Futebol Home São Paulo Times

Veja o que a diretoria do SP pensa sobre o meia Paulo Henrique Ganso

Tricolor, porém, não vê jogador como prioridade e ainda organiza orçamento para contratações

Paulo Henrique Ganso negocia seu retorno ao Brasil, e o São Paulo monitora a situação do meia, que está emprestado pelo espanhol Sevilla ao francês Amiens.

Inicialmente, o Tricolor não pretende entrar em negociação. A diretoria ainda organiza o orçamento visando as contratações para 2019 e considera ter outras prioridades no momento.

Por Ganso ter tido boa passagem pelo São Paulo de 2012 a 2016, é natural que o nome do meia seja especulado nos bastidores do Morumbi. Mas a concorrência deve ser forte.

De acordo com o estafe de Ganso, aliás, ele já tem uma proposta concreta de uma equipe brasileira, mantida em sigilo até aqui. O Tricolor nega que seja esse time, mas acompanha os passos do meia.

Formado no Santos, onde foi tricampeão paulista, campeão da Copa do Brasil e da Libertadores, Ganso conquistou apenas a Copa Sul-Americana de 2012 pelo São Paulo.

No meio desta temporada, na janela europeia, o São Paulo debateu sobre o retorno de Ganso, mas chegou à conclusão de que não seria possível naquele momento.

A contratação de um meia para fazer sombra e dividir a responsabilidade com Nenê está em pauta no São Paulo, mas o perfil de Ganso, por ora, não se encaixa no que estava em vista.

O bom futebol de Ganso e a identificação com o clube, no entanto, fazem a diretoria ficar em alerta. O empresário do meia, Giuseppe Dioguardi, está na Europa para conversar com o Amiens.

Se conseguir liberação do clube francês, com quem Ganso tem contrato de empréstimo até junho de 2019, o passo seguinte será convencer o Sevilla. O acordo dele com os espanhóis vai até 2021.

 

Fonte: Globo Esporte

Anúncios

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.