Tréllez, do São Paulo, faz leilão de camisas e arrecada R$ 53 mil para famílias afetadas por pandemia

Tréllez, do São Paulo, arrecadou R$ 53 mil em um leilão online com 60 camisas de times de futebol para ajudar famílias afetadas pela pandemia do novo coronavírus.

O jogador pretende repassar o dinheiro a instituições da cidade de São Paulo e outras da Colômbia.

Tréllez leiloou camisas de jogadores como Daniel Alves, Pato, Arboleda, Nenê, D´Alessandro, Guerrero, James Rodriguez, Falcão Garcia, Hernanes, Vitor Bueno, Berrío, Rodrigo Caio, Ospina e Juanfer Quintero, entre outras.

Tréllez conversa com Lugano em leilão promovido pelo atacante para ajudar pessoas em meio à pandemia — Foto: ReproduçãoTréllez conversa com Lugano em leilão promovido pelo atacante para ajudar pessoas em meio à pandemia — Foto: Reprodução

Tréllez conversa com Lugano em leilão promovido pelo atacante para ajudar pessoas em meio à pandemia — Foto: Reprodução

 

Lugano, diretor de relações institucionais do Tricolor, Nenê, hoje no Fluminense e ex-companheiro no São Paulo, Berrío (Flamengo), Catalina Peres (goleira da seleção da Colômbia) e Sebastián Pérez (Boca Juniors) participaram da transmissão de dez horas feita por Tréllez em seu instagram.

– Sensação muito linda. Sabia que as pessoas ajudariam no leilão, mas não imaginava que seria tanto e que as camisas seriam vendidas tão caras para ajudar as famílias que precisam nesse momento. E ainda não terminamos. Estou muito contente. Vamos poder ajudar muitas pessoas no Brasil e na Colômbia. Fico feliz. Muito obrigado a todos que me ajudaram nesse leilão, do nosso grupo do trabalho, amigos, companheiros que doaram camisas e aos que entraram na “live” (transmissão ao vivo) para ajudar. Muito obrigado mesmo – disse Tréllez.

O atacante do São Paulo planeja um outro leilão virtual no próximo sábado com camisa de outros jogadores.

O Brasil tem quase 40 mil pessoas infectadas e 2.507 mortes, segundo dados das secretarias estaduais de Saúde. O estado de São Paulo registra cerca de 14 mil casos e ultrapassou mil mortes causadas pela Covid-19. A quarentena no estado foi prorrogada até o dia 10 de maio.

Tréllez exibe camisa de Nenê, do Fluminense, em leilão promovido na internet — Foto: ReproduçãoTréllez exibe camisa de Nenê, do Fluminense, em leilão promovido na internet — Foto: Reprodução

Tréllez exibe camisa de Nenê, do Fluminense, em leilão promovido na internet — Foto: Reprodução

 

Globo Esporte

Anúncios

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.