Futebol Home São Paulo Times

19 coisas que você precisa saber sobre o São Paulo na Libertadores

Tricolor estreia nesta quarta, contra o Talleres, em sua 19ª participação na Copa para tentar o tetracampeonato, feito inédito entre os clubes do Brasil

O São Paulo estreia nesta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), contra o Talleres, em Córdoba, em sua 19ª participação na Copa CONMEBOL Libertadores. A caminhada em busca do tetra começa em jogos de mata-mata pela segunda fase. Há 19 coisas sobre o tricampeão que você precisa saber:

1 – O São Paulo participou da Libertadores pela primeira vez em sua história no ano de 1972, quando chegou até a fase semifinal, então disputada por grupos. Foram 4 vitórias, 4 empates e 2 derrotas na campanha, encerrada num grupo da semi que tinha Independiente e Barcelona de Guayaquil.

2 – O Tricolor chegou à sua primeira final logo em sua segunda participação, em 1974. Após uma vitória para cada lado, o São Paulo perdeu o título na terceira final contra o Independiente, que até hoje é o maior vencedor da Copa. O duelo decisivo foi disputado em campo neutro, em Santiago, no Chile, com vitória dos argentinos por 1 a 0.

3 – Rogério Ceni não é apenas o são-paulino com mais jogos pela Libertadores, como também é o atleta brasileiro que mais vezes entrou em campo na maior competição da América. Ceni, campeão em 2005, soma 90 partidas e fica em sexto lugar na lista geral. O uruguaio Éver Almeida, com 113 jogos, é o primeiro. Ceni é o que mais fez gols de pênaltis: oito.

4 – O São Paulo ergueu a primeira taça da Copa em sua sexta participação no torneio, em 1992. Em um dos períodos mais vitoriosos da história do clube, o técnico Telê Santana colecionou conquistas e levou o Tricolor à Glória Eterna na noite de 17 de junho daquele ano, com vitória nos pênaltis sobre o Newell’s diante de mais de 100 mil pessoas no Morumbi.

5 – São Paulo e Santos são os únicos clubes brasileiros que conquistaram a Libertadores em dois anos consecutivos. A façanha tricolor é de 1992-93. Depois disso, apenas o Boca Juniors (2000-01) conseguiu a dobradinha.

6 – Nenhum clube do Brasil tem mais títulos da Libertadores do que o São Paulo: Santos e Grêmio se igualam com três taças. Mas o clube do Morumbi é sozinho o que mais vezes chegou à final: seis (74, 92, 93, 94, 05 e 06).

7 – Rogério Ceni e Luis Fabiano são os maiores artilheiros do clube na história da Copa, com 14 gols cada um. Enquanto o ex-goleiro disputou 90 jogos, o atacante atuou em 24 partidas.

8 – Luizão, o brasileiro que mais gols fez na história do torneio, com 29 gols em 42 jogos, conquistou um título com o São Paulo em 2005. Cinco deles foram marcados na Copa pelo Tricolor.

9 – No dia 11 de fevereiro de 2004, Ceni marcou o seu primeiro gol na Libertadores, de falta, na vitória fora de casa por 2 a 1 sobre o Alianza Lima, do Peru.

10 – O São Paulo é o quarto clube brasileiro com mais gols na história da Copa: 279. O Palmeiras é o que mais vezes balançou a rede: 309.

11 – O Tricolor é o clube do Brasil que mais vezes venceu jogos em casa. Ao todo, o São Paulo soma 68 triunfos como mandante na história da Copa Libertadores.

12 – A maior goleada já registrada em 59 finais da Copa CONMEBOL Libertadores é do Tricolor, na decisão de 1993. A equipe venceu a Universidad Católica por 5 a 1, no Morumbi, na final de ida e viajou tranquila para erguer a taça em Santiago. López, contra, Vítor, Gilmar, Raí e Müller marcaram os gols tricolores.

13 – O São Paulo é o clube do Brasil com mais jogos na história da Copa, ao lado do Grêmio: são 181 jogos disputados em 18 edições desde 1972.

14 – O clube do Morumbi é o brasileiro que mais vezes chegou à semifinal da Libertadores. São dez vezes, sendo a última em 2016, ano em que o São Paulo disputou a competição pela última vez (acabou sendo eliminado pelo campeão Atlético Nacional).

15 – O São Paulo registrou sua melhor média de público em casa numa edição de Libertadores em 1993, ano que conquistou o bi. De acordo com o departamento oficial de história do Tricolor, naquele ano 68.725 pessoas por jogo viram o time de Telê no Morumbi.

16 – Na última participação tricolor, em 2016, o artilheiro da Copa foi do São Paulo: Calleri marcou 9 gols. O clube já teve o principal goleador em outras edições: Toninho Guerreiro (1972, 6 gols), Pedro Rocha e Terto (1974, 7 gols), Palhinha (1992, 7 gols), Luis Fabiano (2004, 8 gols) e Aloísio (2006, 5 gols).

17 – O Tricolor nunca enfrentou o Talleres, adversário na segunda fase em 2019, na história da Libertadores.

18 – Diego Lugano, hoje diretor do São Paulo, está entre os nove atletas que mais vezes jogaram pelo São Paulo na Copa. O uruguaio, campeão em 2005, tem 33 partidas.

19 – Caso chegue pelo menos à semifinal em sua 19ª participação, em 2019, o São Paulo baterá seu recorde de jogos em uma só edição da Libertadores. O máximo até agora foi de 14 jogos. Se chegar à semi, o Tricolor fará 16 (indo até a final, totalizará 18).

Vídeo incorporado

CONMEBOL Libertadores

@LibertadoresBR

🔴⚪️⚫️ Que tapa, @hernanes! O último gol dele pelo @SaoPauloFC na foi nas quartas de 2010, contra o @Cruzeiro! Vitória por 2-0 e vaga garantida dentro do Morumbi!

🏆🔜 Falta uma semana para a estreia do Tricolor em busca do tetra, contra o @CATalleresdecba.

357 pessoas estão falando sobre isso
Fonte: Copa Libertadores
Anúncios

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.