Futebol Home São Paulo Times

Ganso negocia saída da França e pode voltar ao Brasil

A passagem de Paulo Henrique Ganso pelo futebol europeu pode estar perto do fim. Tanto que seu empresário, Giuseppe Dioguardi, está na França para negociar o fim do empréstimo do meia com o Amiens – os direitos econômicos seguem presos ao Sevilla, da Espanha.

O Blog apurou que Ganso se cansou da aventura no pequenino Amiens, penúltimo colocado da Ligue 1, como é conhecido o Campeonato Francês. Mesmo com a baixa qualidade do elenco, o brasileiro tem sido bem menos aproveitado do que se imaginava quando de sua chegada. Na oportunidade, o presidente do clube chegou a se referir ao meia como o “maior jogador da história do Amiens”.

Durante todas as últimas janelas de transferência, Ganso relutou com a ideia de voltar ao Brasil. Mas isso deve mudar agora, depois de quase dois anos de reserva – ele foi só seis vezes titular e saiu do banco em oito oportunidades no Amiens. Antes, jogou bem pouco no Sevilla.

Uma fonte do mercado afirma que o São Paulo está por trás da tentativa de Ganso em rescindir seu empréstimo com o Amiens. Oficialmente, procurado pelo Blog, o Tricolor nega qualquer negociação.

Mas o próprio jogador confirmou que São Paulo, Santos e Grêmio foram alguns dos times brasileiros que o procuraram em julho, a fim de contratá-lo. “Não foram só esses. Tem mais clubes que mostraram o interesse e apresentaram propostas, mas a Europa pesou. Queria permanecer aqui, ter oportunidade de jogar e ficar com a cabeça mais tranquila com a família aqui”, explicou Ganso, na época.

Ganso tem 29 anos de idade e seu contrato com o Sevilla só termina em junho de 2021. O brasileiro é dono de um dos maiores salários do clube espanhol. Na metade desta temporada, antes do acerto com o Amiens, o Sevilla tentava convencê-lo a abrir mão de todo o dinheiro a que ele tem direito até o fim do vínculo.

 

Fonte: Blog do Jorge Nicola

Anúncios

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.