Futebol Home São Paulo Times

São Paulo fica sem tetra, mas tem destaques na Copa RS: saiba quem

Tricolor usou a competição como preparação para a Copinha, em janeiro, e exibiu atletas promissores como Thiago Couto, Diego, Gabriel Sara, Toró e Fabinho

Ao contrário das três temporadas anteriores, o São Paulo foi derrotado na decisão da Copa RS Sub-20. Embora o tetra não tenha vindo – o Palmeiras ergueu a taça após empate por 1 a 1 no tempo normal e vitória nos pênaltis -, o Tricolor mostrou bons valores ao longo do torneio. Toró e Gabriel Sara (foto) estão entre eles. Veja quem são as principais promessas para a Copinha, em janeiro, e possivelmente para o técnico André Jardine usar no profissional ao longo de 2019.

O volante DIEGO, que também pode atuar como zagueiro, e o goleiro THIAGO COUTO foram heróis durante os mata-matas da Copa RS. Expulso ainda no primeiro tempo da Supercopa Sub-20, contra o Palmeiras, vencida há três semanas pelo Tricolor, Diego foi o capitão em Porto Alegre e mostrou bastante qualidade na saída de bola. Na semifinal, contra o Vasco, marcou o gol que definiu a vitória por 2 a 1. Já Thiago Couto, acostumado a treinar entre os profissionais na Barra Funda, esteve sempre seguro durante os jogos e ainda defendeu cobranças nas disputas de pênalti contra Corinthians, nas quartas (duas), e Palmeiras, na final (uma).Os dois têm 19 anos e devem ser titulares na Copinha.

O centroavante FABINHO, dono de 11 títulos na base são-paulina aos 19 anos, marcou três gols e foi o artilheiro do São Paulo na Copa RS ao lado de Toró. Ele já havia feito três gols na Supercopa Sub-20, contra o Palmeiras – foram 15 no total nesta temporada, mesmo com uma lesão no ombro no meio do caminho. É a esperança de gols para a Copinha.

GABRIEL SARA, camisa 10 do Tricolor na Copa RS, foi citado na última semana como um possível alvo do Barcelona pelo jornal espanhol Sport. Ele marcou dois gols na campanha e foi um dos melhores do time na decisão contra o Palmeiras. É outra esperança para a Copinha.

Autor de três gols na campanha, incluindo um na decisão, o atacante TORÓ parece ser o mais pronto para integrar o elenco profissional. Rápido e driblador, ele tem características que a diretoria procura para 2019. Seria um dos grandes nomes da equipe para a Copinha, mas estará com a Seleção Brasileira sub-20 na disputa do Sul-Americano da categoria.

FORA DA COPINHA – O zagueiro WALCE (foto) é outro que disputará o Sul-Americano Sub-20 com a Seleção e não poderá disputar a Copinha. Ele tem chance de ser integrado ao elenco profissional após a competição. Rodrigo, seu parceiro de zaga no sub-20 ao longo de 2018, não tem mais idade para jogar na base e deve integrar o elenco principal a partir da Florida Cup, em janeiro. O lateral-direito/zagueiro Tuta, o volante Luan, o meia Igor Gomes e os atacantes Antony e Helinho já não disputariam a Copinha por fazerem parte do grupo de cima.

 

Fonte: Lance

Anúncios

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.