Futebol Home São Paulo Times

Hudson faz apelo e pede paciência com Sidão: “É o nosso goleiro”

Principal alvo de críticas da torcida do São Paulo, o goleiro Sidão vive seu momento mais delicado no clube. Capitão da equipe, o volante Hudson faz um apelo e pede paciência com o camisa 12, titular absoluto sob o comando do técnico Diego Aguirre.

“Ele é o goleiro do nosso time. É um cara muito responsável, comprometido com o São Paulo, trabalhador, que sempre dá o exemplo. Não está no gol do São Paulo à toa. Essa posição não caiu do céu para ele. Ele fez por merecer”, declarou Hudson, em entrevista exclusiva à Gazeta Esportiva.

Contratado em 2017 a pedido do então técnico Rogério Ceni, Sidão ainda sofre com a sombra do ídolo tricolor. Além dele, Denis e Renan Ribeiro, que já deixaram o clube, não conseguiram se afirmar como sucessores do ex-goleiro, hoje no comando do Fortaleza.

“A gente sabe de todo o histórico que o Rogério deixou, é uma cobrança a mais, mas a gente precisa muito do Sidão. A gente precisa de um goleiro com confiança, que a torcida o ajude um pouco também”, apelou o meio-campista.

Aos 35 anos, Sidão jamais foi unanimidade entre torcedores do São Paulo. Nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro, a bronca aumentou, sobretudo após os empates com Fluminense e América-MG e as derrotas para Atlético-MG e Palmeiras.

“Qualquer jogador na situação dele não se sente totalmente confortável, mexe demais. Ele é o nosso goleiro, o titular da posição. É muito importante que a torcida o apoie até o final”, ressaltou o camisa 25.

Não é raro ouvir vaias no Morumbi quando o goleiro pega na bola. Nas redes sociais, Sidão também é bastante criticado por boa parte da torcida, que pede chances a Jean e até ao jovem Lucas Perri.

“Ele é um cara importante para nós. Já fez defesas muito importantes e segurou resultados importantes. Com esse respaldo, acredito que ele vai dar uma resposta positiva para a torcida”, concluiu Hudson.

Provavelmente com Sidão no gol, o São Paulo encara o Internacional, no próximo domingo, às 16 horas (de Brasília), no Beira-Rio, pela 29ª rodada do Brasileirão. O Tricolor é o quarto colocado da competição, com 52 pontos, um a menos que o time gaúcho, segundo colocado. O Palmeiras lidera, com 56.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Anúncios

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.