Botafogo discute judicialmente dívida referente a Henrique Almeida com São Paulo para contratar Diego Souza

O Botafogo ainda busca um acerto com o atacante Diego Souza. Entre o clube e o atleta, os valores em relação a salários estão praticamente certos, mas a negociação não avança por conta do São Paulo, que cobra, de acordo com a apuração do LANCE!, em torno de R$ 3 milhões por conta de uma dívida referente a Henrique Almeida, revelado no Tricolor e contratado pelo Glorioso em 2014. O Glorioso não reconhece essa dívida e discute os valores na justiça.

A negociação foi feita pelo então presidente Maurício Assumpção. Carlos Eduardo Pereira, que assumiu o posto em 2015, assumiu a dívida da antiga gestão e, desde então, busca parcelar essa quantia com o São Paulo, que nunca aceitou, pedindo o pagamento da mesma de forma integral, algo que o Botafogo não pode oferecer, por conta das dificuldades financeiras.

Com Nelson Mufarrej, sucessor de Carlos Eduardo Pereira na presidência do clube, a coisa não é diferente. O mandatário também procurou o São Paulo com o objetivo de buscar uma forma de parcelar essa dívida, apesar das partes não concordarem integralmente com os valores. A equipe do Morumbi, por sua vez, permanece irredutível e só vai liberar o jogador mediante o pagamento do valor referente a Henrique Almeida.

Como a negociação foi sacramentada na gestão de Assumpção, o grupo “Mais Botafogo”, formado por Carlos Eduardo Pereira e Nelson Mufarrej, não reconhece o valor pedido pelo São Paulo e discute judicialmente sobre as cifras. Na opinião da diretoria do Alvinegro, trata-se de um ‘questionamento muito amplo, um processo complexo’.

Apesar das divergências, o que separa Diego Souza do Botafogo é realmente o valor dessa multa da transferência de Henrique Almeida. O Tricolor não abre mão de receber o valor e só liberará o atacante que o Alvinegro quitar a dívida.

Além do Botafogo, outro clube que monitora Diego Souza é o Sport. O Rubro-Negro busca repatriar o atacante e, assim como o Glorioso, ainda não desistiu do negócio referente ao jogador do São Paulo.

 

Fonte: Lance

Anúncios

São Paulo faz exigências ao Sport e não tem pressa para negociar Diego Souza

O São Paulo não tem pressa para se desfazer de Diego Souza. Precisando diminuir sua folha salarial, uma vez que parte do orçamento planejado para 2019 foi comprometido graças à eliminação na Pré-Libertadores, o clube espera que o Sport atenda a algumas exigências para começar a conversar sobre a transferência do jogador.

Com contrato até o fim deste ano e com opção de renovação por mais uma temporada, Diego Souza perdeu espaço com a chegada de Pablo e até agora não teve muitas oportunidades para se firmar no time titular. Artilheiro do São Paulo na temporada passada, com 16 gols, ele vê com bons olhos seu retorno ao Sport, clube no qual sempre contou com grande carinho da torcida – essa seria a terceira passagem dele pelo Leão.

Ao contrário da situação que o atacante encontraria em Recife, na capital paulista o moral do jogador não é nada alto. Neste domingo, pouco antes da partida contra o Red Bull, as torcidas organizadas do São Paulo organizaram um protesto em que Diego Souza era um dos alvos ao lado de Bruno Peres, Reinaldo, Nenê, Raí e Leco.

O “x” da questão é financeiro. Após ter investido R$ 10 milhões para tirar o jogador de Recife e trazê-lo para São Paulo, superando, inclusive, o interesse do Palmeiras pelo jogador em 2017, o São Paulo não está disposto a simplesmente cedê-lo por qualquer barganha apenas para se livrar de um dos maiores salários do elenco. Desta forma, há a possibilidade, inclusive, de a diretoria tricolor ouvir propostas de outros clubes pelo atacante.

O São Paulo não descarta negociá-lo, mas também não descarta mantê-lo. O técnico Cuca, que só assume a equipe em abril, já quis levar Diego Souza ao Palmeiras quando comandava o clube alviverde e por isso pode incluir o atacante em seu plano de reconstrução do Tricolor. O Sport, porém, não arreda o pé e segue confiante no retorno do jogador a Pernambuco.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

São Paulo não terá Hernanes contra o Red Bull; Diego Souza é relacionado

Hernanes é um dos oito desfalques do São Paulo para a partida contra o Red Bull, às 17h deste domingo, no Morumbi, pelo Paulistão. Em contrapartida, o técnico Vagner Mancini relacionou Diego Souza, que negocia seu retorno ao Sport e pode fazer sua última partida pelo Tricolor.

A expectativa é de que o futuro de Diego seja resolvido até segunda-feira. O mais provável é que ele deixe o São Paulo e assine com o Sport até o fim da Série B. As partes ainda discutem se o Tricolor rescindirá o contrato válido até dezembro de 2019 ou se ajudará o Leão a bancar os salários. Enquanto isso, ele segue treinando com o grupo.Já Hernanes se queixou de tendinite na perna direita durante a semana, fez um trabalho físico à parte neste sábado e tem outra atividade prevista para este domingo, no CT da Barra Funda. O meia de 33 anos tem sofrido para chegar ao estágio físico ideal.

Outros quatro jogadores de meio de campo estão fora: Willian Farias (contratura na coxa direita), Hudson (sofreu uma pancada na cabeça durante um treino), Liziero (dores no púbis e trauma no tornozelo direito) e Araruna (contratura no adutor direito). Os atacantes Everton (estiramento na coxa esquerda), Brenner (em transição após lesão na coxa) e Rojas (cirurgia no joelho) completam a lista de baixas.

O provável São Paulo tem Tiago Volpi, Igor Vinícius, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Luan, Jucilei e Nenê; Gonzalo Carneiro, Antony e Pablo.

Confira a lista de relacionados:

Goleiros: Jean, Júnior e Volpi
Laterais: Bruno Peres, Igor Vinícius, Léo e Reinaldo
Zagueiros: Anderson Martins, Arboleda, Bruno Alves, Lucas Kal e Rodrigo
Volantes: Jucilei e Luan
Meias: Everton Felipe, Jonatan Gómez e Nenê
Atacantes: Antony, Biro Biro, Diego Souza, Gonzalo Carneiro, Helinho e Pablo

 

Fonte: Terra

Acerto entre São Paulo e Sport por Diego Souza está cada vez mais perto

Diego Souza é conhecido no Recife como o “Embaixador de 87” e está a poucos detalhes de ter o acordo oficializado.

O contrato dele com o Tricolor termina no final de 2019. De acordo com informações obtidas pelo GloboEsporte.com, o Rubro-negro está confiante em selar o acordo até o início da próxima semana.

Diego souza já comunicou ao Sport e ao São Paulo que aceita abrir mão de parte dos salários para voltar ao Recife.

O São Paulo quer diminuir a folha salarial do elenco e por isso topa liberar Diego Souza, desde que considere as condições favoráveis. Não está descartada uma rescisão imediata, para que o Tricolor diminua o valor gasto mensalmente com o elenco.

O atacante foi o artilheiro do elenco no ano passado, com 16 gols, e tem bom ambiente no São Paulo, mas recebe críticas duras de parte da torcida.

Dirigente revela que Diego Souza procurou o Sport e avisa que não fará loucura para repatriá-lo

Após terminar a temporada 2018 como artilheiro do São Paulo, com 16 gols em 51 jogos, Diego Souza perdeu espaço com a contratação de Pablo, ex-Athletico Paranaense, e procurou o Sport por conta própria para voltar a jogar no futebol nordestino.

Quem garante isso? o diretor de futebol rubro-negro Nelo Campos. O dirigente não esconde o desejo de repatriar o “Embaixador de 87” (em alusão ao título brasileiro de 1987), mas avisa que não haverá loucura que abale o orçamento do clube.

“Primeiro, a gente começou a ouvir o zum zum zum e nos falamos. Desde o primeiro contato houve interesse mútuo. Estamos viabilizando a parte financeira. Mas eu posso garantir que não vai sair da realidade financeira. Seria o acordo com o São Paulo também“, disse o dirigente, e revelou que a procura partiu do centroavante.

“A procura inicial foi por parte dele. O Sport tem interesse e vamos continuar com as negociações. Estão em andamento para a gente chegar em uma conclusão“, acrescentou.

Em duas passagens pelo Leão (2014/2015 e 2016/2017), Diego Souza migrou da função de meia para centroavante, brigou por vaga na Seleção de Tite e se tornou ídolo máximo. Ele contabiliza 173 jogos, 57 gols e o título do Campeonato Pernambucano de 2017.

Questionado se há uma porcentagem de encaminhamento da contratação, Nelo Campos evitou cravar um número com receio de criar uma expectativa na torcida e garante que o Sport está fazendo o melhor.

“Falar em porcentagem é difícil porque a negociação pode ficar adiantada e depois voltar atrás. Não dá para dizer. Sei que existe interesse, eu posso dizer que de ambas as partes e estamos tentando fechar o mais rápido possível“, finalizou.

 

Fonte: Torcedores.com

Por reforços, São Paulo busca aliviar folha salarial; Diego Souza pode sair

O São Paulo está disposto a ouvir a opinião de Cuca e ir ao mercado para reparar as deficiências do elenco, mas precisa diminuir a folha salarial antes de pensar em contratações. O interesse do Sport em Diego Souza pode ajudar.

A diretoria acredita que correrá o risco de não pagar em dia se aumentar o gasto mensal com salários, ainda mais após a eliminação precoce na Libertadores. Para se ter uma ideia, o orçamento do São Paulo para 2019 previa que o clube chegasse até as quartas de final, o que renderia cerca de R$ 30 milhões com bilheterias e cotas pagas pela Conmebol.

É por isso que alguns jogadores do elenco atual sairão. O Tricolor não descarta liberar Diego Souza para o Sport, inclusive com a possibilidade de rescindir o contrato que vence em dezembro. Isso aliviaria consideravelmente a folha salarial e seria uma opção melhor do que emprestá-lo e continuar pagando a maior parte dos vencimentos. As conversas ainda estão em estágio inicial e todos os cenários são cogitados.

A possível saída de Diego abriria uma lacuna no elenco e um espaço no orçamento, mas isso não significa que o sonho de contratar Alexandre Pato ficaria mais próximo de se concretizar. Hoje, é improvável que ele consiga rescindir o vínculo com o Tianjin Tianhai, da China. Mesmo que conseguisse, o Tricolor acredita que teria dificuldades para superar ofertas salariais de clubes rivais.

Ao ser apresentado, na última segunda-feira, Cuca disse que gosta de buscar jogadores no “mercado emergente”. Em outras palavras, ele prefere contratar jovens que não custem muito caro e que tenham potencial para crescer e se valorizar no clube.

A prioridade é o meio de campo, especificamente um segundo volante que tenha qualidade para sair jogando. Tchê Tchê, ex-Palmeiras e hoje no Dinamo de Kiev, agrada ao treinador.

 

Fonte: Lance

Sport inicia conversas com São Paulo para ter Diego Souza

A possível saída de Diego Souza do São Paulo ganhou mais um capítulo nesta quarta-feira. O candidato da vez é o Sport, clube no qual o atacante é ídolo, que mesmo em condições financeiras ruins, iniciou os contatos com o Tricolor para buscar um acerto. A informação é o GloboEsporte.com.

Segundo o portal, o diretor de futebol, Wanderson Lacerda, confirmou as conversas, mas o Leão sabe das dificuldades do negócio. A diretoria do Rubro-negro assumiu um déficit de R$ 118 milhões da gestão anterior.

“Tem alguma coisa disso, sim, mas é muito embrionário ainda. Eu não posso adiantar nada porque é uma coisa que eu não estou achando que será viável. Não estou vendo viabilidade nisso, mas estourou a notícia.”

Diego teve duas passagens pelo Sport, onde ficou conhecido como “Embaixador de 87”, em alusão ao polêmico título brasileiro do clube pernambucano. No total, foram 173 partidas, 57 gols marcados e o Campeonato Pernambucano de 2017.

 

Fonte: Onefootball

Pablo exalta Jardine e fala sobre D. Souza: “É fácil jogar com ele”

O São Paulo voltou a vencer com autoridade nesta quinta-feira, dia em que visitou o Novo Horizontino no estádio Jorge Ismael de Biasi. Com gols de Everton, Diego Souza e Pablo, o Tricolor superou o rival por 3 a 0 e chegou a sete gols nas duas primeiras rodadas do Campeonato Paulista. Após a partida, o reforço mais caro da história do clube explicou por que a equipe comandada pelo técnico André Jardine começou tão bem o Estadual.

“Acreditar no que o Jardine estar pedindo, confiar no que ele pede. Ele tem ideias fantásticas, de propor o jogo. Tem dia que a gente vai na superação, hoje era um jogo assim devido à competitividade do jogo. A equipe está de parabéns pelo que fez no jogo. Nas chances que teve, fez o gol, e isso é muito bom”, disse Pablo ao Premiere.

Contratado por R$ 26,6 milhões após terminar 2018 como artilheiro e campeão da Copa Sul-Americana com o Athletico-PR, Pablo foi às redes novamente nesta terça-feira após marcar na estreia do São Paulo no Paulistão, contra o Mirassol, no último sábado. Desta vez, ele arriscou em chute de fora da área e viu o goleiro Vagner espalmar para dentro do gol o seu arremate.

Mas o desempenho de Pablo vai muito além do gol marcado nesta quinta-feira. Contra o Novorizontino, o camisa 12 jogou pela primeira vez ao lado de Diego Souza, tido como seu concorrente por posição, e se entendeu bem com o artilheiro do São Paulo no ano passado, que também balançou as redes em Novo Horizonte.

“O Diego [Souza] é um jogador diferenciadíssimo, por isso que jogou na Seleção, em grandes clubes do futebol brasileiro. É fácil jogar com o Diego. Mal treinamos juntos para jogar mesmo, mas é muito legal jogar com ele. Ter essa parceria é muito bom”, concluiu Pablo.

Agora, o São Paulo volta o foco para o seu primeiro clássico do ano. No próximo domingo, o Tricolor enfrenta o Santos, no Pacaembu, às 17h (de Brasília).

 

Fonte: Gazeta Esportiva

São Paulo vence Novorizontino com nova assistência de Nenê e gols do trio Éverton, Diego Souza e Pablo

São Paulo fez uma boa apresentação na noite desta quinta-feira e derrotou o Novorizontino por 3 a 0, no estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte, pela segunda rodada do Campeonato Paulista.

Nenê, que foi titular na vaga de Hernanes, deu mais uma assistência (tinha dado duas na estreia do time no Estadual no triunfo por 4 a 1 contra o Mirassol, no último sábado). Os gols foram feitos pelo trio ofensivo formado por Pablo, Diego Souza e Éverton.

O técnico André Jardine aplaudiu seus comandados pela lucidez na construção das jogadas e também pelas ações defensivas. O goleiro Tiago Volpi não teve muito com o que se preocupar. Foi quase um expectador de luxo.

A atuação aumenta a expectativa para a partida do próximo domingo, quando o São Paulo enfrentará o primeiro grande teste deste Paulistão. Jogará o clássico contra o Santos, no Pacaembu, a partir das 17h (de Brasília).

O time alvinegro também venceu as duas primeiras partidas na competição: 1 a 0 contra a Ferroviária e 4 a 0 sobre o São Bento.

O São Paulo ainda não poderá contar com o meia Hernanes, que tem um desgaste físico e faz um trabalho específico de recuperação. O mais provável é que ele atue contra o Guarani, no Pacaembu, na próxima quinta-feira.

Com o triunfo desta noite, o São Paulo tem seis pontos e lidera o Grupo D. Já o Novorizontino tem três e é o terceiro na chave B.

 

Fonte: ESPN

São Paulo relaciona Biro Biro e Diego Souza e Gonzalo Carneiro

O São Paulo pode ter novidades para enfrentar o Grêmio Novorizontino, na próxima quinta, pela segunda rodada do Paulistão. Regularizado no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF, o atacante Biro Biro foi relacionado pelo técnico André Jardine e pode fazer sua estreia pelo Tricolor. O centroavante Diego Souza, poupado da estreia contra o Mirassol, também viajou com a delegação para o interior.

O reforço são-paulino conseguiu sua liberação do Shanghai Shenxim, da China, e está à disposição da comissão técnica. A tendência é de que o atacante fique no banco de reservas, mas pode ser utilizado durante a partida. O mesmo acontece com Diego Souza, que se recuperou de dores na panturrilha esquerda, e está liberado para fazer sua estreia oficial em 2019. O camisa 9, no entanto, deve ser reserva de Pablo.

Quem também está de volta é o uruguaio Gonzalo Carneiro. O centroavante uruguaio não se apresentou para a concentração antes do jogo contra o Mirassol. O jogador foi multado, se desculpou com o elenco e direção do clube, e está novamente à disposição no São Paulo.

LEIA TAMBÉM:Tricolor vai poupar Hernanes contra Novorizontino e pode até tirá-lo de Clássico; veja

Nesta quarta, no último treino da equipe antes da viagem para Novo Horizonte, o técnico André Jardine comandou uma atividade tática. Por determinação do clube, os jornalistas tiveram acesso apenas aos 15 minutos iniciais do treinamento. O Profeta Hernanes, que cumpre uma programação especial para readquirir a forma física, não apareceu no campo.

Depois de golear o Mirassol, por 4 a 1, na estreia do Paulistão, o Tricolor volta a campo nesta quinta, quando enfrenta o Grêmio Novorizontino no estádio Jorge Ismael de Biasi. A bola começa a rolar às 21h.

Confira os relacionados:

Goleiros: Jean e Tiago Volpi
Laterais: Bruno Peres, Igor Vinícius, Léo e Reinaldo
Zagueiros: Anderson Martins, Arboleda e Bruno Alves
Volantes: Araruna, Hudson, Jucilei, Liziero e Willian Farias
Meias: Biro Biro, Everton Felipe, Everton e Nenê
Atacantes: Brenner, Diego Souza, Gonzalo, Helinho e Pablo

 

Fonte: Lance

Diego Souza faz exames sobre possível lesão e pode virar desfalque

O atacante Diego Souza não teve lesão constatada na panturrilha esquerda após realizar exames. Com dores na região, o artilheiro do São Paulo na última temporada não participou do treinamento desta quarta-feira, se restringindo a trabalhos no Reffis, e pode ser desfalque no duelo com o Mirassol, no próximo sábado, no Pacaembu.

O camisa 9 tricolor sentiu incômodos na panturrilha esquerda no segundo tempo do confronto com o Ajax. Na ocasião, Everton Felipe acabou sendo acionado na vaga de Diego Souza, que iniciou tratamento já nos EUA tentando evitar uma possível ausência na estreia oficial da equipe em 2019.

Diego Souza já vinha sendo preterido por Pablo durante toda a pré-temporada em Orlando. Por conta do incômodo, o jogador, conhecido por voltar de férias em condições físicas distantes das ideais, pode até mesmo não ser relacionado para a partida do próximo sábado.

Outro possível substituto de Pablo, Gonzalo Carneiro também teve problemas físicos neste início de temporada. O atacante uruguaio estava nos planos de André Jardine para entrar no decorrer do confronto com o Ajax, mas acabou sentindo dores musculares que o tiraram de ação.

O São Paulo ainda fará mais dois treinamentos no CCT da Barra Funda antes de sua estreia no Campeonato Paulista, no próximo sábado, às 19h30 (de Brasília), no estádio do Pacaembu.

 

Fonte: ESPN

Diego Souza sente a panturrilha em jogo contra o Ajax e será reavaliado

Diego Souza, atacante do São Paulo, deixou o gramado mais cedo no segundo tempo da derrota para o Ajax, em Orlando, pelo Torneio da Flórida, por ter sentido um incômodo na panturrilha esquerda.

Ainda no banco de reservas, o atacante começou o tratamento e será reavaliado neste domingo pelo departamento médico para saber o que realmente ocorreu.

Por enquanto, o departamento médico do São Paulo não sabe dizer se há lesão tampouco a gravidade do que ocorreu com Diego Souza.

O atacante tinha jogado 45 minutos contra o Eintracht Frankfurt, da Alemanha, mas, neste sábado, saiu mais cedo para a entrada de Everton Felipe.

O Tricolor estreia no Campeonato Paulista no dia 19 de janeiro, contra o Mirassol, no Pacaembu.

 

Fonte: Globo Esporte

Empresário diz que Diego Souza está bem no São Paulo e nega proposta do Vasco

O meia Diego Souza é constantemente alvo de menção da torcida do Vasco nas redes sociais. A grande maioria sonha com a volta do jogador do São Paulo, mas seu empresário, Eduardo Uram, garante que, pelo menos agora, não é o momento e nega qualquer contato do Cruz-Maltino na atual janela de transferências.

Durante a temporada passada, o Vasco chegou a procurar o São Paulo para tentar contratar o jogador, mas não obteve sucesso.

– Nunca chegou nada nem para mim nem para o Diego. O Vasco é um time pelo qual o Diego tem carinho sempre. Acho que a recíproca é verdadeira, mas não tem nada neste momento. Não chegou para mim. Ele nem pensou no assunto. Ele está bem onde ele está, no São Paulo. Nas vezes passadas tinha um pouco de cabimento, saindo do Sport, no momento de dificuldade no São Paulo. E o Campello não usaria nenhuma intermediação para chegar até ele. Eles têm uma amizade antiga – falou Eduardo Uram, ao GloboEsporte.com.

Os comentários sobre uma possível transferência de Diego Souza para o Vasco têm incomodado o empresário e o próprio jogador, que teme deixar a impressão de que está se recusando a voltar ao Cruz-Maltino. Nos bastidores, o clube de São Januário garante nunca ter feito qualquer contato pelo meia. O São Paulo também assegura que não foi procurado.

Em entrevista durante a pré-temporada do São Paulo na Flórida, nos Estados Unidos, Diego Souza também falou sobre seu momento.

– Olha, eu não sei de nenhuma proposta. Passei minhas férias inteira bem tranquilo. Não recebi ligação de futebol. Só felicidades de natal e ano novo. Fora isso não estou sabendo de nada. Todo mundo sabe o carinho que tenho pelo Vasco. Não passa disso. Espero poder corresponder e cumprir meu contrato – disse Diego Souza.

Confusão

O que também tem incomodado Diego Souza é uma confusão com sua família. Recentemente, o meia foi confundido, nas redes sociais, com outro Diego Souza que, segundo Eduardo Uram, enfrenta problemas familiares. O jogador até publicou, em seu Instagram, uma foto de sua família.

– É a segunda vez que usam o nome dele de forma absurda. Tem uma veiculação absurda sobre falta de pagamento de pensão e isso é com outro Diego Souza.

 

Fonte: Globo Esporte

Diego Souza nega proposta e se dispõe a jogar de meia no São Paulo

Embora tenha contratado sete jogadores para a temporada de 2019, o São Paulo também é alvo no mercado da bola. Um dos destaques do time no ano passado, o atacante Diego Souza teve seu nome especulado no Vasco nos últimos dias. O jogador, porém, negou ter recebido ofertas do clube carioca, pelo qual teve boa passagem entre 2011 e 2012.

“Eu não sei de nenhuma proposta. Passei minhas férias inteiras com a minha família, bem tranquilo, e não recebi nenhuma ligação quanto ao futebol. Não estou sabendo de nada”, afirmou o camisa 9, em entrevista coletiva, neste domingo, em Orlando, onde a equipe está para a disputa da Copa Flórida.

“Todo mundo sabe do carinho que tenho pelo Vasco, mas não passa disso, até porque tenho contrato com o São Paulo e espero corresponder às expectativas deste ano também”, acrescentou o atleta, vinculado ao Tricolor até o fim de 2019.

 

Fonte: Gazeta Esportiva