Futebol Home São Paulo Times

Ex-jogador Michel Bastos anuncia aposentadoria: “Tem que ter prazer”

A edição deste sábado (5) do Aqui com Benja, do Fox Sports, recebeu o agora ex-jogador Michel Bastos. O convidado anunciou sua aposentadoria dos gramados durante a entrevista ao apresentador Benjamin Back.

Michel Bastos estava sem clube desde o dia 12 de setembro, quando encerrou sua seu vínculo com o América-MG. No último clube de sua carreira, ele ficou pouco mais de três meses – foi anunciado no dia 27 de maio – e atuou em uma partida.

“Ano que vem vou jogar com meu filho, minha filha, minha esposa. Decidi parar. Fui muito abençoado na minha vida toda. Já jogo profissionalmente há 20 anos e fui muito feliz. Chega uma hora em que a gente tem outras prioridades. E agora eu quero priorizar meus filhos e minha esposa. Todo mundo sabe que essa hora vai chegar. E eu prefiro ter a imagem do futebol que eu sempre sonhei quando era menino. Sou muito grato ao futebol, mas tenho dois filhos que sentem a falta do pai. Estou aqui anunciando a minha aposentadoria”, declarou o jogador.

O agora ex-jogador contou que algumas experiências depois de sua volta do Brasil o levaram a tomar essa atitude. Michel Bastos também confessou que já não sentia mais prazer em jogar futebol.

“Foi uma decisão difícil, mas foi bem pensada. Acho que no futebol, a gente tem que ter prazer. De uns dois anos para cá, fisicamente estou muito abaixo do futebol brasileiro. Não correspondo à altura, como sempre correspondi na minha carreira. Além disso, vi coisas no futebol nos últimos anos que me tiraram um pouco o prazer. Viver doze anos fora, voltar para o Brasil e vivenciar algumas coisas é difícil. O calendário é complicado. O tipo de cobrança que se faz eu não concordo, como teve a invasão no CT do São Paulo, como tem ameaça, xingamento, a mim e a minha família. E, me deparando com esse tipo de coisa dentro de alguns clubes, me fez parar para pensar”, completou.

A carreira de Michel Bastos como profissional teve início em 2002, no Pelotas-RS. Após breve passagem pelo futebol holandês (Excelsior), ele retornou ao Brasil, onde passou por Athletico Paranaense, Grêmio e Figueirense antes de retornar à Europa, desta vez para a França.

Atuando em solo francês, Michel Bastos viveu a melhor fase da carreira. Primeiro, entre 2006 e 2009, ele jogou pelo Lille, e entre 2009 e 2012, pelo Lyon, onde conquistou os títulos da Copa da França (2011) e Supercopa da França (2012).

Entre 2012 e 2013, atuou no Schalke 04, da Alemanha. De lá, foi para o Al-Ain, dos Emirados Árabes Unidos e, na sequência, rumou para a Roma, da Itália. Em ambas equipes teve passagens breves.

Em 2014, voltou ao Brasil, para defender o São Paulo. Voltou a encontrar estabilidade no clube, onde ficou até 2016, jogando mais de cem partidas. Em 2017, foi anunciado por outro grande paulista: o Palmeiras. Em 2018, atuou pelo Sport Recife por empréstimo, seu último clube antes do América-MG.

Conhecido por sua polivalência, Michel Bastos atuou na na lateral, meio-campo e ataque. Foi como lateral esquerdo que ele foi convocado pelo Brasil para a Copa do Mundo de 2010, disputada na África do Sul. Ele foi titular da equipe nos cinco jogos disputados na competição. Ao todo, Michel disputou 10 jogos pela seleção brasileira.

UOL

Anúncios

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.