São Paulo não terá treino aberto para torcida antes da final

Depois de o São Paulo colocar 30 mil pessoas no Morumbi em um treino antes da semifinal com o Palmeiras, muito se comentou sobre a possibilidade de o clube abrir a atividade deste sábado, na véspera da decisão do Campeonato Paulista com o Corinthians. No entanto, segundo apurou a De Primeira, a tendência é de o Tricolor optar pela privacidade desta vez.

A comissão técnica e a diretoria avaliam neste momento ser mais prudente trabalhar em silêncio, e sem dar pistas para o adversário. Por isso, a não ser que alguma mudança de planos aconteça, o time deve treinar no CT da Barra Funda, sem a presença de torcedores.

O São Paulo chega a Arena Corinthians com cenário parecido com o que ocorreu na semifinal. Após o empate por 0 a 0, o time tricolor decide fora de casa e necessita de uma vitória simples para conquistar o título ou quem sabe sair com o troféu em uma nova disputa por pênaltis, como ocorreu na semi, em caso de empate.

(Por José Eduardo Martins)

 

Fonte: UOL

São Paulo oferece R$ 5 mi e mais um atleta por Ferraz, mas Santos quer revelação

O São Paulo ainda não desistiu da contratação do lateral Victor Ferraz, do Santos. Segundo apurou o UOL Esporte, além dos R$ 5 milhões já oferecidos, o clube do Morumbi está disposto a incluir um jogador ao negócio.

Os são-paulinos colocaram uma lista de atletas disponíveis para que a cúpula santista escolha um deles. No entanto, os dirigentes da Vila Belmiro pediram uma jovem promessa das categorias de base do Tricolor paulista.

Trata-se do zagueiro Walce, capitão do time sub-20 e que coleciona convocações para as seleções de base. O técnico Jorge Sampaoli, inclusive, aprovou a contratação e pediu para que a diretoria santista tente avançar pelo jovem zagueiro.

O Tricolor paulista não está disposto a liberá-lo. A reportagem ainda apurou que a diretoria são-paulina acredita que o jovem zagueiro, de 19 anos, poderá se valorizar em 2019. Afinal, ele deve ser capitão da seleção brasileira sub-20, que disputará o Sul-Americano da categoria e poderá participar do Mundial.

Mesmo assim, o São Paulo ainda mantém o interesse em Victor Ferraz. O clube do Morumbi abriu as negociações pelo lateral santista ao oferecer o atacante Tréllez, que não agradou os dirigentes alvinegros.

Para a lateral direita, o São Paulo conta até o momento com Bruno Peres e o recém-contratado Igor Vinícius. Emprestado pela Roma até o fim de 2019, Bruno Peres teve desempenho aquém do esperado em 2018, e o Tricolor não descarta, também, a possibilidade de deslocá-lo para a ponta direita.

O São Paulo adotou uma postura agressiva no mercado da bola nesta janela. Até o momento, além de Igor Vinícius, o clube fechou com o meio campista Hernanes, o atacante Pablo, o goleiro Tiago Volpi e o lateral esquerdo Léo Pelé. O clube ainda acertou o retorno de Carlinhos Neves para chefiar a preparação física da equipe e Sandro Forner foi contratado para ser o auxiliar técnico de André Jardine.

O Santos, por sua vez, fechou apenas um pré-contrato com o atacante Lucas Braga Ribeiro, do Luverdense, na última sexta-feira. Mas vale ressaltar que o atacante de 22 anos tem contrato com o Luverdense até o dia 30 de maio. O clube paulista ofereceu alguns jogadores para que o time de Mato Grosso o libere já no início desta temporada.

A diretoria santista espera anunciar Lucas Braga na reapresentação do elenco na próxima quarta-feira, dia 2, no CT Rei Pelé. Lucas Braga atua pelas beiradas do campo e deu trabalho para a defesa santista nos confrontos contra o Santos pela Copa do Brasil deste ano, quando o alvinegro praiano eliminou o time de Mato Grosso nas oitavas de final da competição.

 

Fonte: UOL

São Paulo retoma interesse por Victor Ferraz, do Santos

Como aconteceu na virada de 2017 para 2018, o São Paulo demonstra interesse na contratação do lateral-direito Victor Ferraz. O jogador do Santos, que em janeiro do próximo ano completará 31 anos, é admirado pela comissão técnica do Tricolor, que agora tem mais uma chance de tirá-lo do rival santista. Seria o segundo atleta da posição como reforço. O primeiro foi Igor Vinicius, revelado no próprio Peixe, mas que despontou na Ponte Preta e foi emprestado pelo Ituano por uma temporada ao clube do Morumbi.

O empresário de Ferraz é Marcos Casseb. Ele foi procurado pela reportagem do UOL Esporte e afirmou que não iniciou nenhuma negociação por Ferraz. A intenção, a princípio, é continuar no Peixe em 2019. O contrato dos alvinegros com o lateral tem validade até 29 de dezembro de 2020. O São Paulo quis Victor Ferraz para iniciar a temporada que acabou neste mês, mas não teve sucesso. O atleta era um pedido especial do técnico Dorival Júnior, que acabou demitido em março. Era uma forma de se preparar para a saída de Militão, negociado com o Porto no meio do ano.

A opção foi contratar Bruno Peres, emprestado pela Roma até o fim de 2019. Curiosamente, Bruno também tem passagem pelo Santos. Com a camisa do Tricolor no segundo semestre deste ano, disputou 18 partidas e marcou um gol. A análise, porém, é de que o badalado reforço esteve aquém do esperado. Ele ainda pode ser utilizado no meio de campo ou como ponta pela direita, posições em que rendeu melhor enquanto Diego Aguirre ainda era o técnico são-paulino. Por isso a busca por um lateral-direito seguiu no mercado da bola. Na esquerda, o São Paulo também se reforçou. Léo Pelé foi comprado do Fluminense, o que aumenta as chances de Edimar ser negociado. Reinaldo é o provável titular.

Veja quem volta de empréstimo ao São Paulo no fim de 2018

A diretoria do São Paulo está analisando o mercado para a próxima temporada e deve dar ainda mais chances aos jogadores das categorias de base em 2019. Mas aqueles que passaram 2018 emprestados a outros clubes para ganhar rodagem não devem ter espaço.

Abaixo, a lista dos dez jogadores que podem voltar de empréstimo em dezembro. Tem dois zagueiros, um lateral, três meias e quatro atacantes. Até agora, para o ano que vem, o Tricolor contratou o lateral-direito Igor Vinicius e negocia com o lateral-esquerdo Léo Pelé.


Lucas Kal

Zagueiros
Rony: está emprestado ao CSA até o fim do ano. No time alagoano, que conquistou o acesso à Série A, o zagueiro foi pouco aproveitado durante a disputa da Série B (apenas um jogo). De volta ao São Paulo, muito provavelmente ele deve ser emprestado novamente.

Lucas Kal: embora seu contrato com o Vasco seja até o time do Campeonato Carioca de 2019, o São Paulo pode, por contrato, pedir o seu retorno em dezembro deste ano. A diretoria do Tricolor, porém, ainda não se manifestou sobre o futuro do jogador.

Lateral
Auro: o lateral-direito foi emprestado ao Toronto, do Canadá, até o fim deste ano, com valor de compra fixado em 600 mil euros. Caso o time canadense não exerça essa condição, Auro volta ao São Paulo. Ele tem contrato com o Tricolor até 22 de setembro de 2019.

Meio-campistas

Pedro Augusto: não fez sequer uma partida pelo São Bento desde que foi cedido ao time do interior paulista. Volta em dezembro ao São Paulo e deve ser negociado novamente.

Thomaz: rebaixado com o Paysandu para a Série C, o meia tem contrato com o São Paulo até 2020. O mais provável, após o retorno, é que novo empréstimo seja encaminhado.

Jonatan Gomez: o meia argentino é outro que tem acordo com o São Paulo até 2020. Ele está emprestado até o fim desta temporada ao Al-Fayha, da Arábia Saudita.

Atacantes

Roni: o atacante de 27 anos chegou a ser titular do São Bento na Série B (fez 13 partidas), mas não deve continuar no clube. Portanto, é outro que voltará ao Tricolor.

Maicosuel: o jogador passou por Grêmio e Paraná nesta temporada. Após ser rebaixado com o time paranaense no Brasileirão, ele volta ao Tricolor. Mas não está nos planos da nova comissão técnica, encabeçada por André Jardine. Seu contrato vai até 2020.

João Paulo: o atacante tem contrato com o São Paulo até fevereiro de 2019 e estava emprestado ao Criciúma, que jogou a Série B. Não deve continuar no Tricolor.

Joanderson: com contrato até 2021 com o Tricolor, o atacante também estava no Criciúma. Muito provavelmente deve buscar um outro clube para seguir emprestado.

Fonte: Globo Esporte

São Paulo encaminha acerto com o goleiro Vanderlei, do Santos, para 2019

O São Paulo está otimista com a possibilidade de contratar o goleiro Vanderlei, do Santos, para 2019. O jogador está na Vila Belmiro desde 2015 e sempre foi referência na equipe pela suas defesas e comportamento simples e efetivo. Os clubes já se reuniram para direcionar uma possível transferência pensando em 2019. Ocorreu quarta-feira passada. Em princípio, não teria empecilhos por parte dos presidentes. Vanderlei se coloca à disposição. Pessoas ligadas ao goleiro entendem que seria um bom momento para trocar de clube, com a possibilidade ainda de se firmar no time do Morumbi.

Desde a saída de Rogério Ceni, o São Paulo procura um substituto para o goleiro. Nunca achou. Denis, Renan, Sidão, Jean, nenhum deles mostrou-se em condições de assumir a posição sem fazer o torcedor sofrer. Nenhum deles passou confiança. A diretoria do São Paulo colocou na cabeça que precisa de um goleiro pronto, que chegue, vista a camisa e faça história no clube. Não há tempo para preparar alguém. E das bases, por enquanto, não há perspectiva.

Não faz muito tempo, o São Paulo esteve atrás de Walter, ex-Corinthians e reserva de Cássio. Mas o  negócio não deu certo e o clube do Morumbi foi se ajeitando com Sidão e Jean, os dois goleiros que mais atuam. No fim de semana, Jean foi escolhido pelo técnico Aguirre para jogar, conseguir uma sequência de partidas, mas ele acabou sendo expulso e terá de dar novamente o posto para Sidão.

 

Fonte: Estadão/Robson Morelli

Diego Souza se aproxima dos artilheiros do campeonato: confira o ranking

Três jogos abriram a 24ª rodada do Campeonato Brasileiro 2018 e o atacante Diego Souza, do São Paulo, foi o destaque do dia. Ele anotou o gol da vitória são-paulina sobre o Bahia e se aproximou de Pedro e Gabigol na artilharia da competição nacional.

Em jogo pegado no estádio do Morumbi, Diego Souza completou cruzamento de Nenê para o fundo das redes, decretou o triunfo que deixa o São Paulo provisoriamente na liderança, e ficou a dois gols igualar os 10 gols de Pedro, do Fluminense, e Gabriel Barbosa, do Santos.

Nos outros dois jogos deste sábado (8), Sport e Cruzeiro empataram por 0 a 0 e o Flamengo venceu a Chapecoense por 2 a 0 – gols de Renê e Diego.

VEJA A ARTILHARIA ATUALIZADA DO BRASILEIRÃO SÉRIE A:

10 GOLS
Pedro (Fluminense)
Gabriel Barbosa (Santos)

9 GOLS
Ricardo Oliveira (Atlético-MG)
Roger Guedes (Atlético-MG)

8 GOLS
Diego Souza (São Paulo)
Nene (São Paulo)
Willian (Palmeiras)

7 GOLS
Pablo (Atlético-PR)
Yago Pikachu (Vasco)
Everton (Grêmio)

6 GOLS
Gilberto (Bahia)
Lucas Paquetá (Flamengo)
Rodrygo (Santos)
Ángel Romero (Corinthians)
Nico López (Internacional)

5 GOLS
Willian Pottker (Internacional)
Kieza (Botafogo)
Neílton (Vitória)
Andrés Rios (Vasco)
Rafael Moura (América-MG)
Rodriguinho (Corinthians)
Everton (São Paulo)
Lucas Paquetá (Flamengo)
Bruno Henrique (Palmeiras)

Seleção sub-20 convoca Vinícius Júnior, Rodrygo e seis do São Paulo; veja a lista

Já em preparação visando o Sul-Americano Sub-20 de 2019, o técnico Carlos Amadeu convocou 23 jogadores para o próximo período de treinamentos da seleção brasileira sub-20, no Centro de Treinamento do Atlético-MG, em Belo Horizonte.

Esta será a terceira etapa de treinamentos da Seleção Sub-20 em 2018. Os trabalhos serão realizados na Cidade do Galo, Centro de Treinamento do Atlético Mineiro. A delegação se apresenta no dia 25 de junho e fica até 4 de julho em Belo Horizonte.

A lista de convocados conta com jogadores que já são realidade no futebol brasileiro, como os atacante Vinicius Júnior, do Flamengo, e Rodrygo, do Santos.

Ao fim do período de treinamentos, a Seleção Brasileira Sub-20 disputará um jogo-treino contra os profissionais do Atlético Mineiro. A partida será realizada também na Cidade do Galo, às 15h30.

Vale ressaltar que este Sul-Americano Sub-20 de 2019, para o qual a Seleção Brasileira se prepara, dá quatro vagas para o Mundial da categoria do mesmo ano e também duas vagas para os Jogos Olímpicos de 2020, em Tóquio.

Confira a lista de convocados:

Goleiros: Gabriel Brazão (Cruzeiro), Hugo Nogueira (Flamengo) e Vinícius (Criciúma)

Defensores: Carlos (Corinthians), Emerson (Atlético Mineiro), Lucas Halter (Atlético Paranaense), Matheus Thuler (Flamengo), Vitinho (Cruzeiro), Vitor Eduardo (Palmeiras), Walce Costa (São Paulo) e Weverson (São Paulo)

Meias: Igor (São Paulo), Jhonny (Paraná), José Ricardo (Fluminense), Luan (São Paulo), Luan Pereira (Avaí) e Mauro Júnior (PSV-HOL)

Atacantes: Brenner (São Paulo), Fernando (Palmeiras), Jonas (São Paulo), Matheus Cunha (Sion-SUI), Rodrygo (Santos) e Vinicius Júnior (Flamengo)

São Paulo tem interesse em ex-jogador do Santos

O goleiro Sidão continua bastante contestado no gol do São Paulo. A torcida pega muito no pé do arqueiro, que vem falhando constantemente nos jogos. Ciente disso, a diretoria do Tricolor monitora a situação de um ex-jogador do Santos, para acabar com esse problema.

Trata-se de Rafael Cabral, que atualmente defende o Napoli, da Itália. Sem espaço por lá, o ​​Tricolor acredita que o jogador pode querer voltar ao Brasil, para conseguir atuar mais.

SSC Napoli v ACF Fiorentina - Serie A

A informação aparece no programa +90, do Esporte Interativo. Segundo o jornalista Ricardinho, o São Paulo não vai terminar o ano com Sidão no gol do time.

Rafael Cabral é um dos maiores alvos da diretoria. Mas se não for ele, deve vir outro para essa função. Outros nomes também já foram especulados no São Paulo, como Gatito Fernandez do Botafogo e Martin Silva, do Vasco.

Müller revela os três times brasileiros mais conhecidos na Europa

Campeão do mundo com a Alemanha em 2014, Thomas Müller é um dos principais jogadores do futebol mundial. Astro do Bayern de Munique, ele deu uma entrevista para o Bolívia Talk Show, do canal Desimpedidos, no Youtube, e falou sobre diversos assuntos relacionados aos brasileiros.

Sincero, não ficou em cima do muro sobre o 7 a 1. Ele contou como foi a relação com os companheiros Dante e Rafinha após o episódio no Mineirão. Além disso, revelou os três clubes brasileiros que são mais conhecidos na Europa:

“Acho que existem muitos times grandes no Brasil, e se eu perguntar para Dante ou Rafinha, cada um torce para um time grande, cada um fala que o seu é melhor”, afirmou o atacante, revelando os mais famosos por lá:

“Grêmio, São Paulo, Santos. Eu conhecia outros, mas são os três que eu lembro. Os times que estão na minha mente”, afirmou Muller.

Aguirre valoriza jogo convincente e diz por que Valdívia não foi relacionado

Fonte: Lance

Diego Aguirre, enfim, saiu do Morumbi plenamente satisfeito neste domingo. O técnico se recusa a falar em time ideal, mas aprovou a atuação da equipe e da torcida na vitória por 1 a 0 sobre o Santos, jogo tido como decisão para o comandante e, também, dá melhores números ao único invicto no Campeonato Brasileiro até agora.

– Estávamos precisando de uma vitória convincente, porque a última foi contra o Rosario Central, e não fiquei feliz. Hoje, foi merecido, e contra um rival, o que significa muito, por ser clássico. Pode ser um ponto de partida. mas não quero ilusionar ideias. Vamos ver o que pode acontecer. Pode ser o começo, mas não posso falar com certeza. Temos que ver e confirmar para acreditar se estamos no caminho. Eu não me sentia bem quando falavam da invencibilidade, sentia que não era nada, um dado só. Eu trocaria por mais pontos. Hoje, estamos mais perto das primeiras posições – comemorou.

– Estou feliz pelo jogo que fizemos. Merecíamos a vitória. Perdemos muitas situações durante o jogo, é normal sofrermos um pouco. Mas era um jogo decisivo, clássico, em casa. Fico feliz pela torcida, que esteve conosco, nos apoiando a todo momento e transmitindo muita força. Se o São Paulo repetir jogos como o de hoje, daremos muitas alegrias à torcida, certamente – prosseguiu o uruguaio.

O São Paulo encerrou uma sequência de quatro empates e chega a dez pontos, a três do Atlético-MG, líder do Campeonato Brasileiro. Mas, em meio a tanta alegria, quem não ficou nem no banco foi Valdívia. E Aguirre garante: o fato de a casa dos pais do meia-atacante ter sofrido um assalto na última semana, no Mato Grosso, não teve nada a ver com sua opção de excluí-lo da lista de relacionados para o San-São.

– Tem coisas que são internas. Ele tem uma situação pessoal, mas está tudo bem, Ele também estava precisando ver a família, mas a decisão de não convocar não foi por esse motivo – enfatizou o treinador do Tricolor.