Futebol Home São Paulo Times

São Paulo: Sidão despista sobre permanência no Tricolor em 2019

Um dos jogadores mais contestados por parte da torcida do São Paulo nesta temporada, o goleiro Sidão é um dos cotados para deixar o clube em 2019. Com contrato assinado até o fim do ano que vem, o atleta despistou sobre a permanência.

Em entrevista ao “Yahoo Esportes“, o arqueiro do São Paulo foi questionado se continuaria no clube na próxima temporada e se limitou a responder que pode ajudar o Tricolor caso permaneça.

“Meu contrato vai até o final de 2019, tenho um carinho e respeito muito grande pelo São Paulo, e como falei anteriormente, sei do meu potencial e dos meus números nessa temporada e posso ajudar muito o clube“, resumiu Sidão.

O jogador de 35 anos, contratado em 2017 pelo Tricolor por indicação de Rogério Ceni, avalia sua temporada como boa em 2018.

“Todo final de temporada, eu pego vídeos e analiso números da minha temporada. Acredito que tudo é aprendizado e que temos que evoluir ano a ano. Analisando meus números individuais, eu acredito que tive uma temporada positiva, com aspectos a evoluir, mas positiva. Mas claro que futebol é o coletivo e ficamos devendo para nossa torcida. A gente sabe que o peso da camisa do São Paulo pede que a gente ganhe títulos“, disse.

Disputa pela titularidade do São Paulo

Depois de passar boa parte de 2018 como titular sob os comandos de Dorival Júnior e de Diego Aguirre, Sidão perdeu a posição para Jean nos últimos jogos do Brasileirão, pois André Jardine queria observar o outro arqueiro.

“Essa escolha é do treinador, não cabe a mim julgar se foi certa ou errada, mas óbvio que ninguém gosta de ser reserva. Eu sei da minha qualidade e vou brigar sempre pelo meu espaço e poder dar o melhor para minha equipe. É muito angustiante estar de fora, a gente se sente impotente, pois quer estar no campo, ajudando os companheiros. Mas o São Paulo sempre teve tradição de goleiros com muita qualidade e não é diferente hoje”, finalizou o jogador.

No geral, Sidão disputou 46 jogos em 2018, com 21 vitórias, 15 empates e dez derrotas, com 33 gols sofridos, média de 0,71 gol por jogo.

 

Fonte: Torcedores.com

Anúncios

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.