Futebol Home São Paulo Times

Bortoluzo pede chance no São Paulo: ‘Quero muito estar lá na Barra Funda’

Jovem centroavante, de 22 anos, terminou a temporada como artilheiro do Tricolor no Aspirantes e não esconde seu desejo de voltar a integrar o elenco principal do clube

Enquanto o técnico André Jardine e Raí, diretor-executivo de futebol do São Paulo, correm atrás de reforços para o Tricolor em 2019, os jogadores revelados em Cotia anseiam por uma oportunidade no time principal. Vice-artilheiro do Campeonato Brasileiro de Aspirantes nesta temporada, o jovem Pedro Bortoluzo, de 22 anos, é um dos nomes que tentam uma vaga definitiva no CT da Barra Funda.

Depois de ter sido emprestado para o Paraná, na Série B do ano passado, e para o Guarani, no primeiro semestre deste ano, Bortoluzo retornou para Cotia com o propósito de readquirir o prestígio no clube do Morumbi. Fez nove gols no Brasileirão de Aspirantes e ajudou o Tricolor a ser campeão do torneio. As boas atuações lhe renderam uma chance com André Jardine, no jogo contra o Vasco, no Brasileirão deste ano.

– É o fim de ano que eu sempre quis. No começo de 2018, eu estava no Guarani e as coisas não deram muito certo lá. Voltei para o São Paulo para tentar recuperar a minha carreira e, graças a Deus, está dando tudo muito certo. Tenho que agradecer e tomara que continue assim, que as coisas continuem acontecendo na minha vida – explicou o atleta, que ainda não tem sua permanência no elenco principal decretada, em entrevista ao LANCE!

O centroavante já havia integrado o time principal do Tricolor em temporadas passadas, mas não conseguiu engrenar. Ao todo, somando a partida contra o Vasco neste fim de temporada, são 11 jogos como profissional no São Paulo, ainda sem balançar as redes.

Agora, com a experiência adquirida em outros clubes e o rótulo de artilheiro do Tricolor na conquista do Brasileirão de Aspirantes, Bortoluzo tenta um recomeço no time de cima. Em sua posição, o centroavante tem como concorrentes os experientes Diego Souza e Tréllez, além do uruguaio Gonzalo Carneiro e do garoto Brenner, de apenas 18 anos.

– Para falar que não tenho a expectativa de estar lá (referindo-se ao time profissional) no ano que vem, eu estaria mentindo. Quero muito estar lá na Barra Funda e, se eu estiver, vou trabalhar muito e dar o meu melhor para não sair mais – confessou o jogador, que aguarda o chamado do técnico André Jardine para fazer parte da delegação que faz a pré-temporada na Flórida, nos Estados Unidos.

 

Fonte: Lance

Anúncios

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.