Emprestado pelo Ituano, Igor Vinicius tem seu futuro definido no São Paulo

Mesmo com Daniel Alves e Juanfran na lateral direita, o ​São Paulo bateu o martelo sobre o futuro de outro jogador que atua na mesma posição. A situação está nas mãos do presidente Leco, que autorizou o gestor de futebol, Raí, a fechar os últimos detalhes que faltam para exercer a compra de um atleta que estava cedido ao clube e os valores já são de conhecimento do torcedor são-paulino.

​Trata-se do lateral-direito Igor Vinicius, que está emprestado ao São Paulo até o final deste ano, mas tem seus direitos econômicos ligados ao Ituano, que pede R$ 2 milhões por 50% dos direitos do jogador. De acordo com o jornalista Fellipe Lucena, setorista do clube no jornal ​Lance!, o clube se prepara para bancar o valor pedido para adquirir a compra dos direitos e ficar com o atleta.

Igor Vinicius,Erik

Com isso, o técnico Fernando Diniz ficaria não só com os experientes: Daniel Alves e Juanfran para a lateral direita como também Igor Vinicius, que faz a função e já tem a confiança do treinador para o restante do Brasileirão e também para os próximos anos. O jogador se identificou com o clube, com a cidade e não tem a pretensão de trocar de nova equipe nesta altura do campeonato.

Fellipe Lucena

@fellucena

Amanhã tem entrevista com Igor Vinícius no @lancenet. Lateral fala da sua evolução do primeiro para o segundo semestre, do sonho olímpico e da expectativa de ser comprado pelo São Paulo (clube se prepara para pagar R$ 2 milhões por 50%, e não R$ 1 milhão, como informado antes).

Ver imagem no Twitter

giU Endgame 😜@gilsecundes

Merece demais!
Não amarela pra partida de peso e tem potencial, muito potencial. Esse daí vale cada centavo investido.

Veja outros Tweets de giU Endgame 😜

​O Tricolor do Morumbi está satisfeito com o trabalho do jogador vem fazendo no platel e quer comprar os direitos do jogador junto ao Ituano, equipe do interior da capital paulista. Desde agosto, o departamento de futebol são-paulino deixou claro ao agente do lateral-direito e também ao clube da cidade de Itu, a vontade de comprar os direitos do atleta e as garantias já foram apresentadas aos clube.

 

Grupo recusa bicho por classificação e faz proposta a diretoria por final

A diretoria do São Paulo chegou a oferecer o chamado “bicho” para ser dividido entre os atletas pela classificação diante do Ituano ontem, pelas quartas de final do Paulista. O valor, entretanto , foi recusado por um grupo de jogadores liderado pelo volante Hudson, que considerava a classificação obrigação – o prêmio ultrapassaria R$ 1 milhão, a ser dividido.

Ao invés de receber prêmios agora, os atletas fizeram uma contraproposta, aceita pela diretoria: só receber o “bicho” em caso de classificação para final, mas, nesse cenário, com um valor superior ao dobro do oferecido inicialmente.

 

Fonte: UOL

São Paulo quebra tabu que durava desde 2003 ao vencer o Ituano

O São Paulo quebrou um longo tabu ao vencer o Ituano por 1 a 0 no Novelli Júnior e assegurar uma vaga na semifinal do Paulistão. O Tricolor não vencia um jogo de mata-mata do Estadual como visitante longe do Morumbi desde 2003.

A última vitória nesta condição havia acontecido na semifinal daquele ano, contra a Portuguesa Santista, por 1 a 0, na Vila Belmiro. Depois disso, até houve uma vitória como visitante, mas a partida foi realizada no Morumbi: 2 a 0 sobre a Penapolense, que mandou o jogo no estádio são-paulino para ganhar mais dinheiro com a renda.

Em 2011, a equipe venceu um mata-mata longe do Morumbi, mas na condição de mandante na Arena Barueri: 2 a 0 sobre a Portuguesa.

Em 2005, ano em que o São Paulo foi campeão estadual pela última vez, a competição era disputada por pontos corridos. O mesmo aconteceu em 2006. Em 2004, 2011, 2012, 2013 e 2014 o time só disputou mata-matas em seu estádio.

Veja abaixo os últimos jogos de mata-mata do São Paulo como visitante no Paulistão:

Semifinal 2018 – Corinthians 1 x 0 São Paulo
Arena Corinthians

Quartas de final 2018 – São Caetano 1 x 0 São Paulo
Anacleto Campanella

Semifinal 2017 – Corinthians 1 x 1 São Paulo
Arena Corinthians

Quartas de final 2017 – Linense 0 x 2 São Paulo*
*Morumbi

Quartas de final 2016 – Audax 4 x 1 São Paulo
José Liberatti

Semifinal 2015 – Santos 2 x 1 São Paulo
Vila Belmiro

Semifinal ​2010 – Santos 3 x 0 São Paulo
Vila Belmiro

Semifinal 2009 – Corinthians 2 x 1 São Paulo
Pacaembu

Semifinal 2008 – Palmeiras 2 x 0 São Paulo
Palestra Itália

Semifinal 2007 – São Caetano 1 x 1 São Paulo
Pacaembu

Final 2003 – Corinthians 3 x 2 São Paulo*
* Morumbi​

Semifinal 2003 – Portuguesa Santista 0 x 1 São Paulo
Vila Belmiro

 

Fonte: Lance

Confira os melhores momentos de Ituano 0x1 São Paulo

O Tricolor está na semifinal do Campeonato Paulista! Com gol de Liziero, o São Paulo bateu o Ituano por 1 a 0 na noite desta quarta-feira (27), no Estádio Doutor Novelli Júnior, e avançou para a próxima fase – na ida, no Morumbi, o time são-paulino já havia derrotado o adversário por 2 a 1.

Para encarar o clube do interior, Vagner Mancini não contou com Hernanes, Rojas e Gonzalo (lesionados), Arboleda (Seleção Equatoriana) e Nene (aprimora a forma física após se recuperar de lesão).

Assim, com a mesma formação utilizada no primeiro confronto entre as equipes, o treinador interino escalou o time com Volpi; Hudson, Bruno Alves, Anderson Martins e Reinaldo; Luan, Liziero e Igor Gomes; Antony, Pablo e Everton Felipe.

Já os anfitriões atuaram com Pegorari; Jonas, Léo, Ricardo Silva e Peri; Baralhas, Bassani e Correa; Morato, Ramon e Martinelli. O primeiro, apesar de bem disputado, não teve muitas oportunidades e terminou empatado sem gols.

Na volta para a segunda etapa, o Ituano tentou pressionar e chegou ao ataque, mas o sistema defensivo são-paulino deu conta do recado e neutralizou as investidas do adversário. No contragolpes, o São Paulo respondia equilibrava as ações do jogo.

E foi assim, em uma rápida escapada, que o Tricolor largou na frente: Antony avançou pela esquerda e acionou Pablo, que foi travado na finalização. A bola sobrou para Liziero, que bateu de perna direita para balançar as redes! 1 a 0!

Em vantagem, o São Paulo adotou uma postura mais cautelosa e administrou o resultado para avançar às semifinais do estadual. Helinho, Jucilei e Léo entraram no decorrer do confronto e também reforçaram a equipe, que segue na disputa pelo troféu do Paulista.

Confira os melhores momentos da partida:

 

Fonte: saopaulofc.net

Confira os melhores momentos de São Paulo 2×1 Ituano

O São Paulo saiu em vantagem na briga por uma vaga nas semifinais do Campeonato Paulista. Realizando sua melhor apresentação nesta temporada, o time de Vagner Mancini derrotou o Ituano por 2 a 1, neste domingo, no Morumbi.

O meio-campista Igor Gomes foi o destaque da partida com dois gols, um em cada tempo. O garoto de 20 anos, revelado nas categorias de base do clube, ainda não havia marcado na equipe profissional. Morato diminuiu para o Ituano no final do confronto.

Os dois times voltam a se enfrentar na quarta-feira, 19h15, no estádio Novelli Júnior, em Itu. O São Paulo avança às semifinais com uma vitória ou um empate. A vaga será decidida nos pênaltis se o Ituano vencer por um gol de diferença, independentemente do placar.

Confira os melhores momentos da vitória Tricolor:

Fonte: Terra

Hudson comemora melhora do São Paulo, mas lamenta gol sofrido no final

Os tricolores celebraram muito a vitória deste domingo sobre o Ituano no Morumbi, mas apesar do triunfo, restou uma sensação de que poderia ter sido melhor. Ao menos para o volante Hudson, que lamentou o gol sofrido na reta final do duelo.

“O gol do Ituano… Fomos melhores o jogo inteiro e tomamos um gol em uma bobeada nossa. O time deles é baixo, então tomamos um gol de bola parada, não era o ideal. Mas acho que hoje foi o melhor jogo dos últimos nossos. O time demostrou uma crescente e eu acho que isso aí que a gente fez hoje foi muito melhor”, afirmou o volante.

Após acertar a trave duas vezes, o São Paulo acabou punido aos 37 minutos. Depois de Tiago Volpi fazer defesa espetacular com o pé direito em chute de Bassani, o Ituano descontou com Morato, que cabeceou dentro da pequena área, sozinho, a cobrança de escanteio vindo da esquerda para fazer prevalecer a “lei do ex” e manter o time do interior vivo na disputa por uma vaga nas semifinais do Paulistão.

Havia três jogos que o São Paulo não conquistava uma vitória. Agora, o São Paulo terá a missão de não deixar o Ituano reverter a vantagem construída no Morumbi. As equipes voltam a se encontrar na próxima quarta-feira, no estádio Novelli Júnior, em Itu, às 19h15 (de Brasília).

 

Fonte: ESPN

São Paulo se impõe, vence Ituano e se aproxima das semi no Paulista

O São Paulo fez sua melhor atuação nesta temporada e venceu o Ituano por 2 a 1, neste domingo (24), no Morumbi, em jogo válido pelas quartas de final do Campeonato Paulista.

Os dois gols foram do jovem meia Igor Gomes que atua no clube desde os 14 anos. O Ituano descontou no fim, com Morato.

Com o resultado, o São Paulo joga pelo empate, na partida de volta, quarta-feira (27), às 19h15, em Itu, para conquistar a vaga para as semifinais.

Os jogadores do São Paulo parecem ter assimilado um trabalho psicológico feito pela comissão técnica, no sentido de dar mais confiança à equipe, que chegara apenas na segunda colocação do grupo B na primeira fase.

Mesmo com um time jovem, o São Paulo impôs sua tradição no primeiro tempo. Liziero, de volta após contusão, jogou como veterano e foi fundamental na organização de jogadas.

E Igor Gomes, meia criativo, manteve o bom ritmo apresentado no último jogo, contra o São Caetano, mas, desta vez, sabendo como finalizar para o gol.

O time comandado pelo interino Vágner Mancini encontrou pela frente uma equipe bem montada, mas que não conseguiu conter as investidas são-paulinas, tanto pela esquerda quanto pela direita. O Ituano não soube como parar as investidas dos laterias, Hudson e Reinaldo, e a velocidade dos meias e atacantes.

É verdade que o São Paulo, nos primeiros 20 minutos, teve dificuldades em conter algumas investidas do adversário que, aos 19 criou a melhor chance até então. O habilidoso Martinelli, tocou de “rosca” para Morato, que abriu e bateu de chapa para fora.

Mas, com inversões constantes e movimentação, o São Paulo foi dominando o jogo. O Ituano passou a ficar acuado, com Morato, em vez de armar, ter de recuar para ajudar Baralhas na marcação. Pela esquerda, Liziero fazia boas penetrações, sem conseguir concluir.

E Reinaldo, ora indo à linha de fundo, ora entrando em diagonal era boa opção ofensiva.

Tanto que, aos 26, ele recebeu pela esquerda, trouxe a bola para dentro e, como um meia, lançou o rápido Igor Gomes que fez as vezes de centroavante e tocou de primeira, sem deixar a bola cair: São Paulo 1 a 0.

O gol deu mais ânimo ao jovem time tricolor. O time deixou claro que a campanha irregular da primeira fase tinha muita relação com a falta de confiança.

Antony, bem mais solto, ainda arriscou colocar a bola no ângulo, aos 39, mas o chute foi para fora.

Aos 42, ele não conseguiu concluir tabela feita com Everton Felipe. E o primeiro tempo terminou com amplo domínio do São Paulo, já controlando qualquer investida do perigoso Martinelli.

São Paulo cresce no segundo tempo

O Ituano tentou marcar mais na frente desde o início do segundo tempo. Mas a mudança de posicionamento não alterou o panorama.

Pelo contrário, abriu ainda mais campo para que os meias e atacantes são-paulinos costurassem jogadas de ataque.

Vale lembrar que a movimentação defensiva do São Paulo também foi satisfatória. Sincronizada, ocupava não permitia uma finalização mais perigosa do Ituano.

O time do interior teve de arriscar de longe e, aos 4, ofereceu perigo com chute de Morato, que Tiago Volpi espalmou com estilo.

Mas, com a posse de bola, o São Paulo continuava a procurar o gol. E o segundo veio após uma saída errada do zagueiro Ricardo Silva. Antony recuperou a bola, pedalou e acionou Everton Felipe. Este chutou e, no rebote, Igor Gomes completou para o gol: 2 a 0.

O São Paulo sobrava, atacando com cinco ou seis jogadores. O VAR não detectou uma falta em Everton Felipe dentro da área. Aos 19, Hudson acerta chute no travessão. Aos 26, da meia-lua, Reinaldo chuta de direita, na trave.

As chances eram muitas, o São Paulo parecia se multiplicar como há tempos não fazia. O Ituano ainda mostrou coragem e foi à frente. Aos 29, teve gol anulado, em impedimento.

E aos 36, Tiago Volpi desviou com o pé chute de Bassani. Na cobrança de escanteio, Morato fez de cabeça.

Ao contrário de outras ocasiões, o São Paulo não recuou. Léo Pelé chutou com perigo, em diagonal, aos 41 minutos.

Desta forma, para o Ituano, que ainda teve um gol anulado, em impedimento, aos 29, ficou difícil marcar o avanço de um adversário confiante e empolgado e, ao mesmo tempo, ir buscar o resultado.

 

Fonte: R7

Um novo São Paulo: time toca a bola por 50 segundos até o gol de Igor Gomes

O primeiro gol de Igor Gomes com a camisa do São Paulo foi marcado diante do Ituano, neste domingo, pela partida de ida das quartas de final do Campeonato Paulista. E foi um golaço, fruto de uma jogada que mostra um “novo São Paulo”, com maior movimentação de seus jogadores mais jovens, como Liziero, Antony, Luan e o próprio Igor Gomes, todos revelados na base do clube.

Foram 50 segundos com a bola no pé até o gol de Igor Gomes. A jogada começou com uma falta no meio-de-campo. A sequência dos passes foi esta: Luan, Bruno Alves, Anderson Martins, Everton Felipe, Luan, Hudson, Antony, Hudson, Bruno Alves, Anderson Martins, Everton Felipe e Reinaldo, que cruzou na medida para Igor Gomes completar de primeira. Veja no vídeo acima.

Marcação do Ituano sobre o São Paulo era dura, mas o Tricolor soube rodar a bola e encontrar os espaços — Foto: reproduçãoMarcação do Ituano sobre o São Paulo era dura, mas o Tricolor soube rodar a bola e encontrar os espaços — Foto: reprodução

Marcação do Ituano sobre o São Paulo era dura, mas o Tricolor soube rodar a bola e encontrar os espaços — Foto: reprodução

 

Igor Gomes ainda fez seu segundo gol na etapa final, pegando rebote de chute de Everton Felipe, aos 15 minutos.

Fonte: Globo Esporte

À espera de Cuca, São Paulo tenta abrir vantagem contra o Ituano

A partir das 16 horas (de Brasília) deste domingo, o São Paulo enfrenta o Ituano pelo jogo de ida das quartas de final do Campeonato Paulista, no Morumbi. À espera de Cuca, que deve iniciar os trabalhos em 2 de abril, o time tricolor chega para o confronto sem o status de favorito.

Ao final das 12 rodadas da primeira fase, o São Paulo ficou com o segundo lugar do Grupo D, com 15 pontos, dois a menos que o líder Ituano. Em sua campanha, a equipe perdeu todos os clássicos e acumulou mais derrotas do que vitórias (5 a 4).

Após se classificar de forma dramática, o Tricolor conta com o retorno ao Morumbi para largar na frente do Ituano. O estádio estava interditado desde o início do mês, prejudicado pelas fortes chuvas que obrigaram o clube a mandar os jogos contra Ferroviária e Palmeiras no Pacaembu.

“É um outro campeonato, é outro espírito, é mata-mata. A gente espera ter o Morumbi de volta, é muito bom para a gente jogar dentro do Morumbi de novo”, afirmou o volante Hudson, capitão na ausência do lesionado Hernanes.

Os desfalques, aliás, serão outro obstáculo a ser superado pelo São Paulo. Além do Profeta, o técnico interino Vagner Mancini não poderá contar com Everton e Nenê, ambos com problemas físicos. Já Arboleda, a serviço da seleção equatoriana, segue fora.

Em compensação, Liziero voltou a ser relacionado após dez jogos. A tendência, porém, é que Mancini mantenha a escalação do empate por 1 a 1 com o São Caetano, na última quarta-feira, mantendo o jovem Igor Gomes no setor de armação.

Do outro lado, o Ituano quer se aproveitar da má fase do adversário para seguir surpreendendo no Estadual. Para isso, o time rubro-negro conta com o garoto Gabriel Martinelli, principal revelação do torneio – o atacante é o vice-artilheiro do Paulistão, com seis gols.

“O Ituano tem que manter os pés no chão e jogar da forma como estamos jogando. Se o momento deles é de falta de tranquilidade, temos que saber aproveitar isso”, afirmou o gestor de futebol do Galo de Itu, Juninho Paulista.

Para essa partida, o técnico Vinicius Bergantin terá os retornos do lateral Jonas, do zagueiro Léo Santos e do volante Baralhas, todos poupados do duelo com o Corinthians, no meio de semana. No entanto, com dores musculares, o meia-atacante Morato é dúvida.

“Fizemos bons jogos nesta primeira fase. O jogo todo contra o Santos, o segundo tempo contra o Palmeiras. Este é o perfil nos jogos do mata-mata. Temos que colocar este algo a mais na partida e não dar brecha. Só assim poderemos buscar uma classificação contra o São Paulo”, disse Bergantin.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO X ITUANO

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)

Data: 24 de março de 2019, domingo

Horário: 16 horas (de Brasília)

Árbitro: José Cláudio Rocha Filho

Assistentes: Marcelo van Gasse e Rissier Iarussi Corrêa

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Igor Vinícius, Bruno Alves, Anderson Martins e Reinaldo; Luan, Hudson e Igor Gomes; Antony, Pablo e Gonzalo Carneiro (Everton Felipe)

Técnico: Vagner Mancini (interino)

ITUANO: Pegorari; Jonas, Léo Santos, Ricardo Silva e Peri; Baralhas, Marcos Serrato e Corrêa; Martinelli, Ramon e Claudinho (Morato)

Técnico: Vinicius Bergantin

 

Fonte: Terra

São Paulo x Ituano: prováveis escalações, desfalques e onde ver

Neste domingo, às 16h00, no Morumbi, o São Paulo recebe o Ituano com o objetivo de abrir vantagem nas quartas de final do Campeonato Paulista. O Tricolor se classificou em segundo lugar do Grupo D, com 15 pontos. Já o Galo de Itu ficou na liderança da chave, com 17 pontos conquistados.

Local: Morumbi, São Paulo (SP)
Data-Hora: 23/3/2019 – 16h00
Árbitro: José Claudio Rocha Filho(SP)
Assistentes: Marcelo Van Gasse e Risser Iarussi Corrêa (ambos de SP)
Onde ver: TV Globo, Premiere

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Igor Vinicius (Bruno Peres), Bruno Alves, Anderson Martins e Reinaldo; Luan, Hudson e Igor Gomes; Antony, Gonzalo Carneiro e Pablo. Técnico: Vagner Mancini
Desfalques: Hernanes, Nenê, Everton e Liziero (problemas físicos)
Pendurados: Igor Vinicius, Tiago Volpi e Reinaldo

Ituano: Pegorari, Jonas, Léo, Ricardo Silva e Peri; Corrêa, Baralhas e Marcos Serrato; Morato, Martinelli e Ramon. Técnico: Vinícius Bergantim
Desfalques: –
Pendurados: Jonas, Léo e Baralhas

 

Fonte: Terra

Juninho: ‘Ituano precisa aproveitar o momento intranquilo do São Paulo’

O São Paulo é o time de pior campanha entre os classificados às quartas de final do Campeonato Paulista, tem Vagner Mancini como técnico interino enquanto Cuca não tem aval médico e ainda encara problema do goleiro reserva Jean, afastado e multado por indisciplina. Nada disso, na visão de Juninho Paulista, facilita o confronto, mas o gestor do Ituano, e ex-jogador do Tricolor, sabe que é necessário aproveitar o momento do adversário.

– Precisamos saber aproveitar o momento. Se é um momento intranquilo, temos de saber aproveitar e jogar com isso. Mas, independentemente da situação que esteja enfrentando, o São Paulo é o favorito. É uma equipe que não vive um de seus melhores momentos, mas tem excelentes jogadores e a instituição é gigante. A dificuldade será enorme – apontou.

O Ituano somou 17 pontos em 12 rodadas na primeira fase, dois acima do São Paulo, e, por isso, decide as quartas de final em casa. O primeiro duelo será no domingo, às 16h, no Morumbi, com a volta às 19h15 de quarta-feira, no Novelli Junior, em Itu. E o foco, segundo gestor da equipe do interior, é manter a atenção mostrada na goleada por 4 a 1 sobre o Santos e nas derrotas por 3 a 2 para o Palmeiras e 1 a 0 diante do Corinthians neste ano.

– É jogar com os pés no chão, como temos jogado. Jogamos contra três equipes grandes e o comportamento foi muito bom, apesar de, em duas delas, não ter conseguido o resultado. Com esse comportamento, já damos um bom passo. Esperamos que mantenha esse comportamento e atenção – disse Juninho.

– Só classificamos porque ficamos atentos aos detalhes ao longo da competição. No ano passado, ficamos fora por causa de um gol. No ano retrasado, por causa de um ponto. Neste ano, soubemos lidar com isso e nos classificamos com uma rodada de antecedência. O jogo contra o São Paulo é muito isso: ficar atento aos detalhes. Independentemente da situação do São Paulo, é uma grande equipe.

Com esse pensamento, a ideia até permite sonhar lá na frente com o título paulista, mas pensando em cada fase. Juninho conta que este foi o segredo para o Ituano surpreender e conquistar o Campeonato Paulista de 2014, derrotando o São Paulo na primeira fase, ficando à frente no grupo do Corinthians, passando o Palmeiras na semifinal e vencendo o Santos nos pênaltis na decisão.

– Tem de ir passo a passo. Em 2014, fomos assim. Pensamos, agora, no São Paulo, sabendo que, para passar desta fase, precisamos estar atentos a todos os detalhes dentro de campo, não bobear porque, se bobear, não conseguiremos o próximos passo. É claro que sonhar é importante, mas vamos de degrauzinho em degrauzinho – falou o ex-meia, que completará dez anos à frente do Ituano em junho.

– A filosofia, principalmente na formação de atletas, vem muito bem. Estamos patinando um pouco ainda na Série D do Campeonato Brasileiro. No nosso planejamento, já era para o Ituano estar na Série B. É claro que vamos pensar um pouco mais em resultado, principalmente no segundo semestre. Temos de sair desta divisão para chegar à Série B.

 

Fonte: Lance

São Paulo só depende de si para avançar e pegar o Ituano nas quartas

O São Paulo foi beneficiado pela vitória do Corinthians sobre o Oeste, por 1 a 0, neste domingo, e chega à última rodada da fase de grupos do Campeonato Paulista dependendo apenas de suas forças para avançar às quartas de final.

O Tricolor encerrou a 11ª rodada em segundo lugar do Grupo D, com 14 pontos contra 17 do Ituano, que já está classificado. O Oeste poderia pular à frente do São Paulo, mas perdeu e ficou estacionado nos 12 pontos.

Uma vitória sobre o São Caetano, às 21h30 de quarta-feira, no Anacleto Campanella, basta para o São Paulo avançar. Se empatar, o time do Morumbi ainda poderá ter sua pontuação igualada pelo Oeste, que recebe o Mirassol em Barueri no mesmo horário. No saldo de gols, no entanto, a vantagem são-paulina é confortável: 3 contra -1.

Se quiser terminar essa fase na liderança do Grupo D para fazer o jogo de volta das quartas em casa, o São Paulo precisará vencer, torcer para o Ituano perder para o Corinthians, no Novelli Júnior, também às 21h30 de quarta, e ainda tirar a diferença no saldo de gols. O Ituano leva vantagem de 8 a 3 no momento.

Se avançar, seja em primeiro ou segundo, o São Paulo enfrentará o Ituano nas quartas.

 

Fonte: Lance