Calleri, Roger Guedes, Jô… quem pode virar o camisa 9 do São Paulo para o 2º semestre

Encontrar um centroavante virou prioridade absoluta no São Paulo. A pedido de Cuca, o Tricolor vai contratar um camisa 9 para o segundo semestre e tem buscado nomes no Brasil, na América do Sul, na Europa, na Ásia…

Mas o reforço pode não ser tão famoso ou badalado quanto a torcida espera. O argentino Jonathan Calleri, velho sonho do são-paulino, foi consultado. Porém, o Tricolor ouviu que ele permanecerá na Europa.

Os investidores que compraram Calleri por US$ 12 milhões no fim de 2016 entendem que o retorno ao Brasil jogaria contra a possibilidade de recuperar tal investimento. E o São Paulo nem cogita a ideia de desembolsar um valor próximo a esse para comprá-lo. Não há, inclusive, qualquer negociação entre São Paulo e Calleri neste momento.

Roger Guedes é outro antigo desejo dos torcedores. Cuca já trabalhou com o atacante no Palmeiras e gosta mais dele do que, por exemplo, de Alexandre Pato. Só que o treinador espera por um centroavante típico e já deixou claro à diretoria que Roger Guedes não tem essa característica.

Jô tem tudo o que Cuca procura no seu camisa 9 ideal: bom no jogo aéreo, excelente no pivô, artilheiro nato… Só que tudo conspira contra um acerto. Para começar, Jô entende que sua enorme identificação com o Corinthians o impediria de se mudar para um rival. Depois, seu time é o segundo colocado do Campeonato Japonês e briga pelo título.

A tendência, pelo menos por ora, é de que o reforço não seja dos mais conhecidos. Pode aparecer alguma indicação de Cuca vinha da Série B do Brasileiro. “Não estamos com dinheiro sobrando. Pelo contrário. Desde a compra do Tchê chê, a coisa apertou de grana”, reconhece um dirigente são-paulino, em contato com o Blog.

 

Fonte: Blog do Jorge Nicola

Anúncios

São Paulo observa o mercado em busca de “verdadeiro” camisa 9

O São Paulo vive boa fase na temporada e está invicto no Campeonato Brasileiro, ocupando a terceira colocação do torneio. Mas diretoria e comissão técnica sabem que o elenco ainda precisa de ajustes. Um deles passa por encontrar um centroavante de ofício.

No atual elenco, nenhum jogador tem essa a características. Cuca tem usado Toró, por apostar na força física do garoto, mas sabe que ele sempre atuou mais como ponta esquerda. Alexandre Pato também chegou a ser usado por ali, mas fica muito distante do jogo ao se enfiar entre os zagueiros.

A aposta são-paulina para esta temporada era Pablo como referência do ataque. Mas uma lesão nas costas o tirou de combate. Existe a chance de que ele só volte a atuar depois da Copa América. E, ainda assim, também não é visto como um verdadeiro centroavante.

Essa busca no mercado não é desesperada. Justamente pela possibilidade de agir na parada da Copa América, com a janela do exterior abrindo. Cuca quer um 9 de mais força, mesmo que não seja um titular absoluto. A ideia é poder mudar a característica do time diante das necessidades de cada partida.

O curioso é que o São Paulo começou o ano com Diego Souza e Santiago Tréllez para a função. O primeiro ficou até março, quando o próprio Cuca deu aval para que a diretoria encontrasse um novo clube para ele. O clube então emprestou o jogador para o Botafogo. Já Tréllez saiu ainda em janeiro, também emprestado, para o Internacional.

 

Fonte: UOL

Pato deve reestrear pelo São Paulo jogando como “9” contra o Botafogo

Alexandre Pato, enfim, deverá fazer sua reestreia com a camisa do São Paulo no próximo sábado, às 16h (de Brasília), contra o Botafogo, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro. Sem Pablo, que passou por cirurgia na última semana, o técnico Cuca deverá contar com o jogador atuando como centroavante.

“Ele está treinando de centroavante, ele vai ser o nosso 9. Ele está trabalhando bem, treinando bem. Os lados do campo a gente tem, falta esse jogador, e ele vai ser esse jogador para nós”, disse o técnico Cuca.

Sem disputar uma partida oficial há mais de cinco meses, Alexandre Pato vem treinando no CT da Barra Funda desde o dia da sua apresentação. Além dele, Tchê Tchê e Vitor Bueno são outros dois atletas que podem pintar como novidades para a partida do próximo sábado, já que também tiveram de assistir ao Paulistão do sofá.

Inicialmente, Cuca trabalhava com a possibilidade de dar mais tempo para Alexandre Pato se recondicionar fisicamente por conta do longo período de inatividade do atleta. Entretanto, o reforço tricolor vem trabalhando assiduamente no CT da Barra Funda e mostrando bom desempenho nas atividades, o que pode adiantar seu retorno aos gramados.

No início da última semana, em jogo-treino contra o São Caetano, Pato, foi, inclusive, o destaque do São Paulo. O atacante entrou no segundo tempo, carimbou o travessão em cobrança de falta, balançou as redes e ainda deixou Edimar na cara do gol, mas o lateral-esquerdo perdeu a grande oportunidade.

De folga nesta segunda-feira, o elenco são-paulino voltará aos trabalhos na terça, dia em que Cuca inicia a preparação para o duelo com o Botafogo, na estreia de sua equipe no Campeonato Brasileiro, marcada para o próximo sábado, às 16h (de Brasília), no Morumbi.

 

Fonte: Gazeta Esportiva