Presidente do São Paulo aprova a paralisação do Campeonato Paulista

A crise de saúde mundial referente ao coronavírus irá paralisar o Campeonato Paulista depois do jogo desta segunda-feira entre Guarani e Ponte Preta. O presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, considerou acertada a decisão após reunião entre clubes e Federação Paulista de Futebol (FPF).

“É uma medida sensata, de responsabilidade, o futebol precisa dar esse exemplo. Não podemos colocar em risco a saúde, a nossa, dos nossos atletas e funcionários. Se a recomeção maior é a paralisação dessas atividades, vamos adotar totalmente”, comentou o dirigente.

A suspensão do Campeonato Paulista será por tempo indeterminado. Os presidentes dos clubes vão manter contato semanal com a FPF para avaliar a evolução do combate ao coronavírus.

“Vamos ir decidindo a cada momento e fazendo avaliações”, explicou Leco, que falou sobre o temor dos atletas para manter as atividades. “Um ou outro movimento (dos jogadores) há, é claro. Houve uma manifestação dos atletas, então decidimos parar”, emendou.

ESPN

Em grande duelo Majestoso, são-paulinas terão que buscar virada fora de casa

Após mais de um mês de espera, a bola voltou a rolar pelo Campeonato Paulista Feminino. Os primeiros 90 minutos das finais entre São Paulo e Corinthians aconteceram no Morumbi, na manhã deste sábado (2). Sob forte calor, as duas equipes fizeram um grande jogo, bastante equilibrado, com maiores chances do Tricolor, mas vitória simples das adversárias.

A vaga para às finais foi conquista sobre o Santos, ainda em 21 de setembro. Porém, com a ida do Corinthians para a Libertadores, a competição Estadual parou por mais de um mês. Neste tempo, as atletas do São Paulo disputaram um torneio quadrangular para manter o ritmo de jogo, a Copa Paulista, em que foram vice-campeãs. Neste mesmo campeonato, o técnico Lucas Piccinato perdeu por contusão a camisa 10, Ary, que rompeu os ligamentos do cotovelo, Jaja e Chaiane, com problemas no tornozelo. Driely se contundiu em treinamento, enquanto Ottilia passou por cirurgia após lesão ainda nas semifinais do Paulista.

Por outro lado, o comandante voltou a contar com Yaya, que estava com lesão no tornozelo, sendo dispensada da Seleção Brasileira Sub-20, e Jaqueline, que voltou após vestir a camisa verde e amarela. Com esse elenco à disposição, o time foi a campo com Carla, Antônia, Thaís, Bruna, Natane, Cris, Yaya, Brenda, Giovana, Cristiane e Valéria. O São Paulo começou propondo seu estilo de jogo e chegando na área, porém, foi o Corinthians que abriu o marcador com Crivellari, no início de jogo.

O Tricolor continuou se impondo no jogo e chegou com perigo em algumas oportunidades. A jogada que mais funcionava era o cruzamento de Valéria para a finalização de Cristiane, que deu trabalho para a goleira alvinegra. Yaya foi derrubada na área, mas o árbitro nada marcou. Quando o adversário chegava, a zaga são-paulina funcionava, não alterando o placar do primeiro tempo.

No segundo, o time do Morumbi voltou com o mesmo time e a mesma raça, empurrado pela torcida, que cantava sem parar e jogava junto, mesmo sob forte calor. Em mais um cruzamento de Valéria, a zaga corintiana afastou a bola com a mão, mas o árbitro novamente não interpretou desta forma, não marcando nada. Jaqueline entrou no lugar de Giovana, dando ainda mais volume ao ataque. Cristiane quase deixou tudo igual em uma finalização de bicicleta, que saiu rente a trave. Roberta substituiu Brenda. As tentativas de chegada foram inúmeras, mas o Tricolor saiu derrotado pelo gol no primeiro tempo.

A partida de volta e decisiva está marcada para 16 de novembro, em Itaquera, apenas com torcedores do Corinthians. A partida terá transmissão da Sportv, Rede Vida, Tv Cultura e FPF TV. O Tricolor precisará vencer por uma vitória simples para levar o duelo para os pênaltis ou mais para conquistar o troféu no tempo regulamentar.

FICHA TÉCNICA:
Escalação: Carla, Antônia, Thaís, Bruna, Natane, Cris, Yaya, Brenda (Roberta), Giovana (Jaqueline), Cristiane e Valéria.
Técnico: Lucas Piccinato

saopaulofc.net

São Paulo tenta quebrar um tabu de 13 anos no Campeonato Paulista

No último domingo, o São Paulo conquistou sua vaga na final do Campeonato Paulista 2019. Após um clássico muito disputado contra o Palmeiras, onde dois gols foram anulados de forma correta pelo árbitro de vídeo (um para cada lado) no empate por 0 a 0 no tempo normal, o Tricolor levou a melhor na disputa por pênaltis. O grande nome da disputa foi o goleiro Volpi. Ele pegou a batida de Ricardo Goulart, desperdiçou a última cobrança da série (Prass defendeu) e espalmou o chute final de Zé Rafael, ajudando o São Paulo a vencer a disputa por 5 x 4.

O São Paulo vai enfrentar o Corinthians na final, e as partidas serão realizadas nos próximos dois domingos (14 e 21 de abril). O jogo de ida será no Morumbi, enquanto a volta será na Arena Corinthians. Empate na soma dos dois resultados leva a decisão do Paulistão para os pênaltis. Sites de apostas esportivas estão oferecendo atraentes bônus de boas-vindas para os torcedores que querem apostar nas partidas da final do Paulistão.

Nessa final, o São Paulo tem a missão de encerrar o jejum de 13 anos sem título estadual, além de poder igualar com Santos e Palmeiras no número de títulos estaduais conquistados. Atualmente, o tricolor paulistas possui 21 títulos, um a menos que seus dois rivais. Corinthians lidera essa estatística, com 29 títulos conquistados.

A última conquista do São Paulo foi em 2005, quando o Paulistão era disputado por pontos corridos. Naquele ano, 20 clubes jogaram entre si em turno único. O título saiu na 17ª rodada, após empate por 0 a 0 contra o Santos, em Mogi Mirim. A taça foi entregue ao São Paulo apenas na rodada seguinte. Além de 2005, o São Paulo levantou a taça em 1931, 1943, 1945, 1946 (campeão invicto), 1948, 1949, 1953, 1957, 1970, 1971, 1975, 1980, 1981, 1985, 1987, 1989, 1991, 1992, 1998 e 2000. O São Paulo ainda ficou com o vice em 23 temporadas.

O Corinthians vai atrás do tri estadual, além de tentar aumentar a distância de títulos paulistas em relação aos seus maiores adversários. Em 2018, o título veio dentro da casa do Palmeiras, o Allianz Parque. Após ser derrotado na partida de ida por 1 x 0, na Arena Corinthians, o Timão devolveu o placar no estádio do rival e acabou levando o título nos pênaltis, quando venceu por 4 x 3. Além dos títulos, o Corinthians ainda foi vice em 20 ocasiões.

O São Paulo tenta quebrar um jejum de 13 anos sem levantar a taça, enquanto o Corinthians luta pelo tri estadual. Emoções não vão faltar nesta final. Os torcedores mais apaixonados, que querem adicionar mais emoção aos jogos, podem aproveitar os bônus oferecidos pelas casas de apostas online e ainda lucrar com a vitória do tricolor.

 

Fonte: SPFC.Net

São Paulo encara Ferroviária para consolidar reação no Paulista

A partir das 21 horas (de Brasília) deste sábado, em um duelo entre duas equipes que buscam encaminhar sua classificação, o São Paulo enfrenta a Ferroviária pela 10ª rodada do Campeonato Paulista, no estádio do Pacaembu.

Após findar um jejum de três jogos no Estadual ao derrotar o Bragantino por 2 a 0 no último domingo, o Tricolor reassumiu a liderança no Grupo D, com 13 pontos, mas perdeu o posto para o Ituano, que venceu o Guarani nessa sexta-feira e chegou aos 14. Por outro lado, o Oeste, outro concorrente direto pela classificação, foi derrotado pelo Red Bull e caiu para a terceira colocação, estacionando nos 12 pontos. Assim, os comandados de Vagner Mancini entram em campo sem a ponta, mas com o segundo lugar garantido independente do resultado que obterem.

Com a pressão amenizada, o São Paulo tentará enfim engrenar na competição. “Tivemos uma sequência de jogos sem vencer, mas graças a Deus conseguimos um triunfo e com ele uma tranquilidade para encarar o jogo seguinte”, disse Arboleda, que minimiza o fato de a equipe ter de mandar o duelo no Pacaembu, visto que o Morumbi está em reparos após o temporal do último sábado.

A gente sabe o que tem que fazer, seja o campo que for. Sabemos que temos de jogar bem se quisermos conseguir um triunfo. Estamos preparados para jogar no campo que for. Esperamos conseguir os três pontos para dar tranquilidade”, projetou o zagueiro.

Para essa partida, o Tricolor tem uma série de desfalques. Com problemas físicos, Nenê, Liziero, Everton, Reinaldo, Jonatan Gomez e Biro Biro seguem fora. Já Diego Souza e Araruna, negociados com Botafogo e Fortaleza, respectivamente, não jogam mais pelo São Paulo.

Em compensação, Hudson e Brenner, livre de lesões, voltam a ficar à disposição, assim como Gonzalo Carneiro, que cumpriu suspensão contra o Bragantino. A tendência, contudo, é que Mancini repita a escalação do time pela primeira vez no ano, com Luan e Hernanes no meio-campo, e Pablo no comando do ataque ao lado de Antony e Helinho.

Do outro lado, a Ferroviária busca se manter firme na briga por uma vaga nas quartas de final. Na última rodada, o time de Araraquara empatou com o Guarani em Campinas e se consolidou como vice-líder do Grupo C, com 13 pontos, apenas um a menos que o Corinthians.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X FERROVIÁRIA

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 9 de março de 2019 (sábado)
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Lucas Canetto Bellote
Assistentes: Daniel Paulo Ziolli e Leandro Matos Feitosa

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Arboleda, Anderson Martins e Bruno Alves; Igor Vinícius, Luan, Hernanes e Léo; Antony, Pablo e Helinho
Técnico: Vagner Mancini (interino)

FERROVIÁRIA: Tadeu; Diogo Mateus, Rayan, Rodrigão e Arthur Henrique; Anderson Uchoa, Tony, Léo Artur, Felipe Ferreira e Diego; Lúcio Flávio
Técnico: Vinícius Munhoz

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Bragantino x São Paulo: prováveis times, desfalques e onde acompanhar

Uma vitória diante do Bragantino, às 17h deste domingo, em Bragança Paulista, basta para o São Paulo retornar à zona de classificação do Campeonato Paulista. Se acontecer, também servirá para quebrar uma incômoda sequência de cinco jogos sem vitórias, com três derrotas e dois empates, incluindo as partidas contra o Talleres (ARG) pela Libertadores.

Assim como o São Paulo, o Bragantino acumula dez pontos somados no Paulistão. Abriu a rodada em terceiro lugar do Grupo C, o mesmo do Corinthians, e ainda briga pela classificação.

Veja todas as informações sobre o jogo:

Local: Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)
Data/Horário: 2/3/2019, às 17h
Árbitro: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral
Assistentes: Alex Ang Ribeiro e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo
Onde acompanhar: Premiere e em tempo real no site do LANCE!

BRAGANTINO: Alex Alves, Buiu, Lázaro, Juliano e Acácio; Klauber, Magno e Vitinho (Adenilson); Esquerdinha (Rafael Chorão), Wesley e Matheus Peixoto. Técnico: Marcelo Veiga.
Desfalques: Junior Goiano,Jonathan, Gabriel e Léo Rigo (em recuperação física).

SÃO PAULO: Tiago Volpi, Bruno Alves, Arboleda e Anderson Martins; Igor Vinícius, Luan, Hernanes e Léo; Antony, Helinho e Pablo. Técnico: Vagner Mancini.
Desfalques: Gonzalo Carneiro (suspenso); Reinaldo, Biro Biro, Hudson, Liziero, Everton e Brenner (em recuperação física).
Pendurados: Tiago Volpi e Reinaldo.

 

Fonte: Lance

Sem Hernanes, Nenê ganha espaço para se firmar no São Paulo

Não será nesta quinta que a torcida do São Paulo verá Hernanes reestrear oficialmente com a camisa do Tricolor. Ainda cumprindo a programação da comissão técnica para readquirir a forma física, o Profeta está fora do jogo contra o Grêmio Novorizontino, às 21h, pela segunda rodada do Paulistão. Sem o ídolo, o meia Nenê ganhará nova oportunidade no meio de campo.

Depois de ter seu nome ventilado no Fluminense, o camisa 10 do São Paulo permaneceu no clube do Morumbi e está se destacando nestas primeiras semanas da temporada. Na estreia do Tricolor no Campeonato Paulista, goleada sobre o Mirassol, por 4 a 1, o jogador deu duas assistências e foi um dos melhores em campo.

No fim do ano passado, quando o São Paulo perdeu a briga pelo título do Campeonato Brasileiro e teve dificuldades para garantir uma vaga na fase prévia da Copa Libertadores, o meia foi apontado como um dos responsáveis pela queda de rendimento da equipe. Agora, neste início de temporada, Nenê volta a se destacar e começa a criar um problema para a comissão técnica.

No ano em que volta a disputar a principal competição da América do Sul, o Tricolor investiu pesado e trouxe Hernanes para ser o grande nome da equipe. O Profeta, embora incontestável no clube, começa a ter concorrência pela posição. Também com passagens pela Europa, Nenê volta a demonstrar o bom futebol do primeiro semestre de 2018.

Contra o Grêmio Novorizontino, o camisa 10 terá mais uma chance de ir bem com a camisa do São Paulo e tentar cavar uma vaga na equipe titular. Jardine já cogitou a possibilidade de montar um time com Hernanes e Nenê juntos, mas ainda não teve a possibilidade de testar a formação. Agora, cabe ao meia provar seu valor e repetir a boa atuação diante do Mirassol.

 

Fonte: Lance

Delegação faz escala em São José do Rio Preto para duelo em Novo Horizonte, veja fotos

A delegação tricolor já está concentrada em São José do Rio Preto para o duelo com o Novorizontino que será disputado nesta quinta-feira (24), às 21h, no Estádio Jorge Ismael de Biasi, válido pela segunda rodada do Campeonato Paulista.

No fim de noite desta quarta (23), após os últimos ajustes no CT da Barra Funda, os atletas e os membros da comissão técnica chegaram na cidade que hospedará o São Paulo até momentos antes da partida, que será disputada em Novo Horizonte.

Ao desembarcar em São José do Rio Preto, a delegação são-paulina foi recepcionada pelos torcedores locais, jantou e pôde descansar.

Regularizado, o atacante Biro Biro reforça o grupo no interior paulista e vive a expectativa de estrear. Assim como o recém-contratado, o centroavante Diego Souza também integra a delegação após se livrar as dores na panturrilha esquerda.

Com a goleada sobre o Mirassol (4 x 1) na estreia, o São Paulo lidera o Grupo D do Campeonato Paulista, com três pontos. Pela frente, o time são-paulino terá um adversário que estreou com vitória na rodada de abertura: 1 a 0 sobre o Ituano, fora de casa.

 

Fonte: saopaulofc.net

São Paulo não inscreve Edimar no campeonato paulista

O São Paulo inscreveu 19 jogadores (de 26 possíveis) para a primeira rodada do Campeonato Paulista. Outros sete, portanto, ainda podem ser inscritos até 1º de março. Após a pré-temporada na Flórida Cup, a diretoria faz os ajustes finais para encerrar o planejamento 2019 e, para a surpresa de muitos, o lateral esquerdo Edimar não oi inscrito no torneio.

Outros jogadores também não foram inscritos: o atacante Biro Biro, que estava no Shanghai Shenxin, da China e equatoriano Joao Rojas, machucado (volta a jogar só no segundo semestre), também não foi inscrito.

Para os casos citados acima, existem explicações. Biro Biro ainda acerta trâmites burocráticas e Rojas se recupera de uma lesão no Reffis do São Paulo. Mas ambos fazem parte do planejamento da diretoria para a temporada de 2019.

No caso do lateral esquerdo Edimar, não houve motivo aparente ou justificativa. Edimar viajou com o elenco para o torneio da Flórida Cup e entrou em campo nos dois confrontos. Em outras tentativas, o lateral esteve em listas de possíveis trocas de negociação, mas sem progresso.

O São Paulo conta com Reinaldo para a titularidade na lateral esquerda e Léo como seu substituto direto. Além disso, os atletas da base compõem a lista B e também podem auxiliar o time.

FPF divulga tabela do Paulistão 2019; confira a primeira rodada

A Federação Paulista de Futebol divulgou nesta quarta-feira à tarde, em seu site oficial, a tabela completa da primeira fase do Campeonato Paulista, com início previsto para 20 de janeiro (quarta-feira). As datas ainda não foram desmembradas, e portanto ainda não saíram os horários oficiais.

Corinthians, São Paulo e Santos abrem a campanha como mandantes, enquanto o Palmeiras faz o primeiro jogo da temporada 2019 no interior.

Veja os jogos da 1ª rodada:

Corinthians x São Caetano
RB Brasil x Palmeiras
São Paulo x Mirassol
Santos x Ferroviária
Bragantino x Guarani
Ituano x Novorizontino
Ponte Preta x Oeste
Botafogo-SP x São Bento

A primeira fase do Paulistão tem duração de dois meses, de 20 de janeiro até 20 de março. Pelo regulamento, os times enfrentam adversários de outros grupos, e os dois melhores de cada chave avançam às quartas de final. O mata-mata acontece de 24 de março até 21 de abril, com ida e volta.

Os grupos do Paulistão são os seguintes:

Grupo A: Santos, Ponte Preta, RB Brasil e São Caetano
Grupo B: Palmeiras, Guarani, São Bento e Novorizontino
Grupo C: Corinthians, Mirassol, Ferroviária e Bragantino
Grupo D: São Paulo, Botafogo-SP, Ituano e Oeste

O primeiro clássico de 2019 está marcado para a terceira rodada, dia 27 de janeiro, quando Santos e São Paulo se enfrentam, possivelmente na Vila Belmiro. Confira abaixo a ordem dos duelos entre os quatro grandes do estado.

3ª rodada – 27/01 – Santos x São Paulo
5ª rodada – 03/02 – Palmeiras x Corinthians
7ª rodada – 17/02 – Corinthians x São Paulo
8ª rodada – 24/02 – Palmeiras x Santos
10ª rodada – 10/03 – Corinthians x Santos
11ª rodada – 17/03 – São Paulo x Palmeiras

O Paulistão também marca a volta de outro clássico tradicional do estado: o dérbi campineiro entre Guarani e Ponte Preta. Campeão da Série A2, o Bugre reencontra a Macaca na elite do estado depois de seis anos. O duelo será em 16 ou 17 de março, no Moisés Lucarelli.

 

Fonte: Globo Esporte

Campeão! Tricolor vence Palmeiras, e conquista título do Paulista Sub-11

O São Paulo venceu o Palmeiras por 1 a 0 na manhã desta terça-feira, no Distrital do Inamar, em Diadema, e conquistou o título do Campeonato Paulista Sub-11 – no jogo de ida, no Morumbi, os rivais tinham empatado sem gols.

O gol do título do São Paulo foi marcado por Pedrinho aos 25 minutos do segundo tempo – o camisa 6 tinha entrado na final pouco tempo antes.

Vale lembrar que, na categoria sub-11, cada partida tem dois tempos de 25 minutos cada. Além disso, o campo também é reduzido – 72m x 50m (o normal, padrão Fifa, mede 105m x 68m) –, assim como a trave – 5m x 2,20m (a meta normal tem 7,32m x 2,44m).

 

Única equipe que conseguiu derrotar o Palmeiras ao longo da competição, na primeira fase e na final, o São Paulo faturou seu primeiro título estadual na categoria.

Em 22 jogos, o Tricolor de Rodrigo Cabral venceu 14 partidas, empatou cinco e perdeu três, balançando as redes em 51 oportunidades e sofrendo 14 gols.

Comandado por Rodrigo Jordão Florido, o Verdão teve o artilheiro da competição: Lucas Astolfi, com 18 gols.

 

Fonte: Globo Esporte

Campeonatos Paulista e Carioca podem ter grande novidade a partir de 2019

Na “onda” das grandes competições que preenchem o calendário dos grandes clubes brasileiros, as Federações Paulista e Carioca sinalizam positivamente para uma mudança importante em seus Estaduais.

De acordo com a apuração do ​UOL Esportes, é bastante provável que, a partir de 2019, os Campeonatos Paulista e Carioca já contem com o árbitro de vídeo. As entidades que gerenciam os respectivos estaduais, FPF e FFERJ, estão em negociação avançada para fechar a utilização da tecnologia, com custo reduzido estimado em R$ 25 mil por jogo.

VAR está chegando aos Estaduais

Caso o acordo seja oficializado, o VAR será inicialmente implantado somente nas fases finais de mata-mata, assim como funciona hoje na Copa do Brasil.

Sub-20 tricolor bate o Ferroviária no paulistinha e segue para segunda fase

Com isso, o São Paulo foi a campo com Thiago Couto, Tuta, Diego, Felipe e Weverson; Cássio, Gabriel Sara, Igor Gomes; Helinho, Jonas Toró e Gabriel Novaes. Logo aos 8 minutos, de fora da área, Igor Gomes arriscou e abriu o placar. Aos 32 minutos, Helinho foi derrubado na área e o juiz marcou a penalidade. Com tranquilidade, Jonas Toró cobrou e ampliou, 2 a 0. Ainda na primeira etapa, aos 39 minutos, Gabriel Novaes arrastou a marcação e finalizou, a bola bateu na trave e entrou, 3 a 0.

Para o segundo tempo, durante a partida entraram Antony, Rafael e Danilo, saindo Helinho, Cássio e Gabriel Novaes. Entraram ainda Hiago, Rodrigo Nestor e Mingotti. Apesar das investidas em aumentar o placar e o domínio de jogo, no segundo tempo, o placar se manteve intacto, 3 a 0 para o Tricolor, que começa a segunda fase com o pé direito, fazendo três pontos fora de casa.

Na próxima rodada do Campeonato Paulista Sub-20, o São Paulo recebe em Cotia o XV de Piracicaba, no sábado, 4 de agosto, às 15h. Antes disso, na quarta-feira (1), os atletas terão o último desafio do Campeonato Brasileiro da categoria, contra o Cruzeiro, em Nova Serrana/MG. O Tricolor tem que vencer e ainda torcer por outros resultados do grupo para avançar.

FICHA TÉCNICA:
Escalação:
 Thiago Couto, Tuta, Diego, Felipe (Hiago) e Weverson; Cássio (Rafael), Gabriel Sara, Igor Gomes (Rodrigo Nestor); Helinho (Antony), Jonas Toró (Mingotti) e Gabriel Novaes (Danilo).
Técnico: Orlando Ribeiro