Anúncios
Futebol Home São Paulo Times

São Paulo tem sete pendurados para a partida contra o Fortaleza e quer evitar mais desfalques no BR

Tricolor tem sete pendurados entre titulares e reservas para a partida contra o Fortaleza, objetivo é não acumular ausências para o duelo com o Bahia, decisivo por lugar no G6

O próximo compromisso do São Paulo no Brasileirão é neste sábado, contra o Fortaleza, mas as atenções também estão voltadas para os jogos da semana seguinte, quando enfrenta dois adversários diretos por um lugar no G6 do campeonato. Para esses desafios, a comissão técnica sabe que terá dois desfalques certos para Seleções e busca evitar que os sete pendurados do elenco aumentem essa lista que também já tem alguns lesionados.

Daniel Alves, convocado por Tite para a Seleção principal, e Antony, convocado por André Jardine para a Seleção Olímpica, não estarão em campo pelo Tricolor nas partidas contra o Bahia, no dia 9 de outubro e contra o Corinthians, no dia 13 de outubro, pelo Campeonato Brasileiro. Ambas as ausências serão significativas diante de adversários diretos pelas primeiras posições.

Especificamente contra o time baiano, os problemas podem ser ainda maiores e a preocupação começa já no próximo sábado, diante do Fortaleza de Rogério Ceni. Isso porque são sete os pendurados, entre titulares e reservas, que correm o risco de serem advertidos pela terceira vez: Reinaldo, Liziero, Arboleda, Anderson Martins, Luan, Raniel e Igor Gomes.

Na lista são três titulares e quatro reservas, mas neste momento em que os desfalques não são só por conta de suspensões e convocações, qualquer ausência é sentida na briga por posição em uma zona tão disputada da tabela quanto aquela que leva à Copa Libertadores, principalmente neste início de trabalho de Fernando Diniz, que está tentando implantar um padrão de jogo.

Contra o Fortaleza, Toró, com estiramento na coxa esquerda, e Everton, com lesão leve no ligamento do joelho esquerdo, já estão fora e não devem voltar tão cedo, por isso devem ser desfalques também contra Bahia e Corinthians. Alexandre Pato, em recuperação de estiramento na coxa direita, tem voltado aos pouco a treinar com bola, mas a chance de retorno é baixa. O atacante deverá estar em condições a partir da próxima semana e pode ser “reforço”.

Enquanto isso, Fernando Diniz continua trabalhando o time ao seu estilo nesta semana livre pensando no duelo com o Fortaleza, neste sábado, às 17h, no Pacaembu, já que o Morumbi será palco do show da banda Iron Maiden. A partida é válida pela 23ª rodada do Brasileirão-2019, em que o Tricolor ocupa a sétima posição na tabela como 36 pontos, um a menos do que o Bahia, o sexto.

Lance

Anúncios

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.