Anúncios
Futebol Home São Paulo Times

Jorge Jesus reclama de ‘antijogo’ do São Paulo: ‘Me senti na Arábia’

Técnico do Flamengo não gostou da postura do Tricolor paulista no empate em 0 a 0, neste sábado, no Maracanã. Jesus comentou o fato de ter poupado três jogadores na partida

Jorge Jesus, mesmo poupando três jogadores titulares no começo da partida, não mudou o estilo de jogo do Flamengo no empate em 0 a 0 com o São Paulo, neste sábado, no Maracanã. Para ele, o fato de não ter iniciado a partida com Gerson, Filipe Luís e Rafinha não foi decisivo para o resultado, e sim a postura do São Paulo em campo.

– O fato do Rafinha, do Gerson e do Filipe não jogarem, vocês estão habituados aos times da Libertadores colocarem todos reservas. Por que não posso colocar três? Não entendo essa admiração. Não foi por isso que não vencemos. Jogamos para ganhar, fomos o único time a tentar ganhar. O São Paulo fez 25 faltas, a maca entrou muitas vezes – disse Jorge Jesus em entrevista coletiva, após a partida.

O técnico ironizou o fato de alguns jogadores do São Paulo terem caído em campo pedindo atendimento médico alegando sentir câimbras.

– O São Paulo tem grandes jogadores e não precisa fazer tanto antijogo, e o árbitro foi conivente. Parar o jogo porque estão com câimbras musculares? Me senti na Arábia Saudita. Lá que os jogadores se atiravam no chão. Parecia que estava na Arábia Saudita. Se for uma lesão, tudo bem. Mas câimbras não é para paralisar o jogo. O São Paulo foi uma vez até nossa baliza e até criou chance. Atuou uma partida para não perder – comentou.

Perguntado sobre algum possível efeito deste empate e do fim da sequência de vitórias na partida contra o Grêmio, no meio de semana, pela Libertadores, Jesus foi taxativo.

– O jogo de quarta-feira não tem nada a ver com o jogo de hoje. Se ganhássemos, seria difícil como vai ser. Empatamos e vai ser a mesma coisa. Enfrentamos uma equipe experiente, com ritmo de jogo, que executou o que veio fazer e acho que poderia disputar mais o jogo. Não tem nada a ver uma coisa com outra. Sabíamos que não ganharíamos todos os jogos. O importante foi também não ter perdido. Nem sempre quem tem mais oportunidades ganha. Futebol é o único esporte coletivo onde nem sempre o melhor ganha. Não foi o caso de hoje. O Flamengo jogou contra uma outra grande equipe – analisou.

Com o empate deste sábado, o Flamengo chegou a 49 pontos e se mantém na liderança do Brasileiro até o fim da rodada. Mas pode ver o vice-líder Palmeiras diminuir a diferença de pontos neste domingo. Na próxima rodada, o Rubro-Negro visita a Chapecoense, no domingo, às 11h. Antes disso, na quarta-feira, enfrenta o Grêmio pelo primeiro jogo das quartas de final da Libertadores.

Lance

Anúncios

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.