PSG se anima com Neres após contato e toma dianteira em disputa no mercado

O Paris Saint-Germain já trata a negociação de David Neres como uma conversa avançada. O otimismo se deu após o primeiro contato de dirigentes do clube com representantes do jogador brasileiro, segundo apurou o UOL Esporte. A sinalização dos empresários é a de que o Ajax facilitará um acordo, mas a expectativa ainda é a de que outras propostas de times de ponta da Europa apareçam. A lista de interessados que já realizaram contatos até o momento conta também com o Milan, Everton e Atlético de Madri.

Os representantes do atacante já têm na agenda para os próximos dias uma reunião em Paris com dirigentes do PSG. O relacionamento entre as partes é avaliado como excelente, já que o clube francês tem no histórico transações com os zagueiros Alex, em 2012, Marquinhos, em 2013, e David Luiz, em 2014, todas conduzidas pelo mesmo grupo que agencia a carreira de David Neres.

Conforme apurado pela reportagem, o entorno de David Neres está animado com o momento do jogador no mercado após a convocação para a seleção brasileira e o destaque pelo Ajax na Champions League. A expectativa é de que o valor de mercado já esteja acima dos 50 milhões de euros.

O contato do PSG já é de conhecimento do atacante brasileiro. No entanto, a animação inicial esfriou na ainda com relação à probabilidade baixa de titularidade no time francês. Para seduzir David Neres, os franceses têm o conhecimento de que vender um atacante do quarteto ofensivo formado por Neymar, Cavani, Mbappé e Di Maria representa avanço na negociação. Neste cenário, o argentino é quem aparece como o jogador a ser disponibilizado no mercado – Neymar e Mbappé são considerados inegociáveis.

O PSG ainda é visto pelo entorno de David Neres como o clube com o maior poder de sedução ao Ajax. Os dirigentes holandeses já avisaram que vender o atacante brasileiro faz parte dos planos de mercado.

Foi o Ajax que rejeitou uma proposta de 45 milhões de euros do Guangzhou Evergrande, da China, em janeiro. Na ocasião, o acerto salarial com David Neres já existia, embora o brasileiro não tivesse realizado pressão interna para conclusão da operação.

A negociação pela parte do PSG é conduzida pelo brasileiro Maxwell. O ex-lateral esquerdo ocupa o cargo de diretor esportivo, e defendeu o Ajax entre 2001 e 2006, cultivando assim uma boa relação com o clube holandês.

Conforme apurado pela reportagem, o novo interessado em David Neres é o Atlético de Madri. O clube espanhol busca um jogador rápido pelos lados do ataque e vê a aquisição como a ideal para agradar o treinador argentino Diego Simeone.

O entorno de David Neres, no entanto, avalia que o clube espanhol, sem a tradição de contratações caras, vai sofrer na disputa do mercado.

Os representantes de David Neres também já têm conversas em andamento com o Milan. O clube italiano foi o primeiro a aparecer como interessado através do brasileiro Leonardo, atualmente na função de diretor esportivo, mas depende de uma vaga na Liga dos Campeões para seduzir o ex-são-paulino.

Outro clube que avançou em negociação foi o Everton, da Inglaterra. Os ingleses encontram facilidade na relação com o estafe do jogador por conta de negócios recentes, como as contratações dos brasileiros Richarlison e Bernard, e ainda representam o passo que o brasileiro de 22 anos quer dar na carreira: jogar na Inglaterra.

A janela internacional de transferências será aberta no dia 1 de julho. No entanto, como o Ajax já tem a temporada encerrada após conquistas os títulos do Campeonato Holandês e da Copa da Holanda, e cair na semifinal da Champions League, a expectativa é de que negócios por até cinco jogadores do elenco sejam concluídos já nos próximos dias. Cabe ressaltar que o volante Frenkie de Jong já foi vendido ao Barcelona para a próxima temporada.

 

Fonte: UOL

Anúncios

São Paulo e Palmeiras disputam Pato; Felipão conversou com o atleta, diz blog

Palmeiras e São Paulo disputam mais uma “batalha” no mercado da bola, agora pela contratação do atacante Alexandre Pato, que conseguiu recentemente rescindir seu contrato com o Tianjin Tianhai, da China.

De acordo com “GloboEsporte.com” e “Blog do PVC“, o São Paulo sonha com o retorno do atleta de 29 anos ao clube, mas tem a concorrência do Palmeiras, que, no entanto, não pretende fazer nenhuma “loucura” para fechar com Pato.

O maior trunfo do Verdão para ter o jogador, que também tem passagens por Internacional e Corinthians, no Brasil, é o técnico Luiz Felipe Scolari.

Segundo o “Blog do PVC“, o técnico do Palmeiras já teve uma conversa com o atacante e demonstrou interesse em contar com ele nesta temporada – enquanto era treinador da seleção brasileira, entre 2013 e 2014, Felipão convocou Pato quatro vezes e o jogador marcou um gol.

Além disso, André Cury, empresário de Pato, tem bom relacionamento com Alexandre Mattos, diretor de futebol do time alviverde.

Vontade de Pato é aposta do São Paulo

Por outro lado, de acordo com o “GloboEsporte.com“, o próprio jogador tem vontade de voltar ao Tricolor – vestiu a camisa entre as temporadas 2014 e 2015 e deixou saudade em boa parte dos torcedores.

No São Paulo, Pato disputou 98 partidas, marcou 38 gols e deu 15 assistências.

Em 2018, atuando na China, o jogador disputou 34 jogos e balançou as redes rivais em 19 oportunidades.

 

Fonte: Torcedores.com

Rafinha no São Paulo? Jogador não permanecerá no Bayern e quer voltar ao Brasil; três equipes lideram disputa pelo lateral

Nome que costuma atiçar o mercado nacional e internacional, o lateral-direito Rafinha pode retornar ao futebol brasileiros nos próximos meses. O FOXSports.com.br confirmou com pessoas ligadas ao atleta que o lateral não permanecerá no Bayern para a próxima temporada. Restando apenas mais seis meses de vínculo com o time da Baviera, Rafinha já pode assinar um pré-contrato com qualquer clube que desejar.

De acordo com Paulo Lima, comentarista dos canais FOX Sports, o lateral deseja retornar ao Brasil e conta com três equipes como as favoritas a ficarem com Rafinha: Internacional, São Paulo e Flamengo. O FOXSports.com.br antecipou há alguns meses que Palmeiras, Cruzeiro, Internacional, Flamengo e São Paulo procuraram o Bayern München para tentar uma liberação do atleta, mas as negociações não prosseguiram. Desta vez, apesar de ter a liberdade de assinar um pré-contrato, Rafinha não deve ser facilmente seduzido pelos times brasileiros.

Isso porquê, a equipe que quiser contar com o lateral-direito nos próximos anos, terá de apresentar ao atleta um grande projeto, que envolva disputar títulos e dar condições do lateral ter qualidade de vida no Brasil. Por conta disso, a equipe que quiser contar com o atleta terá de dispor de uma grande quantidade de dinheiro para ter Rafinha.

Além disso, os times brasileiros devem contar com a concorrência de times da Inglaterra e do futebol chinês, este conhecido como o ‘terror’ dos clubes nacionais nos últimos anos por conta das altas propostas vindas da Ásia.

 

Fonte: Fox Sports