Anúncios
Futebol Home São Paulo Times

Dani Alves se esquiva sobre polêmica com Mancini: ‘Não tenho esse poder’

Lateral-direito comenta sobre áudio vazado de Mancini no início da manhã deste sábado; Hernanes afirmou que o auxiliar-técnico iria comandar o time contra o Flamengo

Paralelamente ao jogo, o assunto sobre a contratação de Fernando Diniz também foi abordado. Na manhã deste sábado, houve um áudio vazado de Vagner Mancini, em que conta o porquê de seu pedido de demissão e diz que Daniel Alves pediu a contratação do novo técnico tricolor. O lateral do São Paulo comentou sobre a polêmica e afirmou que não tem o poder.

– Não mentor. Minhas mentorias são mais caras, não são tão baratas assim. Mas se está falando muito desinformado das coisas. Nós, como capitães e jogadores mais experientes, quando somos questionados pelo clube damos nossa opinião. Mas evidente que as decisões são tomadas pelo clube. Tentamos sempre pensar no São Paulo, em alguém que implemente algo diferente do que estamos acostumados. Estamos muitos felizes pela vinda dele para o comando. A equipe está assimilando bem a proposta dele, tenho certeza que vai se criar uma identidade – disse.

– Se eu tivesse esse poder queria ter em casa, mas nem em casa tenho esse poder, imagina no São Paulo. A gente preza pelo bem do São Paulo, pelo crescimento do clube. Não pensamos nunca no individual, no bem para nós. É isso o que vamos prezar, independente do que estejam falando – complementou.

Daniel Alves também comentou que não guarda mágoa com Mancini e cita uma relação respeitosa.

– Não. É o que eu estou falando. É uma declaração de algum momento ‘calientão’. Possa vir a comentar com algum amigo, interno, mas sempre as coisas saem, não sei porque. Mas volto a insistir, vou ficar com o puta cara que conheci, uma relação respeitosa o tempo inteiro, não vou guardar nenhuma mágoa ou rancor – afirmou

Lance

Anúncios

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.