Futebol Home São Paulo Times

FPF admite erros de árbitro em Corinthians x São Paulo, mas rejeita punição

A Federação Paulista de Futebol (FPF) admitiu que a arbitragem do clássico entre Corinthians e São Paulo, ontem, em Itaquera, em jogo válido pela sétima rodada do Campeonato Paulista, errou na origem de dois gols da partida – um de cada time.

No entanto, o árbitro Lucas Belotte, de 28 anos, não receberá nenhum tipo de punição pelos erros da Comissão de Arbitragem da FPF. A informação foi divulgada pelo Globoesporte e confirmada pelo UOL Esporte.

Apesar de admitir os erros da arbitragem, a FPF ressalta que o VAR (árbitro assistente de vídeo) não poderia evitar os erros no clássico.

O árbitro Lucas Canetto Bellote e seus auxiliares erraram em pelo menos dois lances capitais do clássico. No primeiro, eles não marcaram a bola que saiu no cruzamento de Clayson. Na sequência, Pedrinho bateu e conseguiu escanteio. Na batida, Manoel abriu o placar.

Já no segundo tempo, Antony fez falta em Danilo Avelar em nova infração não marcada. No escanteio, Pablo empatou.

Na visão da FPF, mesmo que tivesse VAR, ele não revisaria os lances pois o assistente de vídeo só entra em “cena” em gols, não gols, pênaltis, não pênaltis, cartão vermelho direto e erro de identificação de atletas.

Sendo assim, caso Pedrinho fizesse o gol no chute de fora da área, logo após o cruzamento de Clayson, o VAR seria acionado, pois era a mesma jogada.

O São Paulo ainda reclama de mais dois lances. O time do Morumbi conseguiria empatar com Arboleda, mas o árbitro interveio para marcar uma falta por toque de mão de Carneiro. Além disso, eles reclamaram de falta de Vagner Love no goleiro Tiago Volpe no gol marcado por Gustagol e que garantiu a vitória do Corinthians.

 

Fonte: UOL

Anúncios

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.