Conselheiro pede afastamento de Leco e presidente do Conselho do São Paulo na Justiça

O conselheiro Denis Ormrod acionou a Justiça para pedir o afastamento do presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, e do presidente do Conselho Deliberativo, Marcelo Pupo Barboza, das suas funções. O pedido de liminar ainda não foi julgado.

Em ação distribuída nesta quinta-feira, o conselheiro de oposição do São Paulo alega que Leco e Pupo violaram o estatuto e a lei do Profut. Ele aponta gestão temerária por parte de Leco.

Na ação em que pede o afastamento, o conselheiro cita um suposto crime de falsidade ideológica de Pupo por supostamente omitir e distorcer informações nas atas das reuniões do Conselho Deliberativo do clube. O caso é investigado em inquérito na 34ª Delegacia de Polícia.

Leco tem afastamento pedido por conselheiro — Foto: Marcos RibolliLeco tem afastamento pedido por conselheiro — Foto: Marcos Ribolli

Leco tem afastamento pedido por conselheiro — Foto: Marcos Ribolli

 

Procurado pela reportagem, Pupo disse que não se pronunciaria sem antes ter conhecimento do caso.

Denis encabeçou movimento de conselheiros que assinaram um requerimento com pedido de impeachment do presidente Leco, em dezembro. O estouro no orçamento é um dos argumentos que embasa o documento. As contas do clube só deverão ser analisadas entre março e abril.

Nesta quinta-feira, o Conselho Deliberativo do São Paulo se reúne pela primeira vez em 2020. O déficit de R$ 180 milhões do ano passado, as finanças do clube, a falta de venda de jogadores e o atraso no pagamento dos salários dos jogadores deverão ser temas de discussão. É possível, inclusive, que o diretor executivo de futebol Raí esteja na reunião.

Nos últimos dias, dois diretores saíram do São Paulo: Leonardo Serafim (jurídico) e Rodrigo Gaspar (administrativo). No fim do ano o clube vai eleger novos conselheiros e presidente. Leco não poderá concorrer à reeleição.

Globo Esporte

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.