Futebol Home São Paulo Times

São Paulo se despede em baixa do Morumbi

Vaias da torcida marcaram o último jogo do Tricolor no ano em casa: o 0 a 0 com o Sport; veja o desempenho do time como mandante no Brasileirão

O São Paulo se despediu de forma melancólica do Morumbi nesta temporada. O empate por 0 a 0 com o Sport, com Nenê perdendo pênalti que daria a vitória ao Tricolor, fez a torcida vaiar o time no último compromisso como mandante em 2018.

A campanha do São Paulo em casa neste Campeonato Brasileiro, em números gerais, não é ruim: dez vitórias, oito empates e apenas uma derrota: aproveitamento de 66,6%.

Mas a queda de produção também no Morumbi no segundo turno assusta. Foram apenas três vitórias, seis empates e uma derrota. De 85% de rendimento como mandante no primeiro turno, o São Paulo caiu para 50% no returno.

– Não pode, principalmente dentro de casa. Uma equipe como o São Paulo não pode empatar tanto assim. Mas estamos tentando melhorar. Tivemos pênalti desperdiçado, bola na trave (contra o Sport) – disse Reinaldo, analisando a campanha do Tricolor.

O São Paulo é o time que mais vezes empatou neste Campeonato Brasileiro: 15 vezes, oito delas como mandante. O segundo no quesito é o Ceará (13), salvo do rebaixamento na última rodada.

Os pontos perdidos, em especial no segundo turno, fizeram o sonho do título acabar e a classificação direta à fase de grupos da Libertadores ficar ameaçada.

Já classificado para a competição internacional, pela 19ª vez na história, o São Paulo vai lutar na última rodada, contra a Chapecoense, no próximo domingo, fora de casa, para conseguir a vaga na fase de grupos.

Para isso, além de vencer, o Tricolor precisa torcer por um tropeço do Grêmio contra o Corinthians, em Porto Alegre, no mesmo dia. Os dois times estão empatados com 63 pontos, mas os gaúchos têm uma vitória a mais e por isso estão à frente na tabela. Veja a classificação.

 

Fonte: Globo Esporte

Anúncios

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.