Futebol Home São Paulo Times

Rodrigo Caio faz exames médicos e deve ser negociado com o Barcelona

Diferentemente do que se imaginava, a questão envolvendo Rodrigo Caio e o São Paulo deve ter um “final feliz” para ambas as partes. Protagonista de algumas polêmicas que o deixaram sem clima no Morumbi, o zagueiro está de malas prontas para a Europa. E ao contrário de uma hipotética desvalorização que o levaria para mercados menores do futebol, Rodrigo Caio está encaminhado para defender o poderoso Barcelona.

O jogador passou a manhã desta quinta-feira fazendo exames médicos em uma clínica privada da capital paulista. Agora, só falta a assinatura do contrato. Para o negócio ser fechado também pesou o fato de o São Paulo ter sido mais flexível na questão da multa contratual.

Segundo o LANCE! apurou, o negócio terá valor bem abaixo da multa rescisória de 18 milhões de euros (cerca de R$ 68 milhões). O formato da transferência (venda total ou venda com percentual de revenda) não foi revelado.

Outro ponto que contribuiu para a negociação foi o fato de o jogador já possuir passaporte da comunidade europeia (italiano). O zagueiro de 25 anos ganhou destaque internacional na conquista do ouro olímpico em 2016.

Formado na base do Tricolor, Rodrigo Caio acabou tornando-se bode expiatório do longo jejum de títulos que o clube atravessa. Mesmo tendo sido convocado para a Seleção Brasileira, foi chamado de “jogador de condomínio” por parte da torcida. Uma recente entrevista na qual detonou o ex-técnico Diego Aguirre foi a gota d’água para colocar um ponto final em seu ciclo no clube.

Antes de fechar com o Barça, Rodrigo Caio esteve na mira de Valencia (Espanha), Lyon (França), Zenit (Rússia) e Milan (Itália). No começo deste ano houve uma proposta do Real Sociedad no valor da multa rescisória, mas Rodrigo Caio recusou pois pretendia disputar a Copa. Acabou lesionando o pé e ficou fora da lista de Tite para a Rússia-18.

Anúncios

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.