São Paulo tem prejuízo de R$ 47 mil em clássico com portões fechados

As consequências do coronavírus no meio do futebol são conhecidas no mundo todo. Aqui no Brasil começamos a perceber recentemente e um dos fatores atingidos é o financeiro. No último sábado, o São Paulo recebeu o Santos para o clássico estadual em um Morumbi com portões fechados. Resultado: prejuízo de quase R$ 50 mil para os cofres são-paulinos.

Como ainda não havia a paralisação do Paulistão, foi recomendado que o duelo acontecesse sem torcedores, ou seja, sem venda de ingressos. Dessa forma, os custos da abertura do estádio não seriam absorvidos com o dinheiro da bilheteria e caíram na conta do clube como despesas. O valor exato do prejuízo foi de R$ 47.571,28, que englobou os seguintes itens:

Ambulância: R$ 3.380,00
Controle de Doping: R$ 5.761,00
Equipe de Apoio: R$ 8.368,00
Funcionários: R$ 21.299,78
Orientadores: R$ 1.222,50
Segurança Privada: R$ 5.040,00
?Sonorização: R$ 2.500,00

Além dessa renda líquida negativa no borderô publicado pela Federação Paulista de Futebol, o São Paulo deixou de receber o dinheiro que levantaria com a comercialização das entradas. Pouco antes da determinação para fechar os portões do Morumbi, o clube já havia vendido mais de 16 mil ingressos, que serão ressarcidos aos torcedores que fizeram a aquisição antecipada.

Tanto Paulistão quanto Libertadores, competições disputadas pelo Tricolor no momento, foram paralisadas a fim de evitar a propagação do coronavírus. Dessa forma, o clube também suspendeu as atividades do futebol profissional por tempo indeterminado. Durante esse período de interrupção, os jogadores receberão orientações da comissão técnica e do departamento médico.

Lance

Lesão de Volpi dá chance para Perri estrear em clássicos no Tricolor

A pequena fratura que Tiago Volpi sofreu na mão direita durante a vitória por 3 a 0 sobre a LDU, na última quarta-feira, abriu espaço para Lucas Perri estrear em Copas Libertadores e em clássicos, já que ele jogou os 31 minutos finais da partida contra os equatorianos e será titular contra o Santos, às 19h deste sábado, no Morumbi. A ocasião só não será mais marcante porque a torcida tricolor não poderá entrar no estádio por determinação do Ministério da Saúde.

O San-São será o terceiro jogo de Perri como profissional do São Paulo. Além do confronto com a LDU, ele jogou a última rodada do Brasileirão do ano passado, contra o CSA, quando Fernando Diniz escalou só reservas e conseguiu uma vitória por 2 a 1 em Maceió. Ou seja, o jovem tem 100% de aproveitamento até aqui.

Volpi está com o braço imobilizado e não tem previsão de retorno. O São Paulo considera que ele teria chances de jogar contra o River Plate, na terça-feira, se a partida pela Libertadores não tivesse sido adiada, mas seria no sacrifício. O camisa 1 é dúvida também para o duelo do domingo que vem, contra o Red Bull Bragantino, novamente no Morumbi, pelo Estadual.

Cria de Cotia, Perri treina no CT da Barra Funda desde 2017, mas assumiu a condição de reserva imediato do titular apenas neste ano, depois que Jean foi preso nos Estados Unidos por agredir a esposa e consequentemente cedido por empréstimo ao Atlético-GO.

Ele tinha a esperança de ser o segundo goleiro do São Paulo no início de 2019, após a saída de Sidão. O clube chegou a sinalizar que Jean viraria titular e que o garoto passaria a ter mais oportunidades, mas acabou contratando Volpi. Sem espaço, Perri foi emprestado ao Crystal Palace (ING) no primeiro semestre do ano passado, mas não teve chances na equipe principal e retornou ao Morumbi.

Lucas Perri começou na base da Ponte Preta e chegou ao São Paulo em 2013 para jogar pelo sub-17. Seus principais títulos em Cotia foram Libertadores sub-20 (2016) e o bicampeonato da Copa do Brasil sub-20 (2015 e 2016), além do Brasileirão de Aspirantes em 2018. Sem Volpi, seus reservas também são crias da base são-paulina: Denis Júnior, 21 anos, e Thiago Couto, 20.

Lance

Tiago Volpi sofre fratura na mão direita e está fora do clássico

São Paulo terá um desfalque importantíssimo para o clássico do próximo sábado, contra o Santos, às 19h (de Brasília), no Morumbi. Após realizar exames de imagem nesta quinta-feira, o goleiro tricolor recebeu o diagnóstico de que teve uma pequena fratura na mão direita e, por isso, não terá condições de atuar.

Como o duelo com o River Plate, inicialmente marcado para a próxima terça-feira, foi cancelado, Volpi terá mais tempo para se recuperar para a Libertadores.

Se a partida fosse mantida, sua presença não estaria descartada, mas pouco provável. Não será necessário, pelo menos por enquanto, um procedimento cirúrgico.

Volpi acabou sentindo a mão no segundo tempo da vitória por 3 a 0 sobre a LDU, após um choque com o adversário. O goleiro até tentou permanecer na partida, porém, tendo contato com a bola posteriormente, percebeu que poderia comprometer sua equipe.

Desta forma, caso os jogos do Campeonato Paulista não sejam suspensos, o São Paulo receberá o Santos no sábado com Lucas Perri no gol. O jogador foi revelado pelas categorias de base, chegou a ser emprestado ao Crystal Palace, da Inglaterra, mas retornou ao clube do Morumbi.

“Foi o que eu falei para o Perri, quando ele menos esperasse, a chance ia aparecer. A chance apareceu em um jogo de Libertadores, teve a oportunidade dele. O São Paulo está bem servido com Perri e outros goleiros”, afirmou Tiago Volpi.

ESPN

Diretores do São Paulo se revoltam com arbitragem do clássico; Lugano é contido pela PM

Os diretores do São Paulo Lugano, Raí, Alexandre Pássaro e Chapecó se irritaram com a arbitragem do clássico contra o Corinthians, neste sábado, e cobraram duramente o trio nos túneis do Morumbi após a partida.

Lugano era o mais alterado entre os quatro. Ele precisou ser contido pela Polícia Militar e por alguns seguranças que estavam no local.

Árbitro Douglas Marques das Flores em São Paulo x Corinthians — Foto: Thiago Bernardes / Estadão ConteúdoÁrbitro Douglas Marques das Flores em São Paulo x Corinthians — Foto: Thiago Bernardes / Estadão Conteúdo

Árbitro Douglas Marques das Flores em São Paulo x Corinthians — Foto: Thiago Bernardes / Estadão Conteúdo

 

A maior irritação dos dirigentes foi por conta de um pênalti não marcado sobre Igor Gomes no final da partida. O meia foi ao chão após ser tocado nas costas. Para Salvio Spinola Fagundes Filho, comentarista de arbitragem da Globo, foi pênalti.

O confronto terminou 0 a 0, e os árbitros foram xingados pelos mais de 44 mil torcedores presentes no Morumbi. Jogadores e o técnico Fernando Diniz também se aproximaram do árbitro para, ainda dentro de campo, reclamar do lance.

Globo Esporte

Diniz ouve gritos de “burro” após terceiro jogo do São Paulo sem vitória

Após o apito final do empate em 0 a 0 contra o Corinthians, pela 6ª rodada do Campeonato Paulista, o técnico do São Paulo Fernando Diniz deixou o gramado ouvindo gritos de “burro” por parte da torcida.

Aos 40 minutos do segundo tempo, o comandante são-paulino tirou Alexandre Pato e colocou Liziero. Após a troca, alguns torcedores também gritaram: “ei, Diniz. Vai tomar no c*”.

Com o empate diante à equipe do Parque São Jorge, o São Paulo chegou a terceira partida sem saber o que é vencer, pressionando ainda mais seu treinador.

Antes do clássico, o Tricolor paulista perdeu por 2 a 1 para o Santo André e empatou, em pleno Morumbi, contra o Novorizontino.

Para romper essa sequência ruim, o São Paulo visita o Oeste, em Barueri, no próximo sábado (22), às 16h30 (de Brasília).

UOL

São Paulo x Corinthians já tem 36 mil ingressos vendidos

O São Paulo já vendeu 36 mil ingressos para o clássico deste sábado, às 19h, contra o Corinthians, no Morumbi. A partida pela sexta rodada do Paulistão só terá torcedores do Tricolor no estádio.

As entradas seguem sendo comercializados pelo site da Total Acesso e nas bilheterias físicas. Vários setores já estão esgotados.

Os ingressos para esta partida variam de R$ 40 a R$ 240, sem contar meia-entrada e descontos para sócios-torcedores.

BILHETERIAS DO MORUMBI

12/02 a 14/02 – das 10h às 17h
Atendimento ao público geral: bilheteria 03
Atendimento a cadeiras cativas: bilheteria 01
Atendimento a camarotes: bilheteria 03 interna

15/02 (dia do jogo)
Atendimento ao público geral: bilheteria 03 – das 10h às 19h45
Atendimento ao torcedor PCD: bilheteria 06 – das 13h às 19h45
______

DEMAIS PONTOS DE VENDA PARA TORCIDA DO SÃO PAULO
*sujeitos a disponibilidade

Estádio Conde Rodolfo Crespi – Juventus
Rua Javari, 117, Moóca – São Paulo
13 e 14/02, das 11h às 17h

Estádio Anacleto Campanella
Rua Walter Tomé, 64 – São Caetano
12, 13 e 14/02, das 11h às 17h

Ginásio do Ibirapuera
Rua Manuel da Nóbrega, 1361 – São Paulo
12, 13 e 14/02, das 11h às 17h

————————————————–

NÃO HÁ VENDA DE INGRESSOS PARA A TORCIDA VISITANTE
————————————————–

Lance

Pedrinho e Antony: companheiros de Seleção, mas rivais em seus clubes

São Paulo e Corinthians se enfrentam neste sábado, às 19h, no Morumbi, pela sexta rodada da fase de grupos do Paulistão-2020 e em meio a tantos duelos individuais e nuances que envolvem o clássico, uma delas chama a atenção. Trata-se da relação de Antony e Pedrinho, amigos fora de campo, companheiros de Seleção Olímpica e rivais defendendo seus clubes.

Os dois são joias em seus times. O são-paulino quase foi negociado com o Ajax neste início de temporada, mas ficará pelo menos até o meio do ano, já o corintiano tem venda encaminhada para o Benfica e irá para Portugal no meio do ano. Dessa forma, o Majestoso deste sábado pode ser um dos último duelos dos garotos defendendo suas respectivas equipes paulistas.

No retrospecto de enfrentamento entre os dois, quem leva a melhor, até aqui, é Pedrinho, que saiu vitorioso nas três partidas em que teve Antony como adversário: no Paulistão-2019, ainda pela fase de grupos (2 a 1), na final da competição (2 a 1) e no primeiro turno do Brasileirão (1 a 0). O jovem tricolor marcou um gol na decisão estadual e o alvinegro anotou um no Brasileiro.

Quando São Paulo e Corinthians se enfrentaram pela última vez, no segundo turno do Brasileirão-2019, nem Antony nem Pedrinho estiveram no duelo, pois estavam com a Seleção Olímpica do Brasil para amistosos preparatórios. Naquela ocasião a vitória foi do Tricolor, por 1 a 0, no Morumbi e ambos fizeram falta para seus clubes. Desde então, a rivalidade ficou de lado.

Os garotos, que mantém amizade fora dos gramados, se reuniram no início desta temporada, na Granja Comary, para ajudar a Seleção Olímpica a garantir vaga nos Jogos de Tóquio, que acontecem entre julho e agosto deste ano. A combinação deu certo, apesar de o time ter oscilado durante o Pré-Olímpico da Colômbia e chegado na última rodada com risco de ficar fora da Olimpíada.

Esses resultados na competição só reforçaram o retrospecto que Antony e Pedrinho acumulam quando atuam juntos na Seleção. Até aqui são 12 partidas, oito vitórias e um empate, que resultam em 75% de aproveitamento. Nesses jogos são três gols para o corintiano e cinco para o são-paulino. Além disso, eles têm em comum o título do Torneio de Toulon, em junho de 2019.

O próximo passo é garantir juntos uma vaga na lista para os Jogos Olímpicos de Tóquio e ajudar o Brasil a trazer sua segunda medalha de ouro no futebol, mas antes disso, eles vão defender seus clubes pela primeira vez neste ano, justamente em um clássico que colocará um contra o outro. Pedrinho chega pressionado após eliminação na Libertadores e Antony vem como esperança.

Enquanto o São Paulo ocupa a terceira posição no Grupo C do Paulistão com oito pontos, o Corinthians é o vice-líder do Grupo D, com sete. Ambos buscam reabilitação no campeonato após serem derrotados na quinta rodada, além de evitar que a classificação para as quartas de final se complique.

Lance

São Paulo anuncia mais de 30 mil ingressos vendidos para o clássico

O São Paulo anunciou em suas redes sociais a venda de mais 30 mil ingressos para o clássico diante do Corinthians, neste sábado, no Morumbi, às 19h, pela sexta rodada da fase de grupos do Paulistão-2020. Como acontece desde 2016 no estado de São Paulo, o Majestoso terá apenas a torcida do dono da casa.

As entradas estão sendo vendidas desde o dia 1º de fevereiro para sócios-torcedores do clube e desde o dia 5 para geral. Os preços, sem meia-entrada, variam entre R$ 40 e R$ 240. Os ingressos para as Arquibancadas Amarela Norte, Azul Leste e Laranja Sul já estão esgotados.

Confira todas as informações de ingressos para o clássico:

> INGRESSOS PARA A TORCIDA DO SÃO PAULO

VALORES
ARQUIBANCADAS – VENDA SOMENTE ONLINE EM http://spfc.totalacesso.com
Arquibancada Amarela (Norte) > R$ 40 / R$ 20 ½ entrada
Arquibancada Laranja (Sul) > R$ 40 / R$ 20
Arquibancada Azul (Leste) > R$ 60 / R$ 30 ½
Arquibancada Vermelha (Oeste) > R$ 60 / R$ 30 ½
Arquibancada Vermelha 2 (Oeste) > R$ 60 / R$ 30 ½

CADEIRAS SUPERIORES
Cadeira Superior Amarela (Norte) > R$ 120 / R$ 60 ½
Cadeira Superior Laranja (Sul) > R$ 120 / R$ 60 ½
Cadeira Especial Azul (Leste) > R$ 180 / R$ 60 ½
Cadeira Especial Vermelha (Oeste) > R$ 180 / R$ 60 ½
Morumbi Premium (Leste) > R$ 240 / R$ 120 ½
Cadeira Cativa Azul (somente proprietário)* > R$ 60
Cadeira Cativa P16 (somente proprietário)* > R$ 60
*venda nas bilheterias 01, 03 ou 05

CADEIRAS TÉRREAS – VENDA SOMENTE ONLINE EM http://spfc.totalacesso.com
Cadeiras Térreas P02 e P04 (Leste) > R$ 120 / R$ 60 ½
Cadeiras Térreas P18 (Oeste) > R$ 120 / R$ 60 ½

Cadeira Térrea Sócio P02, P04 e P18* > R$ 60
*venda somente na bilheteria 3 interna

Setor PCD Acompanhante* > R$ 20
*O PCD terá o direito de comprar até 1 (um) ingresso para seu acompanhante, desde que esta necessidade esteja prevista em sua Carteira de PCD ou seu Laudo Médico. Demais acompanhantes deverão pagar o valor integral do setor, ou, fazer uso do direito da meia entrada mediante a apresentação de documento comprobatório. Os ingressos estão sujeitos ao esgotamento.

CAMAROTES
Espaço do Sócio P04 > R$ 40
*venda somente na bilheteria 3 interna

Corporativo (Empresas) > R$ 60
*venda direto com os camarotes

– VENDA PARA A TORCIDA DO SÃO PAULO:

ONLINE: a partir das 10h de 05/02/2020 em http://spfc.totalacesso.com
______
BILHETERIAS DO MORUMBI

12/02 a 14/02 – das 10h às 17h
Atendimento ao público geral: bilheteria 03
Atendimento a cadeiras cativas: bilheteria 01
Atendimento a camarotes: bilheteria 03 interna

15/02 (dia do jogo)
Atendimento ao público geral: bilheteria 03 – das 10h às 19h45
Atendimento ao torcedor PCD: bilheteria 06 – das 13h às 19h45
______

DEMAIS PONTOS DE VENDA PARA TORCIDA DO SÃO PAULO
*sujeitos a disponibilidade

Estádio Conde Rodolfo Crespi – Juventus
Rua Javari, 117, Moóca – São Paulo
13 e 14/02, das 11h às 17h

Estádio Anacleto Campanella
Rua Walter Tomé, 64 – São Caetano
12, 13 e 14/02, das 11h às 17h

Ginásio do Ibirapuera
Rua Manuel da Nóbrega, 1361 – São Paulo
12, 13 e 14/02, das 11h às 17h

Lance

São Paulo treina de olho no clássico de domingo

O São Paulo treinou na manhã desta quarta-feira com duas novidades muito aguardada pelos torcedores e comissão técnica: Antony e Igor Gomes, que voltaram da Seleção Olímpica e devem estar à disposição de Fernando Diniz para o clássico contra o Corinthians, no próximo domingo, no Morumbi.

A dupla formada em Cotia havia chegado da Colômbia na última terça-feira, mas foi liberada dos treinamentos no período da tarde e se reapresentaram apenas nesta manhã com todo o elenco tricolor. Ambos participaram de todo o trabalho de aquecimento com bola e dos exercícios de finalização, até que a imprensa foi retirada para que o trabalho tático de Diniz fosse fechado.

Os dois devem estar entre os relacionados para o clássico, a dúvida é se irão direto para o time titular, ou apenas um deles recuperará a vaga no onze inicial. O mais provável é que Antony comece jogando, no lugar de Pablo ou de Pato, já Igor deve iniciar no banco de reservas, já que Hernanes tem jogado bem. Eles serão inscritos no Paulistão até sexta-feira para estarem aptos no sábado.

Outro que está pronto para o Majestoso é Bruno Alves, que na última terça-feira completou um trabalho de recuperação de forma separada do elenco. Nesta quarta-feira ele participou de toda a movimentação com o grupo que pôde ser vista pelos jornalistas e não apresentou restrições. Deve ser titular.

Mais um destaque do treino foi o retorno de Junior aos exercícios físicos, mesmo que ainda de forma gradual. O goleiro sofreu um desmaio há cerca de dez dias e vinha seguindo um protocolo médico de evitar as atividades que exigissem esforço físico. Apesar de estar no campo nos últimos dias, ele não podia bater na bola, andar na esteira ou qualquer atividade na academia.

Antes do clássico, Diniz ainda terá dois treinos táticos fechados para a imprensa para definir a equipe titular, que provavelmente será a seguinte: Tiago Volpi; Juanfran, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Tchê Tchê, Daniel Alves e Hernanes; Antony, Vitor Bueno e Pablo (Alexandre Pato).

O São Paulo volta a campo no próximo sábado, às 19h, para enfrentar o Corinthians, no Morumbi, pela sexta rodada da fase de grupos do Paulistão-2020. No momento, o Tricolor ocupa a terceira posição do Grupo C da competição com oito pontos, atrás de Inter de Limeira e Mirassol, que têm oito.

Lance

O que pode mudar no São Paulo com a volta de Igor Gomes e Antony

Para se recuperar no Campeonato Paulista após dois tropeços consecutivos, o São Paulo se apoia na volta de dois jogadores importantes na última temporada. Igor Gomes e Antony são esperados no CT da Barra Funda a partir de amanhã (12) e podem ajudar o técnico Fernando Diniz a sanar alguns problemas do time neste início de ano.

A dupla estava com a seleção brasileira sub-23 na Colômbia até hoje pela manhã, quando iniciaram a viagem de retorno após a conquista de uma vaga na Olimpíada de Tóquio. O resultado, a princípio, traz prestígio para os dois, mas o desempenho individual de ambos esteve abaixo do esperado — mesmo sob orientação de um velho conhecido, André Jardine.

Antony foi titular em toda a campanha, com exceção ao duelo decisivo contra a Argentina, justamente na melhor atuação do Brasil no Pré-Olímpico. Já Igor Gomes foi um reserva bem acionado, mas também com pouca resposta em campo. Ainda assim, são considerados essenciais para o São Paulo embalar em 2020.

Se depender de Diniz, a dupla já será relacionados para o clássico de sábado, às 19h, contra o Corinthians no Morumbi. Ele só não garante a escalação deles como titulares. No meio, Igor retorna para uma disputa bem mais parelha com Hernanes do que acontecia no ano passado, quando o Profeta sofreu com problemas físicos e tinha, por consequência, até dificuldades técnicas para jogar.

O Hernanes de 2020 é mais intenso e participativo e tem recebido muitos elogios de Diniz. O técnico, entretanto, sabe que com Igor pode ter um estilo de jogo mais dinâmico, algo que ainda falta ao São Paulo em muitos momentos das partidas. O time exagera na manutenção da posse e não se arrisca para tentar definir as jogadas mais rapidamente.

No caso de Antony, a concorrência até é pesada em termos de nome. O garoto vai precisar disputar posição com Vitor Bueno, Pablo ou Alexandre Pato, mas tem como vantagem o fato de ser o único driblador. E a dificuldade que o Tricolor mostra diante de retrancas é uma prova de que falta uma peça mais ousada no setor ofensivo.

“Eles serão aproveitados, mas precisamos ver em que condições chegam. Será bom tê-los de volta. A gente tem toda a semana para trabalhar com eles”, celebrou Fernando Diniz, em entrevista após a derrota para o Santo André, pela quinta rodada do Campeonato Paulista.

Antony fez um gol e deu uma assistência em cinco jogos no Pré-Olímpico. “Me sinto muito honrado em fazer parte deste momento com a seleção. Disputar os Jogos Olímpicos é um dos grandes objetivos que tenho em 2020. É trabalhar forte e concentrado para estar entre os 18 que viajarão para o Japão”, afirmou. “Agora é hora de voltar ao meu clube, de poder ajudar da melhor maneira possível. Acompanhei os jogos, mesmo de longe, torci. Volto muito empolgado para desempenhar meu melhor futebol. Clássico é uma partida diferente e estaremos diante da nossa torcida. Vamos nos preparar bem para esse jogo.”

UOL

Arboleda encara o Palmeiras para se redimir de ‘estupidez’ nas férias

Jogue bem ou jogue mal, Arboleda será um dos principais personagens do clássico entre Palmeiras e São Paulo, às 16h deste domingo, na Arena da Fonte Luminosa, pela segunda rodada do Paulistão. O equatoriano está em busca de redenção após chatear a torcida são-paulina por vestir a camisa do rival alviverde durante suas férias.

Durante a vitória por 2 a 0 sobre o Água Santa, na última quarta-feira, os torcedores organizados o hostilizaram: “ô, Arboleda, vá se f… O meu São Paulo não precisa de você”. A torcida “comum” no Morumbi reagiu com vaias e gritando o nome do jogador, que foi filmado levando as mãos às orelhas e dizendo algo que muitos são-paulinos na internet compreenderam como “é justo, mano”.

92 pessoas estão falando sobre isso

A polêmica se fez no dia 18 de dezembro de 2019, quando o jogador Billy Arce, do Barcelona de Guayaquil, publicou em seu Instagram uma foto de Arboleda vestido com uma camisa oficial do Palmeiras. A única manifestação do defensor sobre o assunto até agora foi no dia seguinte, na mesma rede social, em um texto em que ele diz ter perdido uma aposta e se desculpa pela “estupidez”.

Arboleda
Arboleda vestido de Palmeiras (Foto: Reprodução de internet)

Após uma reunião com a diretoria durante a pré-temporada, em Cotia, Arboleda recebeu uma multa em seu salário. Diego Lugano, superintendente de relações institucionais do clube, deu uma entrevista para defendê-lo: disse que o atleta foi “ingênuo e burro, mas não mau-caráter”.

– Posso garantir que foi totalmente ingenuidade e muito de burrice. Ele não faz a mínima ideia se essa camisa verde é do México, da Bolívia, da Chapecoense, do Guarani, de Camarões ou do Palmeiras. Isso eu posso garantir.

Fellipe Lucena

@fellucena

Lugano diz que Arboleda foi ingênuo e burro e que não fazia a menor ideia de que aquela camisa era do Palmeiras. Disse que não foi mau caráter, ao contrário de um jogador do elenco de 2003 que comemorou um gol do Corinthians e tomou um tapa na cabeça.

Vídeo incorporado

353 pessoas estão falando sobre isso

Neste domingo, não haverá são-paulinos no estádio em Araraquara nem para vaiá-lo nem para exaltá-lo. Apenas palmeirenses poderão entrar, mas não se sabe se terão alguma reação com o equatoriano.

Lance

Alexandre Pato deve seguir no banco em clássico; veja provável time

Apesar das expectativas de parte da torcida do São Paulo, Alexandre Pato ainda deve continuar entre os reservas no Campeonato Paulista. O técnico Fernando Diniz quer dar sequência ao jovem Helinho e isso passa pelo clássico das 16h deste domingo contra o Palmeiras, em Araraquara.

Apenas uma alteração deve ser feita em relação à equipe que venceu o Água Santa por 2 a 0 na estreia do Paulistão, na última quarta-feira. Na lateral esquerda, Léo tende a voltar ao banco para dar lugar a Reinaldo, que não jogou no Morumbi para acompanhar o nascimento da filha Rebeca.
Depois do clássico contra o Palmeiras na Fonte Luminosa, o São Paulo seguirá em Araraquara por mais três dias. Afinal, enfrenta a Ferroviária, time da cidade, na terceira rodada do Estadual. Só aí Diniz pode rodar a formação titular.

Provável escalação

Tiago Volpi, Juanfran, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Tchê Tchê, Daniel Alves e Hernanes; Helinho, Vitor Bueno e Pablo.

Desfalques

Walce, Gabriel Sara e Joao Rojas (lesionados). Igor Gomes e Antony estão com a seleção brasileira sub23.

UOL