Futebol Home São Paulo Times

Em carta, conselheiros do São Paulo pedem desativação do CT da Barra Funda e participação de sócios-torcedores na eleição

O São Paulo segue em crise. Após a eliminação na fase preliminar da Copa Libertadores da América e mais uma derrota na Arena Corinthians, o Tricolor passou a conviver com críticas. A diretoria não está imune a elas. Pelo contrário: está cada vez mais pressionada. Conselheiros do clube passaram, então, a exigir mudanças por parte de Carlos Augusto Barros e Silva, popularmente conhecido como Leco, presidente do SPFC. Confira quais são as mudanças.

A carta do grupo “Força São Paulo” foi conseguia pelo portal UOL Esporte e também replicada no portal Globoesporte.com. Abaixo você vê os dez tópicos abordados por ela:

1) Implementar um novo conceito de governança contemporânea

2) Eleições indiretas para presidente, com participação dos sócios-torcedores na definição de uma lista com três nomes finais

3) Definição de normas, procedimentos, objetivos e metas

4) Transparência – criação de área de compliance

5) Adequação do estatuto

6) Introdução de uma área digital

7) Integração do futebol profissional com Cotia,sem mais investimentos no CT da Barra Funda

8) Fazer parcerias com clubes de divisões menores e de outros países

9) Otimização do departamento de marketing

10) Pesquisa de satisfação do sócio e do torcedor

Presidente do Tricolor, Leco sabe que seus números à frente do clube não são dos melhores. Ele, por exemplo, tem o pior retrospecto em clássicos desde 1990. No final de 2018, fez declarações em uma reunião de conselheiros na qual fez promessas que não se concretizaram.

Na mesma reunião, conselheiros pediram a demissão de Raí do cargo de diretor executivo de futebol. Leco, porém, bancou a permanência do ex-atleta do clube.

 

Fonte: Torcedores.com

Anúncios

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.