Futebol Home São Paulo Times

Vagner Mancini recusa oferta da Chape e segue no São Paulo

Contratado para ser coordenador-técnico do Tricolor e interino até a chegada de Cuca, Mancini foi convidado pelo presidente da Chape para retornar e não aceitou

Vagner Mancini recusou uma proposta para ser técnico da Chapecoense, que demitiu Claudinei Oliveira na semana passada. Ele seguirá como técnico interino do São Paulo até a chegada de Cuca e depois volta para a função de coordenador-técnico, para a qual foi contratado em janeiro.

Ao saber da oferta recebida por Mancini, o São Paulo reiterou a ele que não abre mão de tê-lo como coordenador. Mesmo antes disso, Mancini já estava inclinado a recusar o convite feito diretamente pelo presidente da Chape, Plínio David De Nes Filho, porque sua ideia para esse ano sempre foi sair do mercado de treinadores para ter função mais administrativa.

A pedido de Cuca e da diretoria, Mancini assumiu o São Paulo interinamente após a saída de André Jardine, em fevereiro. Ele comanda a equipe na quarta-feira, no jogo de volta contra o Ituano, e em uma eventual partida de ida da semifinal do Paulista, no fim de semana. A chegada de Cuca está confirmada para a terça que vem, dia 2.

A proposta da Chape por Mancini foi noticiada pelo Globo Esporte na manhã desta segunda-feira, enquanto ele comandava normalmente a atividade do dia no CT da Barra Funda.

Vagner Mancini foi o primeiro treinador da Chape após o acidente aéreo de 2016. Ele foi campeão catarinense em 2017 e deixou o clube após início irregular no Brasileirão.

 

Fonte: Lance

Anúncios

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.