Flamengo os 90 minutos. Ainda assim, deve vir para a capital paulista no domingo à noite, para integrar a delegação que vai ao Uruguai, enfrentar o Peñarol pela Copa Libertadores.

Em entrevistas recentes, o beque demonstrou uma ponta de mágoa com o Tricolor paulista – clube que defendeu desde o início de sua carreira até o ano passado. Tal sentimento pode ser explicado pelas cobranças de parte de sócios do São Paulo e da torcida. Como profissional, ele foi considerado uma das principais promessas das categorias de base, atuou em diversas posições e chegou a ser convocado pela seleção brasileira. Porém, conquistou apenas um título de expressão: a Copa Sul-Americana de 2012.

Ainda assim, o jogador mantém carinho e respeito pelo São Paulo. De acordo com a apuração da reportagem, ele acompanhou, dentro do possível, o desempenho do Tricolor paulista no estadual. Na semifinal, contra o Palmeiras, chegou até apostar com um amigo na classificação do Tricolor paulista. O jogador tem muitos amigos entre jogadores e funcionários do Tricolor. Por isso, a afeição pelo São Paulo ainda está presente.

Por causa deste respeito e para evitar qualquer tipo de polêmica, Rodrigo Caio preferiu ficar fora dos holofotes nos últimos dias. O jogador, de 25 anos, evitou conceder entrevistas. A ideia é ficar focado em sua recuperação física e no trabalho no Flamengo. Desde o início da temporada na equipe carioca, ele garantiu o posto de titular e participou da conquista do estadual.

Dúvida tricolor

O São Paulo também pode ter um desfalque em sua zaga. Arboleda sentiu a coxa esquerda durante a vitória por 2 a 1 sobre o Goiás, em partida realizada na quarta-feira, em Goiânia. Desta forma, Cuca deve escalar a defesa com Bruno Alves e Anderson Martins. Além dos dois, o treinador deve ter à disposição Lucas Kal, Rodrigo e a opção de subir Walce, do sub-20.

 

Fonte: UOL

Rodrigo Caio é campeão no Flamengo, e responde ironia de torcedor do São Paulo

Rodrigo Caio deixou o São Paulo e partiu rumo ao Flamengo em 2019 para vivenciar novos ares após oito temporadas no Morumbi. E o zagueiro conseguiu ser campeão logo em seu primeiro ano no novo clube, feito que lhe fez rebater uma ironia de um são-paulino nas redes sociais.

Um torcedor do São Paulo comemorou no último 8 de abril que o Tricolor havia chegado a uma decisão após a saída de Rodrigo Caio.

“Desenterramos o sapo. Foi só o jogadorzinho de condomínio, ingrato e mimadinho sair do SPFC que estamos na final. Até nunca mais, Rodrigo Caio”, escreveu o são-paulino.

O zagueiro do Flamengo aproveitou a derrota do São Paulo diante do Corinthians e sua conquista diante do Vasco para ironizar a publicação. O ex-são-paulino respondeu com diversos emojis de troféus.

VEJA A PUBLICAÇÃO E A RESPOSTA DO ZAGUEIRO 

Cabe destacar que Rodrigo foi revelado pelo São Paulo em 2011 e tem no currículo pelo clube do Morumbi apenas o título da Copa Sul-Americana do ano seguinte. Muito criticado pela torcida, o zagueiro viu como melhor caminho a saída do Tricolor e acertou com o Flamengo ainda no fim de 2018.

Em entrevista à ESPN Brasil nesta segunda-feira (22), Rodrigo Caio explicou como tem sido sua relação com o São Paulo após a saída.

“Tenho uma gratidão pelo São Paulo. Tive uma história lá dentro. Claro que sempre que eu falo uma coisa relacionada ao São Paulo, as pessoas se ofendem de uma forma muito grande e eu não quero isso”, declarou.

“Isso já faz parte do passado. Hoje minha vida é no Flamengo, quero construir uma linda história aqui. O mais importante é que eu possa seguir meu caminho e o São Paulo siga a dele. Tenho muitos amigos lá, torço muito por eles”, concluiu.

 

Fonte: Torcedores.com

Rodrigo Caio diz que se orgulha de polêmica com Corinthians e reclama do São Paulo: ‘Me deixaram exposto’

Rodrigo Caio não se arrepende da polêmica que se envolveu em um clássico com o Corinthians, quando ainda defendia o São Paulo. Segundo o zagueiro, hoje no Flamengo, é motivo de orgulho ter admitido não ter sofrido falta do rival Jô, embora a postura da ex-equipe tenha incomodado.

“No São Paulo eu acho que isso foi o começo da minha saída. Principalmente a parte da torcida e clube não me deu todo o suporte que precisava, me deixaram muito exposto naquele momento. Fui bombardeado por todos os lados”, disse o zagueiro, em entrevista à “TV Globo”

“Não me arrependo, pelo contrário. É algo que me orgulho. Difícil falar se faz ou não novamente e não crucifico quem não faz”, complementou Rodrigo Caio.

Segundo o atleta, a decisão de deixar o Morumbi, onde foi revelado, rumo ao Flamengo foi pensando em preservar a carreira. No São Paulo, Rodrigo Caio não se sentia mais feliz.

“Lembro quando terminou o ano e foi o que falei com a minha família: ‘eu preciso buscar algo novo, me reinventar senão eu vou acabar com a minha carreira. Eu não estou mais feliz. Não tenho dúvidas que fiz uma boa escolha. Estou feliz e motivado”, recordou.

 

Fonte: ESPN

“Sem Rodrigo Caio”, Tricolor tem planejamento para a zaga nesta temporada

Com sete reforços já anunciados para a temporada de 2019, o São Paulo deve atenuar sua atuação no mercado daqui em diante. O que não significa que o elenco já esteja fechado.

Em função da venda de Rodrigo Caio ao Flamengo, o quadro de zagueiros do Tricolor ficou incompleto, abrindo-se entre uma e duas vagas. No momento, as três principais opções para a defesa são Arboleda, Bruno Alves e Anderson Martins.

Diante desse cenário, a comissão técnica deve adotar uma solução caseira para o problema. Revelados nas categorias de base do clube, Lucas Kal e Rodrigo Freitas foram levados aos Estados Unidos, onde o time realiza a primeira parte da pré-temporada.

Kal estava emprestado ao Vasco até abril de 2019, mas o São Paulo pediu o retorno antecipado através de cláusula contratual. Por sua vez, Rodrigo, de 20 anos, já havia treinado entre os profissionais em 2018 e foi chamado para integrar o grupo que viajou à Flórida.

A dupla ainda deve concorrer com outro atleta formado em Cotia: Walce. O zagueiro de 19 anos também viajaria aos Estados Unidos, mas foi convocado para defender a Seleção Brasileira sub-20 no Sul-Americano do Chile.

Apesar de não disputar a Copa Flórida com o São Paulo, Walce poderá integrar o elenco profissional nesta temporada. Em 2018, aliás, o jovem defensor reforçou esporadicamente os treinamentos no CT da Barra Funda.

Até o momento, o Tricolor anunciou as chegadas do lateral direito Igor Vinícius, do lateral esquerdo Léo, dos atacantes Pablo e Biro Biro, do goleiro Tiago Volpi, do meia Hernanes e do volante Willian Farias. A diretoria não deverá buscar defensores no mercado.

Pela Copa Flórida, o São Paulo estreia diante do Eintracht Frankfurt-ALE, na próxima quinta-feira, às 22 horas (de Brasília), em São Petersburgo. No dia 12, o adversário será o Ajax-HOL, às 16 horas, em Orlando.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Saída de Rodrigo Caio abre espaço para zagueiros da base no elenco do São Paulo

A venda de Rodrigo Caio do São Paulo para o Flamengo abriu espaço para novos zagueiros no elenco de André Jardine. Agora, Arboleda, Bruno Alves e Anderson Martins são os três principais defensores.

Dessa maneira, outros zagueiros revelados em Cotia poderão ganhar chances no elenco principal. Um deles é Lucas Kal, de volta após empréstimo ao Vasco. O acordo era válido até o meio do próximo ano, mas o Tricolor pediu o retorno antecipado, por meio de uma cláusula

Aos 22 anos, Lucas Kal vai integrar a delegação do São Paulo que disputará o Torneio da Flórida, nos Estados Unidos. A delegação viaja no dia 4. O também zagueiro Walce estaria no grupo, mas foi convocado pela seleção brasileira para o Sul-Americano sub-20, no Chile.

Anteriormente, Lucas Kal havia sido emprestado a Paraná e Guarani. Walce, por sua vez, é muito valorizado internamente e foi capitão do título da Supercopa Sub-20, no qual o time bateu o rival Palmeiras nos pênaltis. O jogador, inclusive, é alvo do Santos, onde foi indicado por Jorge Sampaoli.

Mesmo sem participar da pré-temporada nos Estados Unidos, Walce poderá ser aproveitado no elenco principal ao longo de 2019. A questão deverá ser discutida nos próximos dias.

Aos 22 anos, Lucas Kal vai integrar a delegação do São Paulo que disputará o Torneio da Flórida, nos Estados Unidos. A delegação viaja no dia 4. O também zagueiro Walce estaria no grupo, mas foi convocado pela seleção brasileira para o Sul-Americano sub-20, no Chile.

Anteriormente, Lucas Kal havia sido emprestado a Paraná e Guarani. Walce, por sua vez, é muito valorizado internamente e foi capitão do título da Supercopa Sub-20, no qual o time bateu o rival Palmeiras nos pênaltis. O jogador, inclusive, é alvo do Santos, onde foi indicado por Jorge Sampaoli.

Mesmo sem participar da pré-temporada nos Estados Unidos, Walce poderá ser aproveitado no elenco principal ao longo de 2019. A questão deverá ser discutida nos próximos dias.

Além da dupla, outro garoto de Cotia que poderá ter espaço entre os profissionais é Rodrigo Freitas. O jogador de 20 anos treinou algumas vezes com o elenco principal no CT da Barra Funda, mas não estreou na equipe do São Paulo.

É possível, inclusive, que Rodrigo Freitas seja chamado para integrar a delegação do Tricolor na pré-temporada dos Estados Unidos. Mesmo caso do atacante Jonas Toró.

Até o momento, o São Paulo contratou cinco jogadores e não deverá buscar novos defensores no mercado. Hernanes, Tiago Volpi, Pablo, Léo Pelé e Igor Vinicius são as novidades para 2019.

 

Fonte: Globo Esporte

Depois de exames, Rodrigo Caio aparece na Gávea para assinar contrato com o Flamengo

O anúncio oficial de Rodrigo Caio como primeiro reforço do Flamengo para 2019 está cada vez mais próximo. O zagueiro realizou exames médicos neste sábado no Rio de Janeiro e foi visto na Gávea, sede social do Rubro-Negro, onde assinará seu novo contrato. O vínculo vai até dezembro de 2023.

Rodrigo Caio passou despercebido pelo bar da piscina da Gávea, onde parou para fazer um lanche em um dia movimentado no local. Entre as pessoas que o acompanhavam, estava o irmão do jogador. O Flamengo prepara anúncio ainda neste sábado.

Os valores da negociação não foram divulgados, mas o Flamengo vai pagar 5 milhões de euros pelo percentual dos direitos econômicos do zagueiro revelado pelo São Paulo. A negociação foi concluída na sexta-feira, quando os clubes trocaram documentos.

Vídeo incorporado

Gustavo Rotstein@rotstein_

Depois de fazer exames, Rodrigo Caio está agora na Gávea, sede do Flamengo. Aqui ele faz um lanche no bar da piscina

196 pessoas estão falando sobre isso
Fonte: Globo Esporte

 

Flamengo se aproxima do primeiro reforço: zagueiro Rodrigo Caio, do São Paulo

O Flamengo está próximo de fechar a primeira contratação para a temporada de 2019: Rodrigo Caio. O zagueiro de 25 anos vivia clima de despedida do São Paulo, clube que o revelou, desde o fim do Campeonato Brasileiro. Com interesse também do Grêmio, o jogador, campeão olímpico em 2016 com a seleção brasileira, tem acordo para ser o primeiro reforço da era Landim.

Mais informações em instantes.

Fonte: Globo Esporte

Sampaoli indica zagueiros do São Paulo; Santos vê chance pequena de contratar

O técnico Jorge Sampaoli indicou dois zagueiros do São Paulo ao Santos: Rodrigo Caio, destaque do elenco profissional, e Walce, capitão da equipe sub-20. A diretoria do Peixe, porém, vê chance pequena de viabilizar os pedidos do argentino. A informação foi inicialmente publicada pelo GloboEsporte.com.

Rodrigo Caio esteve perto de ser negociado com o Barcelona-ESP na semana passada e está fora da realidade financeira do Peixe. Uma alternativa é envolver Victor Ferraz, desejo do Tricolor, mas o lateral-direito não seria suficiente para uma troca simples. O defensor é um desejo antigo de Sampaoli – o treinador chegou a ligar para ele enquanto esteve no Sevilla.

Walce, então, é uma alternativa mais viável, mas igualmente difícil. O São Paulo espera pela valorização do jovem de 19 anos na disputa do Sul-Americano Sub-20 com a seleção brasileira em janeiro, no Chile. O Alvinegro estuda a possibilidade de liberar Ferraz e pedir dinheiro ao rival além do zagueiro.

A Gazeta Esportiva procurou os empresários de Rodrigo Caio e Walce e ambos negam qualquer contato do Santos. Até o momento, não houve qualquer avanço desde a sugestão de Sampaoli. O técnico chega ao Brasil na reapresentação do elenco do Peixe, marcada para o dia 2 de janeiro à tarde.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Rodrigo Caio, sobre o Barça: ‘Saí do exame e tinham fechado com outro’

Rodrigo Caio falou pela primeira vez sobre a negociação frustrada com o Barcelona, da Espanha. O zagueiro, que tem contrato com o São Paulo até o fim de 2021 e ainda aguarda ofertas para sair nesta janela, chegou a fazer exames a pedido do clube catalão.

– Cheguei a fazer os exames, tinha passado nos exames, mas eles tinham duas opções. Eu e o Murillo, que foi contratado. Já tinham me passado isso, e quando saí da sala de exames, eles já tinham fechado com o Murillo – disse o jogador de 25 anos, em declarações publicadas pelo site do Globo Esporte.

Rodrigo está de férias em Dracena, sua cidade natal, e participou nesta quinta de um jogo festivo organizado pelo tambem zagueiro Edu Dracena, do Palmeiras. Na entrevista, ele confirmou que o vínculo com o Barça seria inicialmente por empréstimo de seis meses – havia gatilhos para a compra.

– Fiquei na expectativa, claro que era uma grande oportunidade para mim. Eram somente seis meses, mas era a oportunidade de entrar na Europa, num grande clube, eu poderia mostrar meu futebol. Mas o importante é que estou com minha cabeça tranquila e tenho contrato com o São Paulo.

 

Fonte: Lance

Rodrigo Caio, do São Paulo, lamenta negócio frustrado com o Barcelona: “Grande oportunidade”

Ainda com futuro indefinido, o zagueiro Rodrigo Caio explicou nesta quinta-feira o motivo de sua transferência frustrada para o Barcelona. Na semana passada, Rodrigo Caio foi liberado pelo São Paulo para fazer exames médicos na capital paulista, mas o negócio não evoluiu.

De acordo com o zagueiro, não houve qualquer problema nos exames, mas sim uma opção técnica do Barcelona, que também negociava com o colombiano Jeison Murillo (que acabou contratado).

– Cheguei a fazer os exames, tinha passado nos exames, mas eles tinham duas opções. Eu e o Murillo, que foi contratado. Já tinham me passado isso, e quando saí da sala de exames, eles já tinham fechado com o Murillo – disse Rodrigo Caio, em Dracena, interior de São Paulo, antes de jogo festivo do zagueiro Edu Dracena, do Palmeiras.

Rodrigo Caio ainda tem futuro indefinido no São Paulo — Foto: Marcelo HazanRodrigo Caio ainda tem futuro indefinido no São Paulo — Foto: Marcelo Hazan

Rodrigo Caio ainda tem futuro indefinido no São Paulo — Foto: Marcelo Hazan

– Fiquei na expectativa, claro que era uma grande oportunidade para mim. Eram somente seis meses, mas era a oportunidade de entrar na Europa, num grande clube, eu poderia mostrar meu futebol. Mas o importante é que estou com minha cabeça tranquila e tenho contrato com o São Paulo – completou.

A proposta do Barça para o São Paulo por Rodrigo Caio era de empréstimo gratuito por seis meses, com os direitos fixados em 15 milhões de euros (R$ 66 milhões na cotação atual).

São Paulo e Rodrigo Caio vivem um momento de turbulência. Pouco aproveitado por Diego Aguirre, o defensor fez críticas ao técnico ao final do Brasileirão e não descartou ser negociado. Além disso, o jogador chegou a declarar que perdeu muito da paixão que tinha pelo clube. Ele tem contrato até o fim de 2021.

Fonte: Globo Esporte