Futebol Home São Paulo Times

Técnico do Inter brinca sobre reencontro com Aguirre: “Sem querer fazer graça aqui”

O jogo Internacional e São Paulo vai fazer Diego Aguirre reencontrar muita gente. Nesta sexta-feira (12), Odair Hellmann brincou com a primeira vez do uruguaio no Beira-Rio desde a saída no meio da temporada de 2015. O atual treinador do Colorado elogiou o agora colega de profissão, mas mandou recado em tom descontraído: sem trégua pela amizade.

Aguirre e Odair trabalharam juntos naquele ano, como treinador e auxiliar. A dupla já se cruzou no primeiro turno, quando o São Paulo recebeu o Inter e o placar terminou sem gols. Agora, no entanto, o reencontro é diferente por ser em Porto Alegre.

“A gente conhece o Diego, por ele ter trabalhado aqui. Aliás, quero deixar um abraço a ele. É uma pessoal excepcional e aprendi muito, muito com ele no dia a dia. Parte tática, gestão de grupo, convivência com a imprensa. Mas… ele que venha. A amizade vai ficar fora do campo, não vem aqui querer fazer graça com o Internacional. A gente gosta de ti, ponto. Vamos buscar a vitória”, brincou o atual treinador do Internacional.

Ao falar sobre o jogo em si, Odair Hellmann afirmou que não espera retranca do São Paulo. Revelou ter montado estratégias para encarar formação com lateral improvisado no meio e novamente elogiou o antigo colega de Inter.

“Quando vamos enfrentar um time, nos debruçamos na análise. Então eu vi muitos jogos do São Paulo… com e sem Everton, com laterais invertidos, laterais no meio-campo. Ele tem característica de transição rápida, forte. Geralmente os jogadores do corredor são rápidos, fortes. A gente identificou bem isso. Independente de usar lateral na segunda linha ou atacante, vai ter força e velocidade. Às vezes quando se muda uma peça, muda um pouco. Reinaldo jogou na segunda linha contra o Botafogo, mas atrás com o Palmeiras. Estamos vendo, analisando. A característica do jogo mudou. Contra o Botafogo o São Paulo tentou propor o jogo. Jogou dentro do campo do Botafogo. Esperar que o São Paulo venha aqui para entregar a bola ao Inter eu não espero. Pode até vir a usar essa estratégia, mas acredito que venha para pressionar e tentar jogar. Com marcação de bloco médio ou alto”, disse Hellmann.

O treino desta sexta foi, mais uma vez, com portões fechados. Assim como no dia anterior, Odair Hellmann levou o grupo ao Beira-Rio para trabalhar estratégias diferentes. A formação, no entanto, não tem mistério. O time deve contar com Rodrigo Dourado e Leandro Damião, recuperados de lesões.

 

Fonte: UOL

Anúncios

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.