Saiba quais jogadores da Copinha o São Paulo pode aproveitar no profissional

Apesar do São Paulo não ter feito contratações para temporada 2020, a eliminação precoce na Copinha pode significar a chegada de alguns reforços para o elenco comandado por Fernando Diniz.

Reserva na conquista da última Copa São Paulo de Futebol Júnior, Rodrigo Fasson foi titular absoluto nesta edição da competição e se destacou entre os zagueiros. Aos 18 anos, o defensor, que é considerado uma das principais joias da base são-paulina, pode ser promovido para o profissional, uma vez que Walce será desfalque do Tricolor por mais de seis meses.

Outro destaque da 51ª edição da Copinha foi Lucas Sena. Em apenas sete jogos, o também jogador de 18 anos foi responsável por servir quatro assistências e outros 11 passes para finalização. O lateral-direto também participou da campanha vitoriosa em 2019.

Também na lateral, Welington vive a expectativa de voltar ao elenco profissional. O defensor, que foi relacionado para a última partida do Tricolor no Brasileirão, quando o CSA foi derrotado por 2 a 1, é extremamente físico e pode ser uma boa opção para o lado esquerdo do São Paulo.

Apesar de não ter atuado como titular em nenhuma das quatro partidas que disputou, Rodrigo Nestor mostrou muita qualidade quando esteve em campo. O meio-campista de apenas 19 anos fez um gol e teve 90% de precisão nos passes. Além das estatísticas, o jogador mostrou muita personalidade.

No setor ofensivo, a opção é Antonio Galeano. Nascido no Paraguai, o atacante se destacou defendendo o Rubio Ñu e as seleções de base do seu país antes de assinar um contrato de empréstimo com o São Paulo. Sempre pelos lados do campo, o ponta foi às redes cinco vezes e teve duas assistências durante essa campanha da Copinha.

Onefootball

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.