São Paulo elimina o Coritiba e está nas quartas de final da Copinha

O São Paulo confirmou seu crescimento durante a Copinha, venceu o Coritiba por 3 a 1 e avançou para as quartas de final da competição. Com amplo domínio durante a partida, realizada nesta quinta-feira, no Estádio Primeiro de Maio, em São Bernardo do Campo, o Tricolor superou o adversário e a chuva com belos gols, permanecendo na briga por mais um título. O lateral-direito Lucas Sena foi o destaque do duelo pelas oitavas de final.

Logo no começo do jogo, os são-paulinos confirmaram o favoritismo e tiveram dez minutos de grande futebol, reforçando a evolução dos garotos desde a primeira fase. Nesse período foram três grandes chances de gol, Galeano ficou perto de abrir o placar aos quatro e aos seis minutos da primeira etapa. Pouco tempo depois, Gabriel Falcão também assustou a zaga do time paranaense.

O gol parecia questão de minutos. Primeiro Maia acertou um belo chute colocado da entrada da área, que ganhou ainda mais dificuldade por conta da chuva, mas o goleiro do Coxa, Marcão, fez uma defesaça. No lance seguinte, o mesmo Maia aproveitou rebote e emendou chute de fora da área, dessa vez sem chances para o arqueiro adversário alcançar.

A chuva, que não parou, acabou travando o ímpeto do São Paulo, especialmente após a abertura do placar. Com jogo brigado no meio-campo, o domínio ainda era dos paulistas, porém com menos chances de balançar a rede. Os paranaenses, por sua vez, não conseguiram ameaçar a zaga tricolor.

Na segunda etapa, o temporal parece ter ganhado força, mas acabou embalando o São Paulo para tentar definir logo a classificação. E não demorou muito para isso acontecer. Aos seis minutos, Sena aproveitou sobra de um escanteio e tocou para Juan, que saiu da marcação com um drible de corpo e chutou rasteiro, com força, por baixo do bom goleiro Marcão.

O ímpeto tricolor não parou por aí e o time continuou buscando o ataque, levando perigo constante para a zaga do Coritiba. Aos 16 minutos, Galeano recebeu na direita, cortou para o meio e, de pé esquerdo, finalizou com força, a meia altura, no canto esquerdo do arqueiro adversário. 3 a 0 para o São Paulo.

Em um momento de descuido são-paulino, Marcos Ulisses deu belo passe enfiado para José Daniel, que avançou com a bola e chutou na saída do goleiro Matheus Cunha, que ainda tocou na bola, mas não conseguiu evitar o gol de honra do Coxa, que ameaçou crescer na reta final do jogo. Sem sucesso.

O São Paulo ameaçou outras vezes e poderia ter goleado, mas parou em Marcão e o resultado permaneceu o de 3 a 1. Vitória garantida e classificação selada para as quartas de final da Copinha. O próximo adversário do Tricolor será o Oeste, no próximo sábado, às 21h30, na Arena Barueri.

Lance

Anúncios

Copa São Paulo: veja a provável escalação do Tricolor Paulista para o jogo contra o Palmeira-RN

O São Paulo volta a campo na noite desta terça-feira (7), pela segunda rodada da Copinha 2020. Pela frente, os meninos de Cotia terão o Palmeira-RN. A bola rola logo mais, 21h30, horário de Brasília, no estádio Primeiro de Maio, em São Bernardo.

Para este importante compromisso, o São Paulo não deve contar com mudanças em sua formação inicial. O volante Rodrigo Nesto, com tendinite, ainda é dúvida. Sua presença não está confirmada. O jogador ficou de fora da estreia na Copinha, no empate em 0 a 0 com o Operário-PR.

Provável São Paulo:
A provável escalação do Tricolor Paulista para o jogo desta terça-feira é a seguinte: Matheus Cunha; Anilson, Matheus, Fasson e Welington; Marcos Junior, Ed Carlos, Talles Costa e Galeano; Vitinho e Kevin.

A bola rola às 21h30, para São Paulo e Palmeira-RN, pela segunda rodada da fase de grupos da Copinha de 2020. O Tricolor Paulista soma um ponto e divide a vice-liderança com o Operário-PR. Já o Palmeira-RN é o lanterna da chave ainda sem pontos conquistados. O líder é o EC São Bernardo.

Torcedores.com

Tricolor vai em busca do penta na Copinha; estreia é neste sábado

Atual campeão, o São Paulo vai em busca do pentacampeonato da Copinha. Neste sábado, às 16h, os garotos de Cotia estreiam na principal competição de futebol de base do futebol brasileiro contra o Operário-PR, no estádio Primeiro de Maio, em São Bernardo do Campo. Mais uma vez, o Tricolor entra como um dos favoritos ao título.

Conhecido por ser dono de uma das categorias de base mais fortes do Brasil, sobretudo após a inauguração do CFA Laudo Natel o São Paulo se preparou bem para esta edição da Copinha. Ao contrário do que aconteceu em outros anos, o clube optou por não disputar a Copa RS – competição que acontece em dezembro e é vista como uma preparação para a Copa São Paulo – para dar mais entrosamento ao time.

– A preparação foi um pouco diferente em relação à preparação do ano passado. Optamos em não participar da Copa RS. Tínhamos alguns problemas no grupo em relação à entrosamento e alguns conceitos que precisavam ser passados para eles. Durante a competição fica difícil você passar esse tipo de informação. Sabemos que na Copa São Paulo a equipe que você dificilmente será a que você termina. Precisamos passar por todas as situações para ficarmos prontos, pelo menos, para o início – disse o técnico Orlando Ribeiro.

São Paulo FC

@SaoPauloFC

🗓 Anota aí na agenda: os jogos do Tricolor na primeira fase da @Copinha: todos no Estádio Primeiro de Maio, em São Bernardo do Campo, com entradas gratuitas!

Nossa estreia será neste sábado: São Paulo x Operário-PR, às 16h.

Bora torcer pelos nossos talentos ! 🇾🇪

Ver imagem no Twitter
199 pessoas estão falando sobre isso

O Tricolor manteve nove jogadores da campanha vitoriosa do ano passado para esta temporada. A equipe comandada por Orlando Ribeiro ainda ganhou o reforço de alguns nomes que estavam no sub-17 em 2019, entre eles Patryck e Talles Costa – campeões da Copa do Mundo da categoria com a Seleção Brasileira no fim da última temporada.

Para nós é uma espécie de Copa do Mundo do Sub-20. As atenções estão viradas para a Copa São Paulo. Os profissionais estão de férias e passamos isso para os meninos, para que a ansiedade passe logo. Estamos passando isso para eles, mas também sentimos ansiedade. Estamos aprendendo a lidar com isso aí – comentou Orlando Ribeiro, o responsável por guiar o Tricolor rumo ao penta.

O São Paulo é o cabeça-de-chave do Grupo 29, com sede em São Bernardo do Campo. Além do Operário-PR, adversário desta tarde, o Tricolor terá pela frente o anfitrião Esporte Clube São Bernardo e também o Palmeira, do Rio Grande do Norte. Os dois melhores da chave avançam para a segunda fase.

Lance

Tricolor divulga lista dos 30 inscritos na Copa São Paulo 2020

O São Paulo definiu a lista dos 30 atletas 51ª Copa São Paulo de Futebol Júnior. Comandados pelo técnico Orlando Ribeiro, o atual campeão, o Tricolor estreia no dia 4 de janeiro, sábado, às 16h, diante do Operário/PR, em São Bernardo do Campo. Nesta edição, as partidas terão transmissão do Sportv, TV Cultura, Rede Vida e FPF TV.

A Copinha terá início no dia 02 de janeiro, com a final marcada para 25 de janeiro, aniversário da cidade de São Paulo. O campeonato vai reunir 128 equipes, divididas em 31 sedes por todo o estado. Poderão entrar em campo atletas nascidos a partir do ano de 2000.

O primeiro jogo são-paulino no maior torneio da base brasileira será às 16h, contra o Operário (PR), no estádio 1º de Maio, em São Bernardo do Campo. Além dos paranaenses, o São Paulo enfrentará o EC São Bernardo e o Palmeira FC (RN), na chave 29. A cidade do ABC paulista será a sede do Tricolor durante toda a primeira fase.

Tabela:
– 04.01, às 16h – São Paulo x Operário (PR) – transmissão Sportv/Cultura
– 07.01, às 21h30 – Palmeira (RN) x São Paulo – transmissão Sportv
– 10.01, às 21h30 – EC São Bernardo x São Paulo – transmissão Sportv/Rede Vida

LISTA DOS 30 INSCRITOS:

Goleiros: Arthur Gazze, Eduardo, Matheus Cunha

Zagueiros: Facundo, Fasson, Luizão, Matheus Vieira, Yago

Laterais: Anilson, Gabriel, Nathan, Patryck, Sena e Welington

Meio-campistas: Antônio Falcão, Gabriel Falcão, Ed Carlos, JP Iseppe, Marcos Jr. Rodrigo Nestor, Talles Costa e Victor Hugo

Atacantes: Cauê, Galeano, Juan, Kevin, Maia, Marquinhos, Ricardinho e Vitinho

saopaulofc.net

São Paulo empresta artilheiro da Copa SP para time da 3ª divisão da Espanha

O Córdoba anunciou hoje que chegou a um acordo com o São Paulo para o empréstimo do atacante Gabriel Novaes, artilheiro da Copa SP de Juniores deste ano com a equipe tricolor.

Em comunicado, o time que disputa a terceira divisão espanhola explicou que o acordo tem validade por uma temporada.

Córdoba CF

@Cordobacfsad

ℹ COMUNICADO OFICIAL || Gabriel Novaes, nuevo jugador del Córdoba CF.

▶ https://bit.ly/2lxNnk4  ⚽💚

View image on Twitter
151 people are talking about this

Gabriel Novaes estava emprestado para a equipe B do Barcelona até junho de 2020, com opção de compra. O clube catalão ainda não se manifestou sobre o motivo de ter aberto mão do empréstimo.

Após a conquista da Copa São Paulo de Futebol Júnior, o São Paulo renovou o contrato de Novaes até o fim de 2022. Ele marcou 10 gols na competição, um deles na final contra o Vasco. A partida acabou em 2 a 2 e o São Paulo venceu por 3 a 1 nas penalidades, conquistando o seu tetracampeonato na competição.

UOL

Em busca do tetracampeonato da Copa SP, São Paulo enfrenta o Vasco

Após 23 dias de competição, 126 equipes ficaram para trás, restando apenas São Paulo e Vasco na disputa do título da 50ª edição da Copa São Paulo de Futebol Júnior. No aniversário de 89 do time do Morumbi e 465 anos da cidade de São Paulo, o torcedor espera comemorar o tetracampeonato da equipe de Cotia, no Pacaembu, nesta sexta-feira, dia 25, às 15h30, no maior torneio de base do país.

Desde o dia 2 de janeiro em Araraquara, jogando na Arena da Fonte Luminosa, o São Paulo, que foi acolhido pelos torcedores do interior, evoluiu em campo e deixou para trás os times da Holanda/AM, Serra/ES, Ferroviária/SP, Rio Claro/SP, Mirassol/SP, Cruzeiro/MG e Guarani/SP, com seis vitórias e dois empates, sendo uma das classificações, diante dos mineiros, nos pênaltis. Agora é a vez da torcida da capital incentivar o Tricolor em busca do tetracampeonato, somando-se aos títulos de 1993, 2000 e 2010.

Com ingressos esgotados, sendo a maioria dos setores destinado aos são-paulinos, o Tricolor entrará em campo nesta tarde reforçado do artilheiro da competição, Gabriel Novaes, que cumpriu suspensão automática na semifinal, diante do Guarani. Danilo, que o substitiuiu na ocasião, será o desfalque da vez, cumprindo suspensão pelo segundo cartão amarelo. Com nove gols até o momento, Novaes terá uma disputa pessoal com Tiago Reis, do Vasco, vice-artilheiro, com um gol a menos.

Sempre visando o aprendizado e a formação de atletas para o time principal, o técnico Orlando Ribeiro aposta em um grande jogo, em que espera que os jogadores aproveitem o momento ao máximo. “É importante vencer, importante que os garotos consigam se destacar sendo campeões. Mas é muito mais importante você chegar a uma final, ou próximo a uma final, e ter a consciência de que, se você não venceu naquele momento, pode vencer muito mais ali na frente. É importante vencer, mas o aprendizado que eles têm é mais importante ainda”, disse o treinador.

“Tudo na base tem que ser usado como aprendizado, porque eles estão se preparando para o profissional, então esse é um momento ímpar. Eles sabem a importância da torcida, sabem a importância do campeonato, a grandeza deste jogo. Independentemente do que acontecer, depois nós vamos nos reunir e conversar sobre o que fizemos de bom, o que temos que ajustar, mas agora é hora de aproveitar o momento”, emendou.

A grande final do principal torneio de base do país envolveu 3.088 atletas, teve mais de 730 gritos de gols e novos jogadores despontando em cenário nacional, atraindo milhares de olhares dos torcedores por mais de 20 dias. O desfecho está marcado para às 15h30, com transmissão da Rede Globo, Sportv, ESPN e Rede Vida.

 

Fonte: saopaulofc.net

Gabriel Novaes machuca cabeça, mas São Paulo garante artilheiro da Copa SP

Artilheiro da Copa São Paulo de Futebol Júnior com oito gols, um deles marcado na noite desse domingo, na Arena da Fonte, na vitória do São Paulo por 2 a 0 sobre a Ferroviária, o atacante Gabriel Novaes não corre o risco de desfalcar o São Paulo nas oitavas de final, segundo o departamento médico do próprio Tricolor.

O jogador foi substituído por Vitinho aos 28 minutos do primeiro tempo após um choque de cabeça no campo de ataque são-paulino. Ele teve um pequeno corte perto da nuca e recebeu alguns pontos no intervalo da partida. Após deixar o gramado, ele passou pela ambulância que estava na Fonte apenas porque o choque foi na cabeça, mas logo foi para o vestiário Tricolor.

Pouco antes de deixar o gramado, ele abriu o placar para o São Paulo com um gol de cabeça, após cruzamento da esquerda de Wellington. Minutos depois, Novaes deu assistência para Fabinho marcar o segundo contra a Ferroviária.

Nessa Copinha o Tricolor já perdeu um de seus destaques por lesão. O meia Gabriel Sara, camisa 10 do time e autor de três gols na estreia, contra o Holanda-AM, foi cortado por causa de um estiramento na coxa esquerda. Ele jogou os dois primeiros jogos e foi poupado do terceiro, contra a Ferroviária, ainda pela fase de grupos. Na sequência, a comissão técnica optou por cortá-lo para que ele possa ir para São Paulo se tratar no Reffis.

Nas oitavas de final, o São Paulo encara o Mirassol. O jogo será nesta terça-feira, às 19h30, na Fonte Luminosa, em Araraquara.

 

Fonte: Globo Esporte

São Paulo vence Ferroviária e está nas oitavas da Copa SP

Jogando contra os donos da casa, o São Paulo encarou a Ferroviária, na noite deste domingo, dia 13 de janeiro, pela terceira fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Com bom público na Arena da Fonte Luminosa, o Tricolor fez 2 a 0, ainda no primeiro tempo, com gols de Gabriel Novaes e Fabinho, garantindo a vaga nas oitavas, contra o Mirassol.

As duas equipes já haviam se enfrentado uma vez nesta edição do torneio, ainda pela fase de grupos. Em bom jogo, o Tricolor esteve na frente por duas vezes, com golaços de Fabinho e Rodrigo Nestor, mas cedeu o empate nos minutos finais. Desta vez, valendo vaga nas oitavas de final, o jogo foi ainda mais brigado.

Sem poder contar com o zagueiro Morato, suspenso pelo segundo cartão amarelo, e Gabriel Sara, que foi cortado da competição por lesão no posterior da coxa esquerda, o técnico Orlando Ribeiro escalou o São Paulo com Thiago Couto, Caio, Tuta, Fasson e Welington; Diego, Rodrigo Nestor e Paulinho; Antony, Gabriel Novaes e Fabinho.

Desde o início, o São Paulo pressionava no ataque. Aos 8 minutos, após cobrança rápida de falta feita por Welington, Gabriel Novaes fez de cabeça e saiu para a torcida, comemorando seu oitavo gol na competição.

Fabinho e Rodrigo Nestor arriscavam de longe e faziam o goleiro Guilherme trabalhar. Aos 20 minutos foi a vez de Gabriel Novaes servir o companheiro. O camisa 9 invadiu área e tocou para Fabinho fazer 2 a 0. Aos 23 minutos, Novaes chocou-se de cabeça com o marcador e teve que deixar a partida, entrando Vitinho. No intervalo, o atacante recebeu pontos na cabeça.

Nos minutos finais do primeiro tempo, o técnico da Ferroviária foi expulso por reclamações, e o segundo tempo já começou quente. Com chances de gol dos dois lados e faltas mais pesadas. Aos 16 minutos, Orlando Ribeiro optou por tirar Antony e Paulinho, colocando Danilo e Cássio. Três minutos depois, Diego foi expulso, deixando o Tricolor com um a menos. Com o novo cenário, Orlando colocou Weverson, Sena e Marcos Jr, saindo Rodrigo Nestor, Welington e Fabinho, nas últimas três substituições.

Com bom público presente, pressionando o tempo todo para os dois lados, a partida ganhava tons ainda mais dramáticos, mesmo com a vantagem Tricolor de dois gols no placar. Aos 38 minutos, por falta dura em Vitinho, o volante da Ferroviária também deixou o jogo mais cedo, 10 contra 10. Para tentar segurar os ânimos, o árbitro distribuiu cartões amarelos: Weverson, Sena e Marcos Jr.

O São Paulo encara agora o Mirassol, pelas oitavas de final da competição. Jogando na tarde deste domingo, o time do interior paulista bateu o Athletico Paranaense nos pênaltis. O jogo acontecerá em Araraquara, na Arena da Fonte Luminosa, na terça-feira, dia 15, ainda com horário indefinido.

São Paulo: Thiago Couto, Caio, Tuta, Fasson e Welington (Sena); Diego, Rodrigo Nestor (Weverson) e Paulinho (Danilo); Antony (Cássio), Gabriel Novaes (Vitinho) e Fabinho (Marcos Jr).
Técnico: Orlando Ribeiro

 

Fonte: saopaulofc.net

Com lesão muscular, Gabriel Sara está fora da Copa SP 2019

O Tricolor não poderá mais contar com seu camisa 10 e vice artilheiro da 50ª Copa São Paulo de Futebol Júnior. Gabriel Sara sentiu desconfortos musculares após a vitória diante do Serra/ES, na segunda rodada do torneio, sendo poupado diante da Ferroviária, na noite da última quarta-feira (11), porém, a ausência de melhora e exames apontaram um estiramento no posterior da coxa esquerda do meio-campista, que retornou para São Paulo.

Após estrear na Copinha com três gols diante do Holanda/AM e ser um dos pilares de experiência no jovem time do São Paulo, Gabriel Sara recebeu a notícia que não queria, o corte na lista da competição. Mesmo com tratamentos intensos por três dias em Araraquara, o camisa 10 não apresentou nenhuma melhora e foi submetido ao exame de ressonância, que apontou a lesão no posterior da coxa.

“Ele teve um estiramento muscular no posterior da coxa esquerda, que terá de ser tratado com fisioterapia por pelo menos um mês. Mesmo que o mantivéssemos em Araraquara, ele não teria condições de atuar até o fim da competição. Sendo assim, em conjunto com o atleta, comissão técnica, diretoria e departamento médico, optamos por ele estar mais perto da família e ter melhor suporte de fisioterapia no Reffis”, explicou o médico que estava com a delegação e acompanhou Gabriel Sara nos exames, Dr. Carlos Tadeu Moreno.

Logo após o empate com a Ferroviária, por 2 a 2, na última quarta-feira, Gabriel Sara teve conhecimento sobre o resultados dos exames feitos a tarde e conversou com a comissão técnica, se despedindo logo em seguida de toda delegação e voltando para São Paulo.

“Na nossa profissão estamos sujeitos a esse tipo de acontecimento. Infelizmente, a lesão foi diagnosticada e terei que fazer o tratamento para voltar ainda melhor. Fiz dois bons jogos na Copinha, três gols, mas infelizmente fiquei fora no terceiro jogo e dos próximos. Fico na torcida pelos meus companheiros e na certeza de que terão sucesso em mais essa competição. Nosso elenco tem muita qualidade”, disse o camisa 10.

O técnico Orlando Ribeiro lamentou a perda do atleta antes do início do mata-mata da Copa SP, mas espera força e entrega de cada jogador do elenco para tentar suprir a significativa ausência. O comandante acredita que o tratamento em São Paulo poderá ajudar Gabriel Sara a estar apto para jogar a Libertadores da América Sub-20, que deve acontecer em fevereiro, e fechará a temporada da equipe Sub-20.

“Nós perdemos muito com a partida dele. Ele vinha se destacando na Copa SP, já tinha feito uma grande atuação em toda Copa RS, no Rio Grande do Sul, então é significativo. Vamos ter que nos virar sem ele, mostrar que há reposição no elenco. Contra a Ferroviária, fizemos um bom jogo, já sem contar com ele, porém, sabemos que em alguns detalhes ele seria fundamental ali. Cada jogador terá que fazer um pouco mais, ter mais responsabilidade e tentarmos juntos suprir a ausência dele”, ponderou.

“Como ele veio de meses intensos, com Supercopa, Copa RS, Copa SP, Paulista, uma sequência de muitas competições, achamos por bem ele ir para casa, fazer os tratamentos mais intensos em Cotia e já visar um retorno para a Libertadores, que ainda não temos confirmação de data. O Gabriel Sara tem que voltar da melhor maneira possível, 100% curado, para nos ajudar como sempre ajudou até hoje”, finalizou.

Pela segunda fase da Copa São Paulo, o Tricolor encara o Rio Claro, em Araraquara, na sexta-feira, dia 11, às 19h15, na Arena da Fonte Luminosa, com entrada gratuita aos torcedores.

 

Fonte: saopaulofc.net

COPA SP: Controlando ansiedade, Tricolor estreia diante do Holanda/AM

O São Paulo estreia nesta quinta-feira, dia 3 de janeiro, na 50ª Copa São Paulo de Futebol Júnior. Jogando em Araraquara, o Tricolor enfrenta o Holanda, de Manaus, às 21h (horário de Brasília), na Arena da Fonte Luminosa. Para o técnico Orlando Ribeiro, mais uma vez, é necessário controle da ansiedade, que pode ser o maior vilão do time de Cotia.

Após treinar em Cotia, o Tricolor chegou no interior paulista (quase 300km da capital) na tarde da última quarta-feira. A tarde foi de descanso e concentração para os atletas, que assistirão palestra, farão ativação e participarão da abertura do torneio na sede, antes da partida entre Serra/ES x Ferroviária, que abrem as disputas do Grupo 7.

Logo na chegada, Orlando Ribeiro comentou sobre a expectativa da estreia na competição e apontou o maior adversário para o São Paulo no primeiro jogo: contornar a ansiedade.

“É um prazer retornar a Araraquara. Temos que contornar a ansiedade da estreia e tentar fazer um bom jogo. Os meninos estão acostumados a serem cobrados e até serem rotulados como favoritos. Nós da comissão técnica temos que prestar atenção nos detalhes, e conseguir dar uma boa sequência na competição”, avaliou.

O time de Manaus, primeiro adversário do Tricolor na competição, fez uma seleção para participar do torneio. Com isso, as informações são escassas, apesar do bom trabalho feito pela análise de desempenho.

“Estamos indo para a guerra sem conhecer o adversário. Já conhecemos algumas coisas, mesmo que poucas, dos adversários do Amazonas e do Espírito Santo. Do Serra, ainda veremos o primeiro jogo, contra a Ferroviária, enquanto a Holanda, será mais surpresa. A Ferroviária é uma equipe de bastante forte, com qualidade tática e técnica. Nos deu trabalho no Paulista. A primeira fase será complicada, mas estamos preparados,”, finalizou.

São Paulo e Holanda/AM se enfrentam às 21h, na Arena da Fonte Luminosa, nesta quinta-feira, dia 3, com transmissão ao vivo da ESPN.

 

Fonte: saopaulofc.net

Em busca do Tetra, São Paulo estreia na Copinha sem quarteto

O São Paulo estreia na Copa São Paulo de Futebol Júnior contra o Holanda-AM, nesta quinta-feira, às 21h, na Arena Fonte Luminosa, em Araraquara.

Em busca do tetra, o São Paulo terá desfalques. O técnico Orlando Ribeiro não poderá contar com o meia Igor Gomes, o atacante Jonas Toró, o volante Luan e o zagueiro Walce, convocados pela seleção brasileira sub-20 para a disputa do Sul-Americano da categoria.

O atacante Antony e o zagueiro Tuta, que também atua como lateral-direito, por sua vez, estão em transição da base para o profissional, mas vão disputar a Copinha.

O São Paulo está no Grupo 7, com Holanda-AM, Serra-ES e Ferroviária. Depois da estreia diante do Holanda-AM, o time enfrentará o Serra-ES (dia 6, às 21h30) e a Ferroviária (dia 9, às 19h).

Veja os 25 inscritos pelo São Paulo na Copinha:

Goleiros: Arthur Gazze, Eduardo e Thiago Couto
Zagueiros: Diego, Fasson, Morato e Tuta
Laterais: Caio Felipe, Sena, Welington e Weverson
Volantes: Cássio, Marcos Jr, Rafael e Rodrigo Nestor
Meio-campistas: Gabriel Sara e Ed Carlos
Atacantes: Antony, Danilo, Fabinho, Gabriel Novaes, Paulinho, Thiaguinho, Thiago Paulo e Vitinho

 

Fonte: Globo Esporte