Futebol Home São Paulo Times

Petraglia ataca Juvenal, ex-presidente do SP: ‘Deve estar no inferno’

Presidente do Conselho Deliberativo do Athletico, Mario Celso Petraglia ainda não esqueceu do entrave com o São Paulo entre 2005 e 2007. Durante participação no programa “Bola da Vez”, da “ESPN”, o dirigente atacou o ex-presidente do clube do Morumbi Juvenal Juvêncio, que morreu no final de 2015.”Deve estar ardendo no inferno o Juvenal Juvêncio. Nos tirou o Dagoberto e nos tirou da Libertadores. Os corruptos ou estão presos ou estão mortos”, disparou.Os problemas entre os dois times começaram em 2005, quando se enfrentaram na final da Libertadores. Na ocasião, o Athletico foi impedido de usar a Arena da Baixada, por ter na época menos de 40 mil lugares, e teve que jogar como mandante no Beira-Rio, em Porto Alegre. Na época, o clube paranaense acusou o São Paulo de ter pressionado a Conmebol para que o veto acontecesse.A situação piorou dois anos depois. Dagoberto travava uma batalha judicial contra o Athletico, que tentava prolongar o vínculo do atacante. Ele acabou ganhando na Justiça, pagou a multa de R$ 5,4 milhões e fechou com o São Paulo. A diretoria paranaense chamou o caso de uma estratégia “selvagem”.

Anúncios

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.