Futebol Home São Paulo Times

Esquecido, Brenner conta com bom retrospecto em Majestosos

Promovido ao profissional com status de joia em 2017, Brenner ainda não vingou com a camisa do São Paulo e, na atual temporada, voltou a ser uma das últimas opções para o ataque do time. Contudo, o bom retrospecto nos clássicos contra o Corinthians faz do jovem de apenas 19 anos de idade uma boa alternativa à ausência do lesionado Pablo para o duelo de volta da final do Campeonato Paulista 2019.

O fato se justifica pelos dois gols anotados pelo atacante nos dois únicos Majestosos que disputou até o momento, ambos como visitante. O primeiro foi na primeira fase do Paulistão 2018, quando o Tricolor foi derrotado por 2 a 1, e o segundo, por sua vez, foi no segundo turno do Brasileiro do ano passado, quando as equipes ficaram no empate por 1 a 1.

Na primeira ocasião, Brenner começou de titular e balançou a rede aos 26 minutos do primeiro tempo. Contudo, Jadson, aos dois, e Balbuena, aos 33, deram a vitória ao time alvinegro. O atacante foi substituído aos 15 da etapa final, dando lugar a Caíque, outra cria da base são-paulina.

Já em seu segundo clássico, o camisa 30 começou a partida como reserva, mas entrou em campo logo aos 25 do primeiro período, graças à lesão de Gonzalo Carneiro. O gol, porém, só saiu aos 36 da segunda etapa, quando o jovem igualou o marcador 10 minutos após Ralf marcar para os anfitriões.

Ao todo, desde sua estreia em 2017, são 28 jogos disputados por Brenner pelo profissional do São Paulo, sendo apenas 10 como titular e com quatro gols marcados. Os números são bem menos expressivos dos apresentados nas categorias de base do clube, como, por exemplo, em relação à temporada impressionante no sub-17, pelo qual anotou 42 gols em 21 aparições, sem contar os títulos conquistados.

E é justamente em função dos brilhantes números na base e das atuações razoáveis no profissional que chama atenção a pouca utilização do jovem até o momento. O técnico que mais o colocou para jogar foi Dorival Júnior, no início de 2018. Porém, com a chegada de Diego Aguirre, o espaço diminuiu e ele foi reaproveitado no time sub-23 do Tricolor, que acabou sendo campeão do Brasileirão de Aspirantes e contou com quatro gols do garoto.

Na temporada atual, foram apenas cinco partidas disputadas por Brenner, nenhuma como titular. Com Pablo de fora, a disputa pela posição fica por conta do camisa 30 e de Gonzalo Carneiro, únicos atacantes de ofício do elenco. Contudo, o preferido da comissão técnica tem sido o uruguaio, que, apesar disso, não vem apresentando um grande futebol. Quando não, até o meia Everton Felipe chegou a ser improvisado no setor.

Com ou sem Brenner, o São Paulo decide o título do Campeonato Paulista 2019 neste domingo, na Arena Corinthians. Em Itaquera, a bola rola a partir das 16h (no horário de Brasília). Com o empate sem gols do primeiro encontro, no Morumbi, qualquer vitória garante o caneco. Um novo empate, entretanto, leva a disputa para os pênaltis.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Anúncios

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.