Futebol Home São Paulo Times

[OFF] Fortaleza vence Atlético-GO e garante retorno à Série A após 13 anos

Depois de 13 anos de espera, o torcedor do Fortaleza pode enfim comemorar: seu time novamente está na Série A do Campeonato Brasileiro. A equipe confirmou matematicamente o acesso ao bater o Atlético-GO por 2 a 1, em pleno Estádio Antônio Accioly, neste sábado. Gustavo e Bruno Melo fizeram os gols dos visitantes da partida válida pela 34ª rodada. João Paulo descontou nos acréscimos da etapa final.

Com o resultado, a equipe comandada por Rogério Ceni vai a 64 pontos e não pode mais ser ultrapassado pelo quinto colocado Vila Nova, que, com 52 pontos, até poderia chegar aos 64, mas ficaria atrás em caso de empate por conta do número inferior de vitórias (19 a 13). Pensando na briga pelo título, a equipe tricolor soma sete de vantagem em relação ao vice-líder CSA.

O Londrina, sexto colocado, empatou com o Avaí e ficou nas 51 unidades, mesma pontuação do Atlético-GO, que fica atrás pelo menor saldo de gols (3 a 1).

O Fortaleza não disputa a primeira divisão nacional desde 2006, quando terminou na 18ª colocação. Depois, a equipe parou até na Série C. Aliás, o acesso à elite vem na temporada seguinte à promoção da terceira para a segunda divisão.

Pela próxima rodada do Brasileiro, o time cearense receberá o CSA no Castelão, na terça-feira, às 21h30 (de Brasília). Se o time vencer e o Avaí não ganhar, o Fortaleza irá assegurar o título. Os catarinenses irão duelar com o Atlético-GO, fora, também na terça, às 19h15.

O jogo – Até os 14 minutos de partida, o confronto entre as duas equipes era equilibrado. O Fortaleza assustou após finalização de Éderson, que recebeu passe de Gustagol, enquanto o time de Goiânia respondeu com chute perigoso de Rômulo.

Entretanto, antes da marca dos 15 minutos de jogo, o Leão do Pici abriu o placar. Com erro na saída de bola, Rômulo presenteou Marcinho, que encontrou Gustagol na área. O centroavante bateu de primeira e de chapa, inaugurando o marcador e fazendo seu 12º tento na Série B.

Atrás no placar, o Atlético-GO buscava infiltrar na defesa adversária, mas não encontrava brecha. Aos 25, a situação dos donos da casa ficou ainda pior: Éderson bateu escanteio curto, recebeu de volta e levantou para a área. Bruno Melo não vacilou e balançou a rede.

Com os gols, a partida ficou ainda mais movimentada. O Atlético bem que tentou com Thiago Santos, mas o jogador esbarrou em boa defesa de Marcelo Boeck. Pouco depois, o time de Rogério Ceni quase chegou ao terceiro: Gustagol aproveitou cruzamento e chutou, mas a bola bateu na trave.

Após um primeiro tempo movimentado, a etapa final de partida não engrenou em seu início. O Atlético-GO era mais perigoso, muito pela necessidade do resultado, mas não conseguia chegar com contundência ao gol de Marcelo Boeck.

Isso mudou aos 27 minutos. Os donos da casa tentaram por duas vezes, mas o goleiro do Leão do Pici fez grandes defesas para impedir o tento. Aos 40, novamente Boeck brilhou, impedindo, por duas vezes, gol de Renato Kayzer, atuando como um legítimo paredão. Entretanto, o arqueiro não conseguiu evitar o tento de João Paulo, já no minuto derradeiro de jogo.

Ao apito final do árbitro Jean Pierre Gonçalves Lima, do Rio Grande do Sul, o Fortaleza de Rogério Ceni garantiu a vitória e uma vaga na principal divisão do futebol brasileiro em 2019.

 

Fonte: ESPN

Anúncios

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.