Lateral do São Paulo estreia, bate a cabeça e vai para hospital

O lateral-esquerdo Welington, de 19 anos, deixou o Estádio Santa Cruz de ambulância após a derrota do São Paulo para o Botafogo-SP, por 1 a 0, neste domingo, para passar por exames um choque de cabeça.

O clube ainda não divulgou informações sobre a data e o momento da alta, mas a ida dele para o hospital foi por precaução e faz parte de um protocolo em casos assim. O jogador conseguiu ficar em campo até o fim do jogo.

Welington entrou no lugar de Everton durante o segundo tempo e fez sua estreia como profissional. Ele já havia sido relacionado para o jogo contra o CSA, na última rodada do Brasileirão de 2019, quando Fernando Diniz utilizou diversos jovens de Cotia.

Welington está na equipe sub-20 do São Paulo e participou das últimas duas edições da Copinha. Em 2019, foi titular.

Lance

Anúncios

São Paulo analisa situação de Diogo Barbosa, do Palmeiras

São Paulo analisa a situação do lateral-esquerdo Diogo Barbosa, do Palmeiras. O jogador está sem espaço na equipe alviverde e é monitorado pelo Tricolor. O principal impasse, porém, é o salário.

A diretoria são-paulina avalia que os vencimentos de Diogo Barbosa não se encaixam no perfil do atual elenco e que o negócio se tornaria inviável caso não haja uma redução em relação ao que ele recebe no Palmeiras.

Diogo Barbosa na chegada para um clássico entre São Paulo e Palmeiras — Foto: Renato Pizzutto/BP FilmesDiogo Barbosa na chegada para um clássico entre São Paulo e Palmeiras — Foto: Renato Pizzutto/BP Filmes

Diogo Barbosa na chegada para um clássico entre São Paulo e Palmeiras — Foto: Renato Pizzutto/BP Filmes

 

No atual plantel, o São Paulo conta com Reinaldo e Léo para a lateral esquerda. Este último, porém, está lesionado e deve retornar aos gramados daqui um mês. Liziero e Everton são utilizados na posição na ausência de Reinaldo.

Diogo Barbosa se tornou a terceira opção no Palmeiras após a chegada do uruguaio Matias Viña. O reserva imediato no momento é Victor Luis, revelado pelas categorias de base do Verdão.

Globo Esporte

Lateral da seleção feminina de base, troca rival pelo São Paulo: “Está me oferecendo uma condição melhor”

Na contramão de jogadoras do profissional são-paulino que trocaram o São Paulo por rival, a lateral-esquerdo Joyce, assinou contrato com o São Paulo até o fim de 2020.

Joyce, 16 anos, chegou no Corinthians em julho de 2019, e iria até o fim de janeiro de 2020, pois decidiu trocar o clube pelo rival, São Paulo, neste início de 2020. O Tricolor Paulista teve bons desempenhos nas categorias de base do futebol feminino nos últimos anos, é o tricampeão paulista, e foi vice-campeão do Brasileirão sub-18, enquanto foi campeão do sub-16.

A lateral revelou para o globoesporte.com: “São dois grandes clubes do futebol brasileiro, mas no momento o São Paulo está me oferecendo uma condição melhor e que vai me ajudar a crescer no futebol. É um time vitorioso na base e quero vir para conquistar títulos”.

Em boa fase, Joyce já foi quatro vezes convocada para a seleção brasileira sub-17, e disputa posição com uma são-paulina, a Ana Clara.

Sobre o desafio no São Paulo, a jovem lateral falou: “Quero conquistar títulos, fazer uma boa temporada e adquirir experiência para chegar o mais rápido possível ao time profissional”.

Onefootball

Emprestado pelo Ituano, Igor Vinicius tem seu futuro definido no São Paulo

Mesmo com Daniel Alves e Juanfran na lateral direita, o ​São Paulo bateu o martelo sobre o futuro de outro jogador que atua na mesma posição. A situação está nas mãos do presidente Leco, que autorizou o gestor de futebol, Raí, a fechar os últimos detalhes que faltam para exercer a compra de um atleta que estava cedido ao clube e os valores já são de conhecimento do torcedor são-paulino.

​Trata-se do lateral-direito Igor Vinicius, que está emprestado ao São Paulo até o final deste ano, mas tem seus direitos econômicos ligados ao Ituano, que pede R$ 2 milhões por 50% dos direitos do jogador. De acordo com o jornalista Fellipe Lucena, setorista do clube no jornal ​Lance!, o clube se prepara para bancar o valor pedido para adquirir a compra dos direitos e ficar com o atleta.

Igor Vinicius,Erik

Com isso, o técnico Fernando Diniz ficaria não só com os experientes: Daniel Alves e Juanfran para a lateral direita como também Igor Vinicius, que faz a função e já tem a confiança do treinador para o restante do Brasileirão e também para os próximos anos. O jogador se identificou com o clube, com a cidade e não tem a pretensão de trocar de nova equipe nesta altura do campeonato.

Fellipe Lucena

@fellucena

Amanhã tem entrevista com Igor Vinícius no @lancenet. Lateral fala da sua evolução do primeiro para o segundo semestre, do sonho olímpico e da expectativa de ser comprado pelo São Paulo (clube se prepara para pagar R$ 2 milhões por 50%, e não R$ 1 milhão, como informado antes).

Ver imagem no Twitter

giU Endgame 😜@gilsecundes

Merece demais!
Não amarela pra partida de peso e tem potencial, muito potencial. Esse daí vale cada centavo investido.

Veja outros Tweets de giU Endgame 😜

​O Tricolor do Morumbi está satisfeito com o trabalho do jogador vem fazendo no platel e quer comprar os direitos do jogador junto ao Ituano, equipe do interior da capital paulista. Desde agosto, o departamento de futebol são-paulino deixou claro ao agente do lateral-direito e também ao clube da cidade de Itu, a vontade de comprar os direitos do atleta e as garantias já foram apresentadas aos clube.

 

Meia lateral exalta Seleção Brasileira, mas pede pausa durante data Fifa

Na última sexta-feira (20), o técnico Tite anunciou a lista de 23 atletas que vestirão a camisa da seleção brasileira para os jogos diante de Senegal e Nigéria, sendo que entre eles está Daniel Alves, que desfalcará o São Paulo em duas partidas do Campeonato Brasileiro. Na opinião do meia/lateral, a CBF, entidade máxima do futebol nacional, deveria pensar melhor sobre o assunto e criar mudanças para que os clubes não saiam desfavorecidos ao longo da temporada.

“Com respeito às convocações que interferem um pouco no (Campeonato) Brasileiro, devemos tomar decisões que não sejam tão prejudiciais aos clubes, pois todos campeonatos param quando tem partidas de seleções, porque é uma data Fifa. Acredito que aqui no Brasil não deveria ser diferente. Essa é a evolução do Campeonato Brasileiro e do futebol brasileiro. Quando você se adapta à Seleção”, afirmou Daniel Alves após a vitória diante do Botafogo.

O São Paulo conseguiu um importante resultado neste fim de semana, já que conseguiu, nos acréscimos, garantir os três pontos diante do clube carioca. O triunfo fora de casa dá novas energias para o time encara o returno do Brasileirão e quebra uma sequência negativa de quatro partidas sem vencer.

“A Seleção, para mim, é a representante maior do futebol nacional, então deve ser respeitada sempre. Mas os clubes também não podem ser prejudicados com convocação de jogadores. O Campeonato Brasileiro tem de parar”, finalizou o lateral em conversa com os repórteres na zona mista.

O tricolor agora terá pela frente a equipe do Goiás, que não vive bom momento e precisa de pontos para evitar um contato maior com a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. O jogo acontecerá na próxima quarta-feira, dia 25, no estádio do Morumbi, em confronto válido pela 21° rodada do principal torneio nacional.

UOL

Cuca não descarta utilização de Dani Alves na lateral direita do São Paulo

Uma das maiores contratações da história do futebol brasileiro, a chegada de Daniel Alves ao São Paulo criou enormes expectativas nos torcedores, já que se trata daquele que é considerado o melhor lateral-direito do mundo. O jogador, porém, ainda não atuou em sua posição de origem desde que se apresentou ao clube, mas essa possibilidade está perto de acontecer, dependendo do encaixe do time nos treinamentos que antecedem o duelo com o CSA.

Até aqui foram quatro partidas de Dani com a camisa tricolor, todas elas atuando como um meio-campista, inclusive com direito a gol no jogo de estreia, contra o Ceará. Enquanto isso, Juanfran e Igor Vinícius têm se revesado na lateral. Apesar de ambos não decepcionarem no setor, o camisa 10 é referência na posição e a torcida já questiona se ele não renderia mais em sua origem.

Em entrevista coletiva no CT da Barra Funda na última quarta-feira, Cuca não descartou a possibilidade de utilizar o melhor jogador da Copa América-2019 na lateral direita. Embora não tenha dado detalhes nas poucas palavras que abriu sobre o tema, o comandante são-paulino afirmou que deve testar nos treinos essas alternativas e, se derem certo, levará para os confrontos oficiais.

– Vamos treinar. Não vou expor minhas ideias em relação ao jogo. Vou colocar em campo primeiro para depois a gente executar – explicou o treinador tricolor.

Outro que falou sobre o tema foi Raí, diretor executivo de futebol do clube. De acordo com o dirigente tricolor, desde o momento em que a possibilidade de Daniel Alves vir ao São Paulo se tornou mais concreta, Cuca já pensava em utilizá-lo no meio-campo, com mais liberdade, e negou que o uso da camisa 10 e o posicionamento no gramado tenha a ver com ideias de marketing.

– Quero deixar bem claro que em nenhum momento isso (camisa 10) teve influência na decisão tática para ele jogar no meio. A única coisa é que a camisa 10 estava livre e ele escolheu, mas nada o impede de jogar na lateral, já teve experiência em outras equipes, na Seleção, e desde o começo da possibilidade que comentei com o Cuca, ele já falou para mim “penso em utilizá-lo em outras posições, com mais liberdade”. É natural que o time é forte e o automatismo venha aos poucos. Estamos em um momento bom para essas peças enriquecerem nosso leque de opções. Se o Cuca achar que ele será mais útil em outra posição, ele vai colocá-lo – afirmou o ídolo são-paulino.

Atualmente, nos treinamentos, Cuca tem todos os jogadores à disposição, já que Pablo, Pato, Hernanes e Toró retornaram de lesão. Ainda é incerta a presença de todo o quarteto no próximo domingo, contra o CSA, mas a gama de opções aumentou para o treinador, que agora pode testar a equipe ideal dentro de campo, com força máxima. Na cabeça do torcedor, certamente Daniel entraria na lateral direita, enquanto o “Profeta” iria para o meio.

Resta saber se na mente de Cuca essa configuração faz parte de seu time ideal. Essa resposta pode ser dada no próximo domingo, às 19h, no Morumbi, contra o CSA, pela 19ª rodada do Brasileirão-2019. O Tricolor está na quinta posição na tabela com 31 pontos, oito atrás do líder Flamengo.

saopaulo.blog

Leco estranha Daniel fora da lateral

Raí tem toda a autonomia para dirigir o futebol do São Paulo. Ele traça as estratégias e toma as decisões. Leco é mais comunicado do que consultado e está a par do que acontece, mas não interfere. Não veta.

O que não o impede de ter opiniões. E expressá-las a um círculo mais restrito de amigos. Ele deixou claro que comunga de uma sensação que tem se cristalizado como muito dominante: o São Paulo contratou o lateral direito titular da seleção e o escala como meia.

É a mesma estranheza que Eu havia exposto aqui. Cuca precisa ter claro que o combo Daniel Alves e Juanfran não precisa estar junto e campo. O banco pode ser um bom lugar para o espanhol. O São Paulo tem agora 20 jogos pela frente. Se conseguir recuperar todos os seus jogadores e colocá-los na posição correta pode ficar entre os quatro primeiros.

Menon – UOL https://blogdomenon.blogosfera.uol.com.br/2019/09/13/leco-estranha-daniel-fora-da-lateral/?cmpid=copiaecola

Na lateral ou na meia? Veja possível time com Daniel na lateral

Na entrevista coletiva de Cuca na última terça-feira, o treinador não quis entrar em detalhes sobre a posição que pretende escalar Daniel Alves no jogo do São Paulo do próximo domingo, às 19h, contra o CSA, no Morumbi, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro.

– Vamos treinar. Eu não vou expor aqui minhas ideias em relação ao jogo, vou colocar em campo primeiro para depois a gente executar – afirmou Cuca.

No entanto, há a possibilidade de o jogador atuar na lateral direita, a sua posição de origem e que o consagrou no futebol europeu e na seleção brasileira. Desde que chegou ao Tricolor, Daniel Alves é o principal meia da equipe.

Caso a mudança realmente se concretize, Cuca terá de mudar algumas peças no time titular, que ainda ainda pode ter o retorno de três jogadores: Alexandre Pato, Hernanes e Pablo. Além de Antony, que retornou da seleção olímpica.

Daniel Alves na lateral direita colocaria Juanfran no banco de reservas e abriria uma disputa pela posição no meio de campo. Quem tem mais chances de ganhar essa vaga é o meia-atacante Everton. Contra o Santos, pelo Brasileirão, ele jogou na função e Cuca já deu indícios que quer utilizar mais o jogador por aquela parte do campo.

Hernanes também pode ser uma alternativa, mas a convocação do jogador para a partida ainda é dúvida. Embora tenha treinado durante a semana com os companheiros, ele vem de uma lesão mais grave na coxa direita.

A outra opção é Igor Gomes. Assim como Daniel Alves, ele irá se apresentar ao São Paulo nesta quinta-feira, após completar os treinos da seleção brasileira nos Estados Unidos. O meia, no entanto, não recebe muitas oportunidades de Cuca e tem poucas chances de ser titular.

Diante do CSA, Cuca não terá Hudson e Igor Vinicius, suspensos. O Tricolor tem 31 pontos, oito atrás do líder Flamengo, e está na quinta posição.

Um possível time com Daniel Alves na lateral, então, é: Tiago Volpi, Daniel Alves, Arboleda, Anderson Martins e Reinaldo; Liziero, Tchê Tchê e Everton (Hernanes); Antony, Raniel (Alexandre Pato) e Pablo.

Gazeta Esportiva

São Paulo e Juanfran: saiba como o clube convenceu espanhol a jogar no Brasil

Depois de Daniel Alves, Juanfran. O lateral-direito espanhol foi anunciado na tarde deste sábado como novo reforço do ?São Paulo. E o fato de ele atuar na mesma posição que o badalado capitão da seleção brasileira em nada impediu que o Tricolor fechasse mais esta negociação, que teve o superintendente de relações institucionais do clube, Diego Lugano, como figura central.

O uruguaio mantém contato com Juanfran desde o início do ano e sem a intermediação de qualquer agente. A aproximação foi facilita por Diego Godín, compatriota do dirigente e ex-colega do espanhol no Atlético de Madri. Assim, a apresentação do projeto são-paulino ao ala de 34 anos ficou facilitada, e foi possível convencê-lo sobre os benefícios de se transferir para o futebol brasileiro.

A questão financeira, a princípio, não é problema, pois o atleta, ao contrário de Daniel Alves, não irá receber um salário tão alto para os padrões do futebol mundial. Os dois, inclusive, podem atuar juntos, com Juanfran dando consistência ao setor defensivo e o brasileiro sendo utilizado mais como ponta ou no meio-campo. Carregando consigo a experiência de ter feito sua carreira no Velho Continente, o espanhol é visto como alguém que pode contribuir por conta de sua cultura tática. Mesmo que esta seja uma transferência internacional, isso não esbarra no fato de a janela já ter se fechado, uma vez que o jogador já não mantinha vínculo com nenhum outro clube.

90min

São Paulo encaminha contratação de Juanfran por uma temporada

O departamento de futebol do São Paulo não parou após a contratação de Daniel Alves. O clube avançou na negociação para contratar Juanfran, mesmo com a chegada do capitão da seleção acertada ontem (1). Segundo apurou o UOL Esporte, nas últimas horas as partes conversaram e ficaram muito perto de um acordo. As duas partes estão apalavradas e apenas detalhes burocráticos separam do anúncio oficial, que deve ocorrer ainda neste fim de semana. A ideia é fechar o contrato de uma temporada com o espanhol.

O departamento de futebol via com bons olhos a possibilidade de contar com um jogador deste porte em seu elenco e trata a transação com o estrangeiro de maneira paralela a do capitão da seleção brasileira.

Na visão dos integrantes do departamento de futebol, Juanfran pode enriquecer o elenco com uma cultura diferente e bastante experiência. Além disso, Daniel Alves não é visto apenas como um lateral direito. O astro, que vai vestir a camisa 10, poderá ser utilizado em outras posições – como no meio de campo, por exemplo.

O São Paulo já estuda a possibilidade de contratar Juanfran há alguns meses. Em uma de suas viagens para a Europa no primeiro semestre, Diego Lugano – superintendente de relações institucionais do clube – abriu conversas com o próprio lateral espanhol. Inicialmente, o clube achou os valores altos, mas não descartou a possibilidade de trazê-lo.

As conversas seguiram. Em maio, o executivo de futebol, Raí, quando também foi para o Velho Mundo, esteve reunido com pessoas ligadas ao ala. Recentemente, o estrangeiro retomou a aproximação do Morumbi.

O jogador, que defendia o Atlético de Madri, está livre no mercado e não é considerado uma opção tão cara para os padrões do futebol do mundial. Aos 34 anos, Juanfran também interessa o Chicago Fire, dos Estados Unidos, e foi alvo de investidas de equipes do Qatar.

UOL

São Paulo faz proposta e trabalha para seduzir Juanfran, ex-Atlético de Madrid, mas tem concorrência da MLS play

São Paulo e Chicago Fire realizaram ofertas pelo lateral Juanfran para as duas próximas temporadas, segundo informaram fontes à ESPN.

O espanhol se desligou do Atlético de Madrid no fim da última temporada e desde então não faltaram propostas, embora ainda não tenha tomado uma decisão definitiva.

A ESPN já adiantou no último dia 19 de junho a intenção do São Paulo de contar com o jogador de 34 anos. Junto com o clube do Morumbi, o Corinthians também propôs que ele jogasse no Brasil, mas mudou suas intenções e retirou a oferta.

Raí, executivo de futebol tricolor, já está há semanas tentando seduzir o atleta, que deve resolver seu futuro nos próximos dias.

Outro clube que investe forte em Juanfran é o Chicago Fire, da MLS. Há alguns meses o jogador espanhol está tendo propostas dos Estados Unidos. A primeira que sondou suas intenções foi a nova franquia de Nashville.

Veljko Paunovic, treinador do clube de Chicago e ex-jogador do Atlético de Madrid, contatou diretamente o jogador e expôs seu projeto. Se aceitar a oferta da equipe estadunidense, o lateral com passagens pela seleção espanhola teria como companheiros Bastian Schweinsteiger e Nico Gaitán, com quem já compartilhou vestiário em Madri.

ESPN

João Paulo é o destino mais provável de João Pedro” diz jornal português

João Pedro vai regressar ao Brasil e será emprestado pelo FC Porto, sabe o Maisfutebol.

O São Paulo é o destino mais provável para o lateral direito de 22 anos, porém, há uma lista de interessados que conta com mais três emblemas brasileiros: Atlético Mineiro, Athletico Paranaense e Bahia, clube que o jogador já representou antes da vinda para Portugal no último passado.

João Pedro não faz parte dos planos de Sérgio Conceição, não tendo integrado sequer o estágio de pré-temporada, e tem na cedência a um clube do seu país uma solução para o seu futuro imediato.

O jovem brasileiro custou cerca de quatro milhões de euros no último defeso, mas não foi aposta ao longo da época, tendo participado em apenas três jogos da equipa principal (além de 21 e três golos na equipa B).

Antes de ser contratado pelo FC Porto, o jovem defesa esteve cedido ao Bahia (2018) e à Chapecoense (2017) pelo Palmeiras, seu clube de formação e onde se estreou como profissional.

https://maisfutebol.iol.pt/amp/mercado/sao-paulo/fc-porto-joao-pedro-regressa-ao-brasil-por-emprestimo?__twitter_impression=true

Blog do São Paulo

Opção para a lateral do São Paulo, Pará pode reforçar o Santos

Pará, do Flamengo, pode reforçar o Santos. O lateral-direito não é a prioridade, mas tem o aval do técnico Jorge Sampaoli e é considerado “viável” pela diretoria.

Pará tem 33 anos e esteve no Peixe entre 2008 e 2012. O jogador não está nos planos do Rubro-Negro e tem contrato até 31 de dezembro. Os cariocas ainda têm Rafinha, Rodinei e João Lucas para a posição.

O salário de Pará é alto para um reserva, porém, não está muito acima da média do Alvinegro. Ele viria para ser uma “sombra” a Victor Ferraz.

Sampaoli indicou outros laterais, mais caros, e vê ponto positivo em Pará chegar e já ficar à disposição, sem a necessidade de se adaptar depois de voltar do exterior ou precisar de tempo para recuperar a forma física.

Procurado pela Gazeta Esportiva, o Flamengo negou qualquer procura oficial do Santos, mas admitiu a possibilidade de negociá-lo antes do fim do contrato.

Victor Ferraz é o titular (e capitão) e Matheus Ribeiro foi liberado para ser emprestado. As alternativas atuais são da base: Caju, promovido ao elenco principal, e Lucas Minele e Mikael Doka, do sub-20.

Gazeta Esportiva

São Paulo tenta contratação de Daniel Alves desde a Copa América

Pode parecer um sonho quase impossível, mas o São Paulo trabalha nos bastidores há pelo menos um mês na tentativa de contratar Daniel Alves. Com direito à proposta oficial. A informação sobre o interesse, revelada ao Blog por um empresário influente, foi confirmada por uma fonte são-paulina.

Os grandes problema são a concorrência europeia e as cifras. Daniel Alves tem ofertas da Juventus, da Itália, além de dois times da Espanha e um da Inglaterra.

Ainda assim, o Tricolor tem uma vantagem em relação aos rivais: foi quem ofereceu o maior tempo de contrato. Se Daniel Alves assinar com o São Paulo, ficará no Morumbi por dois anos e meio, ou seja, até dezembro de 2021, quando o lateral-direito já terá 38 anos de idade.

As conversas entre São Paulo e representantes de Daniel Alves começaram durante a Copa América. O fato de ser torcedor tricolor poderia virar um trunfo – o capitão da seleção brasileira nunca escondeu que era são-paulino durante a infância na Bahia e que gostaria de encerrar a carreira no clube do coração.

Daniel Alves tem pedido aos clubes europeus, entre salários e luvas, algo na casa dos € 5 milhões (R$ 21,1 milhões) por temporada. Isso equivale a R$ 1,7 milhão por mês, algo que nenhum atleta no futebol brasileiro ganha.

O lateral, de 36 anos, está livre no mercado desde junho, quando terminou seu contrato com o PSG. Nos últimos dias, o jogador brincou em uma postagem sobre a necessidade de procurar emprego.

Jorge Nicola