São Paulo vende Lucas Fernandes para o Portimonense por R$ 10 milhões

Lucas Fernandes não faz mais parte do elenco do São Paulo. O Tricolor paulista acertou a transferência do jogador para o Portimonense, que vai desembolsar cerca de R$ 10 milhões por 50% dos direitos do atleta.

O meia atacante já está na Europa e trabalha com o time estrangeiro. Existe até a possibilidade de ele defender a equipe contra o Sporting, neste domingo, pelo Campeonato Português. Na última temporada, ele havia atuado justamente pelo Portimonense e chamado a atenção de outros clubes, como o Porto. Pela camisa da equipe estrangeira, ele disputou 30 partidas e fez um gol.

Porém, as negociações na época não avançaram e ele retornou ao São Paulo. Ainda neste ano ele disputou o Torneio de Toulon, na França, com a seleção brasileira sub-23.

O atleta, de 21 anos, tinha vínculo com o São Paulo até 31 de dezembro de 2021. O jogador também estava na mira do Santos, que havia feito uma proposta de empréstimo com o valor fixado para compra. No entanto, o Tricolor paulista fez jogo duro e queria negociar o meia em definitivo, com a venda de ao menos 50% dos direitos para liberá-lo.

UOL

Santos “praticamente desiste” de contratar Lucas Fernandes, do São Paulo

O Santos não deve contratar Lucas Fernandes, do São Paulo, reforço indicado pelo técnico Jorge Sampaoli. As negociações neste momento estão travadas.

“Praticamente desistimos”, resumiu o presidente do Peixe, José Carlos Peres, à Gazeta Esportiva.

O Peixe trouxe 14 reforços e agora prioriza as saídas e não mais as chegadas. Novas contratações virão em caso de oportunidades pontuais no mercado. “Voltamos a ser vendedores”, diz Peres.

Depois de sinalizar com 1,5 milhão de euros (R$ 6,7 mi) por 50% dos direitos econômicos, o Peixe chegou em quase 2 milhões de euros (R$ 9 mi) por 70% do “passe”. O Tricolor, porém, exige 2,5 milhões de euros (R$ 11,1 mi) por 50%.

Sampaoli é fã de Lucas Fernandes e vê no atleta a capacidade de atuar em mais de uma função no meio-campo, com características similares às de Diego Pituca – a de um “volante pela esquerda”.

A proximidade do fim da janela internacional de transferências, entre o fim de agosto e o início de setembro dependendo do país, pode ajudar e é o que faz o Peixe ainda não descartar totalmente a contratação.

Lucas atuou no primeiro semestre pelo Portimonense, de Portugal, e foi reintegrado ao Tricolor, porém, não tem sido utilizado pelo técnico Cuca. O contrato vai até o fim de 2021.

Gazeta Esportiva

Santos aumenta proposta ao São Paulo, mas segue distante de Lucas Fernandes

O Santos aumentou a proposta ao São Paulo, mas segue distante de contratar Lucas Fernandes, meia indicado pelo técnico Jorge Sampaoli.

Depois de sinalizar com 1,5 milhão de euros (R$ 6,7 mi) por 50% dos direitos econômicos, o Peixe chegou em quase 2 milhões de euros (R$ 9 mi) por 70% do “passe”. O Tricolor, porém, quer 2,5 milhões de euros (R$ 11,1 mi) por 50%.

Sampaoli é fã de Lucas Fernandes e vê no atleta a capacidade de atuar em mais de uma função no meio-campo, com características similares às de Diego Pituca – a de um “volante pela esquerda”.

O Santos mantém o contato com o São Paulo e espera por um “desconto” nos próximos dias. A proximidade do fim da janela internacional de transferências, entre o fim de agosto e o início de setembro dependendo do país, pode ajudar o Peixe.

Lucas atuou no primeiro semestre pelo Portimonense, de Portugal, e foi reintegrado ao Tricolor, porém, não tem sido utilizado pelo técnico Cuca. O contrato vai até o fim de 2021.

Gazeta Esportiva

São Paulo pede alto para liberar meia; Santos tenta “desconto”

O Santos tenta a contratação de Lucas Fernandes, do São Paulo, mas esbarra na alta pedida do rival: 5 milhões de euros (R$ 21,6 mi).

O Peixe buscou o empréstimo do jogador de 21 anos e ouviu sobre o interesse do Tricolor em negociar o meia de 21 anos em definitivo.

O técnico Jorge Sampaoli indicou Lucas Fernandes e vê no atleta a capacidade de atuar em mais de uma função no meio-campo, com características similares às de Diego Pituca – a de um “volante pela esquerda”.

O Santos mantém o contato com o São Paulo e espera por um “desconto”. A proximidade do fim da janela internacional de transferências, entre o fim de agosto e o início de setembro, pode ajudar o Peixe.

Lucas atuou no primeiro semestre pelo Portimonense, de Portugal, e foi reintegrado ao Tricolor, porém, não tem sido utilizado pelo técnico Cuca. O contrato vai até o fim de 2021.

Gazeta Esportiva

Santos tenta contratar Lucas Fernandes, mas São Paulo dificulta negociação

O Santos mostrou interesse na contratação de uma das promessas do São Paulo. Segundo apurou o UOL Esporte, o clube alvinegro fez uma proposta para contar com Lucas Fernandes por empréstimo com o valor fixado para compra. No entanto, o Tricolor paulista fez jogo duro e queria negociar o meia em definitivo, com a venda de ao menos 50% dos direitos para liberá-lo.

A transação já esteve mais perto de ser concluída. O Santos não gostou muito da pedida são-paulina, e a negociação esfriou. Lucas Fernandes estava emprestado ao Portimonense, de Portugal, no primeiro semestre deste ano. Depois, disputou o Torneio de Toulon, na França, com a seleção brasileira sub-23.

Os europeus tentaram acertar a ampliação do vínculo de empréstimo, mas não tiveram êxito. Por isso, o jogador, de 21 anos, foi reintegrado ao elenco do Tricolor paulista. Ontem, ele chegou a participar de jogo-treino com o Nacional, no CT da Barra Funda. Porém, ainda não teve a chance de ser escalado em uma partida oficial.

Por acreditar no potencial do meia e ainda necessitar de caixa, o São Paulo acha que é possível surgir uma oferta de venda em definitivo para o exterior. Assim, o clube poderia ganhar fôlego na questão financeira. Cuca também quer ver o Lucas Fernandes mais de perto. Caso até o fechamento da janela de transferência não apareça nenhuma proposta que seja considerada vantajosa e Lucas Fernandes não tenha mais espaço no elenco do São Paulo, as conversas com o Santos podem voltar a esquentar. O atleta tem vínculo com o São Paulo até 31 de dezembro de 2021.

UOL

São Paulo aguarda ofertas por Lucas Fernandes e Tavares; Perri volta

O goleiro Lucas Perri, que passou a primeira metade do ano emprestado ao Crystal Palace (ING), foi uma das novidades no treino de reapresentação do São Paulo na segunda-feira, em Cotia. O clube inglês não exerceu a opção de compra e o jovem de 21 anos, que não chegou a jogar na Europa, é o único dos atletas que estão voltando de empréstimo a ter sido reintegrado.

Há outros cinco jogadores retornando, sem contar o atacante Paulinho Boia, que estava no Portimonense (POR) e já foi repassado ao São Bento até o fim do ano, e o meia Geovane, que estava no Louletano (POR) e foi cedido ao América-MG até dezembro, quando se encerra o vínculo com o São Paulo.

Os únicos com alguma chance de também serem reintegrados são o meia Lucas Fernandes e o lateral-esquerdo Júnior Tavares, mas a diretoria os enxerga de formas diferentes.

Lucas Fernandes, que também estava no Portimonense, fez boa temporada em Portugal (acumulou 30 jogos e terminou como titular). Apesar de ter jogadores de características parecidas no elenco – inclusive Gabriel Sara, que acaba de ser promovido da base -, o clube vê o retorno dele com bons olhos. No entanto, acredita que o garoto tenha mercado na Europa e aguarda novas propostas, seja para vendê-lo agora ou para emprestá-lo novamente e deixá-lo na vitrine. Caso não surja nada considerado interessante, Lucas ficará à disposição de Cuca.

O Tricolor também espera ofertas por Júnior Tavares, que fez apenas três partidas pela Sampdoria (ITA), clube que defendia desde junho de 2018. No caso dele, no entanto, a ideia inicial da diretoria não é reintegrá-lo. Isso só acontecerá caso realmente não apareça nenhuma alternativa de negócio.

Os jovens Banguelê, Pedro Augusto, que estavam no Louletano (POR) junto com Geovane, ou serão reemprestados como o colega ou aguardarão o fim do contrato, em dezembro, sem serem integrados ao elenco principal. Léo Natel, que foi bem pelo APOEL, do Chipre, pode ter a opção de compra exercida. A equipe se classificou para a fase preliminar da Champions League, e o São Paulo aguarda uma sinalização neste sentido.

 

Fonte: Lance

Lucas Fernandes, desperta interesse de clubes europeus

Lucas Fernandes, emprestado pelo São Paulo ao Portimonense, de Portugal, desperta o interesse de outros clubes da Europa. O Porto, vice-campeão português, é um dos maiores interessados.

O contrato de empréstimo de Lucas Fernandes ao Portimonense termina no dia 30 de junho com uma cláusula de opção de compra estipulada em contrato (valor não revelado).
No clube português, Lucas Fernandes fez 30 jogos e terminou como titular absoluto no time do técnico Antonio Folha. O Porto já faz sondagens, mas precisa se acertar com o São Paulo caso deseje, de fato, contar com o atleta de 21 anos.

Felipe Ruiz@FelipeGomesRuiz

Lucas Fernandes, que defendeu o Portimonense-POR por empréstimo na última temporada, está no CT. O meia deve decidir seu futuro nos próximos dias. Ele tem contrato com o São Paulo até dezembro de 2021.

See Felipe Ruiz’s other Tweets

Jogador está com a seleção brasileira Sub-23 para a disputa do Torneio de Toulon, na França. A competição termina no dia 15 de junho, e antes disso não deve haver uma definição sobre o seu futuro.

No último dia 28, o meia apareceu no CT do São Paulo para visitar os companheiros de clube. O seu contrato com o Tricolor vai até dezembro de 2021. As partes não comentam o valor da multa rescisória.

Pelo São Paulo, Lucas Fernandes disputou 53 jogos, marcou dois gols e deu quatro assistências. Entre janeiro e setembro de 2018, participou de 17 das 47 partidas do São Paulo. O jogador de 21 anos subiu aos profissionais em 2016.

 

Fonte: Globo Esporte

Lucas Fernandes ex-São Paulo vira aposta da vez em Portugal e recebe sondagens

Na coletiva que antecedeu o confronto com o Boavista, na última rodada da Liga Portuguesa, o técnico do Portimonense, António Folha, parou em determinado momento e sorriu ao confessar surpreendido por nenhum jornalista ter perguntado até então sobre o craque da equipe, o japonês Shoya Nakajima, que seria desfalque por lesão.

Com ofertas que rondam os 20 milhões de euros (R$ 83 milhões), Nakajima é sensação no futebol português e esteve próximo de se transferir para o Wolverhampton, da Premier League, através do agente de Jorge Mendes, que cuida da carreira de Cristiano Ronaldo.

Ficou provado no duelo com o Boavista que existe vida no Portimonense sem Nakajima. Na ausência de seu camisa 10, o time do Algarve viu o brasileiro Lucas Fernandes brilhar, arrebentar com uma assistência e ser decisivo na vitória de 2 a 0 que pôs o clube de vez na briga por uma vaga na Liga Europa na temporada que vem.

De quebra, o jovem jogador de 21 anos, que atua por empréstimo do São Paulo, ainda foi eleito o melhor em campo no jogo disputado fora de casa.

“Repare: o segredo na nossa forma de jogar é não ter medo na forma de abordar os jogos, aconteça o que acontecer. E tento passar isso todos os dias à minha equipe. Obviamente que fora sabemos que é sempre mais complicado de jogar e assumir o controle. Mas eu tenho comigo que nossa ideia de jogo esteja sempre presente. Não gosto que meu time tenha duas caras”, explicou Folha ao fim da partida, comentando depois a atuação de Fernandes.

“Quando lançamos um ou outro jovem face à necessidade porque hoje tivemos essa necessidade, vemos que eles estão dispostos a agarrar o sol. O sol nasce para todos e os jogadores têm de compreender que é preciso sair de casa para pegar o sol, andar atrás dele porque depois não dá para dizer que nunca o apanhou”, prosseguiu.

“É isso que eu tento transmitir a esses garotos, a vida é feita de muitos sacrifícios e eles têm de compreender que não é só prazer. Tem muito de ambição também. É por isso que muitos talentos se perdem porque carregar isso todos os dias não é fácil”, completou.

Assédio sobre a promessa são-paulina

No resumo da rodada em discussões na imprensa local, Lucas tem sido apontado como um dos nomes a ser seguido no segundo turno do campeonato. Depois de passar por um período de adaptação no país, ele agora se encontra pronto para assumir a vaga do compatriota Ewerton, que vinha sendo titular e foi repassado ao Urawa Reds, do Japão.

“Como gosto e meus jogadores têm essa característica de querer a bola, não mostrar medo de assumir riscos, o Lucas havia me dado uma resposta boa em jogo contra o Sporting, saindo de trás com qualidade. Ele chuta muito bem de fora da área, tem chegada e bom arremate”, ressaltou Folha.

O tricolor paulista é um dos que tem naturalmente motivo para seguir atento aos passos de seu prata da casa.

Conforme apurado pelo UOL Esporte, em seu contrato de empréstimo, o atleta tem estabelecida uma cláusula com opção de compra cujo valor não é considerado baixo, mas seria acessível em caso de propostas no mercado.

O jornal A Bola revelou, em sua edição da última sexta-feira, que o Portimonense recebeu consultas de clubes locais e do exterior pelo meia-atacante, mas não pretende abrir qualquer conversa antes da janela de transferências de verão. O seu estafe trabalha por sua permanência em definitivo no futebol europeu e não negou esse desejo em contato com a reportagem.

O Portimonense é uma vitrine propícia para isso. A cada rodada, é cena comum a presença de olheiros de diversos times em seu estádio.

Apenas em sua segunda temporada na elite portuguesa, o clube não esconde que tem entre seus objetivos fazer dinheiro com a venda de atletas. Ele possui como principal investidor o empresário Teodoro Fonseca, que cuidou, entre outros, da carreira do atacante Hulk. Ele é ciceroneado no dia a dia pelo ex-atacante Robson Ponte, que passou por Guarani, Bayer Leverkusen e Wolfsburg.

Nos últimos anos, os seus destaques tiveram como destino principal o atual campeão Porto, com quem mantém relação estreita.

Avesso a entrevistas e rodeado por ex-companheiros tricolores – outros oito passaram pela Barra Funda -, Lucas Fernandes está conseguindo em Portimão as chances que não vinha tendo no São Paulo. Até aqui, ele entrou em campo 15 vezes, sete delas como titular. Esse número deve aumentar ainda mais agora.

O Portimonense, por sua vez, ocupa a oitava colocação na tabela, com 27 pontos, somente dois atrás do quinto lugar, Belenenses SAD.

 

Fonte: UOL

São Paulo acerta empréstimos de Lucas Fernandes, Paulinho e Lucas Kal

O São Paulo formalizou nesta quinta-feira (30) os empréstimos de Lucas Fernandes e Paulinho, que defenderão o Portimonense, de Portugal, por uma temporada. A dupla foi liberada das atividades no CT da Barra Funda e assinou contrato com o clube português até 30 de junho de 2019 – com opção de compra ao término deste período.

Além deles, o São Paulo também finalizou a negociação do zagueiro Lucas Kal com o Vasco da Gama. O defensor, que disputou um confronto no Brasileiro deste ano – na vitória sobre o Cruzeiro (2 x 0), no Mineirão -, foi emprestado até o final do Campeonato Carioca de 2019.

Camisa 10 da equipe Sub-20 do Tricolor nas conquistas da Libertadores da América (2016), da Copa do Brasil, da Copa Ouro e da Copa RS (2015), o meia Lucas Fernandes chegou ao CFA com 14 anos de idade e foi promovido ao elenco principal em 2016. Ao todo, ele disputou 53 jogos, marcou dois gols e deu quatro assistências. Na atual temporada, participou de 18 partidas, sendo seis como titular.

Paulinho foi alçado ao grupo principal no início de 2018, durante o Campeonato Paulista. O atacante, que também foi revelado em Cotia, disputou sete jogos pela equipe principal.

 

Adeus, Morumbi? São Paulo negocia jogador com o Barcelona

Liderando o Campeonato Brasileiro com 45 pontos, o São Paulo sabe a importância de dar rodagem e experiência aos jogadores mais jovens. Segundo o ​De Primeira, um atleta da base Tricolor pode se encaixar neste raciocínio e partir para novos ares ao defender o Barcelona B.

Trata-se de Lucas Fernandes. A negociação seria por empréstimo, mas nos últimos tempos a conversa esfriou. Mesmo assim, o Tricolor não descarta emprestá-lo para outro clube.

O jovem não vem sendo aproveitado com grande frequência por Diego Aguirre. Como se trata de uma das maiores promessas do clube e o seu vínculo é válido até 2021, a experiência no futebol internacional pode fazer diferença para o futuro próximo dentro do próprio Morumbi.

Fábio@saopaulinox

Lucas Fernandes (😣) não foi relacionado. Que bom, segundo passo é empresta-lo.

Fábio@saopaulinox

Lucas Fernandes (😣) não foi relacionado. Que bom, segundo passo é empresta-lo.

Nessa semana, o ​São Paulo acertou a ida de Paulinho Boia para o Portimonense, do futebol português, em acordo também por empréstimo de uma temporada.

São Paulo segura jovens promessas no elenco após saídas de atacantes

As saídas de Valdívia e Marcos Guilherme para o futebol árabe fizeram o São Paulo repensar a situação de algumas promessas de seu elenco. Casos de Caíque e Paulo Boia, que eram cotados a serem emprestados para adquirirem experiência em outros clubes.

Antes da pausa para a Copa do Mundo, a intenção no Tricolor era de reduzir o plantel em algumas peças e contratar reforços pontuais.

No entanto, com a perda dos dois pontas, a diretoria não se abriu a propostas pelos jovens atacantes, que também atuam pelas beiradas do campo, e optou por mantê-los à disposição do técnico Diego Aguirre, apesar da chegada do equatoriano Joao Rojas.

Avalizados por Dorival Júnior, Caíque e Paulo Boia foram promovidos ao time profissional no início de 2018 com o status de atletas promissores. Tanto que foram utilizados no primeiro semestre, respectivamente, em oito e sete jogos, número superior ao de alguns jogadores mais experientes do elenco.

O mesmo não ocorreu com outro atleta revelado nas categorias de base do São Paulo, em Cotia. Trata-se do centroavante Bissoli, que soma apenas duas partidas pelo time principal na temporada.

Da mesma idade de Caíque e Boia, Bissoli lidava com uma concorrência mais forte em seu setor, que tem Diego Souza, Tréllez e Gonzalo Carneiro como principais opções. Diante desse cenário, o jogador voltou a morar em Cotia e se reintegrou à equipe sub-20, hoje comandada por Orlando Ribeiro, sucessor de André Jardine.

Terceiro colocado do Campeonato Brasileiro, o São Paulo volta a campo no próximo dia 18, no Rio de Janeiro, para enfrentar o líder Flamengo. Pela segunda fase da Copa Sul-Americana, a equipe encara o Colón, da Argentina, nos dias 2 e 16 de agosto.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Brenner sonha em jogar no Barcelona

Após integrar os treinos da Seleção Brasileira na Europa em preparação para a Copa na Rússia, Brenner está novamente à disposição no São Paulo. Em entrevista ao jornal espanhol Mundo Deportivo, o jovem atacante disse sonhar em jogar no Barcelona depois de conquistar títulos com o Tricolor.


“Sou muito jovem e tenho os pés no chão. Como todo jogador, sonho em jogar bem, ajudar minha família e, quem sabe, poder atuar em um grande clube da Europa. Mas, no momento, prefiro viver o presente. Meu objetivo é me concentrar em ajudar o São Paulo a conquistar títulos. Se conseguir, pode ser que apareçam oportunidades na Europa”, ponderou Brenner.

“Entre os diferentes clubes, o Barcelona é um dos que eu gostaria de jogar, por tudo que representa. Não só falando pelo futebol, mas também pela filosofia e estrutura de jogo”, completou.

Promovido aos profissionais do São Paulo no ano passado com Rogério Ceni, Brenner perdeu espaço com Diego Aguirre. No total, disputou 17 partidas com a camisa tricolor e marcou três gols (contra Bahia, Madureira e Corinthians).