Diego agrada e São Paulo ainda avalia se terá ‘substituto’ para Walce

Fernando Diniz está gostando dos treinos de Anderson Martins e do jovem Diego, reservas da zaga do São Paulo neste momento, e por isso o clube não tem pressa para definir se adicionará um defensor ao elenco para suprir a ausência de Walce, que operou o joelho esquerdo e só volta no segundo semestre.

Se as dores no tornozelo direito impedirem Bruno Alves de enfrentar o Santo André, às 18h de domingo, fora de casa, Anderson Martins terá sua primeira chance como titular em 2020 e fará dupla com Arboleda. Diego, garoto de 20 anos que acaba de ser promovido da base e vem chamando a atenção no dia a dia tanto pela qualidade quanto pela personalidade, seria o reserva imediato – ele já atuou como profissional uma vez, contra o CSA, na última rodada do Brasileirão de 2019. O plantel tem quatro zagueiros disponíveis no momento.

Caso a comissão técnica e a diretoria cheguem ao consenso de que será preciso ter mais um zagueiro, a opção deverá ser por Rodrigo Freitas, jovem de 21 anos que foi revelado em Cotia, integrou o elenco profissional entre 2018 e 2019 e hoje está emprestado ao Portimonense (POR) – o contrato vai até o meio do ano, mas há uma cláusula que permite solicitar o retorno antes. O Tricolor avalia se vale a pena interromper a vivência do garoto na Europa para que ele seja, provavelmente, a última opção de Fernando Diniz para a defesa.

Sempre elogiado no São Paulo, Rodrigo teve pouco espaço enquanto esteve na equipe principal – jogou só uma vez, em vitória por 1 a 0 sobre o São Bento no Paulistão do ano passado, quando André Jardine escalou só reservas. No Portimonense, foi titular em parte do segundo semestre do ano passado (iniciou dez jogos e entrou no decorrer de um) e foi convocado para a Seleção olímpica, mas não participou de nenhuma das cinco partidas oficiais da equipe portuguesa em 2020.

Ir ao mercado contratar um novo zagueiro não foi uma opção cogitada até o momento, já que o São Paulo passa por dificuldades financeiras. Promover um garoto que disputou a última Copinha também é algo que não deve acontecer: Fasson, o mais elogiado entre os zagueiros do sub-20, ainda é considerado imaturo para atuar profissionalmente e seguirá na base após retornar de férias, em 19 de fevereiro.

Lance

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.