Futebol Home São Paulo Times

Ricardo Rocha critica Mancini e revela mesmo convite a ele em 2018 após a queda de Diego Aguirre; confira

A saída de Vagner Mancini do São Paulo segue dando o que falar. Após a saída de Cuca no comando técnico da equipe, na última quinta-feira (26 de setembro), o executivo de futebol Raí chegou a afirmar, em entrevista coletiva, que o então coordenador de futebol, comandaria a equipe na partida contra o Flamengo. No fim do mesmo dia, o Tricolor Paulista anunciou a contratação de Fernando Diniz como novo treinador do time. Tal decisão foi suficiente para fazer Vagner Mancini deixar o clube.

Durante o Jogo Sagrado, do Fox Sports, desta segunda-feira (30), o comentarista Ricardo Rocha comentou sobre a saída de Vagner Mancini, e revelou um convite feito pela diretoria em 2018, quando era coordenador de futebol do clube.

“Vou revelar uma coisa aqui que aconteceu comigo. Eu nunca falei isso do São Paulo. Quando Diego Aguirre caiu (em 2018), eu estava na mesa com o presidente e uns dirigentes. Teve um que falou assim ‘Você assumiria como treinador?’ Eu disse ‘Não. Essa não é minha função, eu não vim aqui pra ser treinador. Eu sou coordenador técnico’. Eu falei na hora. Eu poderia, com todo nome que eu tenho, pedir uma chance.

Eu tenho certeza que naquele momento, eu talvez pudesse mudar aquilo e seguir como treinador, mas não era o que eu queria. O que eu sei é que o Vágner Mancini, eu adoro o Vágner, que ele queria ser coordenador, não queria mais ser treinador. Então, a partir do momento, se o Raí fala, ele queria ser treinador. Eu acho que ele não tinha que ser treinador. Ele tinha que falar ‘Raí, eu sou coordenador. Raí, eu não quero ser treinador’”, afirmou Ricardo Rocha.

saopaulo.blog

Anúncios

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.