São Paulo fará tempo real de reprise do jogo do centésimo gol de Ceni

Nesta sexta-feira, às 15h, o SporTV presenteará o torcedor tricolor com um jogo histórico: a vitória do São Paulo por 2 a 1 sobre o Corinthians, no Paulistão-2011, clássico que ficou marcado pelo 100º gol de Rogério Ceni na carreira. E não haveria data melhor para transmitir a reprise, já que faz exatamente nove anos que a Arena Barueri foi palco desse momento épico para o são-paulino.

A transmissão dessa partida foi decidida por uma enquete aberta ao público pela internet. E obviamente os tricolores agiram em massa para pode rever esse clássico que ocorreu no dia 27 de março de 2011, principalmente durante este período de isolamento doméstico em que as competições de futebol estão paralisadas por tempo indeterminado por conta da pandemia de coronavírus.

São Paulo FC (de 🏠)

@SaoPauloFC

Hoje é dia de relembrar um Majestoso histórico! Nossa torcida votou e ganhou: o @SporTV reprisará a partida nesta sexta, às 15h!

⚽ São Paulo x Corinthians
🏟 Arena Barueri
🏆 @Paulistao
📺 SporTV
⏰ 15h (horário da transmissão hoje) 🇾🇪

Ver imagem no Twitter
450 pessoas estão falando sobre isso

Aproveitando que o duelo será transmitido na íntegra pelo canal a cabo do Grupo Globo, o São Paulo fará um tempo real pela sua conta oficial do Twitter para interagir com os torcedores como se estivesse naquele dia, que ficou marcado não só pelo feito de Rogério Ceni, mas também pela quebra de um jejum de vitória contra o rival que durava quatro anos.

O São Paulo saiu na frente no placar com um gol de Dagoberto, ainda no primeiro tempo. Na volta do intervalo, logo aos oito minutos, Rogério cobrou falta com a habitual precisão no ângulo do goleiro Júlio César e anotou o centésimo gol de sua carreira, justamente contra o Corinthians, um dos maiores rivais do Tricolor, que acabou descontando com Dentinho.

São Paulo FC (de 🏠)

@SaoPauloFC

Será que sai uma falta pro bater hoje?! 😏

Pra quem perguntou: vai ter tempo real aqui também, sim! 🇾🇪 https://twitter.com/sportv/status/1243546108682518531 

SporTV

@SporTV

Respondendo a @SaoPauloFC @Paulistao

Ele é 100 dúvidas um M1TO batendo faltas. 👏👏

134 pessoas estão falando sobre isso
Lance

Entenda por que Diniz tirou Pato para colocar Liziero no Majestoso

A torcida do São Paulo perdeu a paciência com Fernando Diniz no clássico do último sábado, contra o Corinthians. Tudo isso por uma alteração feita pelo técnico na reta final do segundo tempo, tirando um atacante e colocando um volante quando o jogo estava empatado em 0 a 0, no Morumbi. Nas arquibancadas foi possível ouvir gritos de “burro” e “vai tomar no **”. O comandante, no entanto, explicou o que quis fazer com a mudança.

Para Diniz, o time estava sem o controle do meio-campo e ficou travado na defesa, sem conseguir sair. Dessa forma, ele precisaria reconquistar o domínio no meio e para isso, pensou em colocar um jogador que pudesse preencher o setor da maneira que ele pensou que poderia surtir efeito. Liziero substituiu Alexandre Pato  aos 41 minutos da etapa final. Segundo o técnico, o Tricolor já tem uma equipe ofensiva, mesmo sem enchê-la de atacantes.

– Precisávamos do domínio no meio-campo e tirar o time de trás. A engrenagem tem que rodar como um todo. O time ia criar mais condições de ganhar mesmo tirando um “camisa 9”. Futebol não é matemática, se não colocaria dez atacantes e ia fazer gol. Não é isso. Temos um time muito ofensivo, poucos jogadores de marcação, se fosse por isso teríamos feito muitos gols – comentou em coletiva após o Majestoso.

Mesmo com a explicação tática para sua opção, Diniz disse entender a reclamação do torcedor e avaliou como positivas as entradas dos jogadores que colocou em campo no segundo tempo. Além disso, ele citou elementos que, em sua opinião, mostram que as opções surtiram efeito na partida.

– O Igor Gomes e Toró entraram bem. A substituição do Pato, o torcedor tem sua razão, eu sabia que ia reagir dessa forma, eu ia tirar um “9” para colocar um volante, mas não conseguíamos mais criar, perdemos o meio-campo, não tínhamos mais circulação. Coloquei o Daniel (Alves) para o lado e centralizei o Toró. O Liziero jogou uns oito minutos. Nesse tempo tivemos dois escanteios, um chute do Bruno Alves e um pênalti. O time melhorou, era o que eu achava que ia acontecer – declarou o comandante são-paulino.

Fernando Diniz não descartou mudanças no meio-campo para a próxima partida. E para testar essas possíveis alterações, ele terá uma semana cheia de treinos até enfrentar o Oeste, no sábado, às 16h30, na Arena Barueri, pela sétima rodada do Paulistão-2020. O São Paulo é o terceiro no Grupo C.

Lance

Árbitro relata na súmula reclamações de Lugano após o Majestoso

O clássico entre São Paulo e Corinthians, disputado neste sábado, teve os goleiros como protagonistas, mas o árbitro Douglas Marques das Flores foi personagem central, alvo de muitas reclamações dos Tricolores. Depois da partida, ele foi pressionado por dirigentes do São Paulo e relatou as reclamações na súmula da partida.

Diego Lugano e Fernando Bracalle Ambrogi, dirigente do Tricolor, foram para cima da arbitragem na porta dos vestiários e mostraram-se indignados com a atuação de Douglas Marques das Flores.

“Informo que ao sair do campo de jogo e já estando presente no corredor de acesso ao vestiário dos árbitros, a equipe de arbitragem foi parada por dirigentes da equipe do São Paulo FC, onde foi identificado os senhores: Diego Alfredo Lugano Moreno, que proferiu as seguintes palavras ‘safados, filho da p***’, e Fernando Bracalle Ambrogi, que proferiu as seguintes palavras ‘Agora vocês chamam a polícia, trabalhamos a semana inteira pra você vir aqui e fazer isso’. Informo ainda que foi necessário a intervenção da policia militar“, relatou o árbitro no documento da partida.

Os são-paulinos reclamaram de um possível pênalti de Camacho em cima de Igor Gomes, já nos acréscimos do segundo tempo. O meia invadiu a área corintiana e caiu depois de sentir o contato do volante, mas a arbitragem nada marcou.

Na zona mista depois da partida, Raí e Lugano, dirigentes do Tricolor, proferiram duras críticas à Federação Paulista de Futebol e ao árbitro, relembrando outras partidas em que o clube teria sido prejudicado por erros dos donos do apito.

Gazeta Esportiva

Pablo esquece 2019 e fala de seu 1º Majestoso: “SP tem que vencer”

Em oito minutos de conversa com a reportagem do LANCE!, Pablo pronunciou 18 vezes a palavra “gol”. Marcar gols é uma obsessão não só do atacante de 27 anos, que fez um na vitória sobre o Água Santa e passou os outros quatro jogos de 2020 em branco, mas de todo o São Paulo, que inicia a sexta rodada do Paulistão fora da zona de classificação mesmo sendo a equipe que mais cria na competição (100 finalizações, sendo 39 na direção certa, das quais seis acabaram convertidas em gol).

Titular em todas as partidas da temporada até aqui, Pablo tem atuado pelos lados – Pato tem sido o centroavante – e briga para se manter na equipe mesmo com Antony de volta da Seleção Brasileira sub-23. Para o clássico contra o Corinthians, às 19h deste sábado, no Morumbi, o camisa 9 é favorito a começar jogando, com o garoto possivelmente no banco.

– A gente tem que fazer gols, é isso que esperam da gente. Conversamos muito entre nós, sabemos que estamos criando muitas ocasiões e temos que caprichar no detalhe final, na finalização. Óbvio que em algumas jogadas os goleiros fazem milagres e acho que as pessoas têm que ter essa noção. Contra Novorizontino, Ferroviária e Santo André os goleiros defenderam bolas incríveis. Minhas, do Pato, do Vitor, do Hernanes, do Dani… Acho que temos que finalizar com um pouco mais de carinho para a bola entrar e a gente sair comemorando – disse o jogador, que acrescentou:

– E a questão não é só o gol, a questão é vitória. O que adianta fazer um grande jogo e perder? Você tem que vencer a partida. Óbvio que é muito mais bonito você vencer fazendo um grande jogo, dando espetáculo para o torcedor, para eles verem que a equipe joga de maneira muito sincronizada, muito compacta, com trocas de passes… Mas bonito mesmo é vencer a partida. Para demonstrar o que a gente vem fazendo nos treinos, o trabalho do Fernando, a gente precisa vencer. Esse é o grande lance: fazer os gols para vencer a partida.

Pablo foi o artilheiro do São Paulo em 2019, mas não ficou satisfeito com a quantidade de gols (foram sete). Em 2020, embora já tenha dito que a meta principal é não se machucar, ele tem trabalho para aumentar o número: é o atleta que mais finaliza no Paulistão, com 20 tentativas, sendo oito na direção certa. O vice-líder, de acordo com o Footstats, é Dani Alves: 17 finalizações, sendo sete certas.

UOL

São Paulo anuncia mais de 30 mil ingressos vendidos para o clássico

O São Paulo anunciou em suas redes sociais a venda de mais 30 mil ingressos para o clássico diante do Corinthians, neste sábado, no Morumbi, às 19h, pela sexta rodada da fase de grupos do Paulistão-2020. Como acontece desde 2016 no estado de São Paulo, o Majestoso terá apenas a torcida do dono da casa.

As entradas estão sendo vendidas desde o dia 1º de fevereiro para sócios-torcedores do clube e desde o dia 5 para geral. Os preços, sem meia-entrada, variam entre R$ 40 e R$ 240. Os ingressos para as Arquibancadas Amarela Norte, Azul Leste e Laranja Sul já estão esgotados.

Confira todas as informações de ingressos para o clássico:

> INGRESSOS PARA A TORCIDA DO SÃO PAULO

VALORES
ARQUIBANCADAS – VENDA SOMENTE ONLINE EM http://spfc.totalacesso.com
Arquibancada Amarela (Norte) > R$ 40 / R$ 20 ½ entrada
Arquibancada Laranja (Sul) > R$ 40 / R$ 20
Arquibancada Azul (Leste) > R$ 60 / R$ 30 ½
Arquibancada Vermelha (Oeste) > R$ 60 / R$ 30 ½
Arquibancada Vermelha 2 (Oeste) > R$ 60 / R$ 30 ½

CADEIRAS SUPERIORES
Cadeira Superior Amarela (Norte) > R$ 120 / R$ 60 ½
Cadeira Superior Laranja (Sul) > R$ 120 / R$ 60 ½
Cadeira Especial Azul (Leste) > R$ 180 / R$ 60 ½
Cadeira Especial Vermelha (Oeste) > R$ 180 / R$ 60 ½
Morumbi Premium (Leste) > R$ 240 / R$ 120 ½
Cadeira Cativa Azul (somente proprietário)* > R$ 60
Cadeira Cativa P16 (somente proprietário)* > R$ 60
*venda nas bilheterias 01, 03 ou 05

CADEIRAS TÉRREAS – VENDA SOMENTE ONLINE EM http://spfc.totalacesso.com
Cadeiras Térreas P02 e P04 (Leste) > R$ 120 / R$ 60 ½
Cadeiras Térreas P18 (Oeste) > R$ 120 / R$ 60 ½

Cadeira Térrea Sócio P02, P04 e P18* > R$ 60
*venda somente na bilheteria 3 interna

Setor PCD Acompanhante* > R$ 20
*O PCD terá o direito de comprar até 1 (um) ingresso para seu acompanhante, desde que esta necessidade esteja prevista em sua Carteira de PCD ou seu Laudo Médico. Demais acompanhantes deverão pagar o valor integral do setor, ou, fazer uso do direito da meia entrada mediante a apresentação de documento comprobatório. Os ingressos estão sujeitos ao esgotamento.

CAMAROTES
Espaço do Sócio P04 > R$ 40
*venda somente na bilheteria 3 interna

Corporativo (Empresas) > R$ 60
*venda direto com os camarotes

– VENDA PARA A TORCIDA DO SÃO PAULO:

ONLINE: a partir das 10h de 05/02/2020 em http://spfc.totalacesso.com
______
BILHETERIAS DO MORUMBI

12/02 a 14/02 – das 10h às 17h
Atendimento ao público geral: bilheteria 03
Atendimento a cadeiras cativas: bilheteria 01
Atendimento a camarotes: bilheteria 03 interna

15/02 (dia do jogo)
Atendimento ao público geral: bilheteria 03 – das 10h às 19h45
Atendimento ao torcedor PCD: bilheteria 06 – das 13h às 19h45
______

DEMAIS PONTOS DE VENDA PARA TORCIDA DO SÃO PAULO
*sujeitos a disponibilidade

Estádio Conde Rodolfo Crespi – Juventus
Rua Javari, 117, Moóca – São Paulo
13 e 14/02, das 11h às 17h

Estádio Anacleto Campanella
Rua Walter Tomé, 64 – São Caetano
12, 13 e 14/02, das 11h às 17h

Ginásio do Ibirapuera
Rua Manuel da Nóbrega, 1361 – São Paulo
12, 13 e 14/02, das 11h às 17h

Lance

Diniz mantém mistério e fecha mais um treino do São Paulo nesta quinta-feira

O São Paulo segue sua preparação para o Majestoso de domingo, pelo Campeonato Paulista. Pela terceira vez na semana, Fernando Diniz comandou treino do time fechado à imprensa.

Com todo o elenco à disposição, o treinador não deu pistas sobre o time titular. A principal dúvida fica por conta da presença ou não de Antony e Igor Gomes entre os onze iniciais.

No meio campo, Hernanes é o principal candidato a dar a vaga ao jovem atleta. O Profeta começou 2020 como titular justamente pela ausência de Igor Gomes.

Já no ataque, a disputa é maior. Pablo e Pato podem perder a posição para Antony, já que ambos estão, em certos jogos neste início de temporada, jogando abertos pela direita.

Se mantiver a base das últimas partidas, o Tricolor irá a campo com: Tiago Volpi, Juanfran, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Tchê Tchê, Hernanes (Igor Gomes), Daniel Alves; Vítor Bueno, Pablo e Alexandre Pato (Antony).

Gazeta Esportiva

Em jogo de seis pontos, São Paulo encara o Corinthians no Morumbi

De volta ao Morumbi após três jogos, o Tricolor receberá o Corinthians neste domingo (13), às 18h, em disputa direta na tabela do Campeonato Brasileiro: o São Paulo está na quinta colocação, com 40 pontos, enquanto o adversário ocupa o quarto lugar, com 43.

“Todo clássico é diferente e importante, mas este tem um fator motivacional ainda maior. Será um jogo difícil, mas temos a oportunidade de entrar no G4. E por isso contamos com o apoio da nossa torcida, porque precisamos recuperar a nossa força em casa”, afirmou Luan.

O Majestoso deste final de semana será o primeiro clássico de Fernando Diniz no comando do time, além de marcar a estreia do comandante no Morumbi. Até aqui, o treinador dirigiu a equipe em três partidas: Flamengo (0 x 0, no Maracanã), Fortaleza (2 x 1, no Pacaembu) e Bahia (0 x 0, na Arena Fonte Nova).

Além de brigar por um resultado positivo que poderá render uma posição acima na classificação, a equipe são-paulina defenderá um tabu contra o rival: pelo Brasileiro, o São Paulo não é derrotado pelo Corinthians no Morumbi há quase nove anos.

O último revés foi no dia 7 de novembro de 2010, por 2 a 0. Desde então, foram seis Majestosos no Estádio Cícero Pompeu de Toledo, com duas vitórias tricolores e quatro empates.

SÃO PAULO x CORINTHIANS

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 13/10/2019 (domingo)
Horário: 18h

Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Marcelo Carvalho Van Gasse (SP)
Quarto Árbitro: Lucas Canetto Bellote (SP)
Analista de Campo: Marcelo Rogério (SP)
Árbitro de Vídeo: Rodolpho Toski Marques (PR)
Assistentes de Árbitro de Vídeo: Vinicius Gonçalves Dias Araujo (SP) e Fabricio Porfirio de Moura (SP)
Observador de VAR: Alicio Pena Junior.

saopaulofc.net

Amizade na infância e filosofia diferentes, Fernando Diniz e Fábio Carille se reencontram no clássico

Fernando Diniz e Fábio Carille se conhecem há muito tempo. Amigos desde a infância, os treinadores de São Paulo e Corinthians irão se reencontrar neste domingo, no Majestoso válido pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Morumbi, protagonizando um duelo de filosofias de jogo completamente opostas.

Nascidos na Zona Leste de São Paulo, Fernando Diniz e Fábio Carille se conheceram jogando futebol de salão em uma escolinha do bairro. O tempo passou, Carille se mudou com a família para Sertãozinho, e a relação de amizade entre os dois foi interrompida. O que os dois não imaginavam é que depois de muito tempo, além de alcançarem o sonho de virar jogador de futebol, eles também se firmariam como dois dos técnicos mais promissores do Brasil.

“Eu sou de 1973, e ele, de 1974. Começamos a jogar futebol de salão juntos, na escolinha do CTC Vila Ema, por volta dos sete anos. Naquela época, nós só queríamos saber de jogar bola. Com 12 anos, a minha família se mudou para Sertãozinho, e, aí, nos separamos. Mas somos amigos de infância e nos falamos até hoje”, disse Carille em 2017, em entrevista exclusiva a Flavio Prado para a Jovem Pan.

Como jogador, Fábio Carille nunca se destacou na zaga, mas chegou a fazer parte do elenco campeão da Copa do Brasil de 1995, vencendo a final contra o Cruzeiro. Depois de defender o Timão, ele passou por Paraná e Coritiba, além de clubes de menor expressão no Brasil. Fernando Diniz, por sua vez, era atacante e teve mais sucesso na carreira em comparação ao amigo de infância, defendendo times como Palmeiras, Corinthians, Fluminense, Flamengo, Cruzeiro e Santos.

Neste domingo, Carille e Diniz se enfrentarão pela segunda vez. Na primeira, em 2017, o técnico do Corinthians levou a melhor, vencendo o Audax por 1 a 0, pelo Campeonato Paulista. O clássico marcará um duelo de filosofias de jogo completamente opostas. Enquanto o Corinthians é conhecido pela sua consistência defensiva, sem se expor demais, o São Paulo ainda tenta absorver as ideias de seu novo treinador, que chamou a atenção de quem acompanha futebol pelo seu modelo mais arrojado, com trocas de passes desde a defesa e marcação pressão.

Sim, Fernando Diniz está em desvantagem no seu confronto particular com Fábio Carille. Mas também é verdade que neste domingo ele terá a vantagem de jogar em casa e pela primeira vez contará com um elenco suficientemente bom para jogar de igual para igual com o rival alvinegro, ainda que tenha de lidar com as ausências de Antony e Daniel Alves, por exemplo.

Gazeta Esportiva

Majestoso dos desfalques: veja os desfalques de São Paulo e Corinthians para o confronto de domingo

São Paulo e Corinthians entram em campo neste domingo, às 18h, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Morumbi, com times muito remendados. Ao todo, dez jogadores estarão sem condições de jogo pelos mais variados motivos.

O jogo entre terá transmissão ao vivo do Premiere para todo o Brasil com narração de Milton Leite e comentários de Alexandre Lozetti e Ricardinho. O GloboEsporte.com acompanha em tempo real, com vídeos, e transmite ao vivo as entrevistas pós-jogo dos dois times.


Daniel Alves

Pelo lado do Tricolor, as lesões são as grandes vilãs:

Toró [ATA] – se recupera de um estiramento na coxa esquerda;
Everton [ATA] – lesão parcial no ligamento do joelho esquerdo;
Rojas [ATA] – cirurgia no joelho direito;
Pablo [ATA] – lesão na coxa direita.
O atacante Antony e o lateral-direito Daniel Alves estão com a seleção olímpica e principal, respectivamente, e também são baixas para o Majestoso.

Pedrinho

No Corinthians, as coisas são parecidas:

Everaldo [ATA] – recuperação após cirurgia para correção de lesão no púbis;
Júnior Urso [VOL] – contratura muscular na coxa direita;
Sornoza [MEC] – defende a seleção do Equador;
Pedrinho [ATA] – defende a seleção olímpica.

As ausências serão problemas para os técnicos Fernando Diniz e Fábio Carille para montar São Paulo e Corinthians, respectivamente.

Ataque Tricolor em apuros

Diniz terá dificuldades principalmente no ataque. São cinco as ausências, além do recém-recuperado de uma amigdalite (Raniel). Alexandre Pato, que retornou de lesão na última quarta-feira, precisou atuar 90 minutos por conta de três substituições forçadas devido a problemas físicos (Pablo, Juanfran e Liziero). A ideia da comissão técnica era dosar o retorno do atleta para não ter tanto desgaste.

Caso Raniel reúna condições de jogo, a maior possibilidade é ele assumir a vaga de centroavante deixada por Pablo. Com isso, Pato permanece pelos lados do campo. Na partida contra o Bahia, o atacante alternou entre esquerda e direita.

A outra opção para o ataque é o jovem Helinho. O jogador, por sua vez, tem características mais parecidas com as de Antony, e aí o sistema de jogo de Fernando Diniz mudaria em relação ao último jogo.

Calazans também briga por uma vaga, mas as chances são remotas. Desde que foi contratado, no início de maio, ele fez apenas três jogos com a camisa do Tricolor.

A provável escalação é a seguinte: Tiago Volpi, Igor Vinicius, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Luan; Tchê Tchê, Hernanes, Igor Gomes e Liziero (Vitor Bueno); Alexandre Pato.

Timão sem sua joia
Pedrinho talvez seja a ausência mais sentida pelo Corinthians no Majestoso de domingo. O atacante vem sendo um dos principais jogadores da temporada e é o desafogo do ataque pelo lado direito. No primeiro turno, inclusive, o gol da vitória corintiana sobre o São Paulo saiu de seus pés .

Segundo números levantados pelo “Meu Timão”, o Corinthians tem aproveitamento bem menor sem Pedrinho. Com o garoto, o time soma 59% dos pontos. Sem ele, apenas 38%.

Com a convocação de Pedrinho para a seleção brasileira olímpica, Fábio Carille deslocou Vagner Love para a ponta direita do ataque e centralizou Boselli. A situação deve se repetir no Majestoso.

Outra peça importante ausente no Corinthians é Júnior Urso. Embora não tenha mostrado seu melhor futebol neste segundo semestre, a experiência pode fazer falta no clássico. Ramiro seu substituto, ainda não fez grandes atuações pelo Timão na temporada. Renê Júnior e Matheus Jesus são outras opções.

A provável escalação é a seguinte: Cássio, Fagner, Manoel, Gil e Danilo Avelar; Ralf; Vagner Love, Ramiro, Mateus Vital e Clayson; Boselli.

Globo Esporte

Pablo está fora do majestoso

O atacante Pablo, do São Paulo, teve um estiramento na coxa direita confirmado após exames realizados na manhã desta sexta-feira e está fora do clássico contra o Corinthians, no próximo domingo, às 18h, no Morumbi, pela 25ª rodada do Brasileirão. O Tricolor não informa o tempo de recuperação de seus atletas.

Juanfran, que também foi substituído na partida contra o Bahia, na última quarta, com problemas na coxa esquerda, realizou exames e só foi detectado desgaste muscular. Ele é dúvida no time titular de Fernando Diniz.

Pablo, por sua vez, vive um drama em 2019. Ainda na semifinal do Campeonato Paulista, o atacante sofreu uma pancada na panturrilha e ficou fora das finais. Durante a recuperação, foi descoberto um cisto na região lombar que o levou para uma cirurgia.

Logo em seu retorno desta lesão, novo problema médico. No duelo contra o Palmeiras, pela décima rodada do Brasileirão, Pablo caiu sobre a perna e teve uma lesão no tornozelo direito. Ele voltou apenas na 19ª rodada.

Todos os problemas médicos de Pablo em 2019 deixaram o jogador quase cinco meses afastado dos gramados.Para a partida contra o Corinthians, Fernando Diniz terá o retorno de Raniel para a posição de centroavante. No entanto, o atacante retornou de uma amigdalite e perdeu peso ao ter reação alérgica a um remédio. Por conta disso, a sua parte física ainda não está 100%.

Alexandre Pato, então, deve ser o escolhido para jogar mais avançado. Um provável São Paulo então deve ter: Tiago Volpi, Igor Vinicius, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Luan; Tchê Tchê, Hernanes, Igor Gomes e Liziero (Vitor Bueno); Alexandre Pato.

Globo Esporte

RELEMBRAR É VIVER: Com 2 gols de Reinaldo e falha de Cássio, Tricolor venceu o Corinthians por 3 a 1 em 2018

Neste domingo (13), São Paulo e Corinthians disputam o clássico Majestoso no gramado do Morumbi, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. As duas equipes fazem duelo direto na briga por uma vaga na zona de classificação direta à Copa Libertadores. No ano passado, o confronto no estádio tricolor, válido pelo primeiro turno do Brasileirão, terminou com vitória são-paulina e foi importante para a arrancada do time então comandado por Diego Aguirre rumo à ponta da tabela.

Na ocasião, ambas as equipes disputavam a segunda partida após a volta da parada para a Copa do Mundo. O Tricolor Paulista, que era segundo colocado e havia vencido o líder Flamengo na rodada anterior, precisava do triunfo para seguir pressionando o Rubro-Negro. Já o Timão estava no meio da tabela e tentava entrar no G6.

RELEMBRE OS MELHORES MOMENTOS DAQUELE MAJESTOSO

Em Morumbi lotado, o São Paulo começou superior desde os primeiros minutos, mas não conseguiu balançar as redes na primeira etapa. O gol só veio aos dez minutos do segundo tempo, quando Anderson Martins aproveitou cobrança de escanteio de Nenê para completar de cabeça. Aos 24, Reinaldo driblou Cássio e chutou, mas Henrique cortou. No rebote, o lateral bateu por cobertura e marcou o dele.

A situação ficou ainda melhor para os donos da casa aos 36 minutos. Reinaldo, de novo, ficou com a sobra após escanteio e arriscou de fora da área, mas a finalização saiu fraca. O goleiro alvinegro, porém, aceitou e viu a bola passar por baixo de seu corpo. No fim, Jonathas recebeu passe de Jadson e tocou na saída de Jean para descontar: 3 a 1.

Agora, os dois rivais se enfrentam na casa são-paulina em outra situação. O Corinthias, que foi campeão paulista diante do Tricolor, ocupa a quarta colocação com 42 pontos. O São Paulo vem logo atrás, na quinta posição, com três pontos a menos.

Gazeta Esportiva

Tricolor anuncia parcial de ingressos para o clássico Majestoso; confira

O São Paulo anunciou na manhã desta quinta-feira a venda antecipada de 20 mil ingressos para o jogo contra o Corinthians, que ocorre no próximo domingo no Morumbi, às 18h (de Brasília). Mesmo com o aumento no preço das entradas, a expectativa é que o clássico tenha um bom público.

As vendas exclusivas para sócios torcedores foram abertas na última terça-feira, enquanto o público geral foi liberado para comprar os ingressos a partir da manhã de quarta-feira.

São Paulo FC

@SaoPauloFC

Vendas abertas para o público geral: garanta seu ingresso para São Paulo x Corinthians, que acontece no domingo, às 18h, no Morumbi. 👇🇾🇪

Compre aqui: https://spfc.totalacesso.com 🇾🇪

Ver imagem no Twitter
204 pessoas estão falando sobre isso

Para o Majestoso, o São Paulo optou por aumentar os preços dos ingressos em relação ao jogo contra o Fortaleza, que levou mais de 30 mil pessoas para o Pacaembu. As inteiras variam entre R$ 50, para as arquibancadas Laranja e Amarela, e R$ 240, para o camarote Morumbi Premium.

O clássico entre São Paulo e Corinthians é válido pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os rivais disputam uma vaga direta na fase de grupos da Libertadores.

Gazeta Esportiva

Na véspera do Majestoso, Antony destaca possibilidade do São Paulo quebrar tabu na Arena Corinthians

Em entrevista ao Esporte Espetacular, da TV Globo, o atacante Antony, do São Paulo, falou a oportunidade do Tricolor quebrar o tabu na Arena Corinthians e a rápida evolução para se tornar um dos principais jogadores do time. Durante o Paulistão, o garoto de 19 anos ganhou oportunidade e, depois de 17 jogos como titular, é um dos mais queridos da torcida tricolor.

Antes do Majestoso contra o Corinthians, logo mais às 19 horas, em Itaquera, Antony falou sobre a oportunidade de quebrar o tabu. Na Arena corintiana, o São Paulo empatou três vezes e perdeu oito em 11 jogos.

O atacante, poupado contra o Bahia, na quarta-feira, pela Copa do Brasil deve estar no time que entrará em campo pela sexta rodada do Brasileirão. O descanso se deve ao fato de que Antony atuou 30 vezes no ano. Foram 21 partidas pelo time profissional e nove na campanha que terminou em título na Copa São Paulo de Futebol Júnior.

A união dos jogadores e a força do grupo, na opinião de Antony, serão essenciais para o Tricolor, enfim, quebrar o tabu. “A gente se junta ali, um por todos, todos por um e ir em busca dessa vitória”, disse Antony.

Na decisão do Campeonato Paulista, em abril, o atacante marcou o gol que empatou a partida contra o Corinthians. Foi a sua primeira decisão como profissional. O time alvinegro terminaria campeão, com o gol de Vágner Love.

Torcedor são-paulino desde criança

Torcedor do São Paulo desde criança, Antony já foi visto em diversos vídeos nas arquibancadas do Morumbi. Ele afirmou durante a entrevista que sua tia era quem o levava às partidas. “Desde pequeno ela costumava me levar ao estádio. E dali eu fui pegando gosto”, afirmou o camisa 39 do São Paulo.

Desde então, Antony começou a pensar na possibilidade de estar em campo, vestindo a camisa do time do coração. “A partir do momento que eu comecei a torcer, eu comecei a sonhar também de um dia estar ali no campo. E hoje quando eu vou lá em Osasco é muita foto”, disse Antony ao EE.

Antony é uma das esperanças do Tricolor para o Majestoso. O São Paulo é o terceiro colocado do Brasileirão, com 11 pontos. A vitória colocaria o Tricolor a dois pontos do líder Palmeiras, atualmente com 16.

 

Fonte: Torcedores.com

Árbitro de Corinthians X São Paulo é o mesmo de Majestoso polêmico

Neste domingo, Corinthians e São Paulo se enfrentam na Arena de Itaquera, às 19h (de Brasília), pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. E o responsável pelo apito será Flávio Rodrigues de Souza. O árbitro, porém, já possui um Majestoso no currículo, apitado em 2017, em um jogo que terminou com classificação Alvinegra e polêmica por conta de um gol validado de Jô, nos acréscimos do primeiro tempo.

No primeiro jogo da semifinal do Campeonato Paulista de 2017, no Morumbi, o Corinthians venceu o São Paulo por 2 a 0 com gols de Rodriguinho e Jô. Mas o embate ficou marcado pela polêmica envolvendo o fair play de Rodrigo Caio, que assumiu a responsabilidade por uma dividida com o goleiro tricolor Renan Ribeiro. Dessa forma, o cartão dado primeiramente a Jô, que tiraria o atacante do segundo jogo, foi anulado.

Na partida decisiva, marcada para a Arena de Itaquera, Flávio Rodrigues de Souza foi o escolhido para apitar, em um duelo movimentado pela polêmica do jogo de ida. E em um primeiro tempo de muita disputa e chances criadas de ambos os lados, Jô, aos 47 minutos, marcou um gol após cobrança de falta de Jadson. O atacante, porém, estava em posição irregular.

Em meio a polêmica, foi levantada a hipótese de um suposto toque do atacante Lucas Pratto na bola, que validaria o gol do centroavante Alvinegro, interpretação do árbitro no lance. Na época, o Campeonato Paulista não contava com o auxílio do VAR, como nos dias atuais e nas 38 rodadas do Brasileirão. Inclusive, o recurso estará à disposição para o árbitro neste domingo, no Majestoso da sexta rodada.

Depois do lance polêmico no fim da primeira etapa, que terminou com o tento validado, o São Paulo se viu na necessidade de reverter uma desvantagem de três gols. No fim, o Tricolor ainda encontrou um gol, justamente com Pratto, aos 38 minutos do segundo tempo. O tento, no entanto, foi insuficiente para a virada e o Corinthians decidiu o Paulista com a Ponte Preta, terminando com o título.

Neste domingo, Corinthians e São Paulo se enfrentam em um cenário diferente. Terceiro colocado, o Tricolor tem 11 pontos, mas vem de dois jogos sem vencer e sem marcar gols. O Alvinegro, por sua vez, é o oitavo com oito pontos, mas vem de dois triunfos consecutivos, o mais recente deles pela Copa Sul-Americana, diante do Deportivo lara, da Venezuela.

 

Fonte: Gazeta Esportiva