Futebol Home São Paulo Times

Após ‘escândalo’ e prisões, time de Pato na China muda de nome e brasileiro pode deixar o clube

Ex-presidente do Tianjin Quanjian e outros 16 dirigentes foram presos; equipe agora passará a se chamar Tianjin Tianhai e busca novo investidor

O Tianjin Quanjian, time dos brasileiros Alexandre Pato e Geuvânio na China, agora é o Tianjin Tianhai. Nesta segunda-feira (14 de janeiro), a Associação de Futebol Chinesa anunciou a mudança no nome e no escudo da equipe, motivada pela prisão do ex-presidente, Shu Yuhui, e de outros 16 dirigentes do grupo Quanjian acusados de fraudes, propaganda enganosa e formação de pirâmide.

Diante da impossibilidade de seguir com o apoio do grupo financeiro fundado em 2004 que abrange também uma rede de hospitais especializada no combate ao câncer, além de comercializar remédio e cosméticos de beleza, o Tianjin Tianhai procura agora um novo investidor para tomar a frente do clube, dando preferência à grupos que tenham sede na mesma cidade.

Em relação ao elenco, as informações na imprensa local são de que os jogadores, inclusive os brasileiros, já foram avisados da mudança e estão cientes de que os salários continuarão sendo pagos em dia. Ao mesmo tempo, seguem sendo especuladas algumas saídas, principalmente de Alexandre Pato, cobiçado tanto por clubes brasileiros como por europeus, entre eles o Milan.

Na última temporada do futebol chinês, o Tianjin Tianhai, na época Quanjian, terminou o campeonato nacional na nona colocação e foi eliminado nas quartas de final da Liga dos Campeões Asiática para o Kashima Antlers, que se sagrou campeão.

 

Fonte: Fox Sports

Anúncios

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.