Fluminense pode escalar Nenê e fazer São Paulo embolsar R$ 300 mil

O São Paulo pode embolsar uma boa quantia neste sábado, dia em que enfrenta o Fluminense, no Maracanã, às 19h (de Brasília), pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Isso porque o Tricolor relacionou Nenê para a partida e, se ele entrar em campo, nada mais, nada menos que R$ 300 mil irão parar nos cofres do clube do Morumbi. A informação foi publicada inicialmente pelo Globoesporte.com e confirmada pela reportagem da Gazeta Esportiva.

Por conta do alto salário de Nenê, a diretoria do São Paulo optou por abrir mão do jogador, que rescindiu seu contrato amigavelmente. Porém, ficou acordado entre as partes que neste segundo semestre de 2019 o meia não poderia enfrentar o Tricolor paulista, sendo liberado a partir da próxima temporada.

O Fluminense entende que a situação não lhe diz respeito e, por isso, tem em seus planos utilizar o atleta na importante partida deste sábado. Nenê seria o responsável por arcar com o custo, que vem causando divergências de interpretação.

Peça-chave do técnico Diego Aguire no ano passado, Nenê foi o vice-artilheiro do São Paulo, atrás apenas de Diego Souza, mas nesta temporada perdeu espaço e passou a ser reserva. O alto salário e o fato de estar sendo subutilizado pesaram na saída do atleta, que assinou com o Fluminense até o final de 2020.

Fonte: Gazeta Esportiva

Apesar de acordo com o São Paulo em rescisão, Nenê é relacionado pelo Fluminense

O meia Nenê foi relacionado pelo Fluminense para enfrentar o São Paulo, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Se entrar em campo neste sábado, às 19h (de Brasília), no Maracanã, o jogador vai quebrar o acordo feito na rescisão de contrato com o clube paulista.

Nos bastidores, o São Paulo recebeu a informação de que Nenê vai para o jogo, e o time está se preparando para enfrentar o ex-companheiro. No Morumbi, a informação é de que se Nenê jogar ele teria de pagar uma multa de R$ 300 mil. O Fluminense não está envolvido no trato entre o atleta e o ex-clube.

Nenê saiu no próprio carro do CTPA e não partiu para a concentração junto do restante do elenco após o treino da manhã. Ele encontrou a delegação posteriormente em um hotel na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

O camisa 77 do Fluminense tinha contrato com o São Paulo até o fim deste ano, mas foi liberado pelo clube paulista e assinou com o Tricolor carioca até 2020. Pelo acordo feito na rescisão, o jogador não poderia enfrentar o ex-clube nesta temporada.

Fonte: Globo Esporte

Por acordo em rescisão, Nenê será desfalque do Fluminense no ano em jogos contra o São Paulo

Com chances de estrear pelo Fluminense no sábado, contra o Vasco, o meia Nenê é desfalque certo no jogo do outro fim de semana. Pelo acordo na rescisão de contrato com o São Paulo, o jogador não poderá enfrentar o antigo clube nesta temporada.

O reforço, portanto, está fora do duelo do próximo dia 27, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Maracanã, e do encontro pelo segundo turno, na 31ª rodada, no Morumbi.

Para este sábado, contra o Vasco, em São Januário, o novo camisa 77 é cotado até para ser titular. Como Ganso está suspenso, o reforço pode herdar a vaga do camisa 10 no meio de campo. Outra opção é jogar mais perto do gol, no lugar que era de Luciano, onde João Pedro foi improvisado no último jogo.

Reforço é uma das opções para o lugar de Ganso — Foto: Lucas Merçon/FluminenseReforço é uma das opções para o lugar de Ganso — Foto: Lucas Merçon/Fluminense

Reforço é uma das opções para o lugar de Ganso — Foto: Lucas Merçon/Fluminense

O meia foi anunciado na segunda-feira e, desde então, já participou de dois treinos. Antes, ele trabalhava normalmente no São Paulo, mesmo que pouco utilizado nas partidas. O técnico Fernando Diniz terá mais dois dias de treino para definir o time.

Nenê é o segundo reforço confirmado pela nova diretoria do Fluminense e assinou contrato até o fim de 2020. Além dele, o goleiro Muriel é outra cara nova. O próximo a caminho é Wellington Nem, formado no Flu. O jogador chega ao Rio de Janeiro nesta quinta-feira para acertar com o Tricolor.

Fonte: Globo Esporte

“Espero ter deixado boas memórias”, diz Nenê em despedida do São Paulo

O meio-campista Nenê usou as redes sociais neste sábado para se despedir oficialmente do São Paulo, clube com o qual assinou o contrato de rescisão na última sexta-feira e está livre no mercado para negociar. O principal destino cotado para o jogador é o Fluminense.

No seu Instagram, ele agradece os companheiros, comissão técnica, torcedores e diz ter realizado um sonho ao jogar pelo clube do Morumbi.

“Aqui se encerra meu ciclo no São Paulo FC. Lugar que trabalhei muito, vivi bons momentos e pude realizar um sonho. Morumbi, companheiros, comissão técnica, funcionários do clube e amigos. Sou muito grato por todo esse período com vocês”, inicia o atleta.

Ele também deixou uma mensagem direcionada à torcida tricolor. “Gostaria de agradecer também a toda nação tricolor, realmente espero ter deixado boas memórias no coração de vocês. Desejo boa sorte a todos e mais uma vez, obrigado por tudo!”, finalizou.

Encerrado de forma amigável, o vínculo de Nenê com o São Paulo era válido até o final do ano. Agora, o jogador de 37 anos fará exames médicos e, se aprovado, assinará um contrato com o Tricolor das Laranjeiras até dezembro de 2020. A transferência de Nenê fará uma grande diferença no que diz respeito à parte financeira do Tricolor, que prevê uma economia de R$ 3 milhões com salários.

Ao todo, Nenê disputou 71 partidas oficiais pelo São Paulo e marcou 12 gols. O camisa 10 chegou ao clube do Morumbi no fim de janeiro de 2018, após ter salários atrasados no Vasco. A contratação do meia pelo Fluminense tem o aval do técnico Fernando Diniz.

Dentro de campo, o São Paulo enfrenta o Palmeiras neste sábado, às 19h (de Brasília), no Morumbi, pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. O tricolor é o nono colocado, com 14 pontos, enquanto o rival é o líder da competição, com 25 pontos.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Nenê e São Paulo acertam rescisão, e meia fica livre para assinar com Fluminense

Nenê está fora do São Paulo e vai para o Fluminense. O meia assinou a rescisão do contrato com o Tricolor paulista na tarde desta sexta-feira.

Nenê e o São Paulo fizeram um acordo amigável para encerrar o contrato válido até o fim do ano. Esse era o último passo antes de o atleta de 37 anos poder se transferir para o Fluminense. O jogador está fechado com o Tricolor das Laranjeiras e vai assinar até dezembro de 2020, após fazer exames médicos.

O São Paulo calcula uma economia de R$ 3 milhões até o fim do ano com a rescisão de Nenê. No total, ele fez 12 gols em 71 jogos. O camisa 10 saiu do Vasco para o clube do Morumbi no fim de janeiro de 2018. O nome do meia agrada ao técnico Fernando Diniz, defensor da contratação.

Nenê rescinde contrato com o São Paulo e vai para o Fluminense — Foto: Marcos RibolliNenê rescinde contrato com o São Paulo e vai para o Fluminense — Foto: Marcos Ribolli

Nenê rescinde contrato com o São Paulo e vai para o Fluminense — Foto: Marcos Ribolli

 

Fora dos planos do São Paulo para o segundo semestre, Nenê foi liberado para buscar um novo destino e voltou ao radar do Fluminense, clube para o qual quase se transferiu no início do ano. O meia, inclusive, conversou com Celso Barros, vice-presidente do clube de Laranjeiras, no último domingo, no Maracanã, onde esteve para assistir à final da Copa América entre Brasil e Peru.

Nenê será a segunda contratação da nova diretoria do Fluminense, do presidente Mário Bittencourt e do vice Celso Barros. A primeira foi o goleiro Muriel.

O Flu já havia tentado trazer Nenê no começo do ano, ainda na gestão de Pedro Abad. Na época, porém, o jogador voltou a ganhar oportunidades no São Paulo e, com a chegada de Ganso para o meio de campo e as restrições financeiras do clube, a negociação acabou esfriando.

Fonte: Globo Esporte

Além de Nenê, time carioca quer goleiro do São Paulo

Poucos dias depois de anunciar Muriel como reforço, o Fluminense segue de olho nas traves. A bola da vez é o jovem goleiro do São Paulo, Lucas Perri, de 21 anos. O NETFLU apurou que a cúpula do Fluminense iniciou conversas na última semana com o staff do jovem. O objetivo é contratá-lo por empréstimo, pagando integralmente seu salário, que está bem abaixo do teto do clube.

Inicialmente, o São Paulo queria emprestar o atleta por apenas seis meses, ou seja, até o final desta temporada. O Fluminense descartou a ideia, tentando ampliar o vínculo para, no mínimo, até o final do ano que vem, com opção de renovação por mais uma temporada. A agremiação paulista ainda estuda a ideia, mas a tendência é que a negociação seja fechada mesmo até o fim de 2020.

O goleiro chegaria de imediato no Tricolor das Laranjeiras, apesar de Marcos Felipe e Agenor seguirem como opções. Como ambos só têm contrato até o final do ano, a diretoria tricolor tenta se antecipar, já que não deseja renovar com os dois. Um dos nomes, talvez, seja negociado ainda nesta temporada.

Lucas Perri tem 1,96m e se vem chamando atenção na base há algum tempo. Ele foi emprestado no início do ano para o Crystal Palace (ING), onde recebeu diversos elogios, mas não chegou a ser aproveitado na equipe principal. Recentemente, esteve com a seleção brasileira campeã do Torneio de Toulon, na França. Ele atuou em uma partida.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Fluminense retoma conversa e encaminha acerto com Nenê após “pressa” do São Paulo

O Fluminense está muito perto de contratar Nenê e, assim, cumprir um dos principais desejos do técnico Fernando Diniz. O meia está sem treinar no São Paulo, já liberado para buscar um novo clube, e viu o Tricolor Paulista buscar uma resolução rápida de seu caso. Com o acerto entre as partes encaminhado, a tendência é que a transferência seja selada entre hoje (10) e amanhã (11).

“A gente vem conversando bastante com os jogadores (os dispensados) e os agentes deles. Estamos preocupados com a situação deles. Sabemos que não é boa essa indefinição. São jogadores de qualidade, que colaboraram com a gente e devem concluir negociações que estão em andamento em breve. Vamos esperar o posicionamento deles nas próximas semanas”, disse Raí, diretor-executivo de futebol do São Paulo, em entrevista coletiva realizada ontem.

Antes da reapresentação do elenco na semana passada, o São Paulo comunicou que Nenê, Jucilei e Bruno Peres não faziam mais parte dos planos da comissão técnica. O trio foi dispensado, mas tinha a liberdade de treinar em horários diferentes do grupo principal. Jucilei foi o primeiro a deixar de vez a rotina no CT da Barra Funda. Agora foi a vez de Nenê.

Ele esteve no Rio de Janeiro nos últimos dias e inclusive foi ao Maracanã na final da Copa América, no último domingo, ao lado de Neymar. O São Paulo espera conseguir possibilitar a saída de Nenê nos próximos dias, como mostrou o diretor-executivo de futebol Raí. O contrato do veterano vai até dezembro apenas e os clubes mostram boa relação – já negociaram pelos atacantes Brenner e Calazans neste ano.

A vontade de Fernando Diniz de contar com Nenê aumentou com a indefinição sobre o futuro de Luciano, que pode deixar o Fluminense para defender o Atlético-MG. O técnico pensa em usar o meia bem próximo do centroavante, para aproveitar a capacidade de finalização de jogadas do veterano.

O Fluminense luta para ter Nenê desde janeiro e aumentou a carga quando Cuca assumiu o São Paulo e deixou o jogador disponível no mercado. As diretorias tentaram envolvê-lo no negócio por Calazans, mas as conversas não avançaram na ocasião. Fortaleza e Goiás receberam negativas de Nenê nos últimos meses.

 

Fonte: UOL

Fim da linha! Sem espaço no São Paulo, Nenê deve acertar com o Fluminense

O futebol brasileiro volta à cena nesta semana após a pausa de quase um mês para a disputa da Copa América. Ainda antes de a bola rolar nos gramados de todo o país, as equipes seguem se movimentando em busca de reforços para a sequência de temporada de 2019. Um negócio envolvendo dois clubes da Série A, São Paulo e Fluminense, foi retomado e pode ter um final positivo nos próximos dias.

Fora dos planos do técnico Cuca e sem espaço na equipe do Morumbi, Nenê está mais uma vez na mira do Tricolor Carioca. O Flu já realizou, sem sucesso, uma investida pelo experiente meio-campista, de 37 anos, no início da temporada e agora retomou as conversas para fechar a contratação. A informação foi confirmada pelos sites ?Saudações Tricolores e Globoesporte.com.

As tratativas estão sendo conduzidas pelo vice-presidente do Fluminense, Celso Barros, e Nenê pode ser o segundo reforço da gestão Mário Bittencourt – o goleiro Muriel foi anunciado na última semana. No início da temporada, detalhes como a divisão dos salários de Nenê impediram o acerto entre os dois clubes. O jogador tem treinado com um preparador físico no CT da Barra Funda, separado do restante do elenco.

Com passagens por equipes da Espanha, França, Catar e Inglaterra, Nenê retornou ao Brasil em 2015 para defender o Vasco, onde viveu bons momentos e permaneceu até 2018. No ano passado, acertou com o São Paulo e disputou 55 jogos, anotando 12 gols. Já em 2019, esteve em campo 16 vezes, sendo apenas cinco como titular. A última atuação foi em 13 de junho, no empate em 1×1 com o Atlético-MG.

 

Fonte: 90min

Ao falar que Nenê saiu do São Paulo, Galvão Bueno choca torcedores tricolores no Twitter: “De onde ele tirou isso?”

Galvão Bueno narrou a final da Copa América 2019, entre Brasil e Peru. Durante o jogo, porém, uma informação dada pelo narrador pegou desprevenido muitos torcedores no Twitter. De acordo com ele. Nenê saiu do São Paulo.

De maneira oficial, o atleta segue integrado ao elenco do Tricolor – ou seja, Nenê não saiu do São Paulo. O que muitos veículos da mídia afirmam, porém, é que ele não faz mais parte dos planos do Tricolor.

Confira abaixo alguns tweets surpresos com a fala de Galvão Bueno:

ؘ@hazwrdcrf

o nene saiu do sao paulo??????

See ؘ’s other Tweets

 

Tainá ama o Igor Gomes@taina_szz

“O nenê que deixou o São Paulo agora” po agora eu to triste

See Tainá ama o Igor Gomes’s other Tweets

 

Matheus@jewish_opium

Ué, Nenê saiu do São Paulo? De onde o Galvão tirou isso?

See Matheus’s other Tweets

 

Sir Davis 🇾🇪@davidpinheiro75

Osh Galvão dizendo que o Nenê saiu do São Paulo cadê a fonte

See Sir Davis 🇾🇪‘s other Tweets
Fonte: Torcedores.com

Em menos de um ano, Nenê vai de candidato a ídolo a dispensável

Nenê foi do céu ao inferno no São Paulo. Há menos de um ano, era candidato a ídolo, destaque nas redes sociais do clube e uma das referências da equipe que aparentava ter força para brigar pelo título brasileiro. Hoje, treina sozinho no CT da Barra Funda enquanto o elenco está em Cotia se preparando para o segundo semestre. Fora dos planos de Cuca, o meia de 37 anos aguarda uma proposta para mudar de clube.

O Brasileirão também estava parado a essa altura do ano passado, para a Copa do Mundo, e o São Paulo vinha embalado. Eram quatro vitórias nos seis jogos que antecederam a pausa, todas com destaque de Nenê: ele marcou dois gols no triunfo por 3 a 1 sobre o América-MG, em Minas, um nos 3 a 2 sobre o Botafogo, no Morumbi, um no 1 a 0 sobre o Athletico-PR no dia em que o Tricolor conseguiu vencer pela primeira vez na Arena da Baixada, e mais dois nos 3 a 0 sobre o Vitória, no Morumbi, no jogo que garantiu o time no G4 durante o hiato da competição.

Depois de um começo difícil com Dorival Júnior, o veterano embalou após a chegada de Diego Aguirre, especialmente a partir da semifinal do Paulistão, em abril. O time acabou eliminado pelo Corinthians, mas ele marcou o gol da vitória por 1 a 0 no Morumbi e teve boa atuação na derrota por 1 a 0 em Itaquera – cansado, foi substituído antes do gol corintiano e, consequentemente, não participou da disputa de pênaltis. A partir dali, era difícil imaginar a formação titular do Tricolor sem Nenê.

Ele trocou a camisa 7 pela 10, que era de Cueva, logo depois da Copa do Mundo, e virou até tema de copo vendido no Morumbi, com a inscrição “chapada do Nenê” inventada por Reinaldo. Também foi o responsável por anunciar a contratação de Bruno Peres em um vídeo da TV oficial do clube. O meia parecia trilhar o caminho para a idolatria, tanto que chegou a declarar que não se via vestindo outra a camisa até o fim da carreira.

São Paulo FC

@SaoPauloFC

PELO AMOR DE DEUS… VAI TER COPO DO NENE! Quem vier ao Morumbi no domingo, para a partida entre São Paulo x Ceará, encontrará o copo exclusivo da “Chapada do Nene” à venda!

1.004 pessoas estão falando sobre isso

– A ideia de parar aqui seria realmente maravilhosa, não me vejo em outro time. Estou muito feliz aqui e a ideia é ficar muito tempo ainda – disse, em setembro de 2018, ao LANCE!.

Paralelamente à vertiginosa queda de rendimento do segundo turno que empurrou o São Paulo da liderança para a quinta colocação do Brasileirão, Nenê deixou de protagonizar notícias positivas e virou centro de polêmicas. A maior delas veio após o empate por 2 a 2 com o Flamengo, no Morumbi, em novembro: após ficar no banco durante os 90 minutos, o jogador deixou o estádio pouco depois do apito final, sem esconder a irritação com Diego Aguirre.

Dias depois, após a demissão do técnico, deu uma entrevista dizendo estar chateado, elogiando o uruguaio e afirmando que não teve nada a ver com a queda dele. Naquele dia, havia sido escalado como titular por André Jardine, algo que não havia acontecido nos quatro últimos jogos do técnico anterior, mas foi substituído sob vaias aos 27 minutos do segundo tempo. No penúltimo jogo da temporada, o 0 a 0 contra o Sport, ainda perdeu um pênalti.

Neste ano, embora seja o líder de assistências do elenco com cinco passes para gol, Nenê foi coadjuvante até o afastamento do grupo. Marcou só um gol, contra o Eintracht Frankfurt (ALE), na primeira partida da Florida Cup. Em jogos oficiais, não balança as redes desde o empate por 1 a 1 com o Paraná, em agosto de 2018, na primeira rodada do returno.

São 18 jogos e apenas um gol em 2019, sendo que apenas cinco dessas partidas foram na condição de titular – nenhuma com Cuca. No ano passado, ele acumulou 12 gols em 55 partidas pelo Tricolor. Foi a temporada em que mais jogou na carreira.

Fortaleza, Goiás e Fluminense já se interessaram pelo armador ao longo deste ano, mas foram afastados pelo alto salário. Segundo o diretor de futebol Raí, também há propostas do exterior.

 

Fonte: Lance

Nenê pede para treinar no CT da Barra Funda após ser liberado pelo São Paulo

Nenê está fora dos planos do São Paulo para o segundo semestre e foi liberado do clube da reapresentação em Cotia para definir seu futuro – Jucilei e Bruno Peres estão na mesma situação.

Mas Nenê pediu ao São Paulo para treinar e foi autorizado a trabalhar com um preparador físico no CT da Barra Funda, onde esteve nesta terça-feira à tarde. Na segunda-feira, ele esteve no clube para conversar com a direção e se colocou à disposição para treinar.

O restante do elenco está concentrado em Cotia, onde o técnico Cuca comanda treinamentos fechados para a imprensa durante toda esta semana (no domingo os jogadores terão folga).

Nenê trabalhou com o preparador físico Henrique Martins. Com futuro indefinido, o meia quer manter a forma física. O São Paulo aprova a saída do jogador, alvo de Goiás, Fortaleza e Fluminense. Raí declarou nos últimos dias que o jogador tem propostas do exterior.

Nenê treina no CT da Barra Funda — Foto: Reprodução / InstagramNenê treina no CT da Barra Funda — Foto: Reprodução / Instagram

Nenê treina no CT da Barra Funda — Foto: Reprodução / Instagram

 

Não há um prazo exato estipulado para a reapresentação de Nenê, Jucilei e Bruno Peres. Caso as negociações para as saídas não sejam confirmadas, o São Paulo vai recebê-los de volta aos treinos para a nova “pré-temporada” e não vê um eventual prejuízo, porque a comissão técnica não conta com os jogadores.

Nenê jogou pela última vez no empate por 1 a 1 com o Atlético-MG, antes da parada para a Copa América. Na ocasião, ele deu assistência para o gol de Alexandre Pato. No total, o meia soma 16 jogos e não marcou na temporada, mas é o líder em assistências, com cinco passes para bolas na rede.

Fonte: Globo Esporte

São Paulo libera Nenê, Jucilei e Bruno Peres de reapresentação em Cotia para trio resolver futuro

Nenê, Jucilei e Bruno Peres foram liberados pelo São Paulo da reapresentação do elenco nesta segunda-feira, no CT da base, em Cotia. Eles não estão planos do técnico Cuca para o segundo semestre.

As promoções de Gabriel Sara e Diego ao elenco profissional, meia e volante que serão observados no elenco profissional nesta semana, têm relação direta com as vagas abertas por Nenê e Jucilei.

Como os jogadores não estão sendo aproveitados no São Paulo e há possibilidades de saídas em andamento, o clube definiu em comum acordo que eles teriam mais dias para resolver os respectivos futuros e não vão treinar com o grupo.

No caso específico de Nenê, o meia esteve no clube nesta segunda para conversar com a direção e se colocou à disposição para treinar.

Não há um prazo exato estipulado para a reapresentação de Nenê, Jucilei e Bruno Peres. Caso as negociações para as saídas não sejam confirmadas, o São Paulo vai recebê-los de volta aos treinos para a nova “pré-temporada” e não vê um eventual prejuízo, porque a comissão técnica não conta com os jogadores.

Nenê foi liberado pelo São Paulo da reapresentação nesta segunda-feira — Foto: Marcos RibolliNenê foi liberado pelo São Paulo da reapresentação nesta segunda-feira — Foto: Marcos Ribolli

Nenê foi liberado pelo São Paulo da reapresentação nesta segunda-feira — Foto: Marcos Ribolli

 

Nenê jogou pela última vez no empate por 1 a 1 com o Atlético-MG, antes da parada para a Copa América. Na ocasião, ele deu assistência para o gol de Alexandre Pato. No total, o meia soma 16 jogos e não marcou na temporada, mas é o líder em assistências, com cinco passes para bolas na rede.

Jucilei entrou em campo pela última vez na final do Paulistão, no dia 21 de abril, diante do Corinthians, quando atuou por 66 minutos. Essa foi a única chance dele com Cuca. Ele participou de apenas sete jogos na temporada.

Contratado em 2017, o volante foi um dos principais jogadores no ano passado, quando disputou 46 jogos. No elenco atual ele é um dos mais antigos no clube, ao lado de Hudson.

Jucilei não se reapresenta no São Paulo — Foto: Renato Pizzutto/BP FilmesJucilei não se reapresenta no São Paulo — Foto: Renato Pizzutto/BP Filmes

Jucilei não se reapresenta no São Paulo — Foto: Renato Pizzutto/BP Filmes

 

Bruno Peres, por sua vez, não atua desde o dia 20 de março, em confronto contra o São Caetano, na fase de grupos do Paulistão. Com apenas oito jogos no ano, o lateral-direito passou a não ser nem relacionado por Cuca.

No último domingo, o site turco “TRT Spor” noticiou que o Besiktas, da Turquia, está interessado na contratação do jogador. Bruno Peres pertence a Roma e está emprestado até o fim da temporada.

Bruno Peres São Paulo x Ituano Campeonato Paulista — Foto: Renato Pizzutto/BP FilmesBruno Peres São Paulo x Ituano Campeonato Paulista — Foto: Renato Pizzutto/BP Filmes

Bruno Peres São Paulo x Ituano Campeonato Paulista — Foto: Renato Pizzutto/BP Filmes

 

Fonte: Globo Esporte

Raí diz que Antony só sai com valor da multa e revela propostas por Nenê

O diretor-executivo de futebol do São Paulo, Raí, confirmou em entrevista à “Fox” que o clube não quer negociar o atacante Antony. Segundo o dirigente, o jovem atacante, de 19 anos, só sai com o pagamento da multa de 50 milhões de euros (cerca de R$ 225 milhões) na janela internacional de transferências.

– O Antony volta. A nossa filosofia de trabalho é segurar os garotos aqui. Não será vendido na janela internacional de transferências, mas se pagarem a multa dele aí… acho que é por volta de 50 milhões de euros. Mas aí é multa, não é escolha – disse Raí, em entrevista ao programa “Aqui com Benja”, da Fox.

O dirigente também revelou propostas por Nenê. O experiente meia, de 37 anos, tem contrato até o fim do ano e deverá sair do São Paulo.

– Estávamos conversando. O Nenê tem propostas de fora do país e está analisando. Também tiveram propostas de clubes brasileiros. Ele está analisando o que é a melhor solução para ele – afirmou Raí.

Questionado sobre os protestos contra Leco, Raí comentou a respeito das críticas ao presidente do Tricolor. Para ele, os protestos são exagerados.

– A gente sabe que tem muita coisa mandada. Não estou aqui defendendo o Leco. Qual presidente que nunca cometeu erro? E que vai cometer. Os futuros vão acertar e errar também. Vi esses dias o gráfico de dívidas… claro, a torcida está pouco se ferrando, quer títulos. Mas que há um exagero não tenho dúvida nenhuma. A dedicação, o amor que tem pelo São Paulo, as coisas boas que foram feitas não tenho dúvida, e que há um grande exagero, por diversas razões, que acaba se perdendo o controle – disse.

O diretor de futebol lembrou da partida contra o Cruzeiro, quando uma briga entre integrantes da principal torcida organizada do clube terminou com 81 pessoas detidas nos arredores do Pacaembu.

– Contra o Cruzeiro o time começa bem. Estava sendo vaiado antes do jogo com razão. O Pato faz o gol, e o São Paulo passou 30 ou 40 minutos como líder do campeonato. Ainda teriam outros jogos e tal. E a torcida xingando. Acabou o jogo e o Fred, do Cruzeiro, diz: “Pô, vocês estão ganhando e os caras xingando?” – revelou Raí.

O diretor do São Paulo disse ter contrato até o fim de 2019 e lembrou que Leco tem mandato até 2020. Raí afirmou que sua permanência será avaliada.

O dirigente mostrou otimismo com o segundo semestre do Tricolor. Ele citou as voltas de Liziero, Pablo e Everton, que estão lesionados, e o retorno de Antony convocado pela seleção olímpica.

Atualmente o time não vence há sete jogos e está na nona posição da tabela do Brasileirão, com 14 pontos. A próxima partida do São Paulo é contra o Palmeiras, no Morumbi, dia 13 de julho.

 

Fonte: Lance

Apesar das críticas, Nenê é aposta de Cuca para reverter resultados

Especulado fora do São Paulo após a pausa para a Copa América, Nenê vem sendo a aposta de Cuca quando sua equipe está em situação adversa. Desde que o técnico assumiu o comando tricolor, o meia foi acionado quatro vezes, todas elas no segundo tempo, com o Tricolor bastante pressionado pela vitória.

Na última quinta-feira, foi dos pés de Nenê que saiu a jogada do gol de empate do São Paulo contra o Atlético-MG. Entrando na vaga de Marquinhos Calazans, o experiente meia foi calculista ao proteger bem a bola, mudar de direção e tocar para Pato, que dominou já tirando do zagueiro e soltou uma bomba da entrada da área, sem chances para o goleiro Victor.

Mas não foi apenas nesse jogo que Nenê mostrou sua importância na transição ofensiva. Na derrota para o Bahia, no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, no Morumbi, o meia também entrou no segundo tempo e deu passe açucarado para Pato dentro da área, mesmo diante da forte retranca adversária, porém, o atacante não teve muita sorte e carimbou a trave na ocasião.

Aos 37 anos, Nenê tem contrato com o São Paulo até o fim da atual temporada. Neste ano o meia já foi especulado no Fluminense, Fortaleza e Goiás, contudo, nenhuma das negociações deram certo. A partir de julho, o experiente jogador já pode assinar um pré-contrato com qualquer outra equipe. Resta saber qual será o plano de Raí e companhia para um dos jogadores mais criticados pelos torcedores, mas, ao mesmo tempo, um dos poucos atletas do elenco capazes de criar situações de perigo no ataque.

 

Fonte: Gazeta Esportiva