Anúncios
Futebol Home São Paulo Times

Marco Aurélio Cunha parte em defesa de Raí, lamenta derrota e pede apoio da torcida

Atual coordenador do futebol feminino na CBF e antigo dirigente do Tricolor, Marco Aurélio Cunha deu sua opinião após a derrota do São Paulo para o Talleres, na segunda fase da Libertadores, por 2 a 0, e que colocou em risco a classificação do clube para a Fase de Grupos.

Conselheiro vitalício do clube, ele pediu por união e apoio da torcida ao grupo e ao dirigente Raí, em vídeo divulgado no seu Instagram.

“Estou me dirigindo hoje mais aos torcedores do São Paulo, pelas inúmeras mensagens que tenho recebido, extremamente carinhosas, de lembranças, de gratidão. Continuo torcendo muito pelo êxito do clube, do futebol especialmente, apesar da derrota de ontem. Poderia ter sido evitada com um pouco mais de atenção. O primeiro gol ali, no rebote lento na retomada da bola, poderíamos ter neutralizado o primeiro chute, como no segundo gol”, disse o ex-dirigente.

Contrariando as críticas ao trabalho de Raí, ele saiu em defesa do dirigente, mas pediu serenidade nas suas decisões.

“Talvez falte mais ousadia, talvez falte mais velocidade, talvez falte mais atenção, mas o nosso momento é de apoiar o São Paulo e, evidentemente, quem está lá, especialmente o Raí, que é uma pessoa seríssima e não tenho dúvida do seu comprometimento com o clube. Então, Raí, meu abraço. Que você consiga sustentar as suas ideias”, completou.

Com a derrota de 2 a 0, o São Paulo precisará de uma vitória por três gols de diferença para avançar, no Morumbi. Em caso de vitória pelo mesmo placar, o jogo será decidido nos pênaltis.

Anúncios

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.