Clube colombiano faz proposta ao São Paulo pelo empréstimo de Tréllez

O São Paulo recebeu uma proposta de empréstimo por Santiago Tréllez. O clube interessado no centroavante é o Independiente Medellín-COL, por onde ele já passou há alguns anos. No entanto, as condições ofertadas não agradam ao Tricolor e deve haver uma definição nesta segunda-feira. A informação foi divulgada primeiramente pelo GloboEsporte.com e confirmada pelo LANCE!.

A intenção dos colombianos é um empréstimo sem custos, por uma temporada, com o pagamento de 25% dos salários do jogador, além de opção de compra ao final do contrato. Os dirigentes são-paulinos não ficaram atraídos pela oferta apresentada, já que veem pouca vantagem nas condições.

Tréllez, por sua vez, prefere ficar no São Paulo, onde espera ter uma oportunidade para ser reserva de Pablo. Por enquanto o colombiano está treinando em horários alternativos no CT da Barra Funda, ao lado de outros atletas que voltaram de empréstimo e não foram reintegrados ao elenco.

Apesar da proposta do Independiente Medellín-COL ainda estar sendo estudada, quem acompanha a negociação considera que um desfecho positivo é difícil. A resposta definitiva deve ser dada ainda nesta segunda-feira. Tréllez atuou pelo Internacional em 2019 e tem contrato com o Tricolor até dezembro de 2021. Desde o retorno do atacante. sua intenção sempre foi ficar no clube.

Lance

Jean acerta com Atlético-GO por empréstimo até o fim de 2020

Jean já tem uma nova casa após o São Paulo suspender seu contrato por um ano. Nesta segunda-feira, o goleiro desembarcou em Goiânia e foi direto ao CT do Atlético-GO para realizar exames e assinar contrato. Esse será o terceiro clube da carreira do atleta.

Descartado dos planos do São Paulo depois de ser detido nos EUA por ter agredido sua ex-esposa, Milena Bemfica, enquanto curtiam férias em Orlando, Jean chegou a ser especulado no Ceará, contudo, a torcida do Vozão foi às redes sociais e fez uma campanha contra a contratação do atleta.

“As pessoas têm que aguardar a Justiça. A Justiça tem que fazer o papel dela, e as pessoas precisam parar de julgar. Eu vi um jogador de alto nível, que precisa recuperar a carreira. O Atlético-GO entende que esse atleta vai nos ajudar muito. Se ele cometer um equívoco, não tem condição de ficar no Atlético-GO. É página virada. O Atlético-GO tem o perfil de recuperar atletas, e o ser-humano precisa de oportunidades. Ele cometeu um erro, e nós contratamos um grande profissional e vamos dar respaldo”, afirmou o presidente do Dragão, Adson Batista.

Comprado por cerca de R$ 10 milhões no fim de 2017 depois de ter feito grande campanha com o Bahia, Jean chegou a ser titular do São Paulo em algumas oportunidades ao longo de 2018 por conta da má fase de Sidão, mas não conseguiu se estabelecer como a primeira opção para a meta tricolor.

A tendência é que Jean seja o titular do Atlético-GO em 2020, ano especial para o clube, que volta à Série A depois de terminar a Segunda Divisão na quarta colocação, posto assegurado apenas na última rodada, depois de o América-MG ser derrotado pelo então já rebaixado São Bento em plena Arena Independência.

Em duas temporadas no São Paulo, Jean disputou 19 partidas. No ano passado, com a presença de Tiago Volpi, o goleiro entrou em campo apenas uma vez, na vitória por 1 a 0 sobre o São Bento, pela quinta rodada do Campeonato Paulista.

Gazeta Esportiva

Ceará se interessa por Jean e espera São Paulo decidir como dispensá-lo

O Ceará está interessado em contratar o goleiro Jean, do São Paulo, e espera os próximos passos do clube paulista para avançar na negociação.

Já é certo que Jean não voltará a vestir a camisa do São Paulo, mas ainda não se sabe como a dispensa será efetuada. Depois que ele foi preso nos Estados Unidos acusado de agredir a esposa, Milena Bemfica, o clube decidiu demiti-lo por justa causa, mas isso não acontecerá se não houver aval jurídico.

Se a única alternativa para rescindir o contrato de Jean de maneira unilateral for o pagamento dos salários aos quais ele teria direito até o fim de 2022, além de multa, o clube não o fará. Neste cenário, o São Paulo sairia prejudicado financeiramente e ainda “premiaria” o jogador, que receberia o dinheiro e ficaria livre para acertar com outra equipe imediatamente.

As opções, então, seriam as seguintes: um acordo com o Ceará (ou outro clube), para que ele seja liberado em definitivo de forma gratuita, ou um empréstimo com os salários pagos integralmente pelo Vozão (ou pela equipe em questão).

O São Paulo está em silêncio sobre o assunto. A última manifestação do clube foi no dia da prisão de Jean, em nota que informava que a decisão sobre o futuro dele já estava tomada, mas só seria posta em prática ao término das férias (explica-se: a legislação brasileira não permite que um funcionário seja demitido durante o período de férias). O elenco do Tricolor volta a trabalhar nesta quarta-feira, quando o caso Jean voltará à pauta. Ele não deve aparecer no campo para treinar.

A diretoria do Ceará prefere adotar a postura de só se manifestar sobre atletas que tenham contrato assinado com o clube e também não fala abertamente sobre Jean. Nas redes sociais, a torcida criou uma campanha contra a contratação devido ao episódio com a esposa.

Lance

São Paulo negocia com Gláucia, melhor atacante do Brasileirão

Com o acesso para a elite do futebol feminino nacional, o São Paulo dá sequência à reformulação de seu elenco. E o foco atual do Tricolor no mercado da bola é a atacante Gláucia. Ela defendeu o Santos na temporada passada e foi eleita a melhor da posição no Campeonato Brasileiro.

Só na Série A1, Gláucia marcou 14 gols e deu 14 assistências em 2019. Antes de jogar pelo Santos, a atacante passou pelos seguintes clubes: Jeonbuk, da Coreia do Sul, Sport, Iranduba, São José, São Caetano, Centro Olímpico, Red Angels, também da Coreia, e São Bernardo. Além disso, passou por seleções de base.

Gláucia tem 26 anos e pode ser uma reposição importante para o ataque são-paulino, que recentemente perdeu Ottilia para o Palmeiras. O setor também perdeu a meia Ary, outra que foi para o rival alviverde, e a atacante Valéria, que acertou com o Madrid CFF. Gláucia funciona como centroavante, mas tem recursos para recuar e ajudar na construção das jogadas — não à toa brilhou da mesma forma com gols e assistências no Brasileirão.

As conversas com Gláucia já começaram e há otimismo por um acerto já no começo da semana. O São Paulo também está perto de anunciar a atacante Duda, que recentemente estreou pela seleção brasileira principal. O clube ainda renovou com as goleiras Carla e Éllen, as laterais Giovana, Natane e Roberta, a zagueira Thaís, a volante Yaya e a atacante Jaqueline.

UOL

Emprestado pelo São Paulo, Gabriel Novaes deixa clube espanhol

O Córdoba anunciou na tarde desta sexta-feira que o atacante Gabriel Novaes está deixando o clube. O atleta de 20 anos tem contrato com o São Paulo até dezembro de 2022, mas segue com o futuro indefinido.

De acordo com a nota oficial publicada pelo Córdoba, a decisão de sair do clube foi do atleta. Esta foi a segunda experiência de Gabriel no futebol espanhol. Na primeira oportunidade, o atacante defendeu o Barcelona B, onde teve pouco espaço.

Córdoba CF@CordobaCF_ofi

ℹ️ COMUNICADO OFICIAL || Gabriel Novaes y Sebastián Castro dejan de pertenecer al Córdoba CF.

▶️ https://bit.ly/37bJF2g 

View image on Twitter
69 people are talking about this

Gabriel Novaes foi um dos grandes destaques da equipe do São Paulo no título da última edição da Copinha. Ao longo da competição, o atacante anotou 10 gols, se tornando o artilheiro isolado.

O contrato do garoto com o Córdoba era válido até julho de 2020, mas agora seu futuro é incerto. Após uma temporada marcada pelo baixo desempenho ofensivo do São Paulo, Gabriel Novaes pode aparecer como uma boa peça para integrar o elenco.

Confira a nota divulgada pelo Córdoba:
“Gabriel Novaes e Sebastián Castro deixaram de pertencer ao Córdoba por expresso desejo dos jogadores.
Desde a entidade cordobesista, agradecemos o esforço e dedicação em sua etapa “blanquiverde” e desejamos a sorte em seus futuros objetivos profissionais”.

Gazeta Esportiva

Everton Felipe: Sport faz proposta de empréstimo com São Paulo pagando parte dos salários do meia e recebe recusa

O Sport fez uma proposta oficial de empréstimo por Everton Felipe ao São Paulo. A proposta foi recusada pois no acordo, o Sport queria dividir os vencimentos do jogador e que o Tricolor arcasse com uma boa parte da remuneração do meia.

Outros clubes tem interesse no jogador e ele não faz parte dos planos de Fernando Diniz para 2020.

Pode ser vendido, emprestado ou utilizado como moeda de troca.

saopaulo.blog

Allan: São Paulo está otimista, volante está na capital paulista e negócio pode ser concretizado em breve

A negociação com o volante Allan segue em ritmo de otimismo no São Paulo. O 1o volante, melhor passador do Campeonato Brasileiro de 2019 é pedido de Diniz e quer acertar com o Tricolor pela moral que tem com o treinador.

O jogador que esteve na Inglaterra conversando com o Liverpool, clube que detém seus direitos até meados de 2020, deve ficar com uma parte de seus direitos e o atleta assinar com o São Paulo por 3 anos.

Com 22 anos, 1,72m, ele viria sem custos de transferências, apenas luvas, comissões de empresário e salários.

Volpi, Igor Vinícius e a troca de Bueno são os negócios concretos para 2020 e Allan, em breve, deve ser mais uma novidade no plantel Tricolor.

Onefotball

Red Bull Bragantino faz sondagem para contratar zagueiro do São Paulo

Campeão da Série B do Brasileirão, o Red Bull Bragantino está disposto a investir para brigar de igual para igual com os mais tradicionais clubes do país. Segundo apurou o UOL Esporte, o clube tem uma lista de reforços para buscar no mercado da bola. Um nome cotado é o do zagueiro Walce, do São Paulo. A equipe do interior já buscou informações e pode formalizar uma proposta nos próximos dias.

Essa não é a primeira vez que o defensor desperta o interesse de outros clubes. Por indicação de Jorge Sampaoli, o Santos, por exemplo, tentou envolvê-lo em uma negociação no início desta temporada. Rogério Ceni também é entusiasta do garoto e gostaria de contar com ele no Fortaleza. No entanto, nenhuma transação chegou a andar, porque o Tricolor paulista acreditava que o jogador poderia se valorizar ainda mais e ser utilizado no profissional.

Walce disputou cinco partidas pela equipe principal do São Paulo e é uma das referências do time da base. O jogador, de 20 anos, só não teve mais oportunidades porque os titulares Bruno Alves e Arboleda viveram bons momentos no Brasileirão – tanto que o time acabou com a melhor defesa da competição.

Atento ao assédio do mercado, o São Paulo renovou o contrato de Walce em outubro. O jogador tem vínculo com o clube do Morumbi até dezembro de 2022 e recebeu aumento salarial.

UOL

Presidente do São Paulo promete contratações pontuais e não descarta saídas

“Jogadores podem sair, como podem chegar”. Essa foi a frase usada por Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, para falar como será essa transição do São Paulo de 2019 para 2020. O presidente reconhece que alguns integrantes do elenco interessam outras equipes.

“Vários jogadores são alvo de interesse tanto de times do Brasil, como do mundo”, disse Leco à Fox. Ele foi questionado sobre a maior revelação do clube na atualidade. “O Antony é um deles (que interessa outros times)”, emendou.

O São Paulo terminou o Campeonato Brasileiro na sexta colocação e conseguiu a última vaga direta para a fase de grupos da Libertadores. Confiante na evolução da equipe, Leco não promete mudanças drásticas no elenco.

“Vou te responder com palavras do Fernando Diniz, o São Paulo precisa pouco, de contratações pontuais”, encerrou dirigente, que promete um planejamento melhor no clube em 2020 em comparação a 2019.

Gazeta Esportiva

Em baixa no Cruzeiro, Dedé entra na mira no São Paulo para 2020

A pressão da torcida do ?São Paulo em relação ao trabalho do presidente Leco é grande. A temporada de 2019 não está sendo das melhores. Jogadores caros chegaram ao clube e até agora ainda não corresponderam. Diante disso, a torcida já pressiona querendo a saída do mandatário São-paulino.

Mesmo com toda essa desconfiança, Leco traça normalmente o planejamento do Soberano para a próxima temporada em busca de grandes reforços. Atletas de outras equipes começam a ser oferecidos e o zagueiro Dedé, que está em baixa no Cruzeiro e sendo muitos questionado pelos cruzeirenses, foi oferecido ao Tricolor.

De acordo com a apuração desse repórter, além do São Paulo, Flamengo e Palmeiras também foram procurados por intermediários do defensor, que não deve continuar na equipe mineira no próximo ano. Na última quarta-feira (20), torcedores do Cruzeiro foram protestar no aniversário da esposa do jogador e praticamente deixou sua saída da Raposa decretada.

O contrato do atleta de 31 anos com a equipe azul vai até dezembro de 2021 e, de acordo com o site Transfermarkt, Dedé está avaliado em 3,5 milhões de euros, pouco mais de R$ 16 milhões na cotação atual. Além do clube mineiro, o defensor já atuou por Volta Redonda, Villa Rio e Vasco.

90min

10 jogadores de nome que podem ser negociados pelos grandes clubes do Brasil

​Final de ano é sempre assim…aquela expectativa gigantesca para saber quem os clubes irão contratar para a temporada seguinte. Pois o que se espera é que as direções já estejam se movimentando e procurando alternativas para formar grupos capazes de atingir as metas traçadas. Neste sentido, indicamos dez jogadores que devem ser colocados à disposição do mercado pelas grandes equipes do futebol nacional. A lista foi baseada em matéria do ​Uol Esporte.

Cueva (Santos)

Christian Cueva

O meia-atacante peruano está totalmente fora dos planos. E olha que o Peixe ainda nem começou a pagar os R$ 26 milhões devidos ao Krasnodar, da Rússia. O atleta possui contrato até dezembro de 2022.


Vanderlei (Santos)

Vanderlei

O goleiro tem vínculo com o clube da Vila Belmiro até o final de 2020, mas se tornou reserva com Jorge Samapoli e, por isso, deve ser envolvido em alguma troca.


Bruno César (Vasco da Gama)

FBL-BRAZIL-CARIOCA-FLAMENGO-VASCO

O meia, contratado como o grande reforço do clube para iniciar 2019, não deu a resposta esperada. Também deve aparecer em uma eventual troca, já que possui vínculo por mais uma temporada.


Ricardo Oliveira (Atlético-MG)

FBL-SUDAMERICANA-MINEIRO-LAEQUIDAD

Mesmo sendo o artilheiro do Galo, dificilmente seguirá no plantel. Atualmente na reserva de Di Santo, já tem sua saída estudada mesmo ainda com contrato por mais uma temporada.


Borja (Palmeiras)

Miguel Borja

O colombiano está fechando seu terceiro ano no clube, porém jamais conseguiu ser o tão sonhado artilheiro. Em 2019, por exemplo, fez apenas seis gols e virou reserva de Luiz Adriano. O contrato com o Verdão tem validade até dezembro de 2021, mas a saída da Academia é uma tendência.


Deyverson (Palmeiras)

Deyverson

É outro que, na visão de muitos, já deu o que tinha que dar. Tem tudo para ser um dos primeiros da lista de saída do Verdão. Pode ser vendido ou colocado em um negócio, já que seu contrato só vence ao final de 2022.


Thiago Neves (Cruzeiro)

Thiago Neves,Igor Rabelo

A torcida não quer mais ver o meia vestindo a camisa da Raposa. Seu prestígio está totalmente em baixa, tanto que deve liderar a barca de saída mesmo tendo contrato por mais um ano.


Nenê (Fluminense)

O Tricolor fez um grande esforço para contratá-lo em 2019, mas agora é reserva e não está nos planos da diretoria. O mais provável é uma saída amigável, mas se surgir uma possibilidade de troca…Seu contrato vai até dezembro de 2020.

Foto: Lucas Merçon / Fluminense / Divulgação


Hudson (São Paulo)

Hudson

Não tem sido utilizado por Fernando Diniz e deve ser envolvido em negociação. O contrato do volante no Morumbi vence apenas em dezembro de 2021.


Luan (Grêmio)

Luan

Muito embora se fale em um reajuste contratual para que ele permaneça na Arena, é fato que seu rendimento caiu nas duas últimas temporadas. Seu comportamento extracampo e a sequência de lesões também fazem o Grêmio pensar em um negócio para o atacante, que tem contrato até o final de 2020.

Diretoria do São Paulo reforça necessidade de vender jogadores em 2020

O São Paulo discute o planejamento de 2020 em reuniões da diretoria. Nesta terça-feira, os executivos das diferentes áreas do clube (marketing, financeiro, futebol, comunicação e administrativos, entre outros) se reuniram no CT da Barra Funda para debater os próximos anos, principalmente o caixa do clube.

Com um déficit de 76,5 milhões de janeiro a agosto, o São Paulo não conseguiu atingir a meta de venda de jogadores (faturou R$ 71 milhões dos R$ 121 milhões previstos). Por isso, o clube reforçou internamente a necessidade de ganhar dinheiro com a negociação de atletas.

Há o consenso, porém, de que não será estipulado para o próximo ano um valor de vendas tão alto como o de 2019 . A expectativa é de que os ganhos esportivos amenizem essa necessidade.

Outro ponto debatido foi o balanço de 2019. Em dezembro, o São Paulo vai apresentar um relatório na reunião do Conselho Deliberativo com os resultados deste ano. Desde junho esse tema é discutido entre a diretoria.

A dívida atual do clube é de R$ 434 milhões, R$ 100 milhões a mais do que o valor registrado em dezembro de 2018.

Nas receitas, o São Paulo orçou uma previsão de R$ 355 milhões, mas só realizou R$ 237 milhões: uma diferença de R$ 117 milhões. No total de despesas, o clube orçou 314,9 milhões e gastou R$ 314,3 milhões, uma variação de R$ 600 mil.

Na última reunião do Conselho, havia a expectativa por uma explicação sobre as finanças, mas os diretores executivos e o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, deixaram o salão nobre do Morumbi mais cedo.

A confusão começou após um pedido de um conselheiro para não atrapalhar a contagem de votos sobre o contrato com a Feng, empresa que negocia para trabalhar no programa de sócios-torcedores.

Os conselheiros esperavam que os diretores voltassem à sala depois da votação, mas isso não ocorreu e causou incômodo.

A reunião da diretoria nesta terça foi realizada no CT da Barra Funda, e não no Morumbi, como de costume, porque os dirigentes quiseram dar apoio a Fernando Diniz e ao elenco, pressionados depois das duas derrotas no Morumbi. O presidente Leco também participou do encontro.

O objetivo do São Paulo é conquistar uma vaga na Libertadores, e Raí cobrou os jogadores na reapresentação desta terça-feira. O time é o quinto colocado do Brasileirão, com 52 pontos, quatro atrás do Grêmio, quarto lugar.

Tricolor na web

SPFC tem acordo encaminhado e dá como certa a permanência de Volpi

Não é segredo que o São Paulo vive um momento conturbado em termos de finanças. Em relatório da diretoria, o clube apresentou déficit acumulado de R$ 77 milhões até agosto deste ano. Por isso e por entender que o elenco montado é forte, apenas reforços pontuais devem chegar para a próxima temporada. O principal esforço do departamento de futebol é manter atletas no Morumbi. Dentro desta política, acertar a renovação de Tiago Volpi. Segundo apurou o UOL Esporte, o clube já dá como certa a permanência do arqueiro e o acordo com o próprio camisa 23 está amarrado.

O jogador, de 28 anos, está emprestado até o fim de 2020 pelo Querétaro, do México, e o preço da sua transferência definitiva está fixado em 5 milhões de dólares (R$ 20,75 milhões). A diretoria estuda como vai pagar tal valor, mas não medirá esforços para chegar a um arcordo. O Tricolor paulista mantém contato com os mexicanos – sendo que um dirigente do clube mexicano chegou a passar pelo Brasil neste segundo semestre.

A tendência é de o São Paulo fechar um contrato de longo prazo com o goleiro, de quatro temporadas. As bases salariais já estão definidas desde que ele chegou ao clube, no início deste ano.

Apesar de o time não ter brilhado em 2019 como sua torcida esperava, Volpi foi um destaque positivo. O goleiro superou desconfiança inicial para rapidamente conquistar o respeito da torcida. O primeiro a cair nas graças das arquibancadas desde a aposentadoria de Rogério Ceni, em 2015. Algo que Denis, Sidão, Renan Ribeiro e Jean tentaram e não conseguiram.

Em competições oficiais, ele só não foi titular no jogo contra o São Bento, no Paulistão – quando, na verdade, foi poupado para a disputa da Pré-Libertadores. Na ocasião, Jean acabou sendo o escolhido para atuar. No Brasileirão, ele disputou os 31 jogos e levou 22 gols – sendo o Tricolor paulista o dono da melhor defesa do torneio. Amanhã (10), a partir das 16h, ele deve atuar novamente contra o Athletico.

Fica? Tiago Volpi fala sobre possível permanência no São Paulo em 2020

A indefinição da permanência de Tiago Volpi no São Paulo vai ser uma das novelas no tricolor para o final de 2019. Depois de sofrer para achar um substituto para o ídolo Rogério Ceni, o São Paulo parece ter encontrado segurança em Volpi. A questão é que o contrato termina em dezembro desse ano e para permanência do goleiro o São Paulo vai ter que negociar com o Querétaro, do México, dono dos direitos do atleta.

Após a partida contra o Atlético-MG, Volpi falou sobre sua permanência no clube paulista:

– Situação segue no mesmo panorama. Existe uma opção de compra em dezembro, ainda é muito cedo. O que eu posso falar é que estou feliz, acredito que a diretoria, torcida, está todo mundo contente também. A gente tem que seguir trabalhando, não adianta a gente falar em compra agora porque ainda faltam muitos jogos. Lógico que eu estou feliz, mas quero ter essa felicidade por completo em dezembro, quando o time estivem em posto de Libertadores e aí sim a gente fala em compra.

O São Paulo vai precisar desembolsar 5 milhões de dólares para contar com o goleiro na próxima temporada. O clube mexicano enxerga com bons olhos a volta do goleiro, que é um dos ídolos da torcida. A diretoria do São Paulo tenta convencer os mexicanos de reduzirem a pedida, mas as grandes atuações do goleiro fazem a torcida pressionar pela permanência de Tiago.

Volpi teve um inicio irregular no São Paulo, mas durante a temporada foi ganhando a confiança de todos e hoje é uma das peças mais importantes do São Paulo durante a temporada. São apenas 34 gols sofridos em 49 jogos com a camisa do tricolor.

Lance