Cinco brasileiros ‘livres’ no mercado que podem reforçar a Série A em 2019

Apesar de ainda estarmos no mês de setembro, os grandes clubes da Série A já começam a estudar seus respectivos planejamentos para a próxima temporada. Neste cenário, alguns nomes conhecidos que atuam no exterior já começam a “aquecer” as especulações, virando pauta e surgindo como possíveis reforços na Série A para 2019. O ​Blog do Rafael Reis levantou uma pequena lista de jogadores estarão livres na virada do ano. Confira:


Diego Tardelli (Shandong Luneng-CHN)

Hebei China Fortune v Shandong Luneng Taishan - 2018 China Super League

O atacante de 33 anos está na China desde 2015, e não desaprendeu a ser decisivo: na atual temporada soma 15 gols em 24 partidas, sendo o principal destaque de sua equipe. Ídolo no Atlético-MG, não descarta um retorno ao futebol brasileiro, onde também já atuou por São Paulo e Flamengo. ​Deve ser um dos nomes mais procurados a partir de dezembro.


Ilsinho (Philadelphia Union-EUA)

Philadelphia Union v Columbus Crew SC

Apesar de ter despontado no futebol brasileiro como lateral-direito, Ilsinho foi deslocado de posição e hoje atua como meio-campista na Major League Soccer (MLS). No Brasil, foi revelado pelo Palmeiras, e também soma passagens por Internacional e São Paulo. Fez longa carreira com a camisa do Shakhtar Donetsk, da Ucrânia.


Souza (Cerezo Osaka-JAP)

Shonan Bellmare v Cerezo Osaka - J.League Levain Cup Quarter Final 1st Leg

Outro velho conhecido de diversos gigantes da Série A, como Palmeiras, Cruzeiro, Bahia e Santos, o volante de 30 anos está há três anos no Japão e tem status de titular absoluto no Cerezo Osaka. Muito prestigiado, deve ser procurado para renovar, caminho natural caso não receba nenhuma proposta vantajosa do futebol brasileiro.


Alan (Guangzhou Evergrande-CHN)

Tianjin Quanjian v Guangzhou Evergrande - AFC Champions League Round Of 16 1st Leg

Dentre os brasileiros que atuam no futebol chinês, Alan é um dos mais lembrados por clubes do nosso país. Revelado pelo Fluminense, o veloz atacante perdeu espaço no Guangzhou após uma suspensão por agressão e, por conta disso, pode acabar tomando novos rumos ao final de seu contrato. ​Já foi ventilado no Flamengo em diversas oportunidades.


Felipe (Sanfrecce Hiroshima-JAP)

Urawa Red Diamonds v Sanfrecce Hiroshima - J.League Levain Cup Group C

Talvez o menos “badalado” desta lista, Felipe é o camisa 10 do Sanfrecce Hiroshima, atual líder do Campeonato Japonês. Chegou ao país em 2017, alternou bons e maus momentos até sucumbir ao banco de reservas neste ano. Aos 28 anos, pode ver com bons olhos um retorno ao Brasil, onde soma passagens por Palmeiras, Atlético-PR e times de menor expressão.

Anúncios

São Paulo terá desfalque por suspensão para jogo contra o Botafogo; veja

Pelo acumulo de três cartões amarelos, o São Paulo não terá o zagueiro Robert Arboleda para o duelo contra o Botafogo, no próximo domingo (30), às 16h (horário de Brasília), no Engenhão, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro 2018.

Durante o empate por 1 a 1 contra o América-MG, o defensor equatoriano foi advertido com amarelo por matar um contra-ataque puxado por Leandro Donizete após o Tricolor sofrer o empate e terá de cumprir suspensão automática.

Para suprir a perda de Arboleda contra os cariocas, o técnico Diego Aguirre tem à disposição os zagueiros Rodrigo Caio, Bruno Alves, Anderson Martins e o jovem Rodrigo, da base.

A boa notícia para o torcedor são-paulino é que a equipe deve ter os retornos de Bruno Peres e Everton. Ambos estão em fase final de lesão de estiramento e devem iniciar transição para o gramado ao longo da semana.

Na próxima rodada do nacional, o Tricolor Paulista enfrenta o Botafogo, fora de casa, e tem a semana cheia para trabalhar ajustes e recuperar jogadores que ficaram fora de campo por lesão, como o meia-atacante Everton e o lateral-direito Bruno Peres.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 1 X 1 AMÉRICA-MG

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 22 de setembro de 2018, sábado
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO-Fifa)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (GO-Fifa) e Cleriston Clay Barretos Rios (Se)

Público: 47.846 torcedores
Renda: R$ 1.906.143,00

Cartões amarelos: Carlinhos (América-MG); Arboleda (São Paulo)
Gols: Diego Souza, aos 45 minutos do 1ºT (São Paulo); Matheuzinho, aos 35 minutos do 2ºT (América-MG)

SÃO PAULO: Sidão; Rodrigo Caio, Arboleda (Gonzalo Carneiro), Anderson Martins e Reinaldo; Jucilei, Hudson e Nenê; Liziero (Tréllez), Everton Felipe (Régis) e Diego Souza
Técnico: Diego Aguirre

AMÉRICA-MG: João Ricardo; Aderlan, Matheus Ferraz, Messias e Carlinhos; Leandro Donizete, Zé Ricardo, Juninho (Matheuzinho), David (Wesley Pacheco) e Ruy (Robinho); Gerson Magrão
Técnico: Adilson Batista

Na próxima rodada do nacional, o Tricolor Paulista enfrenta o Botafogo, fora de casa, e tem a semana cheia para trabalhar ajustes e recuperar jogadores que ficaram fora de campo por lesão, como o meia-atacante Everton e o lateral-direito Bruno Peres.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 1 X 1 AMÉRICA-MG

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 22 de setembro de 2018, sábado
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO-Fifa)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (GO-Fifa) e Cleriston Clay Barretos Rios (Se)

Público: 47.846 torcedores
Renda: R$ 1.906.143,00

Cartões amarelos: Carlinhos (América-MG); Arboleda (São Paulo)
Gols: Diego Souza, aos 45 minutos do 1ºT (São Paulo); Matheuzinho, aos 35 minutos do 2ºT (América-MG)

SÃO PAULO: Sidão; Rodrigo Caio, Arboleda (Gonzalo Carneiro), Anderson Martins e Reinaldo; Jucilei, Hudson e Nenê; Liziero (Tréllez), Everton Felipe (Régis) e Diego Souza
Técnico: Diego Aguirre

AMÉRICA-MG: João Ricardo; Aderlan, Matheus Ferraz, Messias e Carlinhos; Leandro Donizete, Zé Ricardo, Juninho (Matheuzinho), David (Wesley Pacheco) e Ruy (Robinho); Gerson Magrão
Técnico: Adilson Batista

São Paulo x América-MG: saiba como assistir ao jogo do Brasileirão AO VIVO na TV

São Paulo x América-MG se enfrentam nesta tarde de sábado (22), em partida válida pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. O confronto terá início às 16h (horário de Brasília) e acontecerá no Morumbi, estádio onde o São Paulo realiza seus compromissos como equipe mandante.

São Paulo x América-MG ao vivo na TV

São Paulo x América-MG terá transmissão ao vivo dos canais Premiere, Premiere HD e PFCI. Os comentários e a narração estarão ao encargo de Milton Leite e Mauricio Noriega no canal esportivo de sinal fechado.

São Paulo

O São Paulo lidera a atual edição do Brasileirão Série A, com 50 pontos conquistados, e não poderá perder pontos diante do América se quiser manter a 1ª colocação na tabela da competição. Sob os comandos do técnico Diego Aguirre, o tricolor paulista perdeu apenas um de seus últimos cinco compromissos e vive boa fase na temporada.

Diego Souza, Nenê e Éverton são os principais nomes do tricolor paulista na atual edição do campeonato nacional de pontos corridos. Na última rodada, o São Paulo empatou com o Santos, placar de 0x0, em partida disputada fora de casa.

América-MG

O América-MG surpreendeu na edição 2018 do Campeonato Brasileiro, mas ainda luta contra o rebaixamento à segunda divisão do futebol nacional. Comandado pelo técnico Adilson Batista, o time mineiro já conquistou alguns resultados importantes na temporada e espera surpreender o São Paulo no Morumbi para se manter afastado do Z4.

O América vem de derrota no Brasileirão, placar de 1×0 para o Botafogo, em partida disputada no Rio de Janeiro.

E você torcedor, confiante na vitória do seu time? Deixe sua opinião nos comentários.

Gols contra: número volta a crescer e Brasileirão 2018 fica acima da média

Mesmo com duas partidas a menos – válidas pela terceira e 20ª rodadas -, o Campeonato Brasileiro de 2018 é o que menos teve redes balançadas desde 2013 (teria que tirar uma diferença de 15 gols). Ao mesmo tempo, é o segundo maior em quantidade de gols contra até a 24ª rodada. Além de esta edição já superar a média de gols contra, ela trouxe de volta a tendência de números altos na estatística.

No ano passado, a quantidade de gols contra despencou, mas a edição de 2018 já trouxe de volta o antigo patamar. Se em 2017 eram precisos 63 gols para um ser contra, hoje são necessários 30. O recorde de menor quantidades de gols para se ter um contra, foi no Brasileirão de 2015: uma fatalidade a cada 28 gols pró.

Na história do Brasileirão, o Atlético-PR foi o único que jogou a bola contra seu patrimônio duas vezes em uma mesma partida – Brasileirão 2014 em jogo da 13ª rodada, contra o Atlético-MG. Mesmo o Furacão não tendo feito mais nenhum gol contra naquela edição do Campeonato, o clube liderou o ranking, ao lado de Vitória e Goiás.

Até agora, o maior acúmulo de gols desse tipo até a 24ª rodada de todas as edições ficou com Vasco e Grêmio em 2013, e Sport em 2015, todos com três. Em 2018, Atlético-MG, Atlético-PR, São Paulo e Vasco são os que mais elevam essa média: dois para cada clube. Com a ajuda deles, o torneio deste ano já superou a média de 2013 a 2017: 14 gols até a 24ª rodada. Atualmente, 2018 já conta com 17 gols contra.

Diego Souza se aproxima dos artilheiros do campeonato: confira o ranking

Três jogos abriram a 24ª rodada do Campeonato Brasileiro 2018 e o atacante Diego Souza, do São Paulo, foi o destaque do dia. Ele anotou o gol da vitória são-paulina sobre o Bahia e se aproximou de Pedro e Gabigol na artilharia da competição nacional.

Em jogo pegado no estádio do Morumbi, Diego Souza completou cruzamento de Nenê para o fundo das redes, decretou o triunfo que deixa o São Paulo provisoriamente na liderança, e ficou a dois gols igualar os 10 gols de Pedro, do Fluminense, e Gabriel Barbosa, do Santos.

Nos outros dois jogos deste sábado (8), Sport e Cruzeiro empataram por 0 a 0 e o Flamengo venceu a Chapecoense por 2 a 0 – gols de Renê e Diego.

VEJA A ARTILHARIA ATUALIZADA DO BRASILEIRÃO SÉRIE A:

10 GOLS
Pedro (Fluminense)
Gabriel Barbosa (Santos)

9 GOLS
Ricardo Oliveira (Atlético-MG)
Roger Guedes (Atlético-MG)

8 GOLS
Diego Souza (São Paulo)
Nene (São Paulo)
Willian (Palmeiras)

7 GOLS
Pablo (Atlético-PR)
Yago Pikachu (Vasco)
Everton (Grêmio)

6 GOLS
Gilberto (Bahia)
Lucas Paquetá (Flamengo)
Rodrygo (Santos)
Ángel Romero (Corinthians)
Nico López (Internacional)

5 GOLS
Willian Pottker (Internacional)
Kieza (Botafogo)
Neílton (Vitória)
Andrés Rios (Vasco)
Rafael Moura (América-MG)
Rodriguinho (Corinthians)
Everton (São Paulo)
Lucas Paquetá (Flamengo)
Bruno Henrique (Palmeiras)

São Paulo x Fluminense: saiba quem leva a melhor no retrospecto do duelo

Em duelo válido pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, São Paulo e Fluminense se enfrentam neste domingo (02), às 16 horas, no estádio do Morumbi (SP). Será o 93º embate entre os Tricolores, segundo dados do site oGol, e o paulista leva vantagem no retrospecto.

Dos 92 confrontos entre os clubes, o São Paulo venceu 40 deles, o Fluminense saiu vitorioso em 32, enquanto 20 foram empate. Em relação aos gols feitos, o time paulista marcou 141, já o clube carioca balançou as redes 137 vezes.

Será o segundo embate entre São Paulo e Fluminense no Campeonato Brasileiro 2018. Na 3ª rodada do primeiro turno os times empataram em 1 a 1.

O São Paulo é o líder do Campeonato Brasileiro, com 45 pontos. Enquanto o Fluminense está na 11ª colocação, com 26 pontos.

FICHA TÉCNICA

Jogo: São Paulo x Fluminense

Competição: Campeonato Brasileiro 2018 (22ª rodada)

Local: Estádio do Morumbi (SP)

Data e horário: 02 de setembro, às 16 horas

Provável escalação do São Paulo: Sidão; Bruno Peres, Arboleda (Bruno Alves), Anderson Martins e Reinaldo; Luan, Liziero e Shaylon; Rojas, Diego Souza e Everton Felipe (Edimar ou Régis). Técnico: Diego Aguirre.

Provável escalação do Fluminense: Julio César, Gilberto Ibañez, Digão e Ayrton Lucas; Richard, Dodi, Jadson e Sornoza; Everaldo e Kayke. Técnico: Marcelo Oliveira.

Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva – Fifa-PA

Assistentes: Helcio Araujo Neves – PA e Heronildo S Freitas da Silva – PA

Brasileirão Série A: São Paulo é o time que mais pontua como visitante; veja o top-5

Líder do Campeonato Brasileiro, o São Paulo alcançou grandes números para chegar à primeira posição. O Tricolor Paulista é, por exemplo, o time que mais conquistou pontos jogando fora de casa no torneio.

O São Paulo conquistou 19 pontos como visitante no Brasileirão. É o líder neste recorte da tabela, também. Na segunda posição aparece o Internacional, com 18 pontos. Ambas equipes já fizeram 11 jogos como visitante no Brasileirão. Os números foram levantados pelo site Resultados.com e pelo Sofacore.

Quem pode se aproximar e até superar São Paulo e Internacional é o Grêmio. O Tricolor Gaúcho tem 15 pontos como visitante, mas dois jogos a mais para fazer fora de casa.

Veja o top-5 dos visitantes no Brasileirão:

1º São Paulo –  19 pontos

2º Inter –           18 pontos

3º Grêmio –       15 pontos

4º Palmeiras –   13 pontos

5º Flamengo –   12 pontos

Entre estes cinco primeiros, três jogarão como visitante na 21ª rodada. O Grêmio visita o Atlético-PR, o Flamengo vai até Belo Horizonte enfrentar o América, e o Palmeiras encara o Internacional no Beira-Rio.

Força máxima para abrir o returno

Com todo o elenco à disposição, fato que não acontecia desde 2014 com Muricy Ramalho, o técnico Diego Aguirre finalizou nesta terça-feira (21) a preparação do Tricolor para abrir o returno do Campeonato Brasileiro: na noite desta quarta (22), em Curitiba, o São Paulo enfrentará o Paraná no início da segunda metade do torneio.

RECORDISTAS E PRONTOS PARA MAIS 19 DECISÕES!

No ajuste final, a comissão técnica priorizou a recuperação física e a parte tática dos atletas, que têm enfrentado uma verdadeira maratona de jogos após a disputa da Copa do Mundo. Assim, o elenco foi dividido em dois grupos para trabalhar de olhos nos paranaenses.

NÚMEROS DO PRIMEIRO TURNO

Os titulares na vitória sobre a Chapecoense (2 x 0), no Morumbi, fizeram novos exercícios regenerativos e um complemento técnico. Enquanto isso, em campo reduzido, o restante fez um trabalho de enfrentamento e calibrou a pontaria com uma atividade de finalização.

Ao terminar o treino, os tricolores almoçaram e começaram os preparativos para a viagem ao estado vizinho. Donos da melhor campanha da história do São Paulo no turno do Campeonato Brasileiro, com 71,9% de aproveitamento – 41 pontos em 19 rodadas -, os comandados de Aguirre terão pela frente o último colocado do torneio, com 14 pontos.

Hudson celebra liderança do SP e projeta 19 finais até o fim do campeonato

O São Paulo garantiu a liderança do Campeonato Brasileiro ao fim do primeiro turno ao vencer a Chapecoense por 2 a 0 no Morumbi. Depois de mais um triunfo na competição, o volante Hudson, autor do segundo gol, ressaltou a importância do resultado e destacou que o time encara os próximos 19 jogos como finais.”Estamos vivendo um momento bom, a equipe está mostrando regularidade. O Brasileirão premia isso. Estamos conseguindo fazer isso, pontuando fora e também fazendo o dever de casa. A vitória é importante, abrimos um pouco na liderança, são três para o Inter. Agora é continuar nessa batida, são mais 19 finais, cada rodada é decisiva”, disse Hudson em entrevista ao Canal Premiere.A vitória do São Paulo começou a ser construída logo aos dois minutos do primeiro tempo, com Shaylon. Hudson, que entrou no jogo na etapa final, deu número finais à partida a oito minutos do fim.Com a 12ª vitória na competição, o São Paulo chegou à marca de 41 pontos na tabela, superando o Inter, que havia tomado a liderança ao vencer o Paraná mais cedo ao somar 38 pontos.

Kaká faz pedido ao especial ao São Paulo. Confira!

Kaká vem acompanhando de perto a caminhada do Tricolor, atual líder do Campeonato Brasileiro. Em sua última passagem, em 2014, foi vice-campeão da competição:

“O Cruzeiro estava muito bem. Foram campeões de forma merecida, com uma campanha brilhante. A gente brigava, mas em nenhum momento o time virou líder. E isso já aconteceu com o São Paulo de agora. Espero que o São Paulo de 2018 seja o que foi o Cruzeiro em 2014 e comece a deslanchar, não perder mais e se distanciar. Quero comemorar esse título”, pediu o craque.

Sao Paulo v Figueirense - Brasileirao Series A 2014

Aguirre celebra liderança, mas rejeita rótulo de favorito: “Ninguém acreditava. Agora não tem que mudar”

O trabalho de recuperação do São Paulo feito pelo técnico Diego Aguirre iniciado em março teve a sua primeira recompensa neste domingo (5): a liderança do Campeonato Brasileiro. Após o triunfo por 2 a 1 sobre o Vasco, o Tricolor retornou a liderança após três anos e o comandante respirou aliviado e elogiou seus comandados.

“Foi um jogo muito difícil, nós vínhamos com uma sequência de jogos importante e eu esperava um pouco mais do nosso time. Mas sentimos o cansaço de ter jogado na quinta-feira, antes com o Cruzeiro, antes com o Grêmio. Nós mantivemos o nível, a hierarquia necessária para assumir que estávamos jogando pela liderança”, declarou Aguirre, e rejeitou o rótulo de favorito.

“Quem tem regularidade e mantém um bom jogo [vai ser campeão]. Estamos em agosto, quero a liderança em novembro. Ninguém fala de título, de favorito. A única coisa que falamos é que vamos trabalhar pra ganhar o próximo jogo. Agora o São Paulo tem que ser favorito. Ninguém acreditava que poderia estar nessa posição. Agora não tem que mudar tudo e isso ser um peso. Vamos fazer o possível pra continuar na liderança“, acrescentou.

Após o Vasco empatar o jogo e dar sinais que poderia virar, Diego Aguirre sacou Nenê e Diego Souza pela falta de energia em campo e apostou nas entradas de Trellez e Carneiro. Sorte de campeão, ou não, a mexida do uruguaio surtiu efeito e foi numa cabeçada do centroavante colombiano que o Tricolor sacramentou o triunfo por 2 a 1.

“As trocas fazem parte do meu trabalho. Tenho que buscar alternativas quando as coisas não estão como eu gostaria. Tanto o Diego como o Nenê têm ajudado muito o time, mas sentia que eles estavam um pouco sem energia pela continuidade de jogos em que foram parte”, disse o treinador, apoiado pela torcida nas alterações. “Tínhamos que mudar alguma coisa, dar mais ritmo, buscar alguma surpresa. E, bom, deu certo pelo gol e, sobretudo, porque deram mais energia”, avaliou.

“Sentíamos que todos estávamos unidos em busca desse triunfo. É bom compartilhar esse triunfo com a torcida, a diretoria, com todos que talvez vocês nem conheçam. São Paulo está voltando a ter protagonismo, o que tem que ter sempre. Estamos em um bom momento e temos que cuidar desse bom momento”, concluiu.

O Tricolor ganha folga de uma semana devido aos jogos da Copa Libertadores da América e volta a campo contra o Sport, no próximo domingo (12), às 16h (horário de Brasília), na Ilha do Retiro, pela 18ª rodada do Brasileirão.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 2 X 1 VASCO

Local: estádio do Morumbi (SP)
Data: 5 de agosto de 2018, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Assistentes: Kleber Lucio Gil (SC – Fifa) e Helton Nunes (SC)
Público: 53.427 pessoas
Renda: R$ 1.753.486,00
Cartões amarelos: Everton (São Paulo); Henríquez, Luiz Gustavo (Vasco)
Gols: Rojas, aos dois minutos do primeiro, Yago Pikachu, aos dez minutos, e Trellez, aos 36 minutos do segundo tempo.

SÃO PAULO: Sidão; Militão (Bruno Peres), Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Hudson, Liziero e Nenê (Carneiro); Rojas, Diego Souza (Trellez) e Everton
Técnico: Diego Aguirre

VASCO: Martín Silva; Luiz Gustavo (Rafael Galhardo), Oswaldo Henríquez, Ricardo e Ramon; Leandro Desábato, Andrey, Yago Pikachu (Caio Monteiro), Giovanni Augusto (Kelvin) e Thiago Galhardo; Andrés Ríos
Técnico: Jorginho

Rodada #16: tudo o que você precisa saber sobre Cruzeiro x São Paulo

eabilitação é a ordem do dia para Cruzeiro e São Paulo. Os dois times se enfrentam neste Rdomingo, às 16h (de Brasília), no Mineirão, tentando se recuperar de derrotas no Campeonato Brasileiro. Jogando fora de casa, o time mineiro perdeu para o Corinthians na última rodada, enquanto o Tricolor, vice-líder do Brasileirão, foi derrotado pelo Grêmio, de virada, em Porto Alegre.

Uma vitória em Belo Horizonte pode valer o primeiro lugar do campeonato ao São Paulo, caso o Flamengo perca para o Sport, também nesta tarde. O Cruzeiro tenta aproveitar o mando de campo para se reaproximar dos líderes da competição, antes de se concentrar nas quartas de final da Copa do Brasil. Na quarta-feira, a Raposa enfrenta o Santos, na Vila Belmiro, no jogo de ida do mata-mata.

Transmissão: TV Globo para SP, RS, PR, GO, TO, MS, MT, SE, AL, CE e MA (com Luis Roberto, Caio Ribeiro e Leonardo Gaciba) e Premiere, Premiere HD e PFCI (com Jaime Junior e Henrique Fernandes)

Tempo real: no GloboEsporte.com, a partir das 15h

 (Foto: Infoesporte) (Foto: Infoesporte)

(Foto: Infoesporte)

Cruzeiro – técnico: Mano Menezes

O comandante tem promovido uma espécie de rodízio no time do Cruzeiro. A ideia é evitar que um mesmo atleta atue em cinco jogos consecutivos, até pela sequência de jogos e competições que o time tem no ano. Alguns jogadores já descansaram nesse esquema, e parece ter chegado a vez de Thiago Neves. Ele deve ficar fora do confronto. Outro que também não deve jogar é Robinho, também por uma questão física – nem foi a campo no treino de sábado.

O volante Lucas Silva está suspenso e dará vaga a Ariel Cabral. Dedé e Edilson, preservados na última rodada, voltam ao time. A principal dúvida é na frente, caso a ausência de Thiago Neves se confirme. O provável substituto é Mancuello, mas Rafael Sobis também é uma alternativa. O garoto Raniel corre por fora para ocupar a vaga.

Quem está fora: Lucas Silva (suspenso), Fred e Sassá (lesionados)

Pendurados: Bruno Silva, Edilson, Ezequiel e Rafael Sobis

Provável Cruzeiro para enfrentar o São Paulo (Foto: GloboEsporte.com)Provável Cruzeiro para enfrentar o São Paulo (Foto: GloboEsporte.com)

Provável Cruzeiro para enfrentar o São Paulo (Foto: GloboEsporte.com)

São Paulo – técnico: Diego Aguirre

O técnico uruguaio teve de mexer mais uma vez na escalação inicial do São Paulo. Desde que o Brasileirão voltou depois da Copa do Mundo, a equipe foi diferente em todos os jogos, e agora são três mudanças em relação ao jogo passado.

O lateral-direito Militão, o zagueiro Arboleda e o volante Hudson estão suspensos e dão lugar a Araruna (Bruno Peres), Bruno Alves e Luan, respectivamente. A novidade entre os relacionados é a presença do zagueiro Lucas Kal, chamado das categorias de base do Tricolor.

Quem está fora: Jucilei (estiramento no adutor da coxa esquerda), Rodrigo Caio (cirurgia no pé esquerdo), Régis (recondicionamento físico), Edimar (entorse no tornozelo esquerdo), Militão, Hudson e Arboleda (suspensos)

Pendurados: Anderson Martins, Reinaldo, Régis, Jucilei, Liziero e Nenê

Provável São Paulo para o jogo contra o Cruzeiro (Foto: GloboEsporte.com)Provável São Paulo para o jogo contra o Cruzeiro (Foto: GloboEsporte.com)

Provável São Paulo para o jogo contra o Cruzeiro (Foto: GloboEsporte.com)

 (Foto: Infoesporte) (Foto: Infoesporte)

(Foto: Infoesporte)

Wagner do Nascimento Magalhães (Fifa) apita a partida, auxiliado por Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa (Fifa) e Carlos Henrique Alves de Lima Filho, todos do Rio de Janeiro.