Futebol Home São Paulo Times

Aguirre diz não saber o que é “amarelão” e perdoa abandono da torcida

“Não é mole, não. Estou cansado de time amarelão” e “P…, que saudade de quando o São Paulo jogava com vontade” foram os gritos de protesto de parte da torcida do São Paulo nesse sábado, durante o segundo tempo e após o fim da partida contra o Atlético-PR, no Morumbi.

O empate por 0 a 0 fez a diferença para o líder Palmeiras ficar em seis pontos, podendo abrir para nove ainda nesse domingo. Já são seis rodadas sem vitória e o sonho do título se tornou um assunto praticamente esquecido.

Diego Aguirre, apesar de já ter atuado como jogador no Brasil e ter trabalho como treinador no Internacional e no Atlético-MG, garantiu desconhecer o significado a gíria utilizada pelos torcedores. “Não sei o que é isso, amarelão”.

Depois de tomar ciência da explicação, o treinador preferiu não fazer mais nenhum comentário sobre o termo, afim de minimizar o caso.

Discurso semelhante foi adotado pelo técnico ao ser questionado sobre o ‘abandono’ da torcida no momento mais crítico da equipe no Campeonato Brasileiro. Apenas 13.053 pessoas comparecerem ao Morumbi nesse sábado. Desde 25 de fevereiro, quando 11.434 presenciaram outro 0 a 0, contra a Ferroviária, pelo Campeonato Paulista, na ocasião, o Cícero Pompeu de Toledo não ficava tão vazio.

Pelo Brasileirão, apenas a vitória por 1 a 0 sobre o Paraná, ainda na primeira rodada, teve um público inferior ao deste sábado. A partida aconteceu em uma segunda-feira à noite e o São Paulo entrou em campo recheado de reservas frente a 11.327 torcedores.

“Eu entendo. A realidade é que fizemos dois jogos muito ruins (contra Palmeiras e Internacional). A expectativa era muito alta. É normal que eles se expressem, às vezes vaiam, faz parte. Se o São Paulo voltar a ganhar, eles virão novamente. Eu não dou importância (aos protestos), porque nós temos de assumir que o time tem de melhorar”, afirmou Aguirre.

Antes de encarar o Furacão, o último jogo do São Paulo no Morumbi registrou 56.694 torcedores. Era noite de clássico contra o Palmeiras. A derrota por 2 a 0 literalmente afastou boa parte dos torcedores da equipe tricolor.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

 

 

Anúncios

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.