SPFC pode vender Antony, mas deve manter jogador no elenco até junho

A venda de Antony é considerada bastante provável até o fim desta janela de transferências para a Europa, na sexta-feira (31). Só que isso não significa necessariamente que o atacante do São Paulo vá sair já neste começo de ano. O Tricolor negocia com os clubes interessados a permanência do garoto pelo menos até junho, quando reabre a janela para os europeus.

O São Paulo precisa de uma grande venda para aliviar os problemas financeiros. A intenção da diretoria, inclusive, era já ter conseguido fechar uma negociação de maior porte no fim de 2019. Como não conseguiu, ficou registrado um déficit de R$ 180 milhões no orçamento do último ano. Os favoritos a sair eram o próprio Antony e Walce, que acabou se lesionando e viu o Red Bull Bragantino sair do negócio.

No caso de Antony, há mais interessados. O São Paulo evita expor qualquer conversa, mas a reportagem do UOL Esporte apurou que dois dos clubes que procuraram o atacante ainda na temporada passada seguem no páreo: RB Leipzig e Borussia Dortmund, ambos da Alemanha. O Nice, da França, foi outro que entrou na concorrência.

O Dortmund foi o mais firme até o momento e chegou a enviar representantes para o Brasil no fim de 2019 para conversar com Antony e conhecê-lo melhor. O clube alemão considera vital para as negociações entender não só as virtudes técnicas de um atleta, mas também a personalidade e as ambições.

As primeiras ofertas que chegaram ao São Paulo estiveram próximas de 18 milhões de euros (R$ 83,48 milhões). O São Paulo passou a brigar por valores mais altos e aposta em uma valorização ainda maior de Antony com a disputa do Pré-Olímpico pela seleção brasileira sub-23, na Colômbia. Há um batalhão de olheiros enviados por clubes europeus no torneio.

Por enquanto, os dirigentes só têm conseguido fechar empréstimos. Alguns podem ajudar a reforçar o cofre, como a iminente cessão de Paulinho Boia aos mexicanos do Cruz Azul. Outros servem só para cumprir a meta de aliviar a folha salarial do elenco, como nas saídas de Hudson e Jucilei.

UOL

Anúncios

São Paulo inicia negociações com jogador do Fluminense

O Fluminense pode perder mais um de seus destaques na temporada. O São Paulo demonstrou interesse e iniciou negociações com o volante Allan, que pode fazer a ponte aérea e trocar de Tricolor em 2020.

Os direitos econômicos do jogador de 22 anos pertencem ao Liverpool, com o qual tem contrato até o meio de 2020. Assim, a partir de janeiro, ele já poderia assinar um pré-contrato com qualquer equipe do mercado da bola. Uma negociação em definitivo é o ideal para o campeão europeu, mas nem os cariocas nem os paulistas acenaram, a princípio, com essa possibilidade.

O Flu ainda tenta uma renovação de empréstimo, desta vez com opção de compra. Para isso, Allan precisaria renovar seu vínculo com os Reds. Como não possui passaporte europeu e nem visto de trabalho na Inglaterra, os dirigentes ingleses têm interesse em ouvir propostas.

O São Paulo conta com bastante opções para o setor, porém, dentro do projeto de redução da folha salarial, alguns nomes podem deixar o clube nas próximas semanas. Jogadores como Jucilei e Hudson têm vencimentos considerados altos para o banco de reservas. Por isso, não é de se estranhar que o Tricolor paulista cogite a possibilidade de negociá-los e de trazer jovens com vencimentos mais baixos para substituí-los.

Dentro desse plano, Allan é um dos nomes bem cotados no mercado da bola. Segundo apurou o UOL Esporte, o técnico Fernando Diniz passou boas referências do jogador para os integrantes do departamento de futebol. O São Paulo, entretanto, não confirma o interesse.

Além disso, os representantes do jogador mantêm bom relacionamento com o clube. Antes mesmo de acertar com o Fluminense, Allan havia sido oferecido para o São Paulo. A negociação só não avançou porque o clube não via necessidade de trazer um atleta para o setor naquela época.

Do lado carioca, o Fluminense mantém esperança de renovar acordo com o Liverpool. Allan deseja ficar no Brasil, onde alcançou reconhecimento e a convocação para a seleção olímpica. Disputar as Olimpíadas em Tóquio-2020 é objetivo do jogador, que durante a temporada, preferia continuar no Rio de Janeiro.

A situação financeira difícil, entretanto, incomodou bastante o volante, apesar dos vencimentos terem sido postos em dia na segunda-feira (9). Grato ao Flu, ele ainda considera permanecer no clube que lhe abriu as portas no país, apesar de uma reunião com Fernando Diniz e a possibilidade de jogar a Libertadores o seduzirem. De férias, o jogador pretende negociar pessoalmente com o Liverpool o melhor caminho para a sua carreira.

UOL

De olho em 2020, São Paulo mira jogador do Atlanta United

Com a ida de Lugano no exterior na busca por novos reforços para o? São Paulo visando o planejamento de 2020, a diretoria são-paulina começou a definir seus primeiros alvos para qualificar o plantel tricolor. Entre os reforços cobiçados está um campeão da Copa Libertadores da América no ano passado, cujo bom futebol tem chamado a atenção de várias equipes brasileiras neste ano.

O meia-atacante Pity Martinez, ex-River Plate, atualmente defendendo o Atlanta, dos Estados Unidos, entrou no radar do Tricolor Paulista como potencial reforço para a próxima temporada. O jogador foi sondado pelo pelo departamento de futebol do clube em outubro, e a diretoria já teria as informações necessárias para tentar oficializar uma proposta para a equipe americana. A informação foi divulgada pelo jornalista ?Paulo Giacomelli.

O argentino recebe 300 mil dólares por mês no clube dos Estados Unidos e, para ser liberado para uma nova equipe, os valores girariam em torno de 1,5 milhão de dólares se o contrato fosse de empréstimo por uma temporada, com opção de compra. O São Paulo, de posse de tais informações, estaria estudando a melhor forma de oficializar uma proposta para tentar fechar com o atleta que se destacou pelo River Plate na Libertadores de 2018.

Alan Lopes 🔴⚪⚫@AlanLopes1986

Sendo otimista que o ano de 2020 seja bom para o departamento médico do São Paulo e ninguém se machuque. Meu planejamento: Compraria Volpi, compraria Igor Vinicius e faria uma boa proposta para Pity Martinez, meia muito habilidoso e decisivo. Daria para ser competitivo e brigar.

See Alan Lopes 🔴⚪⚫‘s other Tweets

Recentemente, a diretoria do São Paulo autorizou a ida do ex-jogador e hoje dirigente Diego Lugano, para o exterior, para avaliar e buscar informações de atletas que atuam no futebol das Américas. Publicamente, o dirigente não especificou os nomes estariam sendo observados, mas possui uma lista de atletas a serem avaliados e que possuem chance de, em breve, vestir a camisa do Soberano.

90min

Reinaldo é o jogador que mais participa dos gols do São Paulo em 2019

Autor do gol de empate diante do CSA, Reinaldo é o atleta que mais participa dos gols marcados pelo São Paulo na atual temporada.

Até o momento, o defensor participou de nove tentos, marcando cinco e servindo os companheiros em outras quatro oportunidades, sendo o líder em assistências.

Além de balançar a rede contra o CSA, Reinaldo marcou contra Santos, Fluminense (duas vezes) e Mirassol. O gol contra os alagoanos fez o lateral-esquerdo empatar na artilharia do clube neste ano com os atacantes Alexandre Pato e Pablo.

“Kignaldo”, como é chamado carinhosamente pelo torcedor, é também o atleta de linha que mais entrou em campo com a camisa são-paulina em 2019, com 38 atuações, ficando atrás apenas de Tiago Volpi, que tem quatro jogos a mais.

Em agosto, o camisa 6 teve seu nome especulado no Al-Ahli, da Arábia Saudita, pela imprensa local. Naquela época, a diretoria do Tricolor reforçou que não tinha interesse algum em negociá-lo.

Gazeta Esportiva

Luis Fabiano: “Falam que tenho a cara do Corinthians. É um respeito legal”

Luis Fabiano participou do “Esporte Espetacular” e relembrou a fama de carrasco do Corinthians que teve durante suas passagens pelo São Paulo. Autor de 12 gols em 19 jogos contra o time alvinegro, o atacante diz ser bem recebido por corintianos na rua.

“Por incrível que pareça, a maioria fala: ‘você tem a cara do Corinthians, tem que jogar no Corinthians’. Tem um respeito, acho legal isso”, disse.

O atacante esteve próximo de jogar no Corinthians. Em 2011, o clube oficializou uma proposta de 7 milhões de euros para tirá-lo do Sevilla. Ele, no entanto, acabou se transferindo para o São Paulo.

No duelo entre as duas equipes no Brasileirão de 2012, Luis Fabiano foi responsável pelos dois gols da vitória por 2 a 1. Na comemoração, duas provocações aos corintianos.

“Eu falei para os companheiros: ‘vou fazer dois gols no clássico. Um, eu vou parar na esquina. E o outro, eu vou fazer o Bolt, que o Bolt era campeão mundial e eu sou fã do Bolt. Fiz dois gols e fiz as comemorações, contra o Corinthians, no Pacaembu e em frente a torcida dos caras. Chinelo voando e eu lá…”, relembrou Luis Fabiano, se divertindo.

Aos 38 anos, Luis Fabiano ainda se esforça para tentar voltar aos gramados. Sem jogar desde 2017, o atacante tem sido auxiliado por Ponte Preta e São Paulo. Ele luta contra um velho problema no joelho direito.

Fonte: UOL

São Paulo, Corinthians e Flamengo monitoram jogador do Santos, que segue sem renovar

O Santos diz ter feito proposta de renovação para o zagueiro Gustavo Henrique e aguarda pela resposta até o fim do mês de julho. A partir de agosto, o zagueiro pode assinar um pré-acordo com qualquer clube para sair de graça em fevereiro.

O empresário de Gustavo, Fernando César, se recusa a fazer qualquer comentário sobre a negociação em andamento. Enquanto isso, o jogador destaca sempre que pode o desejo de permanecer.

“Nosso prazo é 31 de julho de 2019. Temos que tomar alguma atitude depois desta data”, resumiu o presidente José Carlos Peres, à Gazeta Esportiva.

O grande problema do Peixe é a divisão dos direitos econômicos de Gustavo Henrique. O empresário Fernando César possui 45% do atleta e o Alvinegro tem de negociar esse percentual para renovar. Os outros 55% são do clube.

Revelado nas categorias de base do Santos, Gustavo Henrique tem 26 anos e é monitorado por Corinthians, Flamengo e São Paulo.

Fonte: Fox Sports

São Paulo empresta jogador que provocou o Palmeiras no sub-20

Jogador foi emprestado ao clube português Portimonense, formado em Cotia participou de treinos no CT da Barra Funda, como em um jogo-treino contra o Nacional, em 2018. Mas não chegou a ser integrado ao elenco profissional.

Antes de ser emprestado, Cássio assinou renovação de contrato por mais um ano no São Paulo.

Cássio ficou famoso nas redes sociais depois do título do São Paulo da Supercopa Sub-20, contra o Palmeiras, na casa do rival, em 2018. Na ocasião, ele e outros jogadores “viralizaram” na internet depois de gravarem um vídeo ironizando o desempenho histórico do Palmeiras na Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Daquele time titular campeão pelo São Paulo, o goleiro Junior, o zagueiro Walce, o meia Igor Gomes e os atacantes Antony e Toró hoje estão no profissional.

O zagueiro Tuta, por sua vez, foi vendido ao Eintracht Frankfurt. Cássio era reserva e entrou no fim do segundo tempo. Gabriel Novaes também iniciou no banco, entrou e bateu o pênalti decisivo (ele foi emprestado ao Barcelona B).

 

Fonte: Globo Esporte

Sem jogar a mais de três meses, Pablo pode voltar como artilheiro do SP

Pablo vai completar mais de três meses sem jogar pelo Tricolor devido a uma cirurgia para a retirada de um cisto da região lombar.

Mesmo com esse longo período afastado, o atacante pode retornar como o artilheiro do elenco na temporada, com quatro gols.

Pablo fez sua última partida no dia 30 de março, no jogo de ida da semifinal do Paulistão contra o Palmeiras. Até aquele momento, o atacante havia disputado 15 partidas – o levantamento não leva em consideração o Torneio da Flórida.

Neste período de ausência do jogador, o São Paulo fez mais 14 jogos e marcou nove gols: Antony, Hudson, Éverton, Toró, Tchê Tchê e Hernanes marcaram um gol cada. Alexandre Pato fez três.

Nenhum, no entanto, conseguiu alcançar Pablo. Ele permanece como o artilheiro do São Paulo em 2019.

A expectativa é de que o atacante esteja junto dos demais atletas na próxima segunda-feira, quando o elenco se reapresenta para o início das atividades. O primeiro jogo após a pausa para a Copa América será diante do Palmeiras, no dia 13 de julho, no Morumbi.

Após impedir jogador de entrar no clube, Paraná acerta desligamento de Maicosuel emprestado pelo SPFC

Chegou ao fim a tumultuada relação trabalhista entre o meia Maicosuel e o Paraná Clube. Emprestado pelo São Paulo, o jogador de 32 anos chegou a ser proibido de entrar no clube, cobrou dívida da diretoria e agora sai pela porta dos fundos.

Após um longo período de negociação, a diretoria paranista entrou em acordo com o atleta pra pagar os quatro meses de direitos de imagem atrasados, conforme apuração da Gazeta do Povo. Com isso, ele volta para o São Paulo, onde tem vínculo, para ser novamente colocado no mercado.

Segundo o empresário do atleta, Lê Lucato, Maicosuel foi impedido pelo presidente Leonardo Oliveira de treinar no CT Ninho da Gralha, antes dessa definição pela rescisão ocorrer. A relação entre o boleiro e o Tricolor estava estremecida desde a saída do diretor e ex-goleiro Marcos.

Lucato contou à Gazeta do Povo que o pagamento dos direitos de imagem de quatro meses (setembro, outubro, novembro e dezembro de 2018) não foram efetuados ainda. O valor total não foi revelado.

No início do ano, o Paraná renovou o contrato de empréstimo com Maicosuel até 31 de dezembro arcando apenas com as despesas de direitos de imagem. Os vencimentos de 2019 são mais baixos e estão em dia.

Já o salário é pago integralmente pelo São Paulo (cerca de R$ 170 mil). O vínculo com o clube paulista vai até maio de 2020. O São Paulo não tem atrasos com o jogador e não quer o retorno do meia.

“O contrato de empréstimo dele com o Paraná vai até dezembro deste ano, não tendo o São Paulo nenhuma responsabilidade nesse distrato. O que for acordado para isso é entre as duas partes”, informou o São Paulo via assessoria.

Nesta temporada, Maicosuel fez apenas seis jogos e marcou dois gols. No total, são 12 jogos nesta segunda passagem pela Vila Capanema.

 

Fonte: Gazeta do Povo

Cuca ‘libera’ Antony para a Seleção: ‘Não podemos privar o jogador’

Em entrevista coletiva neste domingo, após a derrota para o Corinthians, o técnico Cuca confirmou que o São Paulo irá liberar Antony para a Seleção Olímpica do Brasil que vai disputar o Torneio de Toulon, no mês de junho. Com isso, o jogador deve se apresentar nesta segunda-feira e desfalcará o time em quatro jogos antes da pausa para a Copa América.

O treinador chegou a dizer que não gostaria de liberar o atleta caso outro clube conseguisse, junto à CBF, a permanência de um jogador. Neste domingo, Rodrygo, do Santos, declarou que entrou em acordo com a Confederação para continuar atuando pelo Peixe. Mesmo assim, Cuca descartou a hipótese de impedir Antony de representar a Seleção.

– A gente não pode privar um jogador de disputar uma competição como essa, de forma alguma. É uma valorização dele, do clube. Os que não estão deixando os jogadores irem podem ter represália na frente, não da CBF, mas da Fifa. Se são convocados e não vão, alguma coisa ocorre. Não adianta ficar com o Antony aqui se ele ficar com a cabeça ruim. Vamos deixar ele servir à seleção, e que ele volte mais valorizado ainda do que já é – argumentou.

Sendo assim, Antony desfalcará o São Paulo contra o Bahia, nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil, além de três partidas pelo Campeonato Brasileiro: Cruzeiro, Avaí e Atlético-MG. Neste período, o jovem estará com a Seleção Olímpica, comandada pelo técnico André Jardine, na disputa do Torneio de Toulon, que acontece entre os dias 1/6 e 15/6.

 

Fonte: Lance

São Paulo praticamente desiste de Alexandre Pato

Apesar do desejo do torcedor são-paulino, Alexandre Pato está cada dia mais distante do Morumbi. Questões financeiras, de prioridades e até a palavra de Cuca ajudam a explicar a posição do Tricolor em relação à contratação do atacante, que havia dado prioridade ao ex-clube caso conseguisse rescindir com o Tianjin Quanjian, da China.

“Infelizmente, no São Paulo não deve rolar”, avalia a fonte do Blog no São Paulo. “A gente já estava com o orçamento comprometido antes de cair da Libertadores. Agora, então…”, acrescenta o dirigente, referindo-se ao rombo de R$ 30 milhões deixado com a queda para o Talleres.

A folha salarial do Tricolor, que já era alta, ficou ainda mais pesada depois das chegadas de Hernanes, Pablo e Tiago Volpi. Sem as receitas da Libertadores, será complicado para a diretoria manter os pagamentos em dia apenas com as fontes de renda do departamento de futebol. Pato certamente não voltaria ao Brasil para ganhar menos do que R$ 1 milhão por mês.

Para complicar ainda mais, o ataque está longe de ser prioridade. Diretor-executivo de futebol tricolor, Raí está à procura de meio-campistas e laterais.

Apresentado nesta segunda-feira como novo treinador, Cuca também não é um entusiasta da ideia de repatriar Pato. Ele deixou sua posição bem clara na primeira reunião com a diretoria para tratar sobre as necessidades do grupo. E reafirmou na entrevista coletiva que deu no CT da Barra Funda, revelando o interesse do Guangzhou Evergrande no jogador.

“O Pato, pelo que eu estava vendo as notícias, o Guangzhou, que é um dos grandes clubes da China, está interessado nele. Seria uma luta desigual. Não adianta alimentarmos ilusão. Vamos primeiro recuperar a autoestima e o bom futebol que todos aqui têm”, disse Cuca.

 

Fonte: Blog do Jorge Nicola

Gabriel Novaes machuca cabeça, mas São Paulo garante artilheiro da Copa SP

Artilheiro da Copa São Paulo de Futebol Júnior com oito gols, um deles marcado na noite desse domingo, na Arena da Fonte, na vitória do São Paulo por 2 a 0 sobre a Ferroviária, o atacante Gabriel Novaes não corre o risco de desfalcar o São Paulo nas oitavas de final, segundo o departamento médico do próprio Tricolor.

O jogador foi substituído por Vitinho aos 28 minutos do primeiro tempo após um choque de cabeça no campo de ataque são-paulino. Ele teve um pequeno corte perto da nuca e recebeu alguns pontos no intervalo da partida. Após deixar o gramado, ele passou pela ambulância que estava na Fonte apenas porque o choque foi na cabeça, mas logo foi para o vestiário Tricolor.

Pouco antes de deixar o gramado, ele abriu o placar para o São Paulo com um gol de cabeça, após cruzamento da esquerda de Wellington. Minutos depois, Novaes deu assistência para Fabinho marcar o segundo contra a Ferroviária.

Nessa Copinha o Tricolor já perdeu um de seus destaques por lesão. O meia Gabriel Sara, camisa 10 do time e autor de três gols na estreia, contra o Holanda-AM, foi cortado por causa de um estiramento na coxa esquerda. Ele jogou os dois primeiros jogos e foi poupado do terceiro, contra a Ferroviária, ainda pela fase de grupos. Na sequência, a comissão técnica optou por cortá-lo para que ele possa ir para São Paulo se tratar no Reffis.

Nas oitavas de final, o São Paulo encara o Mirassol. O jogo será nesta terça-feira, às 19h30, na Fonte Luminosa, em Araraquara.

 

Fonte: Globo Esporte

Após primeiro jogo do ano, São Paulo já tem um jogador pedindo passagem

A derrota por 2 a 1 para o Eintracht Frankfurt não é parâmetro para muita coisa, já que o São Paulo vinha de um período curtíssimo de treinos, obviamente insuficiente para uma equipe que acaba de voltar das férias, está cheia de caras novas e busca aplicar um estilo de jogo agressivo difícil de azeitar. Mesmo assim, já há um jogador pedindo passagem.

Liziero, volante de 20 anos, foi o melhor atleta são-paulino na partida. Ele integrou a equipe do segundo tempo, que também teve os experientes Nenê e Diego Souza como destaques positivos.

O único gol do Tricolor na partida, aliás, foi construído pelos três. Liziero foi agressivo na marcação, como Jardine pede, fez um desarme no meio de campo e saiu em disparada com a bola dominada até que chegasse a hora de acionar Diego Souza, que fez a assistência para Nenê marcar.

Ações como as de Liziero nesta jogada – e em várias outras – são fundamentais para uma equipe que se propõe a ser protagonista do jogo, para usar um termo bastante repetido pelo técnico do São Paulo. Jucilei e Hudson, os volantes titulares, não são habituados a executá-las. São bons marcadores, mas dificilmente quebram linhas ou chegam com qualidade na frente.

Até houve uma jogada no primeiro tempo em que tanto Jucilei quanto Hudson deram passes que furaram a defesa alemã e levaram o Tricolor adiante. No mesmo lance, Hudson foi para a área para tentar concluir o cruzamento de Helinho, algo repetido minutos depois em uma bola alçada por Reinaldo. Era muito difícil vê-lo tão avançado com Diego Aguirre, mas com Jardine já se tornou comum. O problema é que falta cacoete.

Com Liziero na vaga de um dos dois titulares, Hernanes ganharia um grande aliado na construção das jogadas e a equipe provavelmente não perderia poder de marcação. É uma alteração que parece inevitável.

Nenê, com um posicionamento diferente, mais aberto pela direita, também pedirá passagem se mantiver o nível nas próximas partidas. O mesmo se aplica a Diego Souza, mais eficiente no pivô do que Pablo, que começou jogando. Neste caso, é provável que Jardine ainda procure uma maneira de usá-los juntos.

No time que jogou o primeiro tempo, a melhor notícia foi Helinho. Participativo, corajoso e inteligente com ou sem a bola no pé, o garoto mostrou que venderá caro sua vaga de titular.

O “time A” do Tricolor teve Tiago Volpi, Bruno Peres, Arboleda, Anderson Martins e Reinaldo; Jucilei, Hudson e Hernanes; Helinho, Everton e Pablo. O “time B” jogou com Jean, Igor Vinícius, Lucas Kal, Bruno Alves e Léo Pelé; Willian Farias, Araruna e Liziero; Nenê, Everton Felipe e Diego Souza.

 

Fonte: Lance

Mancini promete analisar Pato com carinho e admite aval a W. Farias

Há apenas três dias como coordenador técnico de futebol do São Paulo, Vagner Mancini já carrega a responsabilidade de responder questões relativas ao mercado da bola. Neste sábado, em Orlando, onde o time está para a disputa da Copa Flórida, o dirigente comentou o eventual interesse do clube no retorno do atacante Alexandre Pato.

Mancini, que não descartou ouvir interessados no meia Nenê, elogiou Pato e prometeu analisar sua contratação com todo o cuidado necessário. Atualmente, o jogador defender o Tianjin Quanjian-CHN, com quem tem contrato até o fim de 2019.

“Mais um assunto também que surgiu hoje. Não estou a par ainda de tudo. Talvez, ao longo do dia, a gente defina alguma coisa. Mas é um nome de peso, não tenha dúvida. Um atleta de destaque, que já jogou no São Paulo e que certamente vai ser analisado com muito carinho”, prometeu, em entrevista coletiva.

Ainda sobre o mercado da bola, Mancini admitiu que, consultado pelo técnico André Jardine, deu o aval para a contratação do volante Willian Farias, anunciado como sétimo reforço do São Paulo na última quinta-feira. Os dois trabalharam juntos no Vitória, entre 2017 e 2018.

“Fui consultado ainda pelo Jardine. Nós estávamos juntos no curso da CBF quando o Jardine me perguntou sobre o Willian Farias. Naquele momento, eu ainda não estava certo no São Paulo. Havia uma possibilidade, posterior a isso é que fizemos o acerto”, revelou.

“Fui consultado, dei minha opinião. Acho que o Willian Farias tem tudo para ajudar o São Paulo, assim como outros atletas que estão aí também tiveram de certa forma uma consulta à minha pessoa em outras ocasiões”, completou.

 

Fonte: Gazeta Esportiva