Luis Deixou Um: vitória do São Paulo sobre a LDU completa 16 anos

A LDU (ECU), adversária do São Paulo nesta quarta-feira, pela Libertadores, visitou o Morumbi há exatos 16 anos. Foi no dia 10 de março de 2004 que Luis Fabiano garantiu uma agônica vitória por 1 a 0 ao Tricolor encobrindo o goleiro Jacinto Espinoza, que o provocara durante quase toda a partida, aos 28 minutos do segundo tempo diante de 52 mil torcedores.

– Ele estava me provocando no primeiro tempo, me segurou ali… Aí, goleirão, pega lá! LDU, Luis deixou um – provocou o camisa 9 são-paulino, que foi o artilheiro daquela Libertadores com oito gols.

Aquela partida também ficou marcada pelo desentendimento de Cuca com Jorge Fossati, técnico da LDU. Ele acertou uma bolada no rosto do uruguaio no fim do primeiro tempo e acabou expulso.

– Era um lateral para nós e o jogador deles ficou com a bola embaixo do braço do meu lado. Eu tirei a bola do jogador e, quando fui dar para o nosso bater, acabou o primeiro tempo. Ele veio do meu lado falando não sei o quê, eu bati com a bola no rosto dele e mereci ser expulso – explicou Cuca, na coletiva pós-jogo.

A bronca de Cuca com Fossati não começou naquele dia. No Equador, o São Paulo perdeu por 3 a 0 para a LDU e o treinador ficou com a impressão de que o uruguaio o provocava ao comemorar os gols. O São Paulo estava invicto após nove jogos na temporada até ir a Quito, onde sentiu a altitude.

Cuca 2004
Cuca foi expulso contra a LDU – FOTO: Nelson Almeida/Lancepress!

O São Paulo foi até a semifinal daquele torneio. Classificou-se no grupo que tinha ainda Alianza Lima (PER) e Cobreloa (CHI) e eliminou Rosario Central (ARG) e Deportivo Táchira (VEN) até parar no Once Caldas (COL). A LDU (ECU) não voltou mais a cruzar o caminho tricolor na Libertadores, até a edição de 2020.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 1 X 0 LDU (ECU)

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Árbitro: Gabriel Brazenas (ARG)
Cartões amarelos: Cicinho, Fábio Santos e Rodrigo (SAO); Aguinaga e Obregón (LDU)
Gol: Luis Fabiano, aos 28min do segundo tempo

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Cicinho, Fabão, Rodrigo e Fábio Santos; Alexandre, Fábio Simplício (Diego Tardelli), Souza (Danilo) e Gustavo Nery; Grafite (Marquinhos) e Luis Fabiano. Técnico: Cuca

LDU: Jacinto Espinoza, Espínola, Jácome e Giovanny Espinoza; Reasco, Obregón, Urrutia, Aguinaga (Gonzalez) e Ambrosi; Murillo (Villagra) e Salas (Paredes). Técnico: Jorge Fosatti.

Lance

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.