Saudade? No dia que seria de São Paulo x River, lembre duelos com o time argentino na Libertadores

Nesta quarta-feira, 22 de abril, o São Paulo deveria estar em Buenos Aires para aquela que é apontada com a partida mais difícil da fase de grupos da Libertadores: o duelo contra o River Plate, no Monumental de Nuñez.

O histórico estádio estaria vazio, uma punição à torcida do River Plate pelo ataque ao ônibus do Boca Juniors dois anos atrás, na final do torneio. As arquibancadas do Monumental continuarão vazias, mas agora por causa da epidemia de Covid-19 que paralisou a Libertadores.

Para tentar matar um pouco desta saudade, o GloboEsporte.com relembra os quatro jogos entre São Paulo e River Plate pela Libertadores.

2005 – Duas vitórias e vaga na final

Rogério Ceni comemora gol sobre o River Plate no Morumbi — Foto: ReutersRogério Ceni comemora gol sobre o River Plate no Morumbi — Foto: Reuters

Rogério Ceni comemora gol sobre o River Plate no Morumbi — Foto: Reuters

 

O River Plate fez campanha quase perfeita na fase de grupos, com cinco vitórias e um empate, e garantiu a vantagem de decidir os mata-matas em casa. O São Paulo avançou sem sustos, mas com três vitórias e três empates.

Antes de se encontrarem nas semifinais, River e São Paulo eliminaram LDU e Banfield e Palmeiras e Tigres, respectivamente.

O primeiro jogo foi no Morumbi, e o São Paulo não tinha o lateral Cicinho, um dos destaques da equipe – ele estava com a Seleção que jogava a Copa das Confederações na Alemanha. Mineiro foi improvisado na direita.

A partida teve confusão antes de começar, com torcedores argentinos e policiais militares brigando – uma imagem marcante daquele dia foi a de um argentino tomando o capacete de um policial.

Em campo, os donos da casa se impuseram, mas só no segundo tempo. Danilo fez o primeiro, aos 32 minutos, e Rogério ampliou, de pênalti, aos 44 minutos. O 2 a 0 deu ótima vantagem à equipe.

No jogo da volta, o São Paulo abriu o placar com Danilo no primeiro tempo, viu o River empatar, mas chegou a fazer 3 a 1 no segundo tempo – os argentinos conseguiram diminuir no fim, mas em momento algum a vaga na final foi ameaçada.

Em 2005, São Paulo vence River Plate por 3 a 2 na semifinal da Libertadores

Em 2005, São Paulo vence River Plate por 3 a 2 na semifinal da Libertadores

Como em São Paulo, o jogo em Buenos Aires teve violência: a torcida tricolor foi alvo dos locais fora e dentro do estádio.

O triunfo levou o São Paulo de volta a uma final de Libertadores após 11 anos. O time seria campeão sobre o Athletico.

2016 – empate na Argentina, raça e fôlego no Morumbi

Calleri fez dois gols no Morumbi — Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.netCalleri fez dois gols no Morumbi — Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Calleri fez dois gols no Morumbi — Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

 

O São Paulo ficou com a última vaga brasileira na Libertadores de 2016, o quarto colocado no Brasileiro de 2015. Por isso, precisou jogar a primeira fase, eliminatória, contra o Cesar Vallejo, do Peru. Empate por 1 a 1 fora, vitória por 1 a 0 em casa.

A equipe avançou e trombou com o River Plate, então campeão do torneio, logo na fase de grupos.

O primeiro jogo aconteceu em Buenos Aires na segunda rodada. O São Paulo, que tinha perdido antes para o Strongest por 1 a 0, um vexame no Pacaembu, começou bem na Argentina e abriu o placar o com Ganso.

Mas depois, numa trapalhada, Denis falhou e Thiago Mendes marcou gol contra, o que fechou o placar em 1 a 1.

São Paulo empata com o River Plate fora de casa pela Libertadores

São Paulo empata com o River Plate fora de casa pela Libertadores

 

O jogo em São Paulo foi mais tenso. O São Paulo estava mal na Libertadores e precisava vencer para não depender de uma vitória na última rodada, quando iria à altitude de La Paz enfrentar o Strongest.

Calleri brilhou. O atacante argentino fez os dois gols da vitória por 2 a 1 no Morumbi lotado e manteve o São Paulo na segunda posição do grupo, dependendo apenas de um empate em La Paz para avançar – como de fato aconteceu, em jogo lembrado por acabar com o zagueiro Maicon no gol.

Os gols de São Paulo 2 x 1 River Plate pela 5ª rodada do Grupo 1 da Libertadores

Os gols de São Paulo 2 x 1 River Plate pela 5ª rodada do Grupo 1 da Libertadores

 

O São Paulo, mesmo criticado, avançou até as semifinais da Libertadores em 2016, quando foi eliminado pelo Atlético Nacional, da Colômbia, que seria o campeão.

Na atual Libertadores, River Plate e São Paulo têm três pontos, com uma vitória e uma derrota cada, assim como LDU e Binacional. Os argentinos lideram o grupo com melhor saldo de gols.

Globo Esporte

Anúncios

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.